Como posso ver por que fui cobrado pelo uso do EventBridge e como posso reduzir cobranças futuras?

Data da última atualização: 13/12/2021

Estou vendo cobranças altas do Amazon EventBridge na minha fatura da AWS. Como posso ver por que fui cobrado pelo uso do EventBridge e reduzir cobranças futuras?

Breve descrição

Analise os AWS Cost and Usage Reports para entender suas cobranças do EventBridge. Procure cobranças para o seguinte serviço:

CloudWatch Events: AWSEvents PutEvents region-Event(-64K-Chunks)|Request

Observação: os itens em negrito são semelhantes aos que você pode ver em seus relatórios. Nos seus relatórios, a região representa a abreviatura das Regiões da AWS.

Resolução

As cobranças se baseiam no número de eventos publicados nos barramentos de eventos do EventBridge. Os eventos originados de outros serviços da AWS são gratuitos. Eventos personalizados, eventos originados de terceiros (SaaS) e eventos de outro barramento de eventos incorrem em uma taxa. Os eventos enviados de uma conta da AWS para outra são cobrados da conta do remetente como eventos personalizados.

Para reduzir custos:

  • Minimize as chamadas PutEvents.
  • Reduza o número de eventos enviados para um barramento de eventos. Eles também são cobrados como eventos personalizados.
  • Lembre-se de que os eventos ingeridos pela descoberta do esquema e pela repetição do evento são cobrados.
  • Existem regras semelhantes para alvos de destino de API que encaminham eventos para aplicações baseadas na Web. Nesse cenário, as cobranças se baseiam no número de invocações de destino.

Este artigo ajudou?


Precisa de ajuda com faturamento ou suporte técnico?