Mapas e redes de presença das regiões

  • América do Norte
  • América do Sul
  • Europa/Oriente Médio/África
  • Ásia-Pacífico
  • América do Norte
  • NA-4-19-500x500.png

    Legenda do mapa

    Regions

    Regiões

    Edge_Locations

    Pontos de presença


    Região Leste dos EUA (Norte da Virgínia)
    Zonas de disponibilidade: 6
    Lançamento em 2006

    Região do Leste dos EUA (Ohio)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançado em 2016

    Região Oeste dos EUA (Oregon)
    Zonas de disponibilidade: 4
    Lançamento em 2011
    Zona local: 1
    Lançamentos de 2019

    Região Oeste dos EUA (Norte da Califórnia)
    Zonas de disponibilidade: 3*
    Lançamento em 2009

    Região GovCloud (Oeste dos EUA)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamento em 2011

    Região GovCloud (Leste dos EUA)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamento em 2018

    Região Canadá (Central)**
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançado em 2016

    Saiba mais na AWS Canada

    Consulte a lista detalhada de ofertas em todos os locais da AWS >>

    Pontos de presença da AWS:

    Pontos de presença: Ashburn, VA (6); Atlanta GA (6); Boston, MA (2); Chicago, IL (6); Dallas/Fort Worth, TX (6); Denver, CO (2); Hayward, CA; Hillsboro, OR (3); Houston, TX (2); Jacksonville, FL; Los Angeles, CA (5); Miami, FL (4); Minneapolis, MN; Montreal, QC; Nova York, NY (2); Newark, NJ (7); Palo Alto, CA; Phoenix, AZ; Filadélfia, PA (2); San Jose, CA (2); Seattle, WA (3); South Bend, IN e Toronto, ON

    Pontos de presença de caches regionais – Norte da Virgínia, Ohio e Oregon

    Saiba mais sobre a rede de presença global >>

    *Novos clientes podem acessar duas zonas de disponibilidade no Oeste dos EUA (Norte da Califórnia).

    **Localizada na área metropolitana de Montreal

  • América do Sul
  • 5437-Global Infrastructure Map-SouthAmerica_update

    Legenda do mapa

    Regions

    Regiões

    Edge_Locations

    Pontos de presença

    Região América do Sul (São Paulo)
    Zonas de disponibilidade: 3*
    Lançamento em 2011

    Pontos de presença de rede da AWS:

    Pontos de presença: Rio de Janeiro, Brasil (3); São Paulo, Brasil (2); Bogotá, Colômbia; Buenos Aires, Argentina; Santiago, Chile

    Pontos de presença de caches regionais: São Paulo, Brasil

    Saiba mais sobre a rede de presença global >>

    *Novos clientes podem acessar três zonas de disponibilidade na América do Sul (São Paulo)

    Consulte a lista detalhada de ofertas em todos os locais da AWS

     

  • Europa/Oriente Médio/África
  • EMEA-1000x1000-MXP-4-27

    Legenda do mapa

    Regions

    Regiões

    Edge_Locations

    Pontos de presença


    Região Europa (Frankfurt)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamento em 2014

    Região Europa (Londres)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançado em 2016

    Região Europa (Paris)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamento em 2017

    Região do Oriente Médio (Bahrein)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamentos de 2019

    Região da Europa (Irlanda)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamento em 2007

    Região da Europa (Milão)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamentos de 2020

    Região Europa (Estocolmo)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamento em 2018

    Região da AWS África (Cidade do Cabo)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamentos de 2020

    Pontos de presença de rede da AWS:

    Pontos de presença: Amsterdã, Holanda (2); Berlim, Alemanha (2); Bruxelas, Bélgica; Cidade do Cabo, África do Sul; Copenhague, Dinamarca; Dubai, Emirados Árabes Unidos; Dublin, Irlanda; Frankfurt, Alemanha (10); Fujairah, Emirados Árabes Unidos; Helsinki, Finlândia; Joanesburgo, África do Sul; Londres, Inglaterra (9); Madri, Espanha (2); Manchester, Inglaterra; Marselha, França; Milão, Itália (3); Munique, Alemanha (2); Oslo, Noruega; Palermo, Itália; Paris, França (5); Praga, República Tcheca; Roma, Itália; Estocolmo, Suécia (3); Viena, Áustria; Varsóvia, Polônia; Zurique, Suíça; Tel Aviv, Israel

    Pontos de presença de caches regionais – Frankfurt, Alemanha e Londres, Inglaterra

    Saiba mais sobre a rede de presença global >>

    A região Europa (Irlanda) está localizada na República da Irlanda.

    Consulte a lista detalhada de ofertas em todos os locais da AWS

     

  • Ásia-Pacífico
  • APAC-4-19-500x500.png

    Legenda do mapa

    Regions

    Regiões

    Edge_Locations

    Pontos de presença


    Região Ásia-Pacífico (Cingapura)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamento em 2010

    Região China Continental (Beijing)
    Zonas de disponibilidade: 2
    Saiba mais em www.amazonaws.cn

    Região Ásia-Pacífico (Sydney)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamento em 2012

    Região Ásia-Pacífico (Tóquio)
    Zonas de disponibilidade: 4*
    Lançamento em 2011

    Região Ásia-Pacífico (Seul)
    Zonas de disponibilidade: 4
    Lançado em 2016

    Região China Continental (Ningxia)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Saiba mais em www.amazonaws.cn

    Região Ásia-Pacífico (Osaka-Local)1
    Zonas de disponibilidade: 1
    Lançamento em 2018

    Região Ásia-Pacífico (Mumbai)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançado em 2016

    Região Ásia-Pacífico (Hong Kong)
    Zonas de disponibilidade: 3
    Lançamentos de 2019

    Pontos de presença de rede da AWS:

    Pontos de presença: Bangalore, Índia; Chennai, Índia (2); Pequim, China (1), Xangai, China (1), Ningxia, China (1), Shenzhen, China (1), Hong Kong (RAE), China (3); Hyderabad, Índia (2); Kuala Lumpur, Malásia (2); Manila, Filipinas; Melbourne, Austrália; Mumbai, Índia (3); Nova Deli, Índia (4); Osaka, Japão; Perth, Austrália; Seul, Coreia (4); Cingapura (4); Sydney, Austrália (4); Taipei, Taiwan (3) e Tóquio, Japão (16)

    Pontos de presença de caches regionais: Mumbai, Índia; Seul, Coreia; Cingapura; Sydney, Austrália e Tóquio, Japão

    Saiba mais sobre a rede de presença global >>

    *Novos clientes podem acessar três zonas de disponibilidade na região Ásia-Pacífico (Tóquio).

    1  A região Ásia-Pacífico (Osaka-Local) está disponível apenas para clientes da AWS selecionados que solicitarem acesso. Os clientes que desejarem usar a região Ásia-Pacífico (Osaka-Local) deverão entrar em contato com o representante de vendas designado.

    Consulte a lista detalhada de ofertas em todos os locais da AWS

     

Regiões

A AWS tem o conceito de uma região, que é um local físico em todo o mundo onde agrupamos datacenters. Chamamos cada grupo de datacenters lógicos de zona de disponibilidade. Cada região da AWS consiste em várias AZs isoladas e separadas fisicamente em uma área geográfica. Diferentemente de outros provedores de nuvem, que geralmente definem uma região como um único datacenter, o design de múltiplas AZs de cada região da AWS oferece vantagens para os clientes. Cada AZ tem energia, refrigeração e segurança física independentes e está conectada por meio de redes redundantes de latência ultrabaixa. Os clientes da AWS, focados em alta disponibilidade, podem projetar seus aplicativos para serem executados em várias AZs, a fim de obter tolerância a falhas ainda maior. As regiões de infraestrutura da AWS atendem aos mais altos níveis de segurança, conformidade e proteção de dados.

A AWS fornece uma presença global mais extensa do que qualquer outro provedor de nuvem. Para oferecer suporte à sua presença global e garantir que os clientes sejam atendidos em todo o mundo, a AWS abre novas regiões rapidamente. A AWS mantém várias regiões geográficas, incluindo regiões da América do Norte, África do Sul, América do Sul, Europa, China, Ásia-Pacífico e Oriente Médio.

Zonas de disponibilidade

Uma zona de disponibilidade (AZ) é um ou mais datacenters distintos com energia, rede e conectividade redundantes em uma região da AWS. As AZs proporcionam aos clientes a capacidade de operar aplicativos e bancos de dados de produção com alta disponibilidade, tolerância a falhas e escalabilidade em níveis superiores aos que um único datacenter pode oferecer. Todas as AZs em uma região da AWS estão interconectadas por redes de alta largura de banda e baixa latência, usando fibra metropolitana dedicada e totalmente redundante para proporcionar redes de alto throughput e baixa latência entre AZs. Todo o tráfego entre as AZs é criptografado. A performance da rede é suficiente para realizar a replicação síncrona entre as AZs. As AZs particionam aplicativos para facilitar a alta disponibilidade. Se um aplicativo for particionado em várias AZs, as empresas estarão melhor isoladas e protegidas contra problemas como quedas de energia, raios, tornados e terremotos, entre outros. As AZs são fisicamente separadas por uma distância significativa (vários quilômetros) das outras AZs, embora todas estejam a um raio de até 100 km entre si.

Zonas locais da AWS

As zonas locais da AWS aproximam a computação, o armazenamento, o banco de dados e outros serviços da AWS selecionados dos usuários finais. Com as zonas locais da AWS, você pode executar facilmente aplicativos altamente exigentes que exigem latências em milissegundos de um dígito para seus usuários finais, como criação de conteúdo de mídia e entretenimento, jogos em tempo real, simulações de reservatórios, automação de projetos eletrônicos e machine learning.

Toda localidade em uma Zona local da AWS é uma extensão de uma Região da AWS, onde é possível executar aplicativos que têm requisitos rigorosos de latência com serviços da AWS, como Amazon Elastic Compute Cloud, Amazon Virtual Private Cloud, Amazon Elastic Block Store, Amazon File Storage e Amazon Elastic Load Balancing, em um localidade próxima aos usuários. Zonas locais da AWS oferecem alta largura de banda, conexão segura entre as cargas de trabalho locais e as executadas na Região da AWS. Com isso, você pode facilmente estabelecer conexão com todos os tipos de serviços na região usando as mesmas APIs e conjuntos de ferramentas.

AWS Wavelength

O AWS Wavelength permite aos desenvolvedores criar aplicativos com latências inferiores a 10 milissegundos para dispositivos móveis e usuários finais. Os desenvolvedores da AWS podem implantar seus aplicativos nas Zonas do Wavelength, implantações de infraestrutura da AWS que incorporam serviços de computação e armazenamento da AWS aos datacenters dos provedores de telecomunicações na borda das redes 5G e acessam facilmente a variedade de serviços da AWS na região. Isso permite que os desenvolvedores forneçam aplicativos que exigem latências inferiores a 10 milissegundos, como streaming de jogos e vídeos ao vivo, inferência de machine learning na borda e realidade aumentada e virtual (AR/VR). O AWS Wavelength leva os serviços da AWS até a borda da rede 5G, minimizando a latência de conexão de um dispositivo móvel a um aplicativo. O tráfego de aplicativos pode acessar servidores de aplicativos em execução nas Zonas do Wavelength sem sair da rede da operadora de celular. Isso reduz os saltos de rede extras para a Internet, que podem resultar em latências de mais de 100 milissegundos, impedindo que os clientes aproveitem ao máximo os avanços de largura de banda e latência do 5G.

AWS Outposts

O AWS Outposts leva serviços, infraestrutura e modelos operacionais nativos da AWS a praticamente qualquer datacenter, espaço de co-location ou instalações no local. Você pode usar as mesmas APIs, ferramentas e infraestrutura da AWS no local e na Nuvem AWS para oferecer uma experiência híbrida verdadeiramente consistente. O AWS Outposts foi projetado para ambientes conectados e pode ser usado para suportar cargas de trabalho que precisam permanecer no local devido à baixa latência ou atender a necessidades de processamento de dados locais.

Serviços

A AWS oferece um amplo conjunto de produtos globais baseados na nuvem, como computação, armazenamento, bancos de dados, análises, redes, Machine Learning e IA, dispositivos móveis, ferramentas de desenvolvedor, IoT, segurança e aplicativos empresariais, entre muitos outros. Nossa política geral é entregar serviços, recursos e tipos de instância da AWS a todas as regiões da AWS em até 12 meses após a disponibilidade geral, considerando uma série de fatores como demanda dos clientes, latência, soberania dos dados e outras questões. Os clientes podem compartilhar seu interesse pela entrega em regiões locais, solicitar informações sobre roteiros de serviços ou obter insights sobre a interdependência dos serviços (sujeitos a um NDA) entrando em contato com seu representante de vendas da AWS. Devido à sua natureza, alguns serviços da AWS são entregues globalmente, em vez de regionalmente, como Amazon Route 53, Amazon Chime, Amazon WorkDocs, Amazon WorkMail, Amazon WorkSpaces e Amazon WorkLink.

 

Alta disponibilidade

Diferentemente de outros provedores de infraestrutura de tecnologia, cada região da AWS tem várias AZs. Conforme aprendemos ao executarmos a melhor plataforma de tecnologia de infraestrutura de nuvem do mercado desde 2006, os clientes que dependem da disponibilidade e do desempenho de suas aplicações querem implantá-las em várias AZs na mesma região para obter tolerância a falhas e baixa latência. As AZs são conectadas umas as outras com redes de fibra ótica rápidas e privadas, que permitem o desenvolvimento de aplicações submetidas a failover automaticamente entre as AZs, sem interrupções.

O plano de controle da AWS (incluindo APIs) e o Console de Gerenciamento da AWS são distribuídos entre Regiões da AWS e utilizam uma arquitetura multi-AZ em cada região para fornecer resiliência e garantir disponibilidade contínua. Isso garante que os clientes evitem ter uma dependência de serviço crítico por um único data center. A AWS pode realizar atividades de manutenção sem tornar qualquer serviço crítico temporariamente indisponível para qualquer cliente.

Como melhorar a continuidade

Além de replicar aplicações e dados em vários datacenters na mesma região usando AZs, você também pode optar por aumentar a redundância e a tolerância a falhas ainda mais ao replicar dados entres regiões da AWS. Você pode fazer isso usando redes privadas de alta velocidade e conexões de Internet públicas para disponibilizar uma camada adicional de continuidade de negócios ou para oferecer acesso de baixa latência no mundo todo.

Conformidade e residência de dados

Se você tem requisitos de residência de dados, pode escolher a região da AWS que está próxima ao local desejado. Você mantém o controle e a propriedade total sobre a região em que os seus dados estão fisicamente localizados, o que facilita o cumprimento de requisitos regionais de conformidade e residência de dados. Você pode ficar tranquilo ao saber que não apenas a AWS está em conformidade com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR), mas também temos serviços e ferramentas para permitir que você construa uma infraestrutura compatível com o GDPR juntamente com a AWS. As organizações, desde startups até grandes empresas privadas e setor público, têm acesso à infraestrutura de seus países para utilizar tecnologias avançadas, incluindo análise, inteligência artificial, banco de dados, Internet das Coisas (IoT), machine learning, serviços móveis, tecnologia sem servidor e muito mais para impulsionar a inovação.