Entre em contato com o setor de vendas para o setor público
MJFF
3:11

 

O mal de Parkinson, uma doença neurodegenerativa que afeta os movimentos, a cognição, o humor e função autonômica, atinge cerca de cinco milhões de pessoas em todo o mundo. Como os sintomas variam de pessoa para pessoa, as pesquisas sobre a doença ficam ainda mais difíceis devido à falta de dados objetivos. Como acontece com várias aplicações usadas para pesquisa clínica, a coleta, a análise e o armazenamento de dados são complexos, dispendiosos e demorados. A Michael J. Fox Foundation for Parkinson’s Research (MJFF) apoiou a Intel para a criação de uma plataforma de análise de big data usando a infraestrutura da AWS, o Hadoop e outras tecnologias de IoT. A plataforma coleta e processa o grande fluxo de dados de sensores de smartphones e dispositivos vestíveis, e depois disponibiliza esses dados aos pesquisadores para análise. Saiba mais »


  • Governo

    Ao migrar para a AWS, a FINRA (Autoridade Regulatória do Setor Financeiro) criou uma plataforma flexível capaz de adaptar-se à dinâmica de mercado em constante mudança, enquanto disponibiliza aos seus analistas as ferramentas certas para consultar de modo interativo conjuntos de dados de vários petabytes. A FINRA, um dos maiores reguladores independentes de títulos dos Estados Unidos, foi apontada para monitorar e regular as práticas de operações financeiras. Para responder à dinâmica de mercado em constante mudança, a FINRA transferiu cerca de 75% de suas operações para a Amazon Web Services, usando a AWS para capturar, analisar e armazenar um influxo diário de 75 bilhões de registros. A empresa estima que economizará até 20 USD milhões por ano usando a AWS em vez da infraestrutura de um datacenter físico.

    Ao usar a AWS, a Corte dei conti (Tribunal de Contas da Itália) está transformando o modo como os funcionários trabalham, disponibilizando acesso flexível e seguro a aplicações de qualquer lugar e em qualquer dispositivo. A entidade tem responsabilidade jurídica e administrativa sobre as contas e os orçamentos de todas as instituições públicas da Itália. Ela está disponibilizando desktops virtuais em sua plataforma baseada na Citrix por meio da AWS, usando o Amazon WorkSpaces e o Amazon EC2.  

    A New York Public Library (NYPL) renovou seu ambiente fragmentado de TI, que tinha uma tecnologia antiga e um sistema legado, para uma plataforma modernizada na AWS. A New York Public Library fornece anualmente livros gratuitos, informações, ideias e educação para mais de 17 milhões de usuários. Ao usar o Amazon EC2, o Elastic Load Balancing, o Amazon RDS e o Auto Scaling, a NYPL pode criar sistemas escaláveis e replicáveis rapidamente por um custo muito mais baixo.

    Ao migrar para a Nuvem AWS, o Ministério da Justiça (MoJ) pode usar a tecnologia para aprimorar a eficácia e a imparcialidade dos serviços que fornece aos cidadãos britânicos. O MoJ é um departamento ministerial do governo do Reino Unido. Ele tinha seu próprio datacenter no local, mas não tinha a habilidade de mudar e adaptar-se rapidamente às necessidades dos cidadãos. Conforme mais serviços digitais eram criados, o MoJ recorreu à AWS para automatizar, consolidar e oferecer serviços aos cidadãos. Ao usar os serviços da AWS, como o Amazon EC2, o Amazon S3 e o Route 53, o MoJ pôde usar a tecnologia como um facilitador para que a justiça seja imparcial e mais eficaz.

    Ao usar o AWS Snowmobile, a DigitalGlobe consegue disponibilizar petabytes de dados em semanas em vez de meses, além de reduzir os custos, permitindo que a empresa disponibilize dados aos seus clientes no menor espaço de tempo possível. A DigitalGlobe é um dos maiores provedores de imagens, dados e análise terrestres em alta resolução do mundo. A empresa usa o AWS Snowmobile para migrar até 70 petabytes de dados de arquivamento para a nuvem, o que possibilita evitar grandes protocolos de transferências de arquivos e fluxos de trabalho de entrega. Assista ao vídeo para saber mais.

  • Educação

    A Ellucian usa a AWS para uma plataforma global, escalável, altamente segura e inovadora para hospedar suas aplicações e atender melhor seus clientes de ensino superior em mais de 20 países no mundo inteiro. A Ellucian disponibiliza aplicações para instituições de ensino superior. O uso da Ellucian da AWS, sua presença expansiva em aplicativos e sua ampla base de usuários permitem que as universidades expandam seus sistemas durante períodos de matrículas e o diminuam para economizar custos e recursos, oferecendo uma melhor experiência para o cliente.

    A Universidade de Maryland, em College Park, usa a Nuvem AWS para criar um ambiente técnico estável, seguro e moderno para seus estudantes e funcionários enquanto garante a conformidade. A Universidade de Maryland é uma universidade pública de pesquisa localizada na cidade de College Park, Maryland, e é a instituição ícone do sistema de universidades de Maryland. A universidade está usando a AWS para migrar todos os seus datacenters para a nuvem e o Amazon WorkSpaces para dar aos estudantes acesso ao software a qualquer momento, em qualquer lugar e com qualquer dispositivo.

    O Guttman Lab, no Instituto de Tecnologia da Califórnia, usa um cluster HPC (computação de alto desempenho) baseado na AWS para adicionar rapidamente nós computacionais, analisar dados de sequenciamento genômico em dias, em vez de semanas, além de gerenciar facilmente credenciais de acesso ao cluster. Administrado pelo Dr. Mitch Guttman, o Guttman Lab é um laboratório de pesquisa baseado em Pasadena, na Califórnia, especializado no estudo de genes RNA longos não codificantes. O laboratório executa seu cluster HPC cada vez maior na AWS, usando a Amazon Virtual Private Cloud para executar recursos em uma rede definida, como também o Amazon WorkSpaces e o Simple AD para gerenciar o acesso.  

    A Open Universities Australia (OUA) fornece educação à distância e cursos online para estudantes na Austrália e outros países. O datacenter instalado da OUA não podia fornecer a escalabilidade para dar suporte ao crescimento planejado e à diversificação com a eficiência de custos necessária, então a empresa migrou seus sites e aplicativos para a AWS. Isso permitiu que a OUA reduzisse o tempo necessário para promover mudanças na produção de três meses para menos de duas horas, cortasse custos em até 1 milhão AUD (726.850 USD) em dois anos e aprimorasse o desempenho de sites em até 20%.  

  • Sem fins lucrativos

    Ao usar a AWS, o Change.org pode desenvolver e implantar novos recursos mais rapidamente, já que reduziu o tempo de criação de testes de uma hora para 15 minutos, e também pode dimensionar facilmente para dar suporte durante picos de tráfego em sites. O Change.org é a maior plataforma de transformação social e a que cresce mais rapidamente, com mais de 125 milhões de usuários em 196 países iniciando campanhas e angariando suporte para causas locais e assuntos globais. A organização gerencia seu site e grupo de inteligência de negócios na AWS, além de conduzir sua integração contínua e testes no Solano CI, uma solução baseada na AWS de Solano Labs, parceiro de tecnologia Advanced da AWS Partner Network (APN).  

    O uso da AWS permitiu que o International Rice Research Institute e outros parceiros reduzissem custos de infraestrutura de tecnologia em 30%, atingissem disponibilidade de 99,999% e entregassem ambientes de teste especializados em duas horas. O International Rice Research Institute desenvolve variedades de arroz que podem suportar secas, enchentes, doenças e outros eventos potencialmente danosos. A organização já colaborou com outros nove membros do grupo de consulta para pesquisa internacional de agricultura para executar um sistema integrado de planejamento de recursos corporativos na AWS.

    A MPAC executa seu principal mecanismo de avaliação de propriedade 5.000% mais rápido a um décimo do custo usando a AWS em vez da sua antiga arquitetura de TI. A MPAC, Municipal Property Assessment Corporation, é uma organização pública responsável por fazer avaliações de mais de 5 milhões de propriedades em todo o Canadá. A empresa mudou sua arquitetura tradicional de TI para ser mais responsiva e ágil ao atender seus clientes.

    Deborah W. Brooks, cofundadora e vice-presidente executiva da The Michael J. Fox Foundation for Parkinson’s Research, compartilha como a MJFF usa a nuvem para combater a doença de Parkinson na Conferência para o Setor Público da AWS 2016 em Washington, DC.  

    Stephanie von Friedeburg, diretora de TI e vice-presidente do grupo, soluções de tecnologia e informação do Banco Mundial fala sobre sua transição para a nuvem.  

    A Thorn: Digital Defenders of Children é uma organização sem fins lucrativos dedicada a fomentar inovação tecnológica e direcioná-la para atuar na luta contra o tráfico infantil. A inovação tecnológica pode significar intervenções rápidas em situações em que vidas estejam em risco. Saiba como a AWS permite que a organização teste e ajuste sua escala para entregar ferramentas nas mãos daqueles que podem implantá-las em todo o país e internacionalmente para salvar vidas e proteger crianças.  



Pronto para começar a criar e a aumentar a escala de sua startup na AWS?

Entrar em contato com o setor de vendas para o setor público | Criar uma conta da AWS