Comece o projeto

11 etapas  |  120 minutos

aws-project_Oracle_to_Redshift
architectural-diagram
arch-diagram_migrate-oracle-to-redshift

Migrar seu armazém de dados Oracle para o Amazon Redshift pode aumentar consideravelmente o desempenho de consulta e carga de dados, aumentar a escalabilidade e reduzir custos. O Amazon Redshift é um data warehouse rápido, totalmente gerenciado em escala de petabytes que torna mais simples e econômica a análise de todos os seus dados usando as ferramentas de inteligência de negócios de que você já dispõe. O AWS Database Migration Service e a AWS Schema Conversion Tool tornam mais fácil migrar seu schema e dados de seu armazém de dados Oracle, no local e na AWS, para o Amazon Redshift, sem interromper os aplicativos que dependem da fonte de dados.

Você fará o seguinte:

Converta o esquema de armazém de dados e código de uma amostra do armazém de dados Oracle em execução no Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) usando a AWS Schema Conversion Tool (AWS SCT). A AWS SCT ajuda você a converter automaticamente o schema do banco de dados de origem e a maioria do código personalizado em um formato compatível com o Amazon Redshift. A AWS SCT marca claramente qualquer código que ela não pode converter, de modo que você possa convertê-lo manualmente.

Migre dados do armazém de dados Oracle para o Amazon Redshift usando o AWS Database Migration Service (AWS DMS). Com o AWS DMS é possível começar a migração de dados com apenas alguns cliques no Console de Gerenciamento da AWS. O armazém de dados de origem permanece totalmente operacional durante a migração.

Executar atividades pós-migração, como a execução de consultas SQL para validar tipos de objeto, número de objetos e número de linhas de cada tabela entre os bancos de dados de origem e de destino.

O que você precisará antes de começar:

Uma conta da AWS: você precisará de uma conta da AWS para configurar o exemplo de armazém de dados do Oracle Amazon RDS e o cluster de destino do Amazon Redshift e usar a AWS SCT e AWS DMS. Cadastre-se na AWS.

Nível de habilidades de TI: é obrigatório ter conhecimento básico de Oracle e SQL para concluir corretamente o projeto.

Experiência AWS: conhecimento básico de Amazon RedshiftAmazon RDS, Amazon DMS, AWS Virtual Private Cloud, grupos de segurança e AWS CloudFormation são necessários para concluir com êxito o projeto.

Estimativas de cobrança:

Custo para migrar: normalmente, custará cerca de 7,85 USD para uma única migração de um armazém de dados Oracle de 10 GB, como ilustrado neste exemplo de projeto. Esse custo pressupõe que você esteja dentro dos limites do nível gratuito da AWS, siga as configurações recomendadas e encerre todos os recursos em até 2 horas após concluir o projeto.

Custo para manter: o custo total para manter seu armazém de dados no Amazon Redshift varia de acordo com o seu uso e as definições de configuração. Usando a configuração recomendada neste guia, o custo normal será 45,84 USD por mês, se você estiver dentro do nível gratuito da AWS. O seu caso de uso pode exigir configurações diferentes, que poderão afetar a cobrança. Use a calculadora mensal para estimar os custos de acordo com suas necessidades. Para obter uma descrição detalhada dos serviços usados e de seus custos associados, consulte Serviços usados e custos.

Comece o projeto

Aprimore seu data warehouse do Amazon Redshift trabalhando com as melhores ferramentas e especialistas do mercado para carregar, transformar e visualizar dados.

Consulte informações adicionais sobre como trabalhar com o Amazon Redshift, incluindo documentação, melhores práticas, scripts e ferramentas.

Precisa de mais recursos para começar a usar a AWS? Acesse o Centro de recursos de conceitos básicos para saber mais.

Esse whitepaper destaca as melhores práticas para o uso do AWS DMS.