Como o preço é determinado

Com o Amazon AppStream 2.0, pague apenas pelos recursos de transmissão provisionados e uma pequena taxa mensal por usuário de transmissão, conforme o sistema operacional escolhido. Não há investimentos antecipados nem compromissos de longo prazo para usar o Amazon AppStream 2.0.

Os recursos de transmissão consistem em instâncias de frotas Always-On, instâncias de frota On-Demand e instância de frota Elastic do AppStream 2.0, bem como em instâncias de construtor de imagens. O preço abaixo é calculado por instância-hora utilizada. Cada instância-hora parcial consumida será cobrada por segundo para instâncias de frota Elastic e instâncias que usam o sistema operacional Amazon Linux 2. O preço é baseado no tipo, no tamanho e no sistema operacional da instância que você selecionar. A cobrança da instância inclui a computação, o armazenamento e o tráfego de rede consumido pelo protocolo de transmissão. O AppStream 2.0 monitora a utilização da frota e faz ajustes automáticos na capacidade da frota para atender à demanda dos usuários pelo menor custo possível. Os ajustes de capacidade são feitos com base nas políticas de escalabilidade definidas com base na utilização atual ou com base em um planejamento. A autoescalabilidade aplica-se tanto a frotas sempre ativas como a frotas sob demanda. Para obter informações, consulte Autoescalabilidade de frota para o Amazon AppStream 2.0 no Guia de administração do Amazon AppStream 2.0.

As taxas de usuário são cobradas por usuário por mês em cada região da AWS em que os usuários transmitem aplicações de instâncias de frota do AppStream 2.0 baseadas em sistemas operacionais Microsoft Windows Server. 

Instâncias de frotas Always-On

As instâncias de frotas Windows Always-On são cobradas por hora. As instâncias de frotas do Linux Always-On são cobradas em incrementos de um segundo, com no mínimo de 15 minutos. A cobrança da instância inclui a computação, o armazenamento e o tráfego de rede consumido pelo protocolo de transmissão. Nas frotas sempre ativas, todas as instâncias em execução são cobradas com base nas taxas de instância em execução aplicáveis, de acordo com o tipo e o tamanho da instância, mesmo que não haja nenhum usuário conectado.

Instâncias de frotas sob demanda

As instâncias de frotas Windows sob demanda são cobradas por hora. As instâncias de frotas do Linux sob demanda são cobradas em incrementos de um segundo, com no mínimo de 15 minutos. A cobrança da instância inclui a computação, o armazenamento e o tráfego de rede consumido pelo protocolo de transmissão. Nas frotas sob demanda, as instâncias são cobradas pela taxa de instância em execução de acordo com o tipo e o tamanho da instância, apenas quando as instâncias são usadas para sessões de streaming. As instâncias em frotas sob demanda que não estão sendo usadas para sessões de transmissão são cobradas com base em uma pequena taxa horária, idêntica para todos os tipos e tamanhos de instância. Para instâncias de frotas do Linux sob demanda, cada hora de parada parcial é cobrada por segundo.

Instâncias do Image Builder

As instâncias do Image Builder do Windows são cobradas por hora. As instâncias de frotas do Image Builder do Linux são cobradas em incrementos de um segundo, com no mínimo de 15 minutos. A cobrança da instância de construtor de imagens inclui computação, armazenamento e tráfego de rede consumido pelo protocolo de transmissão. Todas as instâncias de construtor de imagens em execução são cobradas por uma taxa de instância em execução aplicável, de acordo com o tipo e o tamanho da instância, mesmo que não haja nenhum administrador conectado.

Instâncias de frota Elastic

As instâncias de transmissão de frota Elastic são cobradas em incrementos de um segundo, com um mínimo de 15 minutos, durante a sessão de transmissão. O preço de utilização é calculado por instância-hora. A cobrança da instância inclui a computação, o armazenamento e o tráfego de rede consumido pelo protocolo de transmissão.

Taxas de usuário

As taxas de usuários são cobradas mensalmente. Para cada usuário final que inicia uma sessão de transmissão em uma instância de frota que usa o sistema operacional Microsoft Windows Server, será cobrada uma taxa do Microsoft Remote Desktop Services (RDS) Subscriber Access License (SAL) de USD 4,19 pelo mês em que a sessão de transmissão aconteceu.

Escolas, universidades e determinadas instituições públicas podem se qualificar para uma taxa reduzida de usuário do Microsoft RDS SAL de USD 0,44 por usuário por mês. Consulte os Termos e documentos de licenciamento da Microsoft para obter os requisitos de qualificação. Caso você ache que esteja qualificado, entre em contato conosco.

Se você tiver a mobilidade de licença da Microsoft, será possível qualificar-se para trazer suas próprias licenças Microsoft RDS Client Access License (CAL) e usá-las com o Amazon AppStream 2.0. Para os usuários cobertos por suas licenças, não serão geradas taxas de usuário mensais. Para obter mais informações sobre o uso das suas licenças Microsoft RDS CAL existentes com o Amazon AppStream 2.0, acesse esta página ou consulte o seu representante da Microsoft. As taxas do RDS SAL não são cobradas ao se conectar aos Image Builders.

Fazer uma transmissão de uma instância de frota que usa o sistema operacional Amazon Linux 2 não incorre em taxa de usuário.

Preço de definição de preço do Amazon AppStream 2.0

Usando a região Leste dos EUA (Norte da Virgínia), você inicia um Image Builder para instalar aplicações e criar uma imagem a partir da qual você provisiona uma frota sob demanda que consiste em duas instâncias de frota stream.standard.medium. Durante o mês, um de seus usuários inicializa as sessões de streaming a partir de sua frota sob demanda usando tanto os tipos de autenticação SAML 2.0 e Streaming URL. E, durante o mesmo mês, outro usuário inicializa as sessões de transmissão da frota sob demanda usando o SAML 2.0. 

Image Builder e frota do Windows

Na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia), o preço horário da stream.standard.medium do Windows é USD 0,10 por hora. A taxa de instância interrompida é USD 0,025 por hora. O AppStream 2.0 também cobra uma taxa de usuário de USD 4,19 (licença de acesso de assinante dos serviços de desktop remoto da Microsoft ou RDS SAL) para cada usuário autorizado que inicializa uma sessão de transmissão de uma frota do Windows do AppStream 2.0 durante o mês. Não são cobradas taxas de usuário para a conexão e o uso de Image Builders por administradores para criar imagens.

Supondo que você tenha 100 usuários transmitindo instâncias do AppStream 2.0 sob demanda por cinco horas por dia, cinco dias por semana, quatro semanas por mês (100 horas por usuário por mês), e que suas instâncias sejam provisionadas e interrompidas por 20 horas por usuário por mês, seu custo mensal total seria de USD 1.469 (USD 14,69 por usuário). O custo total é calculado como (100 horas por usuário x 100 usuários x USD 0,10 por hora para instância de frota stream.standard.medium) + (20 horas por usuário x 100 usuários x USD 0,025 por hora de taxa de instância interrompida) + (100 usuários x USD 4,19 da taxa de usuário da RDS SAL) = USD 1.469 por mês. Se um administrador usar o Image Builder por cinco horas por mês, um custo adicional de 5 horas x USD 0,10 por hora = USD 0,50 (sem taxa de usuário da RDS SAL aplicada). Com isso, o custo total será USD 1.469,50 por mês (USD 14,70 por usuário por mês).

Image Builder e frota do Linux

Na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia), o preço horário da stream.standard.medium Linux é USD 0,084 por hora. A taxa de instância interrompida é USD 0,025 por hora. A transmissão de instâncias do Linux não incorre em taxas de usuário.

Supondo que sua instância do Image Builder seja executada por três horas e meia, suas duas instâncias de transmissão sob demanda sejam transmitidas por quatro horas e meia por dia durante uma semana útil (45 horas) e suas instâncias sejam interrompidas pelo restante da semana útil (195 horas), seu custo total será de USD 8,85. O custo total é calculado como: (45 horas x USD 0,082 por hora para instância de frota stream.standard.medium) + (195 horas x taxa de instância parada de USD 0,025 por hora) + (3,5 horas x USD 0,082 por hora para o Image Builder stream.standard.medium) = USD 8,85. Não há taxa de usuário para transmissão de instâncias de frota baseadas no Amazon Linux 2.

O AppStream 2.0 fornece uma ferramenta de preço simples que você pode usar para estimar seus custos totais. Para obter mais informações, consulte Amazon AppStream 2.0 releases a simple pricing tool no blog de transmissão de desktops e aplicações da AWS.

Baixe a ferramenta de preços do AppStream 2.0:  arquivo do Microsoft Excel  I  arquivo OpenOffice Calc

Preço do Amazon AppStream 2.0 | Instâncias Always-On, On-Demand e do construtor de imagens

  • Instâncias do Windows
  • Instâncias do Linux
  • Instâncias do Windows
  • Instâncias do Linux

* Taxa horária de definição de preço cobrada apenas para instâncias em execução. Nas frotas de construtor de imagens e sempre ativas, as instâncias poderão ser consideradas em execução se estiverem disponíveis para uso, mesmo que não haja nenhum usuário conectado. Nas frotas On-Demand, as instâncias somente serão consideradas em execução se houver usuários conectados com uma sessão de transmissão ativa.

Preço de sessão de transmissão de frotas Elastic

  • Instâncias do Windows
  • Instâncias do Linux
  • Instâncias do Windows
  • Instâncias do Linux

* As frotas Elastic são cobradas pela duração da sessão de transmissão, em segundos, com um mínimo de 15 minutos. O preço é calculado por instância-hora. Poderá ser cobrada uma taxa de usuário adicional quando os usuários transmitirem aplicações de instâncias de transmissão usando o sistema operacional Microsoft Windows Server.

Exemplos de preço

Todos os exemplos abaixo estão baseados em preços no Leste dos EUA (Norte da Virgínia).

Exemplo 1:

Você transmite aplicações para três usuários do sistema operacional Microsoft Windows Server usando o tipo e tamanho de instância stream.standard.small. A duração de transmissão de seus usuários por mês é de 32,5 horas. A cobrança seria calculada da seguinte forma:

(32,5 horas x USD 0,12 por hora para uma instância de transmissão stream.standard.small do Microsoft Windows) + (3 usuários exclusivos x USD 4,19 por usuário para licença Microsoft Windows RDS SAL ) = USD 16,47

Exemplo 2:

Você transmite aplicações para um usuário do sistema operacional Amazon Linux 2 usando o tipo e tamanho de instância stream.standard.small. Seu usuário tem uma duração variada de sessão de transmissão. A cobrança por sessão de transmissão seria calculada da seguinte forma:

Sessão de transmissão 1: transmitiu uma aplicação por 5 minutos:

(duração mínima de faturamento de 15 minutos/60 minutos em uma hora) x USD 0,076 por hora para uma instância de transmissão stream.standard.small do Amazon Linux 2) = USD 0,019

Sessão de transmissão 2: transmitiu uma aplicação por 65 minutos:

(65 minutos/60 minutos em uma hora) x USD 0,076 por hora para uma instância de transmissão stream.standard.small do Amazon Linux 2) = USD 0,082

Saiba como começar a usar o Amazon AppStream 2.0

Visite a página de conceitos básicos