Uma das pioneiras do mercado de e-learning brasileiro, a Ilog Tecnologia foi a responsável pelo desenvolvimento de um dos sistemas de gestão de aprendizagem (LMS) de maior sucesso no Brasil, o Web Ensino, utilizado em projetos de educação a distância de organizações como Volvo, Electrolux, GVT, Tigre, Weg, SENAI-SP, SENAI-SC, SENAI-MG, SESI Nacional, Unilever, Sotreq, entre outros.

Em 2007, o posicionamento da Ilog no mercado brasileiro despertou o interesse da Datasul, então uma das maiores empresas de software de gestão do país, que adquiriu a propriedade intelectual do LMS Web Ensino e as operações de e-learning da empresa. Por conta desta operação, a Ilog esteve impedida de atuar com sua marca própria durante o período de abr/2007 a abr/2012, onde esteve presente sob a marca Edumaster.

Em abril de 2012 a Ilog voltou a atuar diretamente com sua marca em projetos de Educação Corporativa e Educação à Distância, e lançou o KONVIVA, um LMS de última geração, com suporte a Gestão da Aprendizagem e a Colaboração (Rede Social Corporativa).

Ao longo de sua trajetória a Ilog desenvolveu e adaptou sistemas LMS para atender necessidades específicas de diversas organizações como SEBRAE/IEA, O Boticário, SESI, Volkswagen, que foram responsáveis pela gestão de mais de 2 milhões de usuários, 7 milhões de matrículas e 18 mil cursos presenciais e a distância. O KONVIVA sintetiza todo o conhecimento e experiência da Ilog no desenvolvimento de sistemas e na implantação de projetos de sucesso em Educação Corporativa.

Neste momento cerca de 20 empresas estão em negociação com a Ilog para a implantação do produto, que foi lançado internacionalmente em maio de 2013, no evento ASTD 2013 International Conference & Exposition, realizado em Dallas, Texas - EUA. O KONVIVA, atual LMS da empresa já desponta no cenário nacional como um dos principais sistemas desta categoria, com um somatório de aproximadamente 6.000 usuários, com destaque para utilização do sistema por empresas de tecnologia, entre elas a Senior Sistemas, um dos principais players de ERP do país.

A Ilog tem sua sede em Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina – Brasil.

A plataforma de e-learning KONVIVA tem picos de utilização de milhares de usuários em certos horários do dia e em outros pode ter apenas centenas. Esta variação é um desafio para gestão de custos e garantia de estabilidade e performance do serviço, que influenciam diretamente na experiência de uso do sistema e na satisfação dos usuários.

Para tal, a empresa trabalha com a MR2 para otimizar a infraestrutura e a arquitetura das aplicações para garantir o dimensionamento adequado da qualidade do serviço, independente da demanda de acessos, com excelente custo-benefício.

Os serviços implementados pela AWS são o Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2), Amazon Elastic Block Store (Amazon EBS), Amazon Simple Storage Service (Amazon S3), AMIs, Amazon CloudFormation, Amazon Elastic Load Balancing (Amazon ELB), Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) e Amazon Route 53. A plataforma KONVIVA é baseada principalmente em Java e Linux. Ela foi construída do zero a partir de 2011, e sua arquitetura já foi orientada para aproveitar os benefícios da Nuvem da Amazon Web Services.

Um dos critérios de decisão da escolha pelos serviços da Amazon Web Services foi a oferta de seu modelo on demand. O KONVIVA tem um perfil de acesso pouco previsível. Desta forma o planejamento da infraestrutura em um datacenter convencional teria que prever o pior caso, o que não seria vantajoso principalmente do ponto de vista de custos para a Ilog.

“A AWS oferece serviços de automação, monitoramento, gestão da rede e serviços (Amazon CloudFormation, Amazon CloudWatch, Amazon VPC, Amazon RDS, entre outros) que a diferencia dos demais, permitindo uma configuração de rede muito mais flexível e com menor necessidade de micro gerenciamento do que em outros modelos de hospedagem”, conta Gustavo Rohde, sócio da Ilog.

Conforme diagrama abaixo é possível entender melhor as soluções da Amazon Web Services aplicadas na Ilog:

arch_ilog

Figure 1: Ilog Diagrama

Ao migrar os serviços para a Nuvem da AWS, a Ilog apresentou uma redução de custos em torno de 80%. A diminuição no investimento de bens de capital (CAPEX) também foi um dos motivos pelo qual escolheram os serviços da AWS. Já em relação às despesas operacionais (OPEX), ele diz que não houve redução direta de custos neste quesito, mas o uso da AWS permite fazer mais com o mesmo time, fato que permitiu manter o custo operacional bastante competitivo. Rohde ainda acrescenta que assim que foi acertado o provisionamento de infraestrutura de forma elástica, o SLA aumentou significativamente.

“Recentemente observamos mais de 5 milhões de hits por mês, um crescimento de mais de 300% em relação a meses anteriores. Sendo que há grande variação de acordo com o dia, de 30.000 hits/dia a 400.000 hits/dia. Estes picos de utilização podem acontecer de forma súbita devido às características do perfil de utilização do sistema, podendo chegar a 150.000/hits por hora”, diz Gustavo.

O Kekanto teve uma redução em seu investimento em capital devido ao modelo on demand da AWS que é totalmente proporcional ao crescimento da empresa e retira a obrigatoriedade da antecipação de gastos com infraestrutura.

Como futuros planos e lições aprendidas, ele afirma que pretende aproveitar o conhecimento do KONVIVA, um parceiro que já é experiente em AWS e infraestrutura para internet, para focar mais no negócio, canalizando todas as energias em inovação e na capacidade de tornar o produto melhor a cada dia, com o intuito de serem mais assertivos e eficientes.

Para saber mais sobre como a Amazon Web Services pode ajudar no seu planejamento quanto ao tráfego de entrada de usuários em sua aplicação, visite a nossa página de detalhes da Amazon Elastic Load Balancing: http://aws.amazon.com/pt/elasticloadbalancing/