Amazon EC2
Nuvem AWS
Comece a usar o Elastic Load Balancing

O Elastic Load Balancing distribui automaticamente o tráfego de aplicativos entre diversos destinos, como instâncias, contêineres e endereços IP do Amazon EC2. O serviço pode lidar com a carga variável de tráfego dos aplicativos em uma única zona de disponibilidade ou em diversas zonas de disponibilidade. O Elastic Load Balancing oferece três tipos de load balancers, todos eles com a alta disponibilidade, a escalabilidade automática e a segurança robusta necessárias para tornar os aplicativos tolerantes a falhas.

Application Load Balancer

O Application Load Balancer é mais adequado ao balanceamento de tráfego HTTP e HTTPS e oferece roteamento avançado de solicitações para a entrega de arquiteturas modernas de aplicativos, incluindo microsserviços e contêineres. Operando no nível de solicitação individual (camada 7), o Application Load Balancer roteia tráfego a destinos dentro do Amazon Virtual Private Cloud (Amazon VPC) de acordo com o conteúdo da solicitação.

Saiba mais>>

Load balancer de rede

O load balancer de rede é mais adequado ao balanceamento de cargas de tráfego TCP que demandam desempenho extremo. Operando no nível de conexão (camada 4), o load balancer de rede roteia tráfego a destinos dentro do Amazon Virtual Private Cloud (Amazon VPC) e é capaz de lidar com milhões de solicitações por segundo, mantendo latências ultrabaixas. O load balancer de rede também é otimizado para lidar com padrões de tráfego súbitos e voláteis.

Saiba mais>>

Classic Load Balancer

O Classic Load Balancer oferece load balancing entre diversas instâncias do Amazon EC2 e opera nos níveis de solicitação e conexão. O Classic Load Balancer é destinado a aplicativos criados dentro da rede EC2-Classic.

Saiba mais>>


Computação elástica na escala da web

Altamente disponível

O Elastic Load Balancing distribui automaticamente o tráfego recebido entre diversos destinos – instâncias do Amazon EC2, contêineres e endereços IP – em várias zonas de disponibilidade e assegura que somente os destinos íntegros recebam tráfego. O Elastic Load Balancing também pode oferecer load balancing em uma região, roteando o tráfego para destinos íntegros em zonas de disponibilidade diferentes.

Completamente controlado

Seguro

O Elastic Load Balancing trabalha com o Amazon Virtual Private Cloud (VPC) para fornecer recursos de segurança robustos, incluindo gerenciamento de certificados e descriptografia de SSL integrados. Juntos, oferecem a flexibilidade de gerenciar centralmente configurações de SSL e transferir cargas de trabalho com uso intensivo de CPU de seus aplicativos.                                                                                                                                         

Serviços flexíveis de hospedagem na nuvem

Elástico

O Elastic Load Balancing é capaz de lidar com as rápidas alterações dos padrões de tráfego da rede. Além disso, a integração estreita com o Auto Scaling garante capacidade de aplicativos suficiente para atender a níveis variáveis de carga de aplicativos, sem necessidade de intervenção manual.                                                                                                                                                                                                                

Serviços flexíveis de hospedagem na nuvem

Flexível

O Elastic Load Balancing também permite usar endereços IP para rotear solicitações a destinos de aplicativos. Esse recurso oferece flexibilidade na forma de virtualizar destinos de aplicativos, permitindo hospedar mais aplicativos na mesma instância. Além disso, os aplicativos podem ter security groups individuais e usar a mesma porta de rede para simplificar ainda mais a comunicação entre aplicativos em arquiteturas baseadas em microsserviços.

Serviços flexíveis de hospedagem na nuvem

Monitoramento e auditoria robustos

O Elastic Load Balancing permite monitorar aplicativos e seu desempenho em tempo real com métricas, registro em log e rastreamento de solicitações do Amazon CloudWatch. Dessa forma, a visibilidade do comportamento dos aplicativos é aprimorada, evidenciando problemas e identificando gargalos de desempenho na pilha de aplicativos com granularidade de solicitações individuais.

Serviços flexíveis de hospedagem na nuvem

Balanceamento de carga híbrido

O Elastic Load Balancing oferece a capacidade de balancear a carga entre os recursos locais e da AWS usando o mesmo load balancer. Esse recurso facilita a migração, o failover ou a transferência de picos de aplicativos locais para a nuvem.

O Elastic Load Balancing oferece tolerância a falhas para os aplicativos, balanceando automaticamente o tráfego entre destinos – instâncias, contêineres e endereços IP do Amazon EC2 – e zonas de disponibilidade, garantindo que somente destinos íntegros recebam tráfego. Se todos os destinos de uma única zona de disponibilidade perderem a integridade, o Elastic Load Balancing roteará o tráfego para instâncias íntegras de outras zonas de disponibilidade. Quando os destinos retornarem ao estado íntegro, o load balancing voltará automaticamente a usar os destinos originais.

Com o suporte aprimorado a contêineres do Elastic Load Balancing, você agora pode usar load balancing automático entre várias portas na mesma instância do Amazon EC2. Também é possível aproveitar a estreita integração com o Amazon EC2 Container Service (ECS), que disponibiliza uma oferta de contêineres totalmente gerenciada. Basta registrar um serviço com um load balancer para que o ECS gerencie de forma transparente o registro e o cancelamento de registro de contêineres do Docker. O load balancer detecta automaticamente a porta e se autoconfigura dinamicamente.

O Elastic Load Balancing proporciona confiança de que os aplicativos escalarão de acordo com a demanda dos clientes. Com a capacidade de acionar o Auto Scaling para uma frota de instâncias do Amazon EC2 quando a latência de qualquer instância EC2 exceder um limite pré-configurado, os aplicativos estarão sempre prontos para atender à próxima solicitação dos clientes.

O Elastic Load Balancing facilita a criação de um ponto de entrada voltado à Internet em uma VPC ou o roteamento do tráfego de solicitações entre as camadas do aplicativo em uma VPC. Você pode atribuir security groups ao seu load balancer para controlar quais portas estão abertas para uma lista de fontes permitidas. Como o Elastic Load Balancing está integrado à VPC, todas as listas de controle de acesso à rede (ACLs) e tabelas de roteamento atuais continuam a disponibilizar controles de rede adicionais.

Quando cria um load balancer em uma VPC, você pode especificar se o load balancer será voltado à Internet (o padrão) ou interno. Se você selecionar interno, não será preciso ter um gateway de Internet para acessar o load balancer, e os endereços IP privados do load balancer serão usados no registro de DNS do load balancer.

O Elastic Load Balancing oferece a capacidade de balancear a carga entre os recursos locais e da AWS usando o mesmo load balancer. Por exemplo, se for necessário distribuir o tráfego de aplicativos entre os recursos locais e da AWS, será possível fazer isso registrando todos os recursos (locais e da AWS) no mesmo grupo de destino e associando o grupo de destino a um load balancer. Como alternativa, é possível usar o balanceamento ponderado de carga baseado em DNS entre os recursos locais e da AWS usando dois load balancers, um para os recursos locais e o outro para os recursos da AWS.

Também é possível usar load balancing híbrido para beneficiar aplicativos separados, quando um está em uma VPC e o outro está no local. Você pode colocar os destinos da VPC em um grupo de destino, os destinos locais em outro grupo de destino e usar o roteamento baseado em conteúdo para direcionar o tráfego para cada grupo de destino.


É fácil começar a usar o Elastic Load Balancing. Siga a nossa orientação detalhada no console para implantar o seu primeiro load balancer com apenas alguns cliques.

Faça login no console