Embora não haja cobrança adicional para a criação e uso da Amazon Virtual Private Cloud (VPC), é possível que você tenha que pagar por recursos de VPC opcionais com taxas baseadas no uso. A AWS oferece recursos e serviços que permitem personalizar o controle, a conectividade, o monitoramento e a segurança do seu Amazon VPC. Veja abaixo as taxas de preços específicas para esses componentes.

As cobranças por uso de outras soluções de serviço da Web Amazon, incluindo o Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2), ainda se aplicam às taxas publicadas para esses recursos, incluindo a cobrança de transferência de dados. Se você conectar sua VPC ao datacenter corporativo usando a conexão via rede privada virtual (VPN) de hardware opcional, o preço será por tempo de conexão da VPN (o período pelo qual uma conexão VPN ficou no estado “disponível”). As horas parciais são cobradas como horas cheias, e os dados transferidos por conexões VPN serão cobrados de acordo com as taxas padrão de transferência de dados da AWS.

  • Gateway NAT
  • IPAM
  • Análise de rede
  • Gateway NAT
  • Preço do gateway NAT

    Se você escolher pela criação de um gateway NAT na sua VPC, será cobrada cada “hora de gateway NAT” em que seu gateway NAT for provisionado e estiver disponível. As cobranças de processamento de dados aplicam-se a cada Gigabyte processado por meio do gateway NAT, independentemente da fonte ou do destino do tráfego. Cada fração de hora de gateway NAT consumida será cobrada como uma hora completa. Também haverá cobrança de transferência de dados padrão da AWS para todos os dados transferidos por meio do gateway NAT. Caso não deseje mais pagar por um gateway NAT, basta excluí-lo usando o Console de Gerenciamento da AWS, a interface da linha de comando ou a API.


    Gateway NAT: exemplo de preço

    Suponhamos que você criou um gateway NAT e tenha uma instância do EC2 fazendo o roteamento para a Internet usando o gateway NAT. Sua instância do EC2 por trás do gateway NAT enviará um arquivo de 1 GB para um dos buckets do Amazon Simple Storage Service (Amazon S3). A instância do EC2, o gateway NAT e o bucket do S3 encontram-se na mesma região, a região Leste dos EUA (Ohio), e o gateway NAT e a instância do EC2 estão na mesma zona de disponibilidade. Calcularemos seus custos da seguinte forma:

    • Cobrança por hora do gateway NAT: a cobrança do gateway NAT é feita por hora. Para esta região, a taxa é de 0,045 USD por hora.
    • Cobrança de processamento de dados do gateway NAT: 1 GB de dados passaram pelo gateway NAT. A cobrança do processamento de dados incorrerá em uma taxa de 0,045 USD.
    • Cobrança de transferência de dados: esta é a cobrança padrão da transferência de dados do EC2. 1 GB de dados foi transferido da instância do EC2 para o S3 por meio do gateway NAT. Não haverá cobrança para a transferência de dados da instância do EC2 para o S3, pois é uma transferência de dados para fora do Amazon EC2 para o S3 na mesma região. Também não haverá cobrança para a transferência de dados entre o gateway NAT e a instância do EC2, pois o tráfego permanecerá na mesma zona de disponibilidade usando endereços IP privados. Haverá uma cobrança de transferência de dados entre o gateway NAT e a instância do EC2 se eles estiverem em zonas de disponibilidade diferentes.
     
    Acesse a seção de transferência de dados da página de preços do Amazon EC2 para obter mais detalhes.
     
    Em suma, sua cobrança será de USD 0,045 por 1 GB de dados processados pelo gateway NAT e uma cobrança de USD 0,045 por hora sempre será aplicada após o provisionamento e a disponibilização do gateway NAT. A transferência de dados não será cobrada neste exemplo. No entanto, se você enviar o arquivo para um local da Internet que não seja da AWS, será feita a cobrança de transferência de dados por ser uma transferência de dados do Amazon EC2 para a Internet.
     
    Observação: para evitar a cobrança pelo processamento de dados do gateway NAT neste exemplo, configure um endpoint da VPC do tipo gateway e roteie o tráfego de/para o S3 por meio do endpoint da VPC em vez de usar o gateway NAT. Não há cobranças por hora nem pelo processamento de dados referentes ao uso de endpoints da VPC do tipo gateway. Para obter detalhes sobre como usar os endpoints da VPC, acesse a documentação sobre endpoints da VPC.
  • IPAM
  • Você paga-uma taxa por hora para cada endereço IP ativo que gerenciar usando o IP Address Manager (IPAM). Um endereço IP é definido como um endereço IP designado a um recurso como uma instância do EC2 ou uma interface de rede elástica (ENI). Basta apenas criar um único IPAM para a sua organização, já que ele gerencia todos os endereços da sua organização e suas regiões AWS. Caso não deseje mais pagar pelo IPAM, basta excluí-lo usando o Console de Gerenciamento da AWS, AWS Command Line Interface (AWS CLI) ou a API.


    IPAM - Exemplo de preço

    Vamos supor que você atribuiu um CIDR / 16 (65536 endereços IP) ao seu VPC, mas está usando apenas 5.000 endereços IP em instâncias do EC2. Esses 5.000 endereços estão ativos por 30 dias, 24 horas por dia.

    Você será cobrado apenas pelos 5.000 endereços IP ativos. O preço por hora por endereço IP ativo é USD 0,00027.

    5000 endereços IPs ativos * 30 dias * 24 horas * cobrança de USD 0,00027/hora = USD 972.

    O resultado será uma cobrança de USD 972.

  • Análise de rede
  • Definição de preço do espelhamento de tráfego

    Se você escolher habilitar o espelhamento de tráfego na interface de rede elástica (ENI) de instâncias do Amazon EC2, pagará por cada ENI habilitada com espelhamento de tráfego. Se não quiser mais pagar pelo espelhamento de tráfego, basta desabilitar esse recurso nas ENIs das instâncias do EC2 usando o Console de Gerenciamento da AWS, a interface da linha de comando ou a API.


    Espelhamento de tráfego - exemplo de preço

    Você habilitou sessões de espelhamento de tráfego em cinco ENIs em seu Amazon VPC no Leste dos EUA (Ohio). Elas ficaram ativas por 30 dias, 24 horas por dia. Você será cobrado por hora. Para cada uma das horas de atividade das sessões de espelhamento de tráfego nas ENIs na Região Leste dos EUA (Ohio) a taxa é USD 0,015.

    5 sessões * 30 dias * 24 horas/dia * USD 0,015 por sessão-hora = USD 54. 

    O resultado será uma cobrança de USD 54.


    Preço do Reachability Analyzer

    Você pagará por cada vez que analisar a conectividade entre uma determinada fonte e um destino com o.Reachability Analyzer.

    Reachability Analyzer: exemplo de preço

    Vamos supor que você analise a conectividade entre duas instâncias dez vezes
    Você será cobrado por cada análise. O preço por análise processada é de USD 0,10.

    10 conexões * USD 0,10 = $1.

    O resultado será uma cobrança de USD 1.


    Definição de preço do Access Analyzer Pricing

    Você paga pelo número de interfaces de rede elástica (ENIs) da instância do Amazon EC2 analisadas ao executar uma avaliação de rede usando o Network Access Analyzer.

    Network Access Analyzer - exemplo de preço

    Digamos que você executou 5 avaliações de rede usando o Network Access Analyzer, e cada uma dessas avaliações analisou 1000 ENIs. Você será cobrado por cada ENI que foi analisado.

    5 avaliações de rede * 1000 ENIs * USD 0,002 por análise de ENI = $ 10.

    O resultado será uma cobrança de USD 10.

Saiba como começar a usar o Amazon VPC

Acesse a página de conceitos básicos
Pronto para começar?
Cadastrar-se
Tem outras dúvidas?
Entre em contato conosco