P: O que é o Amazon EC2 Run Command?

O Run Command é um novo recurso do EC2 que disponibiliza uma maneira simples e segura de executar remotamente comandos ou executar scripts em uma ou mais instâncias EC2, tudo por meio do Console, da API ou da ILC do EC2. Com o EC2 Run Command, você pode executar comandos que facilitam a execução de tarefas administrativas comuns, como instalar software, executar scripts, fazer alterações de configuração e muito mais.

Comece a usar a AWS gratuitamente

Crie uma conta gratuita

Receba doze meses de acesso ao nível gratuito da AWS e aproveite os recursos do AWS Basic Support, como atendimento ao cliente 24x7x365 e fóruns de suporte, entre outros recursos.

P: Quais são os benefícios do Amazon EC2 Run Command?

O Run Command pode ajudar a garantir que as alterações de configuração sejam implementadas de modo uniforme ao proporcionar visibilidade sobre o histórico de comandos executados nas suas instâncias. Você também pode delegar e controlar quais usuários têm permissões para operar em qualquer uma de suas instâncias, o que reduz a necessidade de conceder acesso total aos servidores por meio da Área de Trabalho Remota ou do SSH.

P: Para quem o Run Command é indicado?

O Run Command foi criado para desenvolvedores, administradores de sistema e outros profissionais de TI que precisam gerenciar remotamente suas instâncias EC2 de modo seguro, confiável e escalável.

P: Como faço para começar a usar o Run Command?

A melhor maneira de começar a usá-lo é garantindo que a sua instância atenda aos requisitos necessários contidos no nosso Guia de conceitos básicos. Depois de confirmar que os requisitos foram atendidos, você poderá acessar o Run Command ao acessar a página de conceitos básicos no Console de Gerenciamento da AWS ou usar os AWS SDKs e a AWS Command Line Interface.

P: A AWS disponibiliza algum comando predefinido?

Sim. Existem comandos predefinidos disponíveis que foram criados para ajudar com as tarefas administrativas executadas com mais frequência. Para o Windows, você pode executar um comando ou script do PowerShell, configurar as definições do Windows Update, implantar uma aplicação de MSI e muito mais. Para o Linux, você pode executar qualquer comando ou script do Shell e atualizar remotamente o agente instalado.

P: Eu posso criar meu próprios comandos?

Sim. O Run Command permite que você crie comandos personalizados para executar mais facilmente tarefas comuns exigidas pelo seu ambiente.

P: Que outros tipos de comandos ou scripts posso executar?

É possível executar qualquer comando ou script que você possa digitar em uma janela de comando nas suas instâncias EC2.

P: Posso enviar o mesmo comando para várias instâncias EC2 de uma só vez?

Sim. Você pode facilmente emitir um comando para uma frota de instâncias ao disponibilizar uma lista de instâncias ao emitir um comando.

P: Posso recuperar o histórico de comandos executados nas minhas instâncias?

Sim. O Run Command mantém a saída de cada comando durante 30 dias. Além disso, você pode definir que o Run Command armazene uma cópia de todos os arquivos de log no Amazon S3 ou capture a saída dos seus comandos usando o AWS CloudTrail.

P: É possível controlar quem pode executar um comando?

Sim. Ao usar as permissões e as políticas publicadas do AWS Identity and Access Management (IAM), é possível controlar quem tem acesso para executar comandos ou documentos em instâncias específicas. Por exemplo, é possível especificar um usuário do IAM que possa executar comandos do PowerShell, mas que não possa associar uma instância a um domínio. Outro usuário do IAM só pode receber acesso para executar um comando muito específico, como a reinicialização de serviços, o que dá a você a flexibilidade de especificar a quantidade de acesso que cada usuário determinado deve ter.

P: Posso verificar o status de um comando em execução?

O Run Command disponibiliza o status do comando para cada instância em que ele está sendo executado. Tudo isso pode ser recuperado por meio da AWS CLI, do SDK ou do Console de Gerenciamento do EC2.