Crie uma conta da AWS

Muitas vezes, os servidores de jogos multijogador exigem muito poder computacional e baixa latência para os jogadores. Com a AWS, não é mais necessário adivinhar quantos servidores de jogos serão necessários, pois você já sabe que eles podem ser configurados para escalabilidade automática de acordo com o crescimento do jogo. Com uma lista crescente de regiões e zonas de disponibilidade da AWS, você pode ter a certeza de que os servidores de jogos estão mais perto dos jogadores do que nunca para proporcionar uma ótima experiência de jogo. A AWS oferece as ferramentas necessárias para possibilitar o seu próximo lançamento global, tanto para criar a sua própria solução no Amazon Elastic Compute Cloud (EC2) quanto para usar o nosso serviço gerenciado Amazon Gamelift. 

Considerando os padrões de tráfego inesperados e as taxas de solicitação altamente demandantes, as cargas de trabalho de servidores de jogo são ideais para execução na AWS. Os mecanismos de jogos são instalados no EC2 e criam uma Amazon Machine Image. Em seguida, você pode implantar facilmente instâncias do EC2 em diversas regiões, conforme a necessidade. Com o Amazon Auto Scaling, a capacidade do Amazon EC2 pode ser aumentada ou reduzida automaticamente para garantir que jogadores em todo o mundo possam usufruir de uma experiência de jogo transparente.

AWS para jogos – Diagrama de fluxo de trabalho de servidor de jogos
Como a Turtle Rock lançou o Evolve com a AWS

Deploying a Low-Latency Multiplayer Game Globally: Loadout

global-infra

A infraestrutura da Nuvem AWS é criada em torno das regiões e zonas de disponibilidade (“AZs”). Uma região é um local físico do mundo ou temos várias zonas de disponibilidade. As zonas de disponibilidade consistem em um ou mais datacenters discretos, cada um com alimentação redundante, redes e conectividade, hospedadas em instalações separadas. As zonas de disponibilidade oferecem a capacidade de operar aplicativos e bancos de dados de produção com disponibilidade, tolerância a falhas e escalabilidade maiores que as oferecidas por um único datacenter. A infraestrutura global da AWS permite que os servidores de jogos estejam localizados mais perto dos jogadores do que nunca para proporcionar uma ótima experiência de jogo.

Saiba mais »

turtlerock

AWS re:Invent 2015: Evolve: Hunting Monsters in a Low-Latency Multiplayer game on EC2

frontier

AWS re:Invent 2015: From 0 to 60 Million Player Hours

O Amazon EC2 disponibiliza capacidade computacional segura e redimensionável na nuvem. O serviço permite que você obtenha e configure capacidade com o mínimo de interferência.

Saiba mais »

O Amazon GameLift é um serviço gerenciado para implantar, operar e escalar servidores dedicados de jogo para jogos multijogador baseados em sessão.

Saiba mais »

O Auto Scaling ajuda a manter a disponibilidade dos aplicativos e permite aumentar ou reduzir de forma automática e dinâmica a escala vertical da capacidade do Amazon EC2, de acordo com condições definidas.

Saiba mais »

Como otimizar a performance de servidores de jogos multijogador na AWS

Este whitepaper discute o fantástico caso de uso da execução de servidores de jogos multijogador na Nuvem AWS e as otimizações que podem ser feitas para conseguir o mais alto nível de performance. No whitepaper, fornecemos a informações necessárias para aproveitar a família de instâncias do Amazon Elastic Compute Cloud (EC2) a fim de obter o pico de performance necessário para executar de forma bem-sucedida um servidor de jogos multijogador no Linux na AWS.

Veja o whitepaper »

Sistema de matchmaking sem servidor com o GameLift

Esta publicação do blog examina os padrões de correspondência de jogadores e destaca uma arquitetura de correspondência que usa um algoritmo personalizado para agrupar jogadores e conectá-los a um servidor. Além disso, oferecemos exemplos de código para que você possa criar a sua própria arquitetura de correspondência de jogos.

Leia a publicação do blog »

Deploying a Low-Latency Multiplayer Game Globally: Loadout

Assista a esta descrição detalhada dos bastidores da execução de um jogo multijogador de baixa latência, como atirador em primeira pessoa, em uma escala global. Detalhamos as arquiteturas que permitem que você separe as APIs de back-end dos servidores de jogo e use Auto Scaling para ambos de forma independente.

Assista ao vídeo »

Veja os slides »

Muitos dos jogos multijogador AAA mais populares são executados na AWS. Comece hoje mesmo o processo de migração para Nuvem AWS e otimize o desenvolvimento de jogos da sua empresa.

Entre em contato com a AWS | Crie uma conta da AWS