O negócio de informações da web da Alexa.com é baseado na noção de que informações relevantes e oportunas são essenciais para uma experiência de web positiva. Para oferecer suporte a esse objetivo, a Alexa tem expandido seus negócios rapidamente, oferecendo uma ampla variedade de serviços da Web a seus clientes. Usando APIs, os clientes da Alexa podem acessar a imensa quantidade de informações coletada na web pela Alexa e utilizá-la de maneiras inovadoras.

Para desenvolver, executar e gerenciar seus serviços de escala de web com rapidez e economia, a Alexa usa os serviços de infraestrutura essenciais fornecidos pela Amazon Web Services (AWS): Amazon SimpleDB, Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2), Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) e Amazon Simple Queue Service (Amazon SQS). Esses serviços oferecem a base escalável para o alto volume de serviços da web da Alexa.

Uma oferta popular é o serviço Alexa Site Thumbnail, que possibilita que os desenvolvedores insiram imagens de páginas da web em seu próprio site ou aplicativo. Para habilitar esse serviço da web, a Alexa utiliza o Amazon S3 para armazenar e fornecer milhões de imagens em miniatura, além de usar o Amazon SimpleDB para indexar automaticamente e consultar e maneira eficiente as imagens armazenadas. Atualmente, o Alexa armazena mais de 12 milhões de objetos no SimpleDB e executa mais de 5 milhões de consultas diariamente nesse banco de dados.

Outra oferta da Alexa baseada na Amazon Web Services é a Alexa Web Search “Grep the Web”, que permite que os usuários criem filtros personalizados utilizando critérios não indexados pela Alexa. Os clientes podem usar esse recurso, por exemplo, para localizar documentos que contenham tags HTML, links ou imagens específicos.

Nessa arquitetura, o Alexa escolheu o Amazon SimpleDB em vez do MySQL para armazenar os dados de status/registro imediatos e o Amazon S3 recupera os conjuntos de dados de entrada e armazena os conjuntos de dados de saída. Além disso, também usam o Amazon EC2 para executar o grande cluster distribuído de processamento hadoop e o Amazon SQS para armazenar temporariamente as solicitações.

Ao usar o Amazon SimpleDB, a Alexa pode reduzir os custos no gerenciamento e execução de banco de dados relacional em dois servidores e um sistema de backup. O Amazon SimpleDB também permitiu que a equipe da Alexa ficasse livre dos desafios convencionais de executar e escalar um banco de dados de alto desempenho. “Antes do SimpleDB, nossos desenvolvedores passavam muito tempo escalando e sincronizando nossa arquitetura de banco de dados e se preocupavam com failovers e backups”, disse Greg Orelind, gerente de projeto técnico das ofertas de informações da web da Alexa. “Com o SimpleDB, posso confiar no banco de dados altamente disponível e de escala de web da Amazon, e deixar que meus desenvolvedores se concentrem na criação de novos recursos essenciais para nosso aplicativo.”

Além disso, Orelind destaca a facilidade do uso da Amazon Web Services, apontando o tempo economizado usando as bibliotecas fornecidas no centro de recursos da Amazon Web Services. “As bibliotecas pré-configuradas permitem que a Alexa inicie qualquer novo projeto com o conforto de desenvolver com base em bibliotecas existentes.”

Com um histórico de sucesso com a Amazon Web Services, a Alexa considera a AWS como a primeira opção ao definir a arquitetura de qualquer novo serviço. A escalabilidade, confiabilidade e disponibilidade da AWS permite que a Alexa se concentre em inovações de produtos e em cumprir as necessidades dos clientes.

Para saber mais sobre como a AWS pode apoiar suas necessidades de aplicativos da web, móveis e sociais, visite: http://aws.amazon.com/web-mobile-social/.