Regiões e zonas de disponibilidade

A Nuvem AWS abrange 66 zonas de disponibilidade em 21 regiões geográficas em todo o mundo e tem planos divulgados para mais 12 zonas de disponibilidade e mais quatro regiões no Bahrein, na Cidade do Cabo, em Jacarta e em Milão.

Mapas e redes de presença das regiões

  • América do Norte
  • América do Sul
  • Europa/Oriente Médio/África
  • Ásia-Pacífico
  • América do Norte
  • NA-4-19-500x500.png

    Legenda do mapa

    Regions

    Regiões

    Edge_Locations

    Pontos de presença


    Região Leste dos EUA (Norte da Virgínia)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 6
    Lançamento em 2006

    Região Leste dos EUA (Ohio)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2016

    Região Oeste dos EUA (Oregon)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 4
    Lançamento em 2011

    Região Oeste dos EUA (Norte da Califórnia)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3*
    Lançamento em 2009

    Região GovCloud (Oeste dos EUA)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2011

    Região GovCloud (Leste dos EUA)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2018

    Região Canadá (Central)**
    Zonas de disponibilidade do EC2: 2
    Lançamento em 2016

    Saiba mais na AWS Canada

    Consulte a lista detalhada de ofertas em todos os locais da AWS >>

    Pontos de presença da AWS:

    Pontos de presença: Ashburn, VA (6); Atlanta GA (5); Boston, MA (2); Chicago, IL (7); Dallas/Fort Worth, TX (6); Denver, CO (2); Hayward, CA; Hillsboro, OR; Houston, TX (2); Jacksonville, FL; Los Angeles, CA (5); Miami, FL (3); Minneapolis, MN; Montreal, QC; Nova York, NY (3); Newark, NJ (5); Palo Alto, CA; Phoenix, AZ; Filadélfia, PA; San Jose, CA (2); Seattle, WA (3); South Bend, IN e Toronto, ON

    Pontos de presença de caches regionais – Norte da Virgínia, Ohio e Oregon

    Saiba mais sobre a rede de presença global >>

    *Novos clientes podem acessar duas zonas de disponibilidade do EC2 no Oeste dos EUA (Norte da Califórnia).

    **Localizada na área metropolitana de Montreal

  • América do Sul
  • SA-4-19-500x500.png

    Legenda do mapa

    Regions

    Regiões

    Edge_Locations

    Pontos de presença

    Região América do Sul (São Paulo)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3*
    Lançamento em 2011

    Pontos de presença de rede da AWS:

    Pontos de presença: Rio de Janeiro, Brasil (3); São Paulo, Brasil (2)

    Pontos de presença de caches regionais: São Paulo, Brasil

    Saiba mais sobre a rede de presença global >>

    *Novos clientes podem acessar duas zonas de disponibilidade do EC2 na América do Sul (São Paulo)

    Consulte a lista detalhada de ofertas em todos os locais da AWS

     

  • Europa/Oriente Médio/África
  • EMEA-4-19-500x500.png

    Legenda do mapa

    Regions

    Regiões

    Edge_Locations

    Pontos de presença


    Região Europa (Irlanda)2
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2007

    Região Europa (Londres)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2016

    Região Europa (Estocolmo)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2018

    Região Europa (Frankfurt)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2014

    Região Europa (Paris)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2017

    Pontos de presença de rede da AWS:

    Pontos de presença: Amsterdã, Holanda (2); Berlim, Alemanha (2); Cidade do Cabo, África do Sul; Copenhague, Dinamarca; Dubai, Emirados Árabes Unidos; Dublin, Irlanda; Frankfurt, Alemanha (8); Fujairah, Emirados Árabes Unidos; Helsinki, Finlândia; Joanesburgo, África do Sul; Londres, Inglaterra (9); Madri, Espanha (2); Manchester, Inglaterra; Marselha, França; Milão, Itália; Munique, Alemanha (2); Oslo, Noruega; Palermo, Itália; Paris, França (5); Praga, República Tcheca; Estocolmo, Suécia (3); Viena, Áustria; Varsóvia, Polônia e Zurique, Suíça

    Pontos de presença de caches regionais – Frankfurt, Alemanha e Londres, Inglaterra

    Saiba mais sobre a rede de presença global >>

    A região Europa (Irlanda) está localizada na República da Irlanda.

    Consulte a lista detalhada de ofertas em todos os locais da AWS

     

  • Ásia-Pacífico
  • APAC-4-19-500x500.png

    Legenda do mapa

    Regions

    Regiões

    Edge_Locations

    Pontos de presença


    Região Ásia-Pacífico (Cingapura)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2010

    Região China Continental (Beijing)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 2
    Saiba mais em www.amazonaws.cn

    Região Ásia-Pacífico (Sydney)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2012

    Região Ásia-Pacífico (Tóquio)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 4*
    Lançamento em 2011

    Região Ásia-Pacífico (Seul)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2016

    Região China Continental (Ningxia)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Saiba mais em www.amazonaws.cn

    Região Ásia-Pacífico (Osaka-Local)1
    Zonas de disponibilidade do EC2: 1
    Lançamento em 2018

    Região Ásia-Pacífico (Mumbai)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamento em 2016

    Região Ásia-Pacífico (Hong Kong)
    Zonas de disponibilidade do EC2: 3
    Lançamentos de 2019

    Pontos de presença de rede da AWS:

    Pontos de presença: Bangalore, Índia; Chennai, Índia (2); Hong Kong (RAE), China (3); Hyderabad, Índia (2); Kuala Lumpur, Malásia; Manila, Filipinas; Melbourne, Austrália; Mumbai, Índia (2); Nova Deli, Índia (3); Osaka, Japão; Perth, Austrália; Seul, Coreia (4); Cingapura (3); Sydney, Austrália; Taipei, Taiwan (3) e Tóquio, Japão (11)

    Pontos de presença de caches regionais: Mumbai, Índia; Seul, Coreia; Cingapura; Sydney, Austrália e Tóquio, Japão

    Saiba mais sobre a rede de presença global >>

    *Novos clientes podem acessar três zonas de disponibilidade do EC2 na região Ásia-Pacífico (Tóquio).

    1  A região Ásia-Pacífico (Osaka-Local) está disponível apenas para clientes da AWS selecionados que solicitarem acesso. Os clientes que desejarem usar a região Ásia-Pacífico (Osaka-Local) deverão entrar em contato com o representante de vendas designado.

    Consulte a lista detalhada de ofertas em todos os locais da AWS

     

Regiões

A AWS fornece uma presença global mais ampla que qualquer outro provedor de nuvem e disponibiliza novas regiões com maior rapidez que os outros provedores. Para apoiar sua presença global e garantir que os clientes sejam atendidos em todo o mundo, a AWS mantém várias regiões geográficas, incluindo regiões na América do Norte, na América do Sul, na Europa, na região Ásia-Pacífico e no Oriente Médio. No momento, existem 21 regiões geográficas, uma região local e mais regiões estão sendo criadas.

Cada região da AWS fornece redundância e conectividade completas de rede. Ao contrário dos outros provedores de nuvem, que definem uma região como um único datacenter, as regiões da AWS consistem em várias zonas de disponibilidade, ou AZs (normalmente, três). Cada AZ é uma partição totalmente isolada da infraestrutura da AWS composta por datacenters discretos. Cada datacenter conta com energia, redes e conectividade redundantes e está hospedado em instalações separadas.

Zonas de disponibilidade

As zonas de disponibilidade proporcionam a capacidade de operar aplicativos e bancos de dados de produção com um nível mais elevado de alta disponibilidade, além de serem mais tolerantes a falhas e escaláveis, o que não poderia ser oferecido por meio de um único datacenter. A AWS mantém 64 AZs em todo o mundo e continuamos a adicionar rapidamente mais AZs. Cada AZ pode ter vários datacenters (normalmente, três) e, na escala completa, pode conter centenas de milhares de servidores. Elas são partições totalmente isoladas da infraestrutura global da AWS. Com sua própria infraestrutura de energia, as AZs são fisicamente separadas por uma distância significativa (vários quilômetros) de todas as outras AZs, embora todas estejam a um raio de até 100 km uma da outra.

Todas as AZs são interconectadas por redes de alta largura de banda e baixa latência, usando fibra metropolitana dedicada e totalmente redundante para proporcionar redes de alto throughput e baixa latência entre AZs. O desempenho da rede é suficiente para realizar a replicação síncrona entre as AZs. Além disso, as zonas de disponibilidade da AWS são ferramentas avançadas para ajudar a criar aplicativos altamente disponíveis. As AZs facilitam ao máximo o particionamento de aplicativos. Se um aplicativo for particionado em várias AZs, as empresas estarão melhor isoladas e protegidas contra problemas como raios, tornados e terremotos, entre outros.

Serviços

A AWS oferece um amplo conjunto de produtos globais baseados na nuvem, como computação, armazenamento, bancos de dados, análises, redes, Machine Learning e IA, dispositivos móveis, ferramentas de desenvolvedor, IoT, segurança e aplicativos empresariais, entre muitos outros. Nossa política geral é entregar serviços, recursos e tipos de instância da AWS a todas as regiões da AWS em até 12 meses após a disponibilidade geral, considerando uma série de fatores como demanda dos clientes, latência, soberania dos dados e outras questões. Os clientes podem compartilhar seu interesse pela entrega em regiões locais, solicitar informações sobre roteiros de serviços ou obter insights sobre a interdependência dos serviços (sujeitos a um NDA) entrando em contato com seu representante de vendas da AWS. Devido à sua natureza, alguns serviços da AWS são entregues globalmente, em vez de regionalmente, como Amazon Route 53, Amazon Chime, Amazon WorkDocs, Amazon WorkMail, Amazon WorkSpaces e Amazon WorkLink.

 

Alta disponibilidade por meio de várias zonas de disponibilidade

Diferentemente de quase todos os outros fornecedores de infraestrutura de tecnologia, cada região da AWS tem várias zonas de disponibilidade e vários datacenters. Conforme aprendemos ao executarmos a melhor plataforma de tecnologia de infraestrutura de nuvem do mercado desde 2006, os clientes que dependem da disponibilidade e do desempenho de suas aplicações querem implantá-las em várias zonas de disponibilidade na mesma região para obter tolerância a falhas e baixa latência. As zonas de disponibilidade são conectadas umas as outras com redes de fibra ótica rápidas e privadas, que permitem o desenvolvimento de aplicações submetidas a failover automaticamente entre as zonas de disponibilidade, sem interrupções.

O plano de controle da AWS (incluindo APIs) e o Console de Gerenciamento da AWS são distribuídos entre Regiões da AWS e utilizam uma arquitetura multi-AZ em cada região para fornecer resiliência e garantir disponibilidade contínua. Isso garante que os clientes evitem ter uma dependência de serviço crítico por um único data center. A AWS pode realizar atividades de manutenção sem tornar qualquer serviço crítico temporariamente indisponível para qualquer cliente.

Como melhorar a continuidade usando a replicação entre regiões

Além de replicar aplicações e dados em vários datacenters na mesma região usando zonas de disponibilidade, você também pode optar por aumentar a redundância e a tolerância a falhas ainda mais ao replicar dados entres regiões geográficas. Você pode fazer isso usando redes privadas de alta velocidade e conexões de Internet públicas para disponibilizar uma camada adicional de continuidade de negócios ou para oferecer acesso de baixa latência no mundo todo.

Como atender aos requisitos de conformidade e residência de dados

Você mantém o controle e a propriedade totais sobre a região em que os seus dados estão fisicamente localizados, o que facilita o cumprimento de requisitos regionais de conformidade e residência de dados.