O Amazon RDS facilita a configuração, a operação e o escalonamento de implementações do Oracle Database na nuvem. Com o Amazon RDS, você pode implantar em instantes várias edições do Oracle Database 11g com capacidade de hardware redimensionável e econômica. O Amazon RDS faz com que você se concentre somente em desenvolvimento de aplicativos ao gerenciar as longas tarefas de administração de banco de dados, incluindo o provisionamento, backups, patch de software, monitoramento e escalonamento de hardware.


Agora você pode lançar instâncias de banco de dados que usam o armazenamento de propósito geral (SSD), uma nova opção de armazenamento que usa SSD, para o Amazon RDS. Saiba mais »


logo_oracle_sm

Comece a usar gratuitamente o Amazon RDS
Se você for novo na AWS, cadastre-se e use o RDS gratuitamente.
Veja detalhes aqui

Você pode executar o Amazon RDS para Oracle com dois modelos de licença diferentes – “Licença incluída” e “Traga a sua própria licença (BYOL)”. No modelo de serviço "License Included", não é necessário ter adquirido separadamente licenças da Oracle; o software Oracle Database foi licenciado pela AWS. A definição de preço "Licença incluída" começa a 0,04 USD por hora e inclui o software, os recursos de hardware subjacentes e as capacidades de gerenciamento do Amazon RDS. Se você já é proprietário de licenças de banco de dados Oracle, pode usar o modelo "BYOL" para executar as implantações da Oracle no Amazon RDS, com taxas que começam em 0,025 USD por hora. O modelo “BYOL” é projetado para clientes que preferem usar as licenças existentes do banco de dados da Oracle ou adquirir novas licenças diretamente da Oracle.

Você pode usufruir da definição de preço por hora sem taxas antecipadas ou compromissos de longo prazo. Além disso, você tem a opção de adquirir as Instâncias DB Reservadas sob termos de reserva de um ou três anos. Com as Instâncias DB Reservadas, você pode fazer pagamentos antecipados, em parcela única, para cada Instância DB e, em seguida, pagar uma taxa de utilização por hora, com desconto significativo, obtendo até 48% de economia líquida de custo.

As Instâncias do Amazon RDS para Banco de Dados Oracle podem ser provisionadas com armazenamento padrão ou armazenamento de IOPS provisionadas. As IOPS provisionadas do Amazon RDS são uma opção de armazenamento desenvolvida para oferecer desempenho rápido, previsível e consistente de E/S. Além disso, é uma opção otimizada para cargas de trabalho de bancos de dados com processamento de transações on-line de produção (OLTP) e com uso intensivo de E/S.

Além disso, o Amazon RDS para Oracle facilita o uso da replicação para aumentar a disponibilidade e confiabilidade de cargas de trabalho de produção. Com a opção de implantação Multi-AZ, você pode executar cargas de trabalho de missão crítica com alta disponibilidade e fail-over automatizado integrado de seu banco de dados primário para um banco de dados secundário replicado de forma síncrona no caso de falha. Assim como todos os Amazon Web Services, não são necessários investimentos imediatos, e você paga somente pelos recursos que utilizar.


Se você é novo na AWS, é possível começar gratuitamente. Clique aqui para saber mais sobre o nível de uso gratuito do Amazon RDS para Oracle.

O Amazon RDS for Oracle Database é projetado para desenvolvedores ou empresas que exigem todos os recursos e capacidades dos bancos de dados Oracle, ou que desejam migrar aplicativos existentes e ferramentas que utilizam o Oracle Database. Como o Amazon RDS for Oracle Database fornece acesso direto ao conhecido software do Oracle Database na edição especificada, seus aplicativos podem se conectar sem dificuldade.

  • Parâmetros pré-configurados – As implantações do Amazon RDS para Oracle são pré-configuradas com um conjunto sensível de parâmetros e definições apropriados para a edição do Oracle Database e a classe da Instância de Banco de Dados selecionada. Você pode simplesmente iniciar uma Instância de Banco de Dados Oracle e conectar seu aplicativo em instantes sem nenhuma configuração adicional. Se você quiser controle adicional, poderá obtê-lo através do Grupo de Parâmetros de Banco de Dados
  • Monitoramento e métricas – O Amazon RDS fornece métricas Amazon CloudWatch para implementações da Instância de Banco de Dados gratuitamente. Você pode usar o AWS Management Console para visualizar as principais métricas operacionais das suas implementações de instância de banco de dados, incluindo utilização de capacidade de computação/memória/armazenamento, atividade de E/S e conexões de instância de banco de dados.
  • Notificações de evento de banco de dados – O Amazon RDS oferece notificações do Amazon SNS por e-mail ou SMS para suas implementações de instância de banco de dados. Você pode usar o AWS Management Console ou as APIs do Amazon RDS para assinar mais de 40 eventos de banco de dados diferentes associados às suas implementações do Amazon RDS.
  • Correção automática do software – O Amazon RDS certificará que o software Oracle Database que capacita a implementação permaneça atualizado com as correções mais recentes. Você pode exercer controle opcional com relação a quando e se a instância de banco de dados é corrigida por meio do DB Engine Version Management.
  • Propósito geral (SSD) – O armazenamento de propósito geral (SSD) do Amazon RDS proporciona uma linha de base consistente de 3 IOPS por GB provisionado e oferece capacidade de intermitência de até 3.000 IOPS.

    É possível converter o armazenamento magnético para o armazenamento de propósito geral (SSD). Será observado um pequeno impacto de disponibilidade durante a conversão.

    Para saber mais e começar a usar o armazenamento de propósito geral (SSD) do Amazon RDS, consulte a seção General Purpose (SSD) Storage do Amazon RDS User Guide.

  • IOPS provisionadas (SSD) – Você pode provisionar até 3 TB de armazenamento e 30.000 IOPS por instância de banco de dados. Para uma carga de trabalho de 50% de gravações e 50% de leituras executando em uma instância m2.4xlarge, você pode obter até 25.000 IOPS para o Oracle. No entanto, provisionando mais do que esse limite, você pode alcançar uma menor latência e uma taxa de transferência mais alta. As IOPS reais obtidas podem ser diferentes da quantidade provisionada, dependendo da carga de trabalho do banco de dados, do tipo de instância e da escolha de mecanismo de banco de dados. Consulte a seção Factors That Affect Realized IOPS do Amazon RDS User Guide.

Você pode converter o armazenamento de padrão para IOPS provisionadas e obter uma taxa de transferência consistente e baixas latências de E/S. Fazendo isso, haverá um breve impacto sobre a disponibilidade. Você pode dimensionar separadamente IOPS (em incrementos de 1.000) e armazenamento em tempo real sem qualquer tempo de inatividade. O coeficiente de IOPS provisionadas em relação ao armazenamento solicitado (em GB) deve estar entre 3 e 10. Por exemplo, para uma instância de banco de dados com 1.000 GB de armazenamento, você pode provisionar de 3.000 a 10.000 IOPS. Você pode aumentar ou diminuir a escala de IOPS, dependendo de fatores como variações sazonais de tráfego para seus aplicativos.

Para saber mais e começar a usar as IOPS provisionadas do Amazon RDS, consulte a seção Provisioned IOPS storage do Amazon RDS User Guide.

  • Backups automatizados – Ativado por padrão, o recurso de backup automatizado do Amazon RDS permite a recuperação pontual para a instância de banco de dados. O Amazon RDS fará backup do banco de dados e de logs de transação, e armazenará ambos por um período de retenção especificado pelo usuário. Isso permite que você restaure a instância de banco de dados a qualquer segundo durante o período de retenção, até os últimos cinco minutos. O período de retenção de backup automático pode ser configurado para até trinta e cinco dias.
  • Snapshots de banco de dados – Snapshots de banco de dados são backups da instância de banco de dados iniciados pelo usuário. Esses backups completos do banco de dados serão armazenados pelo Amazon RDS até que você os exclua explicitamente. Você pode criar uma nova instância de banco de dados com base em um snapshot de banco de dados onde desejar.
  • Classe da instância de banco de dados – Usando as APIs do Amazon RDS ou com alguns cliques no AWS Management Console, você pode escalar os recursos de computação e de memória aumentando ou diminuindo a implementação. As operações de escalabilidade normalmente são concluídas em alguns minutos.
  • Armazenamento – À medida que os requisitos de armazenamento aumentam, você também pode fornecer armazenamento adicional imediato com um período de interrupção zero. Se você está usando IOPS provisionadas do RDS, também pode dimensionar a taxa de transferência da sua instância de banco de dados especificando a taxa de IOPS entre 1.000 a 30.000 IOPS, em incrementos de 1.000 IOPS, e dimensionar o armazenamento de 100 GB a 3 TB.
  • Substituição automática de host – O Amazon RDS substituirá automaticamente a instância de computação capacitando sua implementação no caso de uma falha no hardware.
  • Implantações Multi-AZ – Uma opção de implementação para as suas instâncias de banco de dados que aprimora a disponibilidade dos bancos de dados enquanto protege as suas atualizações mais recentes contra atualizações não planejadas. Ao criar ou modificar sua instância de banco de dados para ser executada como uma implantação Multi-AZ, o Amazon RDS automaticamente provisionará e gerenciará uma Réplica "em espera" em uma Zona de disponibilidade diferente (infraestrutura independente em uma local físico separado). As atualizações e bancos de dados são realizadas simultaneamente nos recursos em espera e primários, para evitar atrasos de replicação. Caso ocorra uma manutenção programada de banco de dados, uma falha da Instância de banco de dados ou uma falha de Zona de disponibilidade, o Amazon RDS automaticamente fará um failover para a espera atualizada para que as operações de banco de dados possam ser retomadas rapidamente sem intervenção administrativa. Antes do failover você não poderá acessar diretamente a espera e ela não poderá ser usada para atender ao tráfego de leitura.

Ao usar a Amazon VPC, é possível isolar as instâncias de banco de dados na sua própria rede virtual e conectar com a infraestrutura de TI existente utilizando o padrão VPN IPSec criptografado do setor. Para aprender mais sobre o Amazon RDS in VPC, consulte o Guia do usuário do Amazon RDS. Além disso, ao usar o Amazon RDS, é possível configurar as definições do firewall e controlar o acesso à rede para suas instâncias de banco de dados.

O Amazon RDS for Oracle também oferece suporte à criptografia transparente de dados e à criptografia nativa de rede como parte da opção de segurança avançada do Oracle Database 11g Enterprise Edition. Para a criptografia transparente de dados, o Amazon RDS gerencia o Oracle Wallet e a chave mestre de criptografia para a instância de banco de dados.