O Amazon RDS é um serviço de banco de dados relacional gerenciado que disponibiliza seis mecanismos de banco de dados conhecidos para você escolher. Eles são: Amazon AuroraMySQL, MariaDB, Oracle, Microsoft SQL Server e PostgreSQL. Isso significa que o código, as aplicações e as ferramentas que você já utiliza com os seus bancos de dados existentes podem ser usados com o Amazon RDS. O Amazon RDS executa tarefas rotineiras de banco de dados como provisionamento, aplicação de patches, backup, recuperação, detecção de falhas e reparo.

O Amazon RDS facilita o uso da replicação para aumentar a disponibilidade e a confiabilidade de cargas de trabalho de produção. Com a opção de implantação Multi-AZ, você pode executar cargas de trabalho de missão crítica com alta disponibilidade e failover automatizado integrado de seu banco de dados primário para um banco de dados secundário replicado de forma síncrona. Usando as réplicas de leitura, você pode aumentar a escala horizontal além da capacidade de uma única implantação de banco de dados para cargas de trabalho de banco de dados com uso elevado de leitura.

Assim como todos os serviços da Amazon Web Services, não há investimentos adiantados, e você paga somente pelos recursos que utilizar.

Comece a usar a AWS gratuitamente

Crie uma conta gratuita

O nível gratuito da AWS inclui 750 horas de microinstância de banco de dados por mês durante um ano, 20 GB de armazenamento e 20 GB para backups com o Amazon Relational Database Service (RDS).

Consulte os detalhes do nível gratuito da AWS »

AmazonRDS_ProductBanner

Alguns dos recursos aqui relacionados são particulares de determinados mecanismos de banco de dados do Amazon RDS. Veja a página de detalhes de cada mecanismo para conhecer detalhes específicos.

Amazon Aurora | MySQL | MariaDBOracle | SQL Server | PostgreSQL

Você pode usar o Console de Gerenciamento da AWS, a interface da linha de comando do Amazon RDS ou chamadas de API simples para, em alguns minutos, acessar os recursos de um banco de dados relacional pronto para produção.

As instâncias de banco de dados do Amazon RDS são pré-configuradas com parâmetros e definições adequados para o mecanismo e a classe selecionados. Você pode executar uma instância de banco de dados e conectar a sua aplicação em alguns minutos. Os parameter groups de bancos de dados oferecem controle granular e ajuste fino do seu banco de dados.

O Amazon RDS garantirá que o software do banco de dados relacional que está apoiando a sua implantação permaneça atualizado com as correções mais recentes. Você pode obter controle opcional sobre se e quando são aplicados patches à instância de banco de dados. Saiba mais »

O armazenamento de propósito geral do Amazon RDS é uma opção de armazenamento que usa SSDs para proporcionar uma linha de base consistente de 3 IOPS por GB provisionado e oferecer capacidade de intermitência de até 3.000 IOPS. Esse tipo de armazenamento é adequado a uma grande variedade de cargas de trabalho de banco de dados. Saiba mais »

O armazenamento com IOPS provisionadas do Amazon RDS é uma opção de armazenamento que usa SSD para oferecer desempenho de E/S rápido, previsível e consistente. Você especifica uma taxa de IOPS ao criar uma instância de banco de dados e o Amazon RDS provisiona essa taxa de IOPS durante a vida útil dessa instância de banco de dados. Esse tipo de armazenamento é otimizado para cargas de trabalho de banco de dados transacionais (OLTP) com uso intensivo de E/S. Você pode provisionar até 40.000 IOPS por instância de banco de dados, embora as IOPS obtidas na prática possam variar de acordo com a carga de trabalho de banco de dados, o tipo de instância e a opção de mecanismo de banco de dados. Saiba mais »

Você pode alterar a escala dos recursos de computação e memória de sua implantação para mais ou para menos, até o máximo de 32 vCPUs e 244 GiB de RAM. As operações de escalabilidade de computação normalmente são concluídas em alguns minutos.

Você também pode provisionar armazenamento adicional à medida que os requisitos de armazenamento crescem. O mecanismo do Amazon Aurora aumentará automaticamente o tamanho do volume do banco de dados conforme o crescimento das necessidades de armazenamento de banco de dados, até o limite de 64 TB ou outro limite definido pelo usuário. Os mecanismos do MySQL, do MariaDB, do Oracle e do PostgreSQL permitem que você escale até 16 TB de armazenamento em tempo real sem nenhum tempo de inatividade. Saiba mais »

O recurso de backup automatizado do Amazon RDS é ativado por padrão e permite a recuperação point-in-time da instância de banco de dados. O Amazon RDS faz o backup do banco de dados e dos logs de transação, armazenando-os pelo período de retenção especificado pelo usuário. Isso permite que você restaure a instância do banco de dados na posição de qualquer segundo durante o período de retenção, até os últimos cinco minutos. O período de retenção de backup automático pode ser configurado para até trinta e cinco dias.

Os snapshots de banco de dados são backups de instância iniciados pelo usuário e armazenados no Amazon S3, mantidos até que você os exclua explicitamente. A qualquer momento, você pode criar uma nova instância baseada em snapshots de banco de dados. Embora os snapshots de banco de dados funcionem operacionalmente como backups completos, você será cobrado apenas pelo uso incremental do armazenamento.

As implantações Multi-AZ do Amazon RDS oferecem melhor disponibilidade e durabilidade para instâncias de banco de dados e são a solução ideal para cargas de trabalho de banco de dados de produção. Quando você provisiona uma instância de banco de dados Multi-AZ, o Amazon RDS replica os dados de forma síncrona para uma instância em espera em uma zona de disponibilidade (AZ) diferente. Saiba mais »

O Amazon RDS substituirá automaticamente a instância de computação que está apoiando a sua implantação no caso de uma falha no hardware.

O Amazon RDS permite criptografar bancos de dados usando chaves gerenciadas pelo AWS Key Management Service (KMS). Em uma instância de banco de dados em execução com a criptografia do Amazon RDS, os dados ociosos mantidos no armazenamento subjacente são criptografados, bem como os backups automáticos, as réplicas de leitura e os snapshots desses dados.

O Amazon RDS oferece suporte à criptografia transparente de dados no SQL Server e no Oracle. A criptografia transparente de dados no Oracle é integrada ao AWS CloudHSM, que permite gerar, armazenar e gerenciar chaves de criptografia com segurança em dispositivos Hardware Secure Module (HSM) dedicados a um único cliente na Nuvem AWS.

O Amazon RDS oferece suporte ao uso de SSL para proteger dados em trânsito.

A AWS recomenda que você execute as instâncias de banco de dados no Amazon VPC, que permite o isolamento do banco de dados em sua própria rede virtual e a conexão à sua infraestrutura de TI local usando VPNs IPsec criptografadas padrão do setor. Você pode definir configurações de firewall e controlar o acesso à rede das instâncias de banco de dados.

O Amazon RDS é integrado ao AWS Identity and Access Management (IAM) e oferece a capacidade de controlar as ações que usuários e grupos do AWS IAM podem realizar em recursos específicos do Amazon RDS, de instâncias de banco de dados a snapshots, parameter groups e grupos de opções. Além disso, é possível atribuir tags aos recursos do Amazon RDS e controlar as ações que seus usuários e grupos do IAM podem executar em grupos de recursos que têm a mesma tag com o mesmo valor associado. Por exemplo, você pode configurar regras do IAM para assegurar que os desenvolvedores possam modificar as instâncias de "desenvolvimento" do banco de dados, mas que apenas os administradores do banco de dados possam modificar e excluir instâncias de "produção" do banco de dados. Saiba mais »

O Amazon RDS oferece métricas do Amazon CloudWatch para suas instâncias de banco de dados, sem custo adicional. Você pode usar o Console de Gerenciamento da AWS para visualizar as principais métricas operacionais, inclusive a utilização de capacidade computacional/de memória/de armazenamento, atividade de E/S e conexões de instâncias. O Amazon RDS também disponibiliza o Enhanced Monitoring, que dá acesso a mais de 50 métricas de CPU, memória, sistema de arquivos e E/S de discos. Saiba mais »

O Amazon RDS pode notificar eventos do banco de dados por meio de e-mail ou mensagem de texto SMS usando o Amazon SNS. Você pode usar o Console de Gerenciamento da AWS ou as APIs do Amazon RDS para assinar mais de 40 eventos de banco de dados diferentes associados às suas instâncias de banco de dados.

O Amazon RDS integra-se ao AWS Config para apoiar a conformidade e aprimorar a segurança por meio de registro e auditoria de mudanças na configuração da instância de banco de dados, como parameter groups, grupos de sub-redes, snapshots, security groups e assinaturas de evento.

Não há compromissos iniciais com o Amazon RDS. Você simplesmente paga uma taxa mensal para cada instância de banco de dados executada. E, quando você não precisar mais de uma instância de banco de dados, poderá excluí-la facilmente. Para ver mais detalhes, visite a página de definição de preço do Amazon RDS.

As instâncias reservadas do Amazon RDS permitem que você reserve uma instância de banco de dados por um período de um ou três anos e, em troca, receba um desconto considerável em comparação à definição de preço de instâncias sob demanda para a instância de banco de dados.

O Amazon RDS permite parar e iniciar facilmente instâncias de banco de dados por até 7 dias por vez. Com isso, fica fácil e acessível usar bancos de dados para fins de desenvolvimento e testes, atividades que não exigem a execução contínua do banco de dados.

 


No momento, o Amazon RDS oferece suporte às seguintes classes de instância de banco de dados. Consulte as tabelas de classes de instância compatíveis para os mecanismos dos bancos de dados Amazon Aurora, MySQL, Oracle, SQL Server e PostgreSQL.

Tipo de instância vCPU Memória (GiB) Otimizado para PIOPS
Desempenho de rede
Padrão 
db.m4.large 2
8
Sim
Moderado
db.m4.xlarge 4
16
Sim Alto
db.m4.2xlarge 8
32
Sim Alto
db.m4.4xlarge 16
64
Sim Alto
db.m4.10xlarge 40
160
Sim 10 Gigabit
db.m3.medium 1 3,75 - Moderado
db.m3.large 2 7,5 - Moderado
db.m3.xlarge 4 15 Sim Alto
db.m3.2xlarge 8 30 Sim Alto
Otimizadas para memória
db.r3.large 2 15 - Moderado
db.r3.xlarge 4 30,5 Sim Moderado
db.r3.2xlarge 8 61 Sim Alto
db.r3.4xlarge 16 122 Sim Alto
db.r3.8xlarge 32 244 -
10 Gigabit
Microinstâncias        
db.t2.micro 1 1 - Baixo
db.t2.small 1 2 - Baixo
db.t2.medium 2 4 - Moderado
db.t2.large 2 8 - Moderado

Procurando instâncias de banco de dados T1, M1, M2 ou CR1? Consulte a página Instâncias de gerações anteriores.