P: Posso continuar a usar o serviço CloudHSM baseado na SafeNet?

Sim. Os usuários atuais do CloudHSM podem continuar a usá-lo como de costume. Continuaremos a oferecer suporte da forma habitual a todos os clientes que usam atualmente o serviço baseado na SafeNet. Entendemos que você pode ter feito grandes investimentos no hardware da SafeNet e nosso compromisso é apoiar os clientes. A Gemalto anunciou o final de vida útil dos HSMs Luna 5, que são a base do CloudHSM Classic. Recomendamos que você faça upgrade para o novo CloudHSM.

P: O que está mudando no serviço atual da SafeNet?

Para clientes atuais do CloudHSM Classic, nada muda na forma de acessar ou usar os HSMs. O novo CloudHSM está em um endpoint de API cloudhsmv2 separado. Portanto, não interfere de forma alguma com as implantações atuais. Todas as automações atuais continuarão a funcionar conforme o esperado. A documentação continuará disponível, mas mudará para um novo URL. Serão fornecidos links nas páginas existentes para que os marcadores continuem a funcionar.

P: Por que estou recebendo uma mensagem de erro de serviço negado do CloudHSM?

Após o lançamento do novo serviço CloudHSM, o CloudHSM Classic está disponível apenas para clientes atuais do CloudHSM Classic nessa região. Os novos clientes serão direcionados ao serviço do CloudHSM. Verifique se você fez o download e está usando os pacotes mais recentes do serviço CloudHSM.

P: Os HSMs da SafeNet continuarão a contar com atualizações e suporte?

Sim. Para clientes atuais do CloudHSM Classic, não haverá mudança no nível de suporte oferecido.

P: E se eu precisar de mais HSMs da SafeNet?

Como um usuário atual do CloudHSM Classic, faremos o que for possível para fornecer mais HSMs SafeNet em qualquer região em que você já usa o CloudHSM Classic, dentro dos limites de serviço e da disponibilidade do hardware.

P: A SafeNet e o novo CloudHSM são compatíveis?

Parcialmente. É possível trocar chaves simétricas exportáveis entre os HSMs (as chaves privadas não são exportáveis do SafeNet HSM, independentemente do sinalizador de exportável). Normalmente, os aplicativos podem ser migrados com facilidade, a menos que você dependa de software proprietário específico. No entanto, não oferecemos suporte a implantações mistas. Em um determinado aplicativo, você poderá usar o novo CloudHSM ou o CloudHSM Classic, mas não ambos.

P: Posso fazer upgrade para o novo serviço?

Sim. Criamos o novo CloudHSM para resolver diversos desafios inerentes ao CloudHSM Classic, mantendo a maior compatibilidade possível. Como o CloudHSM continua a oferecer suporte a APIs padrão do setor, como PKCS#11, Java JCE e Microsoft CNG (a ser disponibilizado em breve), em muitos casos não será necessário nem mesmo modificar aplicativos para fazer o upgrade. Para começar a usar, consulte a seção de migração nas perguntas frequentes sobre o CloudHSM. Fique à vontade para entrar em contato conosco por meio da equipe de contas ou abrindo um caso de suporte no Console de Gerenciamento da AWS.

P: Por que devo fazer upgrade para o novo serviço?

A Gemalto anunciou o final de vida útil dos HSMs Luna 5, que são a base do CloudHSM Classic. Para garantir que a sua carga de trabalho de produção não fique vinculada a um hardware sem suporte, recomendamos que você faça upgrade para o novo CloudHSM. Disponível desde agosto de 2017, o CloudHSM aumenta os níveis de segurança, escalabilidade, usabilidade e economia. Entre os recursos, estão a certificação FIPS 140-2 nível 3, alta disponibilidade gerenciada, um console de gerenciamento e custos reduzidos. Consulte a documentação do AWS CloudHSM para obter mais informações.

P: O novo serviço está disponível em minha região?

Sim. O novo CloudHSM está disponível em todas as regiões em que o CloudHSM Classic estava disponível e continuará a crescer para novas regiões. Você pode verificar as regiões em que o CloudHSM está disponível aqui.

P: O CloudHSM Classic será implantado em novas regiões?

Não. A disponibilidade atual do CloudHSM Classic não será ampliada.

P: Como faço para solicitar um teste do novo serviço?

Não há teste ou nível gratuito para o novo serviço. O novo CloudHSM oferece apenas cobrança horário, permitindo testar o serviço a um custo muito menor.

Saiba mais sobre a definição de preço do AWS CloudHSM

Acesse a página de definição de preço