Agilize a criação de aplicativos de IoT

Modelos

O AWS IoT Things Graph ajuda a acelerar a criação de aplicativos de IoT, reduzindo o tempo necessário para compreender detalhes técnicos dos dispositivos e escrever código para que dispositivos e web services funcionem em conjunto. O AWS IoT Things Graph facilita o trabalho com dispositivos e web services, representando-os como modelos. Um modelo é uma abstração que representa um dispositivo como um conjunto de ações (entradas), eventos (saídas) e estados (atributos). Os modelos separam a interface do dispositivo da implementação subjacente. Por exemplo, um interruptor pode ser representado por um conjunto de atributos (status, regulável), eventos (fim do horário de verão) e ações (ligar).

Repositório de modelos

O AWS IoT Things Graph facilita a reutilização de modelos para que você não precise duplicar código em cada implantação de aplicativo de IoT. Você pode usar o editor de modelos no console do AWS IoT Things Graph para criar o seu próprio modelo usando a linguagem de modelagem de esquemas baseada em GraphQL do AWS IoT Things Graph ou escolher entre modelos de dispositivos comuns, como interruptores de luz e sensores de temperatura. Após a criação, os modelos são salvos no repositório de modelos, onde podem ser acessados e reutilizados por todos os aplicativos. Como resultado, você obtém componentes básicos reutilizáveis para aplicativos de IoT.

Biblioteca de mapeamentos

O AWS IoT Things Graph usa uma biblioteca de mapeamentos para eliminar a necessidade de escrever código para converter a saída de um dispositivo em entrada de outro dispositivo. Por exemplo, um sensor de movimento baseado no ZigBee não consegue conversar com uma câmera baseada no Z-Wave devido a diferenças nos detalhes dos dispositivos, como APIs, protocolos e sintaxe de mensagens. Os mapeamentos transformam detalhes técnicos de um dispositivo para um formato compreendido pelo outro dispositivo. Assim, os dispositivos podem interagir sem necessidade de alterar o software. A biblioteca de mapeamentos incorporada do AWS IoT Things Graph fornece centenas de conceitos gerais para aplicativos de IoT comuns, usados em aplicações industriais e em residências conectadas, como brilho, cor e volume. Além disso, você pode criar os seus próprios conceitos.

Crie facilmente fluxos de trabalho sofisticados

Fluxos de trabalho

O AWS IoT Things Graph simplifica o desenvolvimento de aplicativos por meio de uma interface do tipo arrastar e soltar no console do AWS IoT Things Graph. Nessa interface, você pode criar visualmente aplicativos conectando modelos, definido interações entre eles e criando um fluxo de trabalho. Os fluxos de trabalho são compostos por fluxos, que consistem em várias coisas (dispositivos e serviços) conectados em uma sequência de etapas. É possível alterar a ordem das etapas e adicionar dispositivos e lógica de negócios para evoluir um aplicativo de IoT, sem necessidade de revisá-lo integralmente. Os fluxos de trabalho são acionados por telemetria de um dispositivo. Uma vez acionado, o AWS IoT Things Graph executa cada etapa do fluxo de trabalho. O AWS IoT Things Graph rastreia o estado de cada etapa e tenta executá-la novamente se ocorrer um erro.

Fácil de gerenciar e monitorar

Execute na borda

Os aplicativos do AWS IoT Things Graph podem ser executados na Nuvem AWS ou na borda, como em dispositivos habilitados pelo AWS IoT Greengrass, para poder responder rapidamente a eventos locais, mesmo sem uma conexão à Internet. O AWS IoT Greengrass é um software que permite executar com segurança recursos locais de computação, sistema de mensagens, armazenamento de dados em cache, sincronização e inferência de máquina. A implantação é fácil e pode ser iniciada com apenas alguns cliques no console do AWS IoT Things Graph. O AWS IoT Things Graph empacota os modelos juntamente com o tempo de execução e envia o pacote para o dispositivo do IoT Greengrass, onde ouve mensagens e coordena interações.

Monitoramento de aplicativos

O AWS IoT Things Graph oferece visibilidade sobre a performance dos aplicativos para que você possa ajustar facilmente o aplicativo e corrigir qualquer defeito. O AWS IoT Things Graph emite métricas de sucesso, falha e tempo de execução, o que permite que você monitore e gerencie o aplicativo no console. O AWS IoT Things Graph armazena o histórico completo de execução do aplicativo de IoT em um datastore e expõe APIs para que você saiba exatamente o que ocorreu no aplicativo.

Agora é possível monitorar seus fluxos de trabalho do AWS IoT Things Graph usando métricas do AWS CloudWatch. Colete métricas das etapas do fluxo de trabalho que são executadas pelo AWS IoT Things Graph, incluindo contagem de êxitos, contagem de falhas e contagem total, em seguida defina limites de alarme para cada uma dessas métricas no AWS CloudWatch. Por exemplo, você pode definir alarmes que observam o número de fluxos que falharam, e enviar notificações para um aplicativo posterior ou para um operador.

Saiba mais
Saiba mais sobre a definição de preço

Definição de preço baseada em implantações na nuvem ou na borda

Saiba mais 
Cadastrar-se
Cadastre-se para obter uma conta da AWS

Obtenha acesso instantâneo ao nível gratuito da AWS e comece a usar o AWS IoT Things Graph

Cadastrar-se 
Comece a usar
Suas perguntas respondidas

Consulte as perguntas frequentes sobre o AWS IoT Things Graph

Saiba mais