Pague somente pelos recursos provisionados. Não há taxa mínima para usar o DynamoDB. Estime sua fatura mensal usando a Calculadora Mensal da AWS.

Faça o download deste whitepaper sobre TCO para obter informações adicionais sobre como fazer a estimativa do custo do uso pretendido: O custo total da (não) propriedade de um serviço de banco de dados NoSQL.
 

Comece a usar o DynamoDB gratuitamente. Muitas aplicações conseguem operar dentro desses limites do nível gratuito.

Você paga apenas pelos recursos consumidos além desses limites do nível gratuito. O nível gratuito do DynamoDB não expira ao final do período de 12 meses do nível gratuito da AWS e está disponível para todos os clientes da AWS.

Comece a usar a AWS gratuitamente

Crie uma conta gratuita

O nível gratuito da AWS oferece 25 GB de armazenamento e até 200 milhões de solicitações por mês com o Amazon DynamoDB.

Consulte os detalhes do nível gratuito da AWS »

Ao contrário de implantações tradicionais de NoSQL, que exigem considerações de memória, CPU e outros recursos de sistema que podem afetar o throughput, o DynamoDB simplesmente solicita a especificação da utilização pretendida e da capacidade máxima e mínima desejada para a tabela. O DynamoDB processa o provisionamento de recursos para alcançar a utilização pretendida de capacidade de leitura e gravação e altera automaticamente a escala da capacidade de acordo com o uso. Opcionalmente, você pode especificar diretamente a capacidade de leitura e gravação, caso prefira gerenciar manualmente o throughput da tabela.

A tabela a seguir resume os principais conceitos de definição de preço do DynamoDB.

Tipo de recurso Detalhes Preço mensal
Throughput provisionado (gravação) Uma unidade de capacidade de gravação (WCU) fornece até uma gravação por segundo, suficiente para 2,5 milhões de gravações ao mês A partir de 0,47 USD por WCU
Throughput provisionado (leitura) Uma unidade de capacidade de leitura (RCU) fornece até duas leituras por segundo, suficientes para 5,2 milhões de leituras ao mês A partir de 0,09 USD por RCU
Armazenamento físico de dados indexado O DynamoDB cobra uma taxa horária por GB de espaço em disco consumido pela tabela A partir de 0,25 USD por GB

Exceto quando informado de outra forma, nossos preços não incluem impostos e taxas (como ICMS e imposto sobre vendas) aplicáveis. Para clientes com endereço de cobrança no Japão, o uso da AWS está sujeito ao imposto sobre consumo japonês. Saiba mais

Suponha que a aplicação é executada na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia) e precisa executar 5 milhões de gravações e 5 milhões de leituras eventualmente consistentes ao dia em uma tabela do DynamoDB, armazenando 8 GB de dados. Para simplificar, vamos supor que a carga de trabalho é relativamente constante ao longo do dia e que os itens de tabela têm tamanho não superior a 1 KB.  

  • Unidades de capacidade de gravação (WCUs): 5 milhões de gravações por dia = 57,9 gravações por segundo. 1 WCU pode processar 1 gravação por segundo. Portanto, você precisa de 58 WCUs. A 0,47 USD por WCU ao mês, 58 WCUs custam 27,26 USD ao mês.
  • Unidades de capacidade de leitura (RCUs): 5 milhões de leituras por dia = 57,9 leituras por segundo. 1 RCU pode processar 2 leituras eventualmente consistentes por segundo, portanto, você precisa de 29 RCUs. A 0,09 USD por RCU ao mês, 29 RCUs custam 2,61 USD ao mês.
  • Armazenamento físico de dados: a tabela ocupa 8 GB de armazenamento. A 0,25 USD por GB ao mês, a tabela custa 2,00 USD.

O custo total é 31,86 USD ao mês (27,14 USD de throughput provisionado de gravação, 2,71 USD de throughput provisionado de leitura e 2,00 USD de armazenamento físico de dados indexado).

Se você não consumiu a franquia do nível gratuito (25 WCUs, 25 RCUs e 25 GB de armazenamento), o custo total será 15,82 USD ao mês (15,44 USD para as 33 WCUs restantes, 0,37 USD para as 4 RCUs restantes e 0,00 USD para o armazenamento físico de dados indexado).

Use a Calculadora Mensal da AWS para estimar os custos do DynamoDB para diversos requisitos de recursos. 

O Auto Scaling elimina as suposições relacionadas ao provisionamento de capacidade adequada na criação de novas tabelas, bem como reduz a sobrecarga operacional do monitoramento contínuo do throughput consumido e do ajuste manual da capacidade provisionada. Quando você cria uma nova tabela do DynamoDB, o Auto Scaling é habilitado por padrão com a utilização pretendida definida como 70%, (% da capacidade consumida + capacidade provisionada), a capacidade mínima definida como 5 RCUs e 5 WCUs, e a capacidade máxima definida como os limites permitidos para a sua conta (consulte Limits in DynamoDB). O Auto Scaling define continuamente a capacidade provisionada como resposta às alterações dinâmicas da capacidade consumida na utilização real, com o intuito de manter um valor próximo da utilização pretendida. O faturamento do DynamoDB é medido a cada hora. O horário exato dessa mediação varia em função da conta do cliente. O exemplo abaixo demonstra como a definição de preço é calculada para uma tabela com Auto Scaling habilitado, supondo alterações na capacidade consumida a cada hora.

Vamos supor que você crie uma nova tabela na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia), com a utilização pretendida definida como o valor padrão de 70%, as unidades de capacidade mínima alteradas para 100 RCUs e 100 WCUs, e a capacidade máxima definida como os limites padrão de 40.000 RCUs e 40.000 WCUs. O Auto Scaling operará com esses limites, impedindo que a escala da capacidade provisionada seja reduzida abaixo do valor mínimo ou aumentada além do valor máximo. Quando a tabela é criada, o Auto Scaling provisiona inicialmente as unidades de capacidade mínima.

  • Vamos supor que, na primeira hora após a criação da tabela, as unidades de capacidade de leitura e gravação consumidas variam entre 1 e 70. Com essa variação, a utilização real variaria entre 1% (% de 1 consumida / 100 provisionadas) e 70% (% de 70 consumidas / 100 provisionadas), dentro da utilização pretendida de 70%. O Auto Scaling não iniciaria nenhuma ação de escalabilidade e a cobrança para essa hora seria 0,065 USD para as 100 WCUs provisionadas (0,00065 USD * 100) e 0,013 USD para as 100 RCUs (0,00013 USD * 100).
  • Durante a segunda hora, vamos supor que a capacidade consumida medida aumenta para 100 RCUs e 100 WCUs, o que resultaria em um aumento da utilização real de 100% (% de 100 consumidas / 100 provisionadas), bem acima da utilização pretendida de 70%. Nesse caso, o Auto Scaling começaria a acionar atividades de aumento de escala para oferecer mais capacidade provisionada e fazer com que a utilização real ficasse próxima de 70%, resultando em uma capacidade provisionada de 143 RCUs e 143 RCUs (% de 100 consumidas / 143 provisionadas). A cobrança por essa segunda hora seria 0,0925 USD para 143 WCUs e 0,01859 USD para 143 RCUs.
  • Durante a terceira hora, vamos supor que a capacidade consumida medida diminui para 80 RCUs e 80 WCUs, o que resultaria em um aumento da utilização real de 56% (% de 80 consumidas / 143 provisionadas), bem abaixo da utilização pretendida de 70%. Agora, o Auto Scaling começaria a acionar atividades de redução de escala para oferecer menos capacidade provisionada e fazer com que a utilização real ficasse próxima de 70%, resultando em uma capacidade provisionada de 114 RCUs e 114 WCUs (% de 80 consumidas / 114 provisionadas). A cobrança por essa terceira hora seria 0,0741 USD para 114 WCUs e 0,01482 USD para 114 RCUs.

A cobrança mensal para a tabela seria a soma total da definição de preço horário da capacidade provisionada pelo Auto Scaling durante o mês.

Quando cria ou atualiza a tabela do Amazon DynamoDB, você especifica a utilização pretendida, os limites de capacidade máximo e mínimo para o Auto Scaling e quanta capacidade você quer reservar para leituras e gravações. Nos bastidores, o DynamoDB processa o provisionamento de recursos de hardware para atender às necessidades de throughput com desempenho consistente e de baixa latência. Você paga uma taxa horária fixa baseada na capacidade provisionada:

Exceto quando informado de outra forma, nossos preços não incluem impostos e taxas (como ICMS e imposto sobre vendas) aplicáveis. Para clientes com endereço de cobrança no Japão, o uso da AWS está sujeito ao imposto sobre consumo japonês. Saiba mais.

* Para tabelas com itens pequenos, uma unidade de capacidade pode atender a uma solicitação por segundo (ou duas solicitações por segundo, no caso de leituras eventualmente consistentes). Tabelas com itens maiores exigem mais unidades de capacidade para atender à mesma taxa de solicitações. Para obter mais informações, consulte nossas perguntas frequentes: "O que é uma unidade de capacidade de gravação e leitura?"

Se você puder prever a necessidade de throughput de leitura e gravação do DynamoDB, a capacidade reservada oferecerá economia considerável sobre o preço normal do throughput provisionado do DynamoDB. Você paga uma taxa única antecipada e se compromete a pagar por um nível mínimo de utilização, de acordo com as taxas horárias a seguir, durante a vigência da capacidade reservada. Todo o throughput provisionado além da capacidade reservada será cobrado usando as taxas padrão de throughput provisionado.

Exceto quando informado de outra forma, nossos preços não incluem impostos e taxas (como ICMS e imposto sobre vendas) aplicáveis. Para clientes com endereço de cobrança no Japão, o uso da AWS está sujeito ao imposto sobre consumo japonês. Saiba mais.

* A capacidade reservada somente pode ser adquirida em blocos de 100 WCUs ou 100 RCUs.

O Amazon DynamoDB é um datastore indexado em SSD e a quantidade de espaço em disco consumido pelos dados ultrapassará o tamanho bruto dos dados carregados. O Amazon DynamoDB mede o tamanho de seus dados cobráveis ao calcular o tamanho de byte da fila dos dados carregados, mais o armazenamento por item superior a 100 bytes a contar para indexação. Você não precisa "provisionar" armazenamento com o Amazon DynamoDB. Simplesmente paga por quanto você usa, como descrito acima.

Exceto quando informado de outra forma, nossos preços não incluem impostos e taxas (como ICMS e imposto sobre vendas) aplicáveis. Para clientes com endereço de cobrança no Japão, o uso da AWS está sujeito ao imposto sobre consumo japonês. Saiba mais

Transferência de dados "para dentro" e "para fora" é a transferência para dentro e para fora do Amazon DynamoDB. Não há cobrança adicional para dados transferidos entre o Amazon DynamoDB e outros Amazon Web Services dentro da mesma região (ou seja, 0,00 USD por GB). Os dados transferidos entre as regiões (por exemplo, entre o Amazon DynamoDB na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia) e o Amazon EC2 na região UE (Irlanda)), serão cobrados nos dois lados da transferência.

Para transferências de dados que excedam 500 TB/mês, entre em contato conosco

Exceto quando informado de outra forma, nossos preços não incluem impostos e taxas (como ICMS e imposto sobre vendas) aplicáveis. Para clientes com endereço de cobrança no Japão, o uso da AWS está sujeito ao imposto sobre consumo japonês. Saiba mais.

* Como parte do nível de uso gratuito da AWS, os novos clientes da AWS receberão 15 GB de transferência gratuita de dados para fora a cada mês, agregados em todos os serviços da AWS, durante um ano, exceto na região AWS GovCloud.

Exceto quando informado de outra forma, nossos preços não incluem impostos e taxas (como ICMS e imposto sobre vendas) aplicáveis. Para clientes com endereço de cobrança no Japão, o uso da AWS está sujeito ao imposto sobre consumo japonês. Saiba mais

Transferência de dados do DAX

O Amazon DynamoDB Accelerator (DAX) disponibiliza uma forte segurança de rede, permitindo transferência/acesso de dados apenas de ou para as instâncias do Amazon EC2 que você definir como parte de seus security groups.

  • Não há nenhuma cobrança de transferências de dados entre o Amazon EC2 e o Amazon DAX dentro da mesma zona de disponibilidade.

A cobrança padrão de transferência de dados regionais do Amazon EC2, de 0,01 USD por GB para dentro ou para fora, é aplicada à transferência de dados entre uma instância do Amazon EC2 e um nó do Amazon DAX em zonas de disponibilidade diferentes na mesma região. No entanto, você só é cobrado pela transferência de dados para dentro ou para fora da instância do Amazon EC2. Não há nenhuma cobrança de transferência de dados do Amazon DAX para o tráfego para dentro ou para fora do próprio nó do Amazon DAX.

Os Streams do Amazon DynamoDB são uma sequência em ordem temporal das alterações efetuadas em uma tabela do Amazon DynamoDB. A ativação dos Streams do DynamoDB Streams não é cobrada. Você somente paga pela leitura de dados de Streams do DynamoDB, medido em unidades de solicitações de leitura. Cada chamada à API "GetRecords" é cobrada como uma unidade de solicitação de leitura dos Streams do DynamoDB e retorna até 1 MB de dados dos Streams do DynamoDB.

Exceto quando informado de outra forma, nossos preços não incluem impostos e taxas (como ICMS e imposto sobre vendas) aplicáveis. Para clientes com endereço de cobrança no Japão, o uso da AWS está sujeito ao imposto sobre consumo japonês. Saiba mais.

Quando você configura Triggers do DynamoDB, a função do AWS Lambda lê constantemente Streams do DynamoDB como resposta às gravações efetuadas na tabela. Você não é cobrado por essas leituras de Streams do DynamoDB efetuadas pelo AWS Lambda como parte dos Triggers do DynamoDB. Você paga apenas pelos recursos do AWS Lambda consumidos. Saiba mais sobre a definição de preço do AWS Lambda aqui

A replicação entre regiões do DynamoDB é habilitada usando a DynamoDB Cross-region Replication Library. Embora não haja custo adicional pelo uso da Cross-region Replication Library, você pagará os preços normais pelos seguintes recursos utilizados pelo processo. Serão cobrados:

  • O throughput provisionado (gravações e leituras) e o armazenamento para as tabelas de réplica.
  • A transferência de dados entre regiões.
  • A leitura de dados do Streams do DynamoDB para manter as tabelas sincronizadas.
  • As instâncias do EC2 provisionadas para hospedar o processo de replicação. O custo das instâncias depende do tipo de instância escolhido e da região que hospeda essas instâncias.