O que é o End-of-Support Migration Program (EMP – Programa de migração para aplicativos legados no fim do suporte) for Windows Server?

O AWS EMP for Windows Server é um programa que ajuda os clientes com a migração de aplicativos legados do Windows Server para as versões mais recentes e com suporte do Windows Server na AWS, sem nenhuma alteração de código. Esse programa oferece orientações de tecnologia e especialização para a migração de aplicações em execução no Windows Server nas versões 2003, 2008 e 2008 R2. A tecnologia do EMP desacopla aplicações do SO subjacente, permitindo que os clientes migrem aplicações essenciais para uma versão mais recente e com suporte do Windows Server na AWS. 

Por que devo usar o EMP for Windows Server?

O EMP for Windows Server disponibiliza uma maneira de garantir o futuro de aplicativos legados ao desacoplá-los da versão subjacente do sistema operacional do Windows Server. Isso significa que os aplicativos em execução em uma versão do Windows Server sem suporte ou próxima ao fim do suporte podem ser migrados para a versão mais recente com suporte do Windows Server, sem nenhuma alteração de código. Você não precisa mais comprar o suporte estendido limitado para versões mais antigas e adiar o inevitável problema do fim do suporte.

O EMP for Windows Server contempla até mesmo os aplicativos mais complicados, inclusive aqueles altamente dependentes de versões mais antigas do sistema operacional, como registros, bibliotecas, entre outros arquivos. O EMP for Windows Server ajuda a fazer o upgrade de aplicativos independentemente da disponibilidade de código ou mídias de instalação.

Como faço para começar?

Os clientes podem usar a ferramenta EMP gratuitamente como uma opção de autoatendimento ou em conjunto com parceiros da AWS ou AWS Professional Services. A documentação do usuário também está disponível aqui para clientes que planejam empacotar aplicações herdadas por conta própria. Os clientes também podem entrar em contato com a AWS com sua solicitação usando este link. A AWS avaliará sua solicitação e entrará em contato para informá-lo sobre as próximas etapas.

Se você for um parceiro da AWS e estiver interessado em fazer parte do EMP for Windows Server, entre em contato com um representante da AWS.

Como funciona o EMP for Windows Server?

Para clientes que planejam usar o EMP com um parceiro da AWS ou com o AWS Professional Services, as aplicações herdadas são migradas por meio destas etapas:

  1. Avaliação da aplicação: você informa os requisitos e critérios de teste da sua aplicação para os especialistas parceiros da AWS ou da AWS Professional Services para garantir uma migração e um empacotamento consolidados da aplicação herdada em questão. A equipe da AWS reunirá os requisitos da aplicação nas áreas de definições de licenciamento, segurança, configurações, redes e firewall para iniciar o processo de empacotamento da aplicação.
  2. Empacotamento de compatibilidade: após a avaliação da aplicação, os especialistas da AWS usam a tecnologia do EMP junto com as informações disponibilizadas durante a avaliação da aplicação para determinar as dependências da aplicação em relação ao sistema operacional obsoleto e criar um pacote de aplicação. Esse pacote inclui tudo o que a aplicação precisa para ser executada em um sistema operacional moderno, inclusive todos os arquivos, tempos de execução, componentes e ferramentas de implantação da aplicação, exceto os arquivos do sistema operacional obsoleto. Além disso, o pacote inclui um mecanismo de redirecionamento que intercepta as chamadas de API feitas pela aplicação para o sistema operacional subjacente do Windows Server e as redireciona para os arquivos e os registros dentro do pacote criado.
  3. Migração: na etapa final, os especialistas da AWS implantarão o pacote de aplicação (criado na etapa anterior) no ambiente da AWS que estiver executando as versões mais recentes do Windows Server. Eles também aplicam práticas recomendadas operacionais para acelerar a migração de workloads, o que reduz o risco e otimiza o resultado final. Uma vez na Nuvem AWS, você poderá se concentrar na otimização de aplicações, processos, operações e custos.

Posso continuar a executar on-premises minha aplicação empacotada para o EMP?

Depois que a aplicação estiver empacotada usando a tecnologia do EMP, você poderá continuar a executar e testar suas aplicações on-premises por 30 dias, período após o qual as aplicações deverão ser migradas para a AWS. Para obter mais detalhes, acesse os Termos de serviço da AWS disponíveis aqui.

Quanto custa o EMP for Windows Server?

As ferramentas do EMP são oferecidas sem custos. Você paga apenas pela participação do parceiro da AWS e da AWS Professional Services para promover a migração das aplicações para a AWS usando a tecnologia do EMP. Entre em contato com o parceiro da AWS ou a AWS Professional Services para obter mais detalhes sobre a definição de preço deles.

Posso fazer upgrade/migração de quais tipos de aplicativos usando o EMP for Windows Server?

O EMP for Windows Server contempla uma grande variedade de aplicativos, inclusive aqueles criados pela sua empresa, bem como aplicativos personalizados e Customized-off-the-shelf (COTS – Customizados prontos para uso) em execução no Windows Server versões 2003, 2008 e 2008 R2, localmente ou na AWS. O EMP pode ser usando também para migar aplicativos altamente dependentes de versões mais antigas do sistema operacional, como registros, bibliotecas e outros arquivos. O EMP for Windows Server ajuda a fazer upgrade de aplicativos independentemente da disponibilidade de código ou mídias de instalação.

Quais regiões são aceitas por meio do EMP for Windows Server?

O EMP for Windows Server está disponível em todas as regiões públicas e na região GovCloud da AWS.

Quais os aplicativos mais adequados ao EMP?

As aplicações que têm dependências de versões herdadas do Windows e não contam com suporte na versão mais recente do Windows são as principais candidatas ao EMP. O EMP elimina as dependências subjacentes do SO incluindo-as no pacote do EMP, que pode ser executado como uma instalação autossuficiente em qualquer versão nova do Windows.

Todos os aplicativos legados devem usar o EMP?

Algumas aplicações serão compatíveis com a versão mais recente do Windows. Para essas aplicações, um upgrade no local do SO subjacente costuma ser a melhor solução. O EMP funciona melhor para aplicações incompatíveis com as versões mais recentes do Windows.

Como uma atualização de banco de dados End-of-Support (EOS – Fim de suporte) para SQL Server é tratada?

Normalmente, as aplicações EOS do Windows Server também têm bancos de dados SQL Server EOS. A abordagem recomendada é atualizar o banco de dados para uma versão moderna, já que as atualizações do banco de dados do SQL Server são feitas fora do processo EMP. Você também pode se modernizar para bancos de dados nativos da nuvem criados para propósito específico da AWS, como o Aurora. Você pode saber mais sobre essas opções aqui.

Se você descobrir que um banco de dados SQL Server específico não pode ser atualizado ou que uma atualização interrompe a funcionalidade da aplicação (mesmo no modo de compatibilidade), você pode fazer fallback para criar um pacote EMP para a versão herdada do SQL que pode então ser implantada em uma instância moderna do EC2 do Windows.

Por exemplo, este vídeo de demonstração do EMP mostra como o SQL Server 2000 pode ser empacotado e implantado em uma instância do Windows Server 2019 na AWS.

Standard Product Icons (Start Building) Squid Ink
Revise os fundamentos

Saiba mais sobre o EMP for Windows Server na nossa página de visão geral

Saiba mais 
Sign up for a free account
Cadastrar-se para ter uma conta gratuita

Obtenha acesso instantâneo ao nível gratuito da AWS. 

Cadastre-se 
Standard Product Icons (Features) Squid Ink
Entre em contato conosco para participar do programa

Inicie a migração de aplicativos legados do Windows Server para a AWS.

Cadastre-se