Visão geral da definição de preço

Pague apenas pelos recursos provisionados pelo DynamoDB para alcançar seus objetivos de capacidade de leitura e gravação. Depois disso, o DynamoDB escalará automaticamente a capacidade de acordo com o uso. Opcionalmente, você pode especificar diretamente a capacidade de leitura e gravação, caso prefira gerenciar manualmente o throughput da tabela. Estime sua fatura mensal usando a Calculadora Mensal da AWS.

Visão geral da definição de preço

Armazenamento físico de dados

O DynamoDB cobra por GB de espaço em disco consumido pela tabela. Os primeiros 25 GB consumidos por mês são gratuitos. O preço do consumo além desse limite começa com 0,25 USD por GB-mês.

Unidade de capacidade de gravação

Uma unidade de capacidade de gravação fornece até uma gravação por segundo, suficiente para 2,6 milhões de gravações por mês. As primeiras 25 unidades de capacidade de gravação por mês são gratuitas. O preço além desse limite começa com 0,47 USD por unidade de capacidade de gravação-mês.

Unidade de capacidade de leitura

Uma unidade de capacidade de leitura fornece até duas leituras por segundo, suficientes para 5,2 milhões de leituras por mês. As primeiras 25 unidades de capacidade de leitura por mês são gratuitas. O preço além desse limite começa com 0,09 USD por unidade de capacidade de leitura-mês.

Nível gratuito

25 GB por mês

de armazenamento físico de dados (indexados)

200 milhões de solicitações por mês

por meio de 25 unidades de capacidade de gravação e 25 unidades de capacidade de leitura

2,5 milhões de solicitações de stream por mês

do Streams do DynamoDB

Capacidade de implantar tabelas globais do DynamoDB

em até duas regiões da AWS

Você paga apenas pelos recursos provisionados além desses limites do nível gratuito. O nível gratuito do DynamoDB se aplica a todas as tabelas de uma região e não expira ao final dos 12 meses do nível gratuito da AWS.

Exemplos de definição de preço

Auto Scaling

O Auto Scaling do Amazon DynamoDB elimina as suposições no provisionamento de capacidade adequada durante a criação de novas tabelas. Além disso, Auto Scaling reduz a sobrecarga operacional no monitoramento contínuo do throughput consumido e do ajuste manual da capacidade provisionada. Quando você cria uma nova tabela do DynamoDB, o Auto Scaling é habilitado por padrão com a utilização pretendida definida como 70%, (% da capacidade consumida + capacidade provisionada), a capacidade mínima definida como 5 unidades de capacidade de leitura e 5 unidades de capacidade de gravação, e a capacidade máxima definida como os limites permitidos para a sua conta (consulte Limites do DynamoDB). O Auto Scaling define continuamente a capacidade provisionada como resposta às alterações dinâmicas da capacidade consumida na utilização real, com o intuito de manter um valor próximo da utilização pretendida. O faturamento do DynamoDB é medido a cada hora. O horário exato dessa medição varia em função da conta do cliente. O exemplo a seguir demonstra como a definição de preço é calculada para uma tabela com Auto Scaling habilitado, supondo alterações na capacidade consumida a cada hora.

Suponha que você crie uma nova tabela na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia) com a utilização pretendida definida como o valor padrão de 70%, o mínimo de unidades de capacidade alterado para 100 unidades de capacidade de leitura e 100 unidades de capacidade de gravação, e a capacidade máxima definida como o limite padrão de 40.000 unidades de capacidade de leitura e 40.000 unidades de capacidade de gravação. O Auto Scaling operará com esses limites, impedindo que a escala da capacidade provisionada seja reduzida abaixo do valor mínimo ou aumentada além do valor máximo. Quando a tabela é criada, o Auto Scaling provisiona inicialmente as unidades de capacidade mínima.

  • Na primeira hora após a criação da tabela, as unidades de capacidade de leitura e gravação consumidas variam entre 1 e 70. Com essa variação, a utilização real variaria entre 1% (% de 1 consumida/100 provisionadas) e 70% (% de 70 consumidas/100 provisionadas), dentro da utilização pretendida de 70%. O Auto Scaling não iniciaria nenhuma ação de escalabilidade e a cobrança para essa hora seria 0,065 USD para as 100 unidades de capacidade de gravação provisionadas (0,00065 USD * 100) e 0,013 USD para as 100 unidades de leitura provisionadas (0,00013 USD * 100).
  • Durante a segunda hora, vamos supor que a capacidade consumida medida aumenta para 100 unidades de capacidade de leitura e 100 unidades de capacidade de gravação, o que resultaria em um aumento da utilização real de 100% (% de 100 consumidas/100 provisionadas), bem acima da utilização pretendida de 70%. O Auto Scaling começaria a acionar atividades de crescimento de escala para aumentar a capacidade provisionada e trazer a utilização real para mais perto dos 70% pretendidos, resultando em uma capacidade provisionada de 143 unidades de gravação e 143 unidades de leitura (% de 100 consumidas/143 provisionadas). A cobrança dessa segunda hora seria 0,0925 USD para 143 unidades de capacidade de gravação e 0,01859 USD para 143 unidades de capacidade de leitura.
  • Durante a terceira hora, suponha que a capacidade consumida medida diminui para 80 unidades de capacidade de leitura e 80 unidades de capacidade de gravação, o que resultaria em um aumento da utilização real de 56% (% de 80 consumidas/143 provisionadas), bem abaixo da utilização pretendida de 70%. O Auto Scaling começaria a acionar atividades de redução de escala para diminuir a capacidade provisionada e trazer a utilização real para mais perto dos 70% pretendidos, resultando em uma capacidade provisionada de 114 unidades de gravação e 114 unidades de leitura (% de 80 consumidas/114 provisionadas). A cobrança dessa terceira hora seria 0,0741 USD para 114 unidades de capacidade de gravação e 0,01482 USD para 114 unidades de capacidade de leitura.

A cobrança mensal para a tabela seria a soma total da definição de preço horário da capacidade provisionada pelo Auto Scaling durante o mês.

Provisionamento manual

Suponha que o aplicativo é executado na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia) e precisa executar 5 milhões de gravações e 5 milhões de leituras eventualmente consistentes por dia em uma tabela do Amazon DynamoDB, armazenando 8 GB de dados. Para simplificar, vamos supor que a carga de trabalho é relativamente constante ao longo do dia e que os itens de tabela têm tamanho não superior a 1 KB.

  • Unidades de capacidade de gravação: 5 milhões de gravações por dia = 57,9 gravações por segundo. Uma unidade de capacidade de gravação do DynamoDB pode atender a 1 gravação por segundo, portanto, você precisa de 58 unidades de capacidade de gravação. A 0,47 USD por unidade de capacidade de gravação por mês, 58 unidades de capacidade de gravação custam 27,26 USD por mês.
  • Unidades de capacidade de leitura: 5 milhões de leituras por dia = 57,9 leituras por segundo. Uma unidade de capacidade de leitura pode processar 2 leituras eventualmente consistentes por segundo. Portanto, você precisa de 29 unidades de capacidade de leitura. A 0,09 USD por unidade de capacidade de leitura por mês, 29 unidades de capacidade de leitura custam 2,61 USD por mês.
  • Armazenamento físico de dados: a tabela ocupa 8 GB de armazenamento. A 0,25 USD por GB por mês, a tabela custa 2,00 USD.

O custo total é 31,86 USD por mês (27,14 USD de throughput provisionado de gravação, 2,71 USD de throughput provisionado de leitura e 2,00 USD de armazenamento físico de dados indexado).

Se você não consumiu a franquia do nível gratuito (25 unidades de capacidade de gravação, 25 unidades de capacidade de leitura e 25 GB de armazenamento), o custo total será 15,82 USD por mês (15,44 USD para as 33 unidades de capacidade de gravação restantes, 0,37 USD para as 4 unidades de capacidade de leitura restantes e 0,00 USD para o armazenamento físico de dados indexados).

Use a Calculadora Mensal da AWS para estimar os custos do DynamoDB para diversos requisitos de recursos.

Detalhes de preço

Throughput provisionado

Quando cria ou atualiza a tabela do Amazon DynamoDB, você especifica a utilização pretendida, os limites de capacidade máximo e mínimo para o Auto Scaling e quanta capacidade você quer reservar para leituras e gravações. Nos bastidores, o DynamoDB processa o provisionamento de recursos de hardware para atender às necessidades de throughput com performance consistente e de baixa latência. Você paga uma taxa horária fixa baseada na capacidade provisionada. Para tabelas com itens pequenos, uma unidade de capacidade pode atender a uma solicitação por segundo (ou duas solicitações por segundo, no caso de leituras eventualmente consistentes). Tabelas com itens maiores exigem mais unidades de capacidade para atender à mesma taxa de solicitações. Para obter mais informações, consulte O que é uma unidade de capacidade de gravação e leitura?

Capacidade reservada

Se você puder prever a necessidade de throughput de leitura e gravação do Amazon DynamoDB, a capacidade reservada oferecerá economia considerável sobre o preço normal do throughput provisionado do DynamoDB. Você paga uma taxa única adiantada e se compromete a pagar por um nível mínimo de utilização, de acordo com as taxas horárias a seguir, durante a vigência da capacidade reservada. Todo o throughput provisionado além da capacidade reservada será cobrado usando as taxas padrão de throughput provisionado. A capacidade reservada somente pode ser comprada em blocos de 100 unidades de capacidade de gravação ou 100 unidades de capacidade de leitura. Se você tem várias contas vinculadas ao faturamento consolidado, as unidades de capacidade reservada compradas na conta pagante ou na conta vinculada são compartilhadas entre todas as contas conectadas à conta pagante. A capacidade reservada será aplicada primeiro à conta compradora. Se restar alguma capacidade não utilizada, ela será aplicada às outras contas vinculadas.

Armazenamento físico de dados indexados

O Amazon DynamoDB é um datastore indexado em SSD e a quantidade de espaço em disco consumido pelos dados ultrapassará o tamanho bruto dos dados carregados. O DynamoDB mede o tamanho dos dados cobráveis adicionando o tamanho da fila dos dados carregados em bytes, mais o armazenamento adicional de 100 bytes por item para indexação. Você não precisa provisionar armazenamento com o DynamoDB. Basta pagar pelo que usar, como descrito acima.

Transferência de dados

A transferência de dados “para dentro” e “para fora” é a transferência para dentro e para fora do Amazon DynamoDB. Não há cobrança adicional para os dados transferidos entre o DynamoDB e outros serviços da AWS na mesma região da AWS (ou seja, 0,00 USD por GB). Os dados transferidos entre as regiões da AWS (por exemplo, entre o DynamoDB na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia) e o Amazon EC2 na região UE (Irlanda)) serão cobrados nos dois lados da transferência. Como parte do nível gratuito da AWS, os novos clientes da AWS recebem 15 GB de transferência gratuita de dados para fora a cada mês, agregados em todos os serviços da AWS, durante um ano, exceto na região AWS GovCloud (EUA). Para transferências de dados que excedam 500 TB/mês, entre em contato conosco.

Detalhes de preço opcionais

DynamoDB Accelerator

O Amazon DynamoDB Accelerator (DAX) é um cache de memória gerenciado e altamente disponível para o DynamoDB. As instâncias sob demanda permitem pagar a capacidade do DAX por hora. As instâncias do DAX são executadas sem compromissos de longo prazo. Desse modo, você fica livre dos custos e das complexidades de planejamento, compra e manutenção de hardware e transforma os habituais altos custos fixos em custos variáveis bem menores.

A definição de preço é por hora de nó utilizada, desde o momento em que um nó é iniciado até o seu encerramento. Cada hora de nó parcial consumida será cobrada como hora completa. A definição de preço se aplica a todos os nós individuais no cluster do DAX. Por exemplo, se tiver um cluster de DAX com três nós, você será cobrado pelos nós separados (três nós no total) por hora. Para maximizar a disponibilidade, recomendamos a criação de um cluster com três nós, cada um em uma zona de disponibilidade diferente (se possível).

O DAX disponibiliza uma forte segurança de rede, permitindo transferência/acesso de dados apenas de ou para as instâncias do Amazon EC2 que você definir como parte de dos grupos de segurança. Não há nenhuma cobrança de transferências de dados entre o Amazon EC2 e o DAX dentro da mesma zona de disponibilidade. A cobrança padrão de transferência de dados regionais do Amazon EC2, de 0,01 USD por GB para dentro ou para fora, é aplicada à transferência de dados entre uma instância do Amazon EC2 e um nó do DAX em zonas de disponibilidade diferentes na mesma região da AWS. No entanto, você só é cobrado pela transferência de dados para dentro ou para fora da instância do Amazon EC2. Não há nenhuma cobrança de transferência de dados do DAX para o tráfego para dentro ou para fora do próprio nó do DAX.

Tabelas globais

As tabelas globais aproveitam a presença global do Amazon DynamoDB para oferecer a você um banco de dados gerenciado, com várias regiões e vários mestres, que fornece performance rápida de leitura e gravação local para aplicativos globais em escala massiva. As tabelas globais replicam automaticamente as tabelas do DynamoDB nas regiões da AWS à sua escolha.

As tabelas globais são cobradas de acordo com os recursos associados a cada tabela de réplica. A capacidade de gravação das tabelas globais é representada por unidades de capacidade de gravação replicada em vez das unidades de gravação padrão. Para obter mais detalhes sobre o provisionamento de throughput para tabelas globais, consulte as melhores práticas para o gerenciamento de capacidade. A definição de preço da transferência de dados para fora (na replicação entre regiões) varia em função do uso. Consulte a seção “Transferência de dados” desta página para obter detalhes.

Backup sob demanda

Com backups sob demanda, você pode criar backups completos dos dados e das configurações das tabelas do Amazon DynamoDB para arquivamento de dados, o que ajuda a cumprir requisitos normativos corporativos e governamentais. Você pode fazer backup de tabelas de alguns megabytes a centenas de terabytes de dados, sem afetar a performance ou a disponibilidade dos aplicativos de produção.

O backup sob demanda é cobrado de acordo com o tamanho de armazenamento da tabela (ou seja, os dados da tabela e os índices secundários locais). O tamanho de cada backup é determinado no momento da solicitação do backup. O tamanho total do armazenamento de backup cobrado a cada mês é a soma de todos os backups de tabelas do DynamoDB em uma conta da AWS por região da AWS. Você será cobrado pelo tamanho total dos backups no mês, com a dedução de um crédito pro rata de todos os backups excluídos dentro desse mês de faturamento. A AWS continuará a cobrar os backups sob demanda, usando a mesma taxa, até que você os exclua.

Por exemplo, suponha que o aplicativo é executado na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia) e a soma de todo o armazenamento de backup sob demanda é 60 GB para um mês de 30 dias. O custo mensal do backup seria (0,10 USD x 60 GB) = 6,00 USD/mês. Se você excluísse todos os dados do backup sob demanda 10 dias após o início do ciclo mensal, receberia um crédito de 4 USD (0,10 USD x 60 GB x 20/30), resultando em uma fatura de 2,00 USD/mês. Como alternativa, se você excluísse 15 GB dos dados do backup sob demanda 10 dias após o início do ciclo mensal, a cobrança seria (0,10 USD x 60 GB) – (0,10 USD x 15 GB x 20/30) = 5,00 USD/mês.

Backups contínuos e recuperação point-in-time

A Point-in-Time Recovery (PITR – Recuperação point-in-time) oferece backups contínuos dos dados das tabelas do DynamoDB. Você pode habilitar a PITR com um único clique no Console de Gerenciamento da AWS ou uma única chamada de API. Após a habilitação, o DynamoDB mantém backups contínuos das tabelas para os últimos 35 dias.

A PITR é cobrada de acordo com o tamanho atual de cada tabela do DynamoDB (dados da tabela e índices secundários locais) onde está habilitada. A AWS continuará a cobrar até que a PITR seja desabilitada em cada tabela.

Restauração de uma tabela

A restauração de uma tabela (por backups ou PITR sob demanda) é cobrada de acordo com o tamanho total de dados restaurados (dados da tabela e índices secundários globais) para cada solicitação.

Streams

Os Streams do Amazon DynamoDB são uma sequência em ordem temporal das alterações efetuadas em uma tabela do DynamoDB. A ativação dos Streams do DynamoDB Streams não é cobrada. Você somente paga pela leitura de dados de Streams do DynamoDB, medido em unidades de solicitações de leitura. Cada chamada à API GetRecords é cobrada como uma unidade de solicitação de leitura dos Streams do DynamoDB e retorna até 1 MB de dados dos Streams do DynamoDB.

Recursos adicionais de definição de preço

Calculadora de TCO

Calcule o custo Total Cost of Ownership (TCO – Custo total de propriedade)

Calculadora mensal

Calcule facilmente os custos mensais na AWS

Centro de recursos de fatores econômicos

Recursos adicionais para mudar para a AWS

Comece a usar o Amazon DynamoDB

Consulte a página de conceitos básicos