Publicado: Dec 6, 2017

Temos a satisfação de anunciar a disponibilidade imediata do Elasticsearch 6.0 e do Kibana 6.0 no Amazon Elasticsearch Service. O Elasticsearch é um mecanismo de análise e pesquisa popular de open-source para análise de log, pesquisa de texto completo, monitoramento de aplicativos, e outros. O Amazon Elasticsearch Service fornece APIs e recursos em tempo real fáceis de usar do Elasticsearch, juntamente com a disponibilidade, escalabilidade e segurança exigidas pelas cargas de trabalho de produção. 

Ao criar um domínio do Amazon Elasticsearch Service, agora você pode selecionar o Elasticsearch versão 6.0. Todos os domínios do Amazon Elasticsearch Service que usam Elasticsearch 6.0 são acompanhados pelo Kibana 6.0, a versão correspondente da ferramenta de visualização de open-source.

O Elasticsearch 6.0 no Amazon Elasticsearch Service é alimentado pelo Apache Lucene 7.0.1 e oferece várias melhorias em relação à stack do Elasticsearch 5.5, entre elas:

  • Maior eficiência em campos avulsos: os valores Doc fornecem recursos potentes de armazenamento de dados em colunas, mas antes o Elasticsearch reservava um slot de armazenamento para campo em cada coluna. Com esta versão, os campos preenchidos avulsamente consomem muito menos espaço no disco e fazem com que a utilização de cache do sistema de arquivos seja mais eficiente.
  • Menor consumo do disco: o campo “_all” concatenava todos os valores juntos para que fosse mais fácil começar a trabalhar com o Elasticsearch, mas criava uma quantidade enorme de dados duplicados. O campo “_all” ficou obsoleto no Elasticsearch 6.0, o que pode reduzir de forma significante a utilização do disco.
  • Classificação do índice e tempos de consulta mais rápidos: agora você pode otimizar os índices do Elasticsearch para armazenar documentos em disco em uma ordem específica, o que pode permitir que as consultas sejam retornadas com mais eficiência. 
  • Melhor gerenciamento de recursos de consulta: o limite de número máximo de solicitações de estilhaços simultâneos, que podem ser atendidas em uma única pesquisa, recebeu um novo controle. Essa modificação reduz intencionalmente a velocidade de pesquisas muito amplas, diminuindo seu impacto sobre outros usuários. 
  • Melhorias de acessibilidade do Kibana 6.0: No Kibana, as cores foram redesenhadas para que tenham configurações de contraste adequadas para usuários daltônicos
  • Nova linguagem de consulta experimental do Kibana (Kuery): o recurso de pesquisa padrão no Kibana é uma string de consulta simples que limita a utilidade do aplicativo. Kuery é uma nova linguagem de consulta criada para simplificar a experiência de pesquisa do Kibana e fornece a base para novos recursos potentes, como funções com nome e campos de script.

O Elasticsearch 6.0 no Amazon Elasticsearch Service está disponível agora em 14 regiões em todo o mundo: Leste dos EUA (Norte da Virgínia), Leste dos EUA (Ohio), Oeste dos EUA (Oregon), Oeste dos EUA (Norte da Califórnia), Canadá (Central), América do Sul (São Paulo), UE (Irlanda), UE (Londres), UE (Frankfurt), Ásia-Pacífico (Cingapura), Ásia-Pacífico (Sydney), Ásia-Pacífico (Tóquio), Ásia-Pacífico (Seul) e Ásia-Pacífico (Mumbai).

É fácil começar a usar o Amazon Elasticsearch Service. Para clientes no nível de uso gratuito da AWS, o Amazon Elasticsearch Service fornece utilização grátis de até 750 horas por mês de uma única instância AZ t2.small.elasticsearch e 10 GB de armazenamento de EBS opcional por mês. Faça o login no console para iniciar seu domínio do Amazon Elasticsearch Service hoje mesmo.