AWS Local Zones

Execute aplicações sensíveis à latência mais perto de usuários finais

O AWS Local Zones é uma espécie de implantação de infraestrutura da AWS que localiza a computação, armazenamento, banco de dados e outros produtos seletos da AWS mais perto do público em geral, do setor e dos centros de TI. Com as AWS Local Zones, é possível executar com facilidade aplicações que precisam de latência de milissegundo de um dígito mais perto dos usuários finais em uma geografia específica. As AWS Local Zones são ideais para casos de uso como criação de conteúdo de mídia e entretenimento, jogos em tempo real, streaming de vídeo ao vivo e inferência de machine learning.

As AWS Local Zones são uma extensão de uma região da AWS, onde é possível executar aplicações que têm requisitos rigorosos de latência com serviços da AWS, como Amazon Elastic Compute Cloud, Amazon Virtual Private Cloud, Amazon Elastic Block Store, Amazon FSx, Amazon Elastic Load Balancing, Amazon EMRAmazon ElastiCacheAmazon Elastic Kubernetes ServiceAmazon Elastic Container ServiceAmazon Relational Database Service na proximidade geográfica dos usuários finais. As AWS Local Zones oferecem alta largura de banda, conexão segura entre as cargas de trabalho locais e as executadas na região da AWS. Com isso, você pode facilmente retomar a conexão com outras cargas de trabalho em execução na região e com todos os tipos de serviços na região usando as mesmas APIs e conjuntos de ferramentas.

As AWS Local Zones têm gerenciamento e suporte da AWS. Dessa forma, você pode usufruir de todos os benefícios de elasticidade, escalabilidade e segurança da nuvem. Você pode criar e implantar facilmente aplicações sensíveis à latência aos seus usuários finais utilizando os produtos da AWS, além de poder expandir, reduzir e pagar somente pelos recursos utilizados, o que oferece uma experiência consistente da AWS.

Comece com AWS Local Zones em Boston, Dallas, Houston, Los Angeles, Miami e Filadélfia aqui.

Para solicitar informações sobre localizações adicionais do AWS Local Zones, clique here (aqui).

AWS Local Zones: Visão geral do produto

Benefícios

Baixa latência e processamento de dados locais

As AWS Local Zones colocam os serviços de computação, armazenamento, banco de dados e outros serviços seletos da AWS mais perto dos usuários para que você possa descobrir novas possibilidades e oferecer aplicações e serviços inovadoras que exigem latências inferiores a 10 milissegundos para mais usuários. Com as AWS Local Zones, é possível oferecer suporte a aplicações com alta taxa de transferência e reduzir seus requisitos de taxa de transferência de ponta a ponta.

Experiência consistente com a AWS

Com o AWS Local Zones você pode usar a mesma infraestrutura da AWS, os serviços, as APIs e os conjuntos de ferramentas que já conhece na nuvem. Os aplicativos têm acesso rápido, seguro e fácil a uma grande variedade de serviços na região principal.

Flexível e escalável

O AWS Local Zones faz parte da infraestrutura global da AWS e oferece os mesmos benefícios que as Regiões da AWS, como elasticidade, disponibilidade, seleção e definição de preço baixa conforme o uso. Você pode começar com pouco e expandir conforme suas necessidades aumentarem, e pagar somente pelos recursos que usar.

Como funciona

Como funciona o AWS Local Zones

Casos de uso

Criação de conteúdo de mídia e entretenimento

Execute cargas de trabalho com requisitos rigorosos de latência, como produção ao vivo, edição de vídeo e estações de trabalho virtuais com uso intensivo de gráficos, para os artistas que estão geograficamente próximos ao AWS Local Zones. Agilize a criação de conteúdo sem limitações de latência e restrições de capacidade, e maior segurança e eficiência operacional.

Jogos com vários jogadores em tempo real

Implante servidores de jogos com requisitos rigorosos de latência no AWS Local Zones para executar sessões de jogos com vários jogadores em tempo real e manter uma experiência confiável de jogo. Com as AWS Local Zones, você implanta servidores de jogos mais perto dos jogadores e oferece uma experiência de jogo interativa e em tempo real.

Streaming de vídeo

Faça streaming do conteúdo de vídeo ao vivo com latência de milissegundo de um dígito e alta fidelidade para seus usuários finais. Realize cálculos e análises de conteúdo de vídeo perto do evento e estenda facilmente entre Zonas de disponibilidade e AWS Local Zones perto dos usuários finais para streaming de alta fidelidade.

AR/VR

Ofereça suporte a aplicações de AR/VR realizando cálculos e análises perto dos usuários finais com AWS Local Zones. Reduza com eficiência as latências de movimento para fótons (MTP) para o benchmark superior a 20 ms necessário para oferecer uma experiência realista ao cliente.

Machine learning

Tenha facilidade ao hospedar e treinar modelos continuamente, para obter alta inferência de performance de baixa latência. Trabalhe com os dados, experimente com algoritmos e visualize os resultados mais rapidamente nas AWS Local Zones.

Simulações de engenharia

Execute simulações de computação intensiva, como explorações do Earth Science, genômica, modelagem de risco financeiro e design de chip próximo aos recursos locais e usuários finais. Expanda oportunidades, otimize a tomada de decisões e resolva problemas de design complexos atendendo aos requisitos de latência ultrabaixa.

Histórias de clientes

Dish

A DISH Network Corporation é uma empresa de conectividade. Ela atua desde 1980 como uma força disruptiva impulsionando inovação e valor em nome de clientes.

“Como uma nova transportadora, aproveitar a AWS e sua ampla rede de parceiros permite que nos diferenciemos operando a nossa rede 5G com alto nível de automação, com o talento dos desenvolvedores treinados pela AWS e ajudando os nossos clientes a inserir novas aplicações 5G no mercado mais rápido do que nunca.” Charlie Ergen, cofundador e presidente da DISH
Reinventing Cloud Native 5G Networks with AWS and DISH (3:25)
Edgegap

A Edgegap é um provedor de serviços líder de hospedagem de jogos cujo foco é oferecer a melhor experiência online aos jogadores. 

“Nós temos estúdios de jogos com jogadores do mundo inteiro. Conseguir oferecer a melhor experiência online aos jogadores onde eles estiverem é uma das nossas vantagens competitivas. Administrar latência alta ou instável é uma das piores experiências em jogos e, à medida que mais e mais jogos são monetizados em todo o seu ciclo de vida, oferecer uma boa experiência de forma consistente torna-se uma questão de geração de receita para os estúdios de jogos”, disse Mathieu Duperré, CEO da Edgegap Technologies.  “Com o AWS Local Zones, a Edgegap agora pode realizar implantações ainda mais perto de onde os jogadores estão, elevando sua experiência em jogos a outros patamares. Para alguns de nossos clientes, como a Triple Hill Interactive e seu jogo de luta Die by the Blade, conseguir hospedar um torneio mundial um contra um online com as melhores condições possíveis é algo que eles simplesmente não conseguiram com provedores de serviços tradicionais. Para outros, como a Agog e seu atirador de arena acelerado, Brutal Grounds, cada disputa deve ser implantada na melhor localidade para todos os jogadores para fornecer um ambiente justo. Para o desenvolvedor indie Cofa Games e o seu MOBA Awakening of Heroes, conseguir usar um número cada vez maior de localizações por meio de uma API simples é uma forma de poupar tempo. O AWS Local Zones nos oferece mais flexibilidade para reforçar a experiência de jogadores em todos esses cenários.”
JackTrip Labs

A JackTrip Labs combina as tecnologias mais recentes de computação de borda e áudio digital para tornar a performance de música na Internet viável e acessível a todos. A JackTrip Labs explodiu como uma corporação de utilidade pública independente da Fundação JackTrip em uma colaboração entre o Centro de Pesquisa em Computação em Música e Acústica (CCRMA) da Universidade de Stanford e empreendedores de software do Vale do Silício.

“A JackTrip utiliza servidores de borda de processamento de sinal digital e hardware de áudio de baixa latência para permitir que músicos toquem juntos ao vivo com a sua conexão de Internet residencial. O AWS Local Zones nos permite estender a nossa aplicação para mercados críticos mais facilmente sem precisar aprender sobre novas APIs ou ferramentas”, disse Mike Dickey, CEO da JackTrip Labs. “Estamos animados para disponibilizar a JackTrip para músicos em Boston, Houston, Miami e em zonas locais, conforme sejam disponibilizadas.”
Masomo

Fundada em 2015, a Masomo é uma empresa de entretenimento interativo que transforma o poder do social em jogos de dispositivos móveis. 

“Nós selecionamos partes dos nossos servidores de jogos sensíveis à latência em várias localizações em todo o mundo para alcançar a abrangência de nossos usuários finais com menor latência”, disse Oğuzhan Yilmaz, CTO da Masomo. “Oferecer jogabilidade de baixa latência aos usuários finais é uma parte importante de garantir imparcialidade e uma experiência consistente ao jogador. Com o AWS Local Zones, obtemos latência milissegundo de um dígito e proximidade em diversas cidades ao redor do país. Isso nos ajuda a melhorar a latência de usuários finais, reduzir variações e oferecer uma boa experiência aos usuários finais.” 
Mindbody

A Mindbody é a plataforma de tecnologia líder dos setores fitness, bem-estar e beleza. 

 “Nós temos um portfólio de aplicações independentes em execução nos nossos datacenters existentes on-premises. Nós estamos buscando mover essas cargas de trabalho para a nuvem há algum tempo. Contudo, migrar essas aplicações complexas e interdependentes para a nuvem é um grande desafio ao garantir uma experiência contínua aos nossos usuários finais”, disse John Strong, diretor sênior de engenharia de produção da Mindbody.  “Nesse sentido, o AWS Local Zones nos forneceu uma solução para problema expressivo. Nós estamos usando as zonas locais para migrar as nossas aplicações complexas e herdadas on-premises para a AWS sem precisar de uma reformulação cara da nossa arquitetura. Com uma conexão direta às zonas locais, nós conseguimos estabelecer um ambiente híbrido que fornece uma comunicação de latência ultrabaixa entre as aplicações em execução nas zonas locais e nas nossas instalações on-premises. Por outro lado, isso nos permitiu migrar aplicações de forma incremental, o que simplificou radicalmente as nossas migrações enquanto reduzimos os riscos comerciais das implantações híbridas em curso.”
Netflix

A Netflix é o serviço líder mundial de entretenimento de streaming, com mais de 190 milhões de assinaturas pagas em mais 190 países que aproveitam séries de TV, documentários e filmes em uma ampla variedade de gêneros e idiomas. 

“Muitos de nossos artistas e criadores de conteúdo podem se beneficiar da transição da infraestrutura on-premises que utilizam todos os dias para a nuvem. Contudo, todo segundo conta, especialmente no que se refere ao tempo gasto para compilar e renderizar modelos e animações 3D. Por algum tempo, nós quisemos mover as estações de trabalho desses artistas para a AWS para conseguir nos beneficiar da performance, elasticidade e benefícios de custos da nuvem. Contudo, devido à natureza interativa dessas aplicações, nossos artistas precisam de acesso a pouquíssima latência para suas estações de trabalho para ter uma boa experiência de trabalho”, disse Nils Pommerien, diretor de engenharia de infraestrutura na nuvem na Netflix. “Aproximando os recursos de nuvem dos nossos artistas, o AWS Local Zones tem sido um divisor de águas para essas aplicações. Nos beneficiando do acesso a recursos de computação econômicos e de alta performance da AWS, estamos conseguindo migrar partes do nosso processo de criação de conteúdo para o AWS Local Zones ao garantir experiências ainda melhores aos artistas.”
Ubitus

A Ubitus é uma das líderes em tecnologia de jogos na nuvem. 

“Nós implantamos servidores de jogos sensíveis à latência em todo o mundo para nos aproximar dos jogadores”, disse Wesley Kuo, CEO da Ubitus. “Oferecer jogabilidade de baixa latência consistente aos nossos usuários é uma parte importante de garantir que tenham uma boa experiência. Para garantir uma experiência consistente ao usuário, no passado nós tentamos aproximar servidores de jogos aos jogadores em diferentes cidades do país, mas isso nos consumiu muito tempo e custos. O AWS Local Zones é um divisor de águas para nós. Agora, podemos facilmente implantar e testar clusters de servidores de jogos em diversas cidades ao redor do país, garantindo que todos os clientes tenham uma experiência consistente, independente de sua localização.”

Localizações disponíveis

As AWS Local Zones estão disponíveis ao público em geral nas áreas de Boston, Dallas, Houston, Los Angeles, Miami e Filadélfia. Comece a usar as AWS Local Zones aqui.

Informe-nos se você tiver interesse em localizações adicionais do AWS Local Zones.

In the Works – 3 More AWS Local Zones in 2020, and 12 More in 2021
 
1 de dezembro de 2020
 
Announcing a second Local Zone in Los Angeles
 
7 de agosto de 2020
 
Low-latency computing with AWS Local Zones – Part 1
 
23 de junho de 2020
 
AWS Now Available from a Local Zone in Los Angeles
 
3 de dezembro de 2019
 
Standard Product Icons (Features) Squid Ink
Confira os recursos do produto
Saiba mais 
Sign up for a free account
Como usar o AWS Local Zones
Comece a usar 
Standard Product Icons (Features) Squid Ink
Confira as perguntas frequentes
Saiba mais