Adicione seu próprio código às solicitações S3 GET para modificar e processar dados conforme eles são retornados a uma aplicação

Com o S3 Object Lambda, você pode adicionar seu próprio código às solicitações S3 GET para modificar e processar dados conforme eles são retornados a uma aplicação. Pela primeira vez, você pode usar o código personalizado para modificar os dados retornados por solicitações S3 GET padrão para filtrar linhas, redimensionar imagens dinamicamente, editar dados confidenciais e muito mais. Equipado com funções do AWS Lambda, seu código é executado em uma infraestrutura totalmente gerenciada pela AWS, eliminando a necessidade de criar e armazenar cópias derivadas de seus dados ou de executar proxies caros, sem a necessidade de alterações em suas aplicações.

O S3 Object Lambda usa as funções do AWS Lambda para processar automaticamente a saída de uma solicitação S3 GET padrão. Com apenas alguns cliques no Console de Gerenciamento da AWS, você pode configurar uma função Lambda e anexá-la a um ponto de acesso do S3 Object Lambda. Desse ponto em diante, o S3 chamará automaticamente sua função Lambda para processar quaisquer dados recuperados por meio do ponto de acesso do S3 Object Lambda, retornando um resultado transformado de volta a aplicação. Você pode criar e executar suas próprias funções Lambda personalizadas, adaptando a transformação de dados do S3 Object Lambda ao seu caso de uso específico.

Introdução ao Amazon S3 Object Lambda

Benefícios

Flexibilidade para processar dados

O S3 Object Lambda dá a você a flexibilidade de invocar funções Lambda diretamente de solicitações S3 GET para processar dados para atender aos requisitos específicos de suas aplicações. O S3 Object Lambda usa a infraestrutura totalmente gerenciada do S3 e do AWS Lambda e todos os seus recursos e capacidades. Você pode usar as funções novas ou existentes do AWS Lambda para processar seus dados, como filtrar, mascarar, editar, compactar, alterar o formato ou modificar objetos para suas aplicações específicas.

Totalmente gerenciado

Equipado com funções do AWS Lambda, seu código é executado em uma infraestrutura totalmente gerenciada pela AWS, eliminando a necessidade de criar e armazenar cópias derivadas de seus dados ou de executar proxies caros, sem a necessidade de alterações nas aplicações. Você pode executar funções do AWS Lambda com solicitações S3 GET para processar objetos, atualizando sua aplicação para usar um ponto de acesso do S3 Object Lambda, que invocará uma função Lambda e entregará o objeto processado aos clientes solicitantes.

Simples

O S3 Object Lambda facilita a invocação de funções do Lambda para transformar dados do S3 para diferentes aplicações, eliminando software e infraestrutura complexos ou a necessidade de criar cópias derivadas de seus dados. Você pode adicionar seu próprio código para processar dados conforme são recuperados do S3 antes de devolvê-lo a uma aplicação. O S3 Object Lambda funciona com suas aplicações existentes, e você não precisa alterar seu código. Você pode apresentar facilmente várias visualizações de seus dados para diferentes aplicações com uma solicitação S3 GET padrão.

Como o S3 Object Lambda funciona?

Como o S3 Object Lambda funciona

O S3 Object Lambda ajuda você a atender facilmente aos requisitos de formato de dados exclusivos de qualquer aplicação, sem ter que criar e operar infraestrutura adicional, como uma camada de proxy, ou ter que criar e manter várias cópias derivadas de seus dados. O S3 Object Lambda usa as funções do AWS Lambda para processar automaticamente a saída de uma solicitação S3 GET padrão. O AWS Lambda é um serviço de computação sem servidor que executa um código definido pelo cliente, sem exigir o gerenciamento de recursos de computação subjacentes. 

Com apenas alguns cliques no Console de Gerenciamento da AWS, você pode configurar uma função Lambda e anexá-la a um ponto de acesso do S3 Object Lambda. As solicitações S3 GET padrão feitas por meio de um ponto de acesso do S3 Object Lambda agora invocarão a função Lambda especificada. Desse ponto em diante, o S3 chamará automaticamente sua função Lambda para processar quaisquer dados recuperados por meio do ponto de acesso do S3 Object Lambda, retornando um resultado transformado de volta a aplicação. Você pode criar e executar suas próprias funções Lambda personalizadas, adaptando a transformação de dados do S3 Object Lambda ao seu caso de uso específico. Para saber mais sobre o S3 Object Lambda, leia o guia de usuário.

Caso de uso do S3 Object Lambda: Redação de dados confidenciais

Como o S3 Object Lambda funciona

O S3 Object Lambda pode ser usado para editar as informações confidenciais de um objeto no S3 para aplicações específicas, sem alterar o objeto existente ou criar e manter várias cópias derivadas dos dados. A função Lambda recuperará o objeto de uma solicitação S3 GET padrão, processará os dados para remover os detalhes confidenciais e retornará o objeto redigido para a aplicação. Para aprender mais sobre outros casos de uso, leia o guia de usuário do S3 Object Lambda.

Clientes

A Druva oferece proteção e gerenciamento de dados em endpoints, data centers e cargas de trabalho em nuvem, eliminando a dependência de infraestrutura complexa e administração demorada.

“Nossos 4.000 clientes precisam atender aos requisitos globais de proteção, conformidade e segurança de dados em expansão. O Amazon S3 Object Lambda é uma inovação transformadora, que traz recursos de computação mais perto de repositórios de dados centralizados, o que torna possível para os nossos clientes extrair mais valor de seus dados. Como uma plataforma criada inteiramente na AWS, a Druva orgulha-se de aprimorar continuamente a experiência do usuário com os recursos e as tecnologias mais recentes da AWS. A combinação do Druva Cloud Platform, desenvolvido pela AWS, e o Amazon S3 Object Lambda trará às organizações oportunidades de integração incomparáveis, bem como acesso direto e análise para desbloquear todo o potencial de seus dados de backup.”

Stephen Manley, Diretor de Tecnologia, Druva

A Nasuni está revolucionando o armazenamento de arquivos com uma abordagem baseada em nuvem respaldada pelo Amazon S3, substituindo o armazenamento primário e secundário on-premise tradicional. A Nasuni oferece uma plataforma de armazenamento de arquivos usando armazenamento de objetos, oferecendo uma solução em nuvem mais simples, de custo mais baixo e mais eficiente que pode ser dimensionada para lidar com o rápido crescimento de dados não estruturados.

“O S3 Object Lambda é um agente de mudança para a Nasuni e será uma tecnologia central em nosso serviço de armazenamento de arquivos em nuvem na AWS. Usamos o S3 Object Lambda para criar uma API simples e escalonável para nosso sistema de arquivos baseado em armazenamento de objeto proprietário. Nossos clientes corporativos podem usar isso para acessar seus arquivos diretamente de seu bucket do S3, em vez de passar por um Nasuni Edge Appliance. Isso significa que eles podem conectar facilmente dados não estruturados da Nasuni a serviços analíticos da AWS, como Macie e Kendra, permitindo que as empresas obtenham insights de seus dados de arquivo.”

Russ Kennedy, Diretor de Produto, Nasuni

A PetaGene foi fundada em Cambridge, o berço da genômica, para lidar com os crescentes problemas de gerenciamento de dados da indústria de genômica. A PetaGene tornou-se conhecida pelo desempenho e usabilidade líderes do setor de suas soluções de compressão e criptografia genômica. O software da empresa agora oferece criptografia, compartilhamento seletivo de dados e soluções de auditoria para todos os tipos de dados, e essas soluções também se beneficiam dos métodos de acesso transparentes e contínuos.

“A PetaGene permite que as organizações protejam os dados, para que possam controlar e auditar o que os diferentes usuários podem ver, expondo apenas o conteúdo de cada arquivo que o usuário tem permissão para ver. A PetaGene também compacta com eficiência os dados genômicos NGS já compactados, até 11x menores, sem perda de qualquer tipo. 
 
Embora os usuários já possam acessar os dados protegidos e/ou compactados de forma transparente em seus formatos nativos originais, ao carregar nossa biblioteca de readback no modo de usuário em seu ambiente, com o S3 Object Lambda, é possível que os usuários acessem dados em seus formatos nativos originais via solicitação S3 GET padrão, sem a necessidade de qualquer instalação de biblioteca pelos usuários. Isso torna ainda mais fácil para os clientes implantar a proteção de dados, a conformidade e a compactação de produtos da PetaGene, para seus usuários finais.”

Dan Greenfield, PhD, Cofundador e CEO, Petagene 

Comece a usar

O S3 Object Lambda pode ser configurado no Console de Gerenciamento do S3, em três etapas simples. Primeiro, navegue até a guia Access Point do Object Lambda no console. Segundo, crie um ponto de acesso do S3 Object Lambda e em sua configuração forneça um nome para esse recurso, a função Lambda a ser invocada em relação às suas solicitações S3 GET e um ponto de acesso S3 de suporte. Existem exemplos de implantações da função Lambda, na documentação da AWS, para ajudá-lo a experimentar o serviço. Por último, atualize seu SDK e aplicação para usar o novo ponto de acesso do S3 Object Lambda, para recuperar os dados do S3 usando o SDK de linguagem de sua escolha. O S3 Object Lambda começará a processar suas solicitações S3 GET padrão. Leia o guia de usuário para obter mais informações e experimentar funções de amostra do S3 Object Lambda.

Perguntas frequentes sobre o Amazon S3
Leia o guia de usuário do S3 Object Lambda

Saiba mais sobre o S3 Object Lambda ao ler o guia de usuário.

Saiba mais 
Cadastre-se para obter uma conta da AWS
Cadastre-se para obter uma conta gratuita

Obtenha acesso instantâneo ao nível gratuito da AWS. 

Cadastre-se 
Comece a criar com o Amazon S3
Comece a criar no console

Comece a criar com o Amazon S3 no Console de Gerenciamento da AWS.

Faça login