Nuvem AWS
Nuvem AWS
Comece a usar o AWS Snowball Edge
snowball-edge.319.319

Snowball Edge

O AWS Snowball Edge é um dispositivo de transferência de dados de 100 TB com recursos incorporados de armazenamento e computação. Você pode usar o Snowball Edge para mover grandes quantidades de dados de e para a AWS, como um nível de armazenamento temporário para grandes conjuntos de dados locais ou para apoiar cargas de trabalho locais em localizações remotas ou off-line.

O Snowball Edge conecta-se a aplicações e infraestrutura existentes usando interfaces de armazenamento padrão, otimizando o processo de transferência de dados e minimizando a configuração e a integração. O Snowball Edge pode ser agrupado em clusters para formar um nível de armazenamento local e processar os dados localmente, ajudando a garantir que as aplicações continuem a ser executadas mesmo sem ter acesso à nuvem.

Snowball Edge at the Electric Daisy Carnival 2017
AWS Snowball Edge at the Electric Daisy Carnival
Thumbnail 1_Explosion Test
Pushing Physical Limits with AWS Snowball Edge
Produtividade

Facilidade de movimentação de dados

Várias organizações se preocupam com o fato de que, quando concluírem a transferência dos dados para a nuvem, será caro e demorado recuperar os dados, quando necessário. O Snowball Edge oferece a todos os clientes uma forma rápida e econômica de transferir grandes quantidades de dados de e para a AWS.

Produtividade

Simples de usar

Os trabalhos são criados diretamente do Console de Gerenciamento da AWS. Quando um trabalho é criado, a AWS envia automaticamente um dispositivo do Snowball Edge para você. Quando você receber o dispositivo, basta anexá-lo à rede local e conectar as aplicações. Quando o dispositivo estiver pronto para ser devolvido, a etiqueta de envio da E Ink será atualizada automaticamente com a instalação da AWS correta e o status do trabalho poderá ser rastreado por meio de mensagens de texto ou e-mail geradas pelo Amazon SNS ou diretamente no console.

Produtividade

Processe dados localmente

Você pode implantar código do AWS Lambda no Snowball Edge para executar tarefas como análise de streams de dados ou processamento de dados local. Os dados são coletados, armazenados e processados usando o Snowball Edge, independentemente de qualquer outro recurso de armazenamento ou computação.

Produtividade

Armazenamento autônomo

Você pode usar o Snowball Edge como armazenamento autônomo. É possível apontar aplicações existentes para dispositivos do Snowball Edge como um arquivo ou armazenamento de objetos de destino sem alterar a lógica das aplicações. Além disso, você pode agrupar dispositivos do Snowball Edge em clusters, formando um único nível maior de armazenamento com maior durabilidade. Quando um Snowball Edge fica cheio, pode ser removido do cluster, devolvido à AWS e substituído por um novo Snowball Edge.

 

Produtividade

Seguro

Os dispositivos do Snowball Edge usam embalagens invioláveis, criptografia de 256 bits e um módulo de plataforma confiável (TPM) padrão do setor, projetado para garantir a segurança e a cadeia de custódia completa dos dados. As chaves de criptografia são gerenciadas com o AWS Key Management Service (KMS) e nunca são armazenadas no dispositivo.

Produtividade

Escalável

Um único dispositivo do Snowball Edge pode transportar vários terabytes de dados. Vários dispositivos podem ser usados em paralelo para transferir petabytes de dados para dentro ou fora da AWS. No momento, o Snowball Edge está disponível em algumas regiões. A sua localização será verificada quando você criar um trabalho no Console de Gerenciamento da AWS.

Você pode comprar o Snowball Edge com apenas alguns cliques no Console de Gerenciamento da AWS. Ele é fornecido com seus buckets de S3, código do Lambda e configurações de clustering pré-instalados. Quando receber o dispositivo, conecte-o à sua rede local e defina o endereço IP manualmente ou com DHCP. Finalmente, verifique a integridade do dispositivo do Snowball Edge e libere-o para utilização. Quando o dispositivo estiver pronto para ser devolvido, a etiqueta de envio da E Ink será atualizada automaticamente e o status do trabalho poderá ser rastreado por meio de mensagens de texto ou e-mail geradas pelo Amazon Simple Notification Service (Amazon SNS) ou diretamente no console.

Saiba mais sobre os casos de uso específicos abaixo:

Você pode usar um Snowball Edge para apoiar equipamentos de imagens médicas ou de ressonância magnética. Ele pode armazenar os arquivos de imagem conforme são capturados, oferecendo acesso imediato a usuários e sistemas administrativos, além de ajudar a proteger contra problemas de conexão com a WAN. O uso de um cluster de dispositivos do Snowball Edge pode ser uma etapa intermediária na transferência de dados de imagens para o Amazon S3, sem interromper os sistemas locais.

600x400_Philips_logo_2

Como líderes globais em tecnologias de saúde, apoiamos milhares de hospitais com tecnologias de imagens médicas altamente detalhadas para uso imediato. O Snowball Edge é uma nova e promissora tecnologia que pode aprimorar ainda mais a forma como oferecemos serviços essenciais a unidades médicas, com conectividade segura e contínua em todos os momentos. O Snowball Edge nos permite ampliar os recursos inovadores do HealthSuite, nosso ecossistema de saúde conectado e com recursos de nuvem, abrangendo dispositivos, aplicações e ferramentas digitais compatíveis com a AWS, mesmo quando não há rede disponível.

–– Dale Wiggins, líder de negócios, plataforma digital HealthSuite, Philips


Você pode instalar um Snowball Edge em locais remotas para coleta e análise de dados.

A Oregon State University envia navios de pesquisa para coletar dados oceanográficos. Essa coleta envolvia unidades de disco a bordo do navio, que eram individualmente conectadas aos servidores no datacenter do laboratório da universidade após o retorno do navio. Esse processo era difícil de gerenciar e exigia muitas horas de trabalho manual nas duas pontas. O Snowball Edge oferece um dispositivo portátil e de alta capacidade a bordo do navio que pode capturar e fazer o processamento inicial dos dados coletados. Os recursos de computação e armazenamento incorporados do Snowball Edge ajudam a acelerar a análise de todas as explorações costeiras.

Os fabricantes de motores de aeronaves instalam um Snowball Edge nos aviões para coletar dados durante o voo. Esses dados são processados para oferecer resultados imediatos sobre desempenho e possíveis necessidades de manutenção. Após o pouso, o Snowball Edge é removido da aeronave e os resultados acionáveis são implementados imediatamente. Em seguida, o dispositivo do Snowball Edge é devolvido à AWS, onde uma análise de dados mais sofisticada aprimora ainda mais os projetos e os modelos de desempenho.

Print

"O Hatfield Marine Science Center (HMSC) é um dos principais laboratórios marinhos e o campus de pesquisa, educação e envolvimento de ciências marinhas e costeiras da Oregon State University. Ele coleta e analisa centenas de TBs de imagens oceânicas e costeiras em tempo real a cada ano para aprimorar a sustentabilidade ambiental e oferecer insights estratégicos para processos e planejamento de atividades costeiras. O nosso método original de captura de dados de imagens oceânicas envolvia vários discos rígidos pequenos. Tínhamos de carregar manualmente cada um deles para o nosso centro de computação e conectá-los um de cada vez. Eram necessárias semanas e meses antes de podermos analisar as imagens coletadas, o que atrasava consideravelmente a nossa pesquisa. E isso nos custava dezenas de milhares de dólares a cada ano.

Com o AWS Snowball Edge, podemos coletar 100 TB de dados sem etapas intermediárias e analisar as imagens imediatamente usando os recursos de computação incorporados. Isso nos permite aprofundar as análises, além de podermos carregar todos os dados brutos na Nuvem AWS simplesmente devolvendo o dispositivo do AWS Snowball Edge para a AWS. O AWS Snowball Edge nos permite acessar os recursos de armazenamento e computação da AWS em nossas explorações costeiras, onde não há Internet disponível, bem como mover petabytes de dados de forma rápida e fácil para a Nuvem AWS, onde podemos continuar a usar todos os recursos da plataforma da AWS."

–– Bob Cowen, diretor do Hatfield Marine Research Center, Oregon State University

 


O Snowball Edge pode consumir dados de sensores da IoT para executar análises nos dados brutos, gerar resultados rápidos e adicioná-los a um grupo de análise de big data na nuvem.

100x100_benefit_broad-functionality2

As fazendas de vento tendem a ser construídas em locais remotos que nem sempre contam com conectividade. No entanto, os equipamentos altamente especializados de geração eólica exigem análises de dados em tempo real para poderem se ajustar automaticamente e obter a eficiência máxima em condições que mudam constantemente. Os dispositivos do Snowball Edge conseguem capturar localmente grandes volumes de dados de streaming e usar código do Lambda para executar localmente análises e ações. Por fim, o Snowball Edge será retornado a um datacenter da AWS, onde os dados serão adicionados a um repositório central de todos os dispositivos, permitindo a obtenção de insights mais completos.  


Você pode colocar um Snowball Edge em um local de fábrica para coletar e analisar dados que podem ajustar os processos de manufatura para aumentar a segurança, a eficiência e a produtividade.

100x100_benefit_gears

Um fabricante conta com maquinário automatizado para atividades como fresagem, alimentação de gado ou empacotamento, todos eles equipados com sensores. O fabricante compra um Snowball Edge e simplesmente conecta o dispositivo a suas máquinas em rede e o liga. Em execução, o Snowball Edge pode usar sensores nas máquinas para executar automação de fábrica com base no Lambda para fazer análises, tomar medidas e/ou responder a entradas de sensor que acionam ações como novos pedidos, alarmes de segurança, alertas de corte de madeira ou sistemas de combate a incêndio. Agora o chão de fábrica pode executar ações como solicitar matéria prima adicional, ajustar equipamentos da fábrica alterando as RPMs de equipamentos ou outros processos, bem como gerar relatórios de manutenção para sistemas de inteligência de negócios nas fábricas. Os dados coletados no Snowball Edge são retornados pela Internet ou desconectando o dispositivo e devolvendo-o à AWS para análises mais profundas e avaliação de melhoria de processos, reduzindo o custo geral e aumentando a eficiência como um todo.


É fácil começar a usar o Snowball Edge. Siga o nosso guia de conceitos básicos para desenvolvedores e saiba como implantar seu primeiro Snowball Edge com apenas alguns cliques.

Comece a usar o AWS Snowball Edge