Instâncias A1 do Amazon EC2

Custo e performance otimizados para cargas de trabalho com escalabilidade horizontal

As instâncias A1 do Amazon EC2 oferecem economia substancial para aplicativos com escalabilidade horizontal baseados em Arm como servidores web, microsserviços conteinerizados, frotas de armazenamento em cache e datastores distribuídos com suporte do amplo ecossistema do Arm. As instâncias A1 são as primeiras instâncias do EC2 baseadas em processadores AWS Graviton, que oferecem núcleos Arm Neoverse de 64 bits e silício personalizado desenvolvido pela AWS. Essas instâncias também são indicadas para desenvolvedores, entusiastas e educadores em toda a comunidade de desenvolvedores do Arm. A maioria dos aplicativos independentes de arquitetura que podem ser executados no Arm também podem se beneficiar com as instâncias A1. 

Se você for um desenvolvedor de código aberto ou uma comunidade que trabalha na arquitetura Arm, o acesso às instâncias A1 do Amazon EC2 poderá ajudar a eliminar as complexidades associadas à emulação/compilação cruzada e melhorar o tempo de introdução no mercado. Os desenvolvedores individuais podem solicitar 50 USD em créditos promocionais da AWS aqui. As comunidades de código aberto com requisitos de infraestrutura contínuos podem aprender mais aqui.

Benefícios

Flexibilidade e opções

As instâncias A1 complementam a mais ampla e especializada seleção de instâncias do EC2. Agora, os desenvolvedores podem acessar instâncias com o conjunto de instruções do Arm e experimentar a flexibilidade, a segurança, a confiabilidade e a escalabilidade da execução no EC2. Recursos conhecidos da AWS e do Amazon EC2, como EBS, redes e AMIs funcionam de forma transparente nas instâncias A1.

Redução de custos

As instâncias A1 oferecem economias substanciais para cargas de trabalho compatíveis com o amplo ecossistema do Arm. Entre os exemplo, cargas de trabalho de uso geral como servidores web, microsserviços conteinerizados, frotas de armazenamento em cache e datastores distribuídos que podem ser espalhados entre vários núcleos e serem comportados pelos recursos de memória disponíveis na instância A1.

Maximize a eficiência de recursos

As instâncias A1 são baseadas no AWS Nitro System, uma combinação de hardware dedicado e hipervisor leve, que disponibiliza às instâncias praticamente todos os recursos de computação e memória do hardware do host para proporcionar um nível mais alto de performance e segurança gerais.

Principais recursos

Baseadas nos processadores AWS Graviton

Os processadores AWS Graviton oferecem núcleos Arm Neoverse de 64 bits e silício com projeto personalizado pela AWS para fornecer performance e custos otimizados. Os processadores AWS Graviton são criados exclusivamente para a nuvem e utilizam a especialização da AWS e da Annapuma Labs para executar plataformas e aplicativos de nuvem em hiperescala.

Redes e armazenamento de alta performance

A tecnologia de próxima geração do adaptador de rede elástica (ENA) e do NVM Express (NVMe) proporciona instâncias A1 com alto throughput de dados e interfaces de largura de banda de baixa latência para redes e para o Amazon Elastic Block Store (Amazon EBS).

Baseadas no AWS Nitro System

O AWS Nitro System é uma coleção sofisticada de componentes básicos que transferem muitas das funções tradicionais de virtualização para hardware e software dedicados para fornecer altos níveis de performance, disponibilidade e segurança, além de reduzir a sobrecarga da virtualização.

Detalhes do produto

Modelo vCPUs Memória (GiB)
Armazenamento de instâncias   Largura de banda de rede (Gbps)
Largura de banda do EBS (Mbps)
a1.medium 1 2 Somente EBS Até 10 Até 3.500
a1.large 2 4 Somente EBS Até 10 Até 3.500
a1.xlarge 4 8 Somente EBS Até 10 Até 3.500
a1.2xlarge 8 16 Somente EBS Até 10 Até 3.500
a1.4xlarge 16 32 Somente EBS Até 10 3.500
a1.metal 16* 32 Somente EBS Até 10 3.500


*a1.metal fornece 16 núcleos físicos

Histórias de sucesso de clientes

A Nielsen é uma empresa de medição global e análise de dados que oferece a visão mais completa e confiável para consumidores e mercados globalmente. A Nielsen tem o aplicativo Java OpenJDK, que é usado para coletar dados digitais, pedidos de processamento vindos da web, e redirecionar pedidos baseados nas necessidades de negócios. O aplicativo é de E/O intensiva e escalar de maneira custo-efetiva é requerimento chave. A Nielsen transferiu de forma transparente este aplicativo Java para as instâncias Amazon EC2 A1 desenvolvidas pelo processador AWS Graviton.

A NetEase é uma empresa líder em tecnologia da Internet com base na China, dedicada ao fornecimento de serviços on-line premium centrados em conteúdo, comunidade, comunicação e comércio. Desenvolvemos e operamos alguns dos jogos de PC e dispositivos móveis mais populares da China e recentemente expandimos nossa plataforma de jogos para mercados internacionais. Recentemente, mudamos para as instâncias A1 do Amazon EC2 com o objetivo de reduzir nossos custos operacionais. Usamos as instâncias A1 do Amazon EC2 para executar o serviço de voz por áudio, que permite o bate-papo em tempo real entre jogadores, e o serviço de encaminhamento de rede, desenvolvido para acelerar o tráfego de jogos. “Os serviços de voz e encaminhamento de rede de áudio são ligados à E/S da rede e as instâncias A1 fornecem até 10 Gbps de largura de banda da rede. Esses serviços são escritos em Python, o que os torna independentes da plataforma e possibilitou uma transição rápida e fácil para instâncias A1 do Amazon EC2”, afirma Bruce Sun, arquiteto sênior de soluções em nuvem na NetEase Games. Bruce atribui uma economia de 40% na infraestrutura de nuvem do Amazon EC2 para esses serviços após a adoção de instâncias A1 do Amazon EC2.

“A VMware está explorando a execução de nossa plataforma de virtualização líder em diferentes ambientes do Arm, na Borda, no SmartNIC e na Nuvem. A instância A1 do Amazon EC2 ajuda a acelerar o processo de desenvolvimento do Arm, fornecendo uma instância de computação prontamente disponível e escalável para prototipar, validar e testar novos casos de uso. A instância A1 metal também nos permite avaliar novos cenários de implantação e integração com nossa pilha, que acreditamos que vai trazer uma inovação significativa para nossos clientes.”

— Will Pien, gerenciamento de produtos ESXi

O SmugMug é um serviço que permite aos usuários carregar, armazenar e compartilhar fotos e vídeos. A empresa alcançou uma redução de custos de 40% migrando o nível de veiculação de fotos para as instâncias A1 do EC2. O SmugMug conseguiu mover sua pilha de software (PHP, Nginx, HAProxy) para instâncias A1 com o mínimo de esforço. E colocar em operação as instâncias A1 não foi diferente de começar a usar qualquer outra instância do EC2 para o SmugMug.

A Geodata processa logs de atividade de servidores tanto para finalidades praticamente em tempo real e de longo prazo. O processamento é realizado usando software personalizado escrito em Python com várias bibliotecas de código aberto, e veicula no EC2 ao lado de outras tecnologias AWS, como Lambda e CloudWatch Logs. A Geodata considerou simples a migração dos componentes do EC2 para as instâncias A1 do EC2, entendendo como otimizadas as instâncias A1.

Leia o estudo de caso completo »

A Reamp, um provedor de soluções de consultoria e mídia, coleta e processa dados por meio de diversas APIs de terceiros para entregar insights de marketing significativos para os clientes. A empresa fez facilmente a transição do aplicativo Java interno usando o mesmo ambiente de software Ubuntu + OpenJDK e constatou que as instâncias A1 oferecem o custo e a performance ideais para as suas cargas de trabalho de processamento de dados. Com base nesta experiência positiva com as instâncias A1, a empresa está analisando cargas de trabalho adicionais para migração. Saiba mais »

A Docker é líder no mercado de conteinerização, combinando uma plataforma de contêineres de nível empresarial com serviços de nível global. A disseminação das tecnologias baseadas em Arm em todo o mercado global de infraestrutura da Internet é inigualável. Agora, quase dois milhões de desenvolvedores da Docker podem criar e escalar aplicativos para a nuvem e dispositivos conectados com rapidez e segurança. O Docker Enterprise Engine para as instâncias A1 do Amazon EC2, com suporte comercial da Docker, disponibiliza ao ecossistema do Arm uma plataforma de contêiner moderna e de nível empresarial para inovação em alta velocidade.

Quando introduzimos o k3s, uma distribuição leve do Kubernetes criada para a borda, precisávamos executar a nossa infraestrutura de CI em servidores ARM. As instâncias A1 do Amazon EC2 fizeram uma grande diferença em nosso processo de desenvolvimento e teste e garantiram o desenvolvimento, a criação e o lançamento eficientes do k3s inteiramente no ambiente ARM, sem necessidade de compilação cruzada e emulação.

Leia o estudo de caso completo »

A Diginteligencia é uma empresa mexicana de serviços de tecnologia da informação que fornece aplicativos web, telefonia móvel e plataformas de conexão para empresas de comunicação e entretenimento de médio e grande porte. Fornecemos um serviço de faturamento de celular pré-pago para várias operadoras de telefonia móvel na América Latina. Quando um cliente fica sem crédito de celular, seu tráfego da Internet é redirecionado e filtrado para garantir acesso confiável à compra de créditos adicionais. Exploramos várias soluções antes de escolher as instâncias A1 do Amazon EC2 para executar Nginx, .NET Core e Docker. Atualmente, essa configuração economiza aproximadamente 6.000 USD por mês.

A OpenSymbol é a única empresa de CRM italiana que implementa soluções de CRM há 15 anos. Como uma empresa de tecnologia, estamos sempre procurando maneiras de otimizar custos e, como clientes da Amazon Web Services, temos acesso a um amplo e abrangente portfólio de serviços de nuvem para escolher. Recentemente, migramos uma parte de nosso aplicativo web de produção baseado em PHP e Java para instâncias A1 do Amazon EC2 e observamos a mesma performance, mas com benefícios de custo significativos.

O Bayt.com é o site de empregos líder do Oriente Médio e do Norte da África, conectando pessoas em busca de emprego com empregadores. Todos os dias, milhares de novas vagas de emprego são anunciadas pelos principais empregadores da região na premiada plataforma. O acesso às tecnologias mais recentes por um preço competitivo nos ajuda a atender melhor às necessidades de nossos clientes. As instâncias A1 do Amazon EC2 baseadas no processador AWS Graviton nos permitem hospedar a pilha LAMP e o aplicativo de chat e, ao mesmo tempo, reduzir os custos de forma significativa.

O Iron.io oferece ferramentas de DevOps para que desenvolvedores trabalhem com mais inteligência, em vez de trabalharem mais. Nossos produtos de nuvem e locais ajudam empresas a escalar com eficiência e inteligência. Desde o lançamento de nosso principal processador de tarefas em segundo plano, no início de 2011, os clientes do Iron.io utilizam soluções hospedadas altamente acopladas à Amazon Web Services (AWS). Com o lançamento das instâncias A1 do Amazon EC2 desenvolvidas pelos processadores AWS Graviton, um número cada vez maior de clientes solicitou suporte para arquitetura Arm. Estamos felizes em anunciar a disponibilidade imediata do IronWorker baseado em Arm para implantações locais e na Nuvem AWS.

Blogs

Notícias e artigos recentes

Vídeos

Moving Applications Seamlessly to Amazon EC2 A1 Instances (8m25s)
Running NGINX on Amazon EC2 A1 Instances (6m54s)
Launch Video: Introducing Amazon EC2 A1 Instances
Red Hat Summit: RH Middleware on aarch64 no Amazon EC2 A1
DockerCon: como desenvolver e implantar contêineres para Arm usando o Docker Desktop
Kubernetes on RHEL7.6 Powered by Amazon AWS A1 Arm Instances
Kubernetes on RHEL7.6 Powered by Amazon AWS A1 Arm Instances