Para disponibilizar um serviço confiável com a flexibilidade e a confiabilidade necessárias para os nossos usuários finais civis e do governo, escolhemos a Amazon Web Services.

 

Matthew Berryman Arquiteto de TI, SMART Infrastructure Facility, Universidade de Wollongong

A PetaJakarta é um projeto de pesquisa aplicada apoiado originalmente pelo Global Challenges Program, da University of Wollongong, e pelo programa Data Grants do Twitter. Ele reúne mapeamento móvel e informações locais sobre inundações para a cidade de Jacarta, na Indonésia. A plataforma permite que 28 milhões de cidadãos de Jacarta compartilhem em tempo real informações sobre inundações em uma parte do mundo que, cada vez mais, é prejudicada por elas. Além da coleta e disseminação de informações realizadas pelos membros da comunidade por meio de dispositivos móveis habilitados para serviços de localização, os pesquisadores podem complementar os medidores do nível de água manuais atuais usando sensores do nível de água para aumentar de modo econômico o monitoramento da rede de vias navegáveis de Jacarta.  

• A necessidade de acesso imediato a informações precisas e urgentes sobre as inundações a qualquer momento e de qualquer lugar.

• A capacidade de escalar para atender aos picos na demanda durante situações de emergência.

• A capacidade de permitir que organizações de resposta a situações de emergência insiram de modo seguro dados na plataforma.
 

• Usa instâncias do AWS Elastic Beanstalk, do Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) e do Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) para coletar dados de redes sociais e medidores de enchente.

• Usa serviços do AWS IoT para gerenciar sensores e coletar dados de implantações em campo na cidade de Jacarta.

• Usa o Elastic Load Balancing, o Auto Scaling e o Amazon Route 53 para transmitir de modo seguro dados para o mapeamento.

• Escalabilidade e confiabilidade: os recursos e a escalabilidade do failover automático da AWS oferecem continuidade de serviço durante picos no tráfego durante os eventos de inundações. Durante o período de monções de 2015 a 2016, 23 mil pessoas usaram o site da PetaJakarta, com 3.500 relatórios sobre inundações nas redes sociais e mais de 1,6 milhão de impressões do Twitter.

• Gestão de custos: a plataforma da PetaJakarta pode escalar para administrar altos volumes de tráfego durante desastres sem exigir servidores dispendiosos que ficam ociosos nos períodos de baixo movimento.

• Segurança: os usuários podem conectar dispositivos a Serviços da AWS de modo seguro para processar dados e habilitar aplicações para interagir com dispositivos mesmo quando estiverem off-line.

• Hoje, a equipe da PetaJakarta está baseada no Massachusetts Institute of Technology e prepara-se para o lançamento do PetaBencana.id, que atenderá mais cidades, terá um alcance mais abrangente nas redes sociais, obterá dados de fontes adicionais e utilizará uma nova arquitetura.

• A nova arquitetura usa o Amazon CloudFront e o Amazon API Gateway para melhorar a escalabilidade e a resiliência do site. No futuro, as chamadas de API poderão ser administradas pelo AWS Lambda.

• A University of Wollongong continuará o desenvolvimento de seus sensores do nível de água com IoT, utilizando energia solar e gestão de energia para adequar os sensores para a implantação em longo prazo e em grande escala em Jacarta e outras cidades.