O blogue da AWS

Aplicativos sociais: como a Ilhasoft está ajudando a melhorar o mundo com a tecnologia

Nascida há quatro anos com foco no desenvolvimento de aplicativos móveis, a Ilhasoft é uma empresa de Maceió, em Alagoas, que já acumula projetos de sucesso seguindo uma missão: usar a mobilidade para resolver os problemas da sociedade.

Especializada no desenvolvimento de aplicativos móveis para sistemas iOS, Android e Windows Phone, a Ilhasoft está por trás de aplicativos de destaque nacional, como o CrowdMobi, e já foi duas vezes campeã do Hackathon, competição de desenvolvimento de aplicativos dentro do Brazilian Application Seminar, maior evento em conteúdo mobile da América Latina.

Desde 2015, a companhia é responsável pela expansão de um projeto de engajamento social de jovens e adolescentes por meio da tecnologia, capitaneado pela UNICEF. O objetivo é usar a tecnologia para que os cidadãos do futuro ajudem a mapear e denunciar os problemas de suas comunidades, para que a instituição cobre dos governos as melhorias necessárias.

“Usar a mobilidade para resolver problemas sociais faz parte da nossa visão. A gente busca usar a tecnologia para resolver os problemas da sociedade”, destaca o gerente de desenvolvimento da empresa, Daniel Amaral.

Como a Ilhasoft usa a AWS?

Ao vencer uma concorrência mundial da UNICEF no ano passado, para criação de um aplicativo móvel que ampliasse ainda mais o projeto U-Report, a Ilhasoft escolheu a robustez da nuvem da AWS para expandir sua atuação globalmente, com mais segurança e escalabilidade.

Com a AWS, a Ilhasoft, desenvolveu um aplicativo móvel que conecta pessoas de várias regiões do Brasil e de mais oito países do mundo para ampliar o acesso ao site do U-Report, um programa de participação de adolescentes e jovens que usam SMS, Facebook e Twitter para reivindicar por seus direitos e fortalecer sua voz.

A ferramenta está presente em mais de 15 países e gera dados estatísticos que são levados para autoridades, mostrando a voz dos jovens sobre assuntos como bullying, qualidade da educação, HIV, racismo etc, estimulando o engajamento voluntário e conectando em todos o mundo mais de 2 milhões de jovens e mais de 1.300 participam do projeto no Brasil.

Qual era o desafio da Ilhasoft antes de migrar para a AWS?

A escolha pela AWS se deu após uma minuciosa pesquisa de mercado. Segundo Daniel Amaral, a empresa já usava a tecnologia da nuvem, mas estava insatisfeita com o serviço que usavam antes. A migração foi rápida e simples, em apenas um mês, e no período de um ano com a Amazon, a Ilhasoft já atingiu uma redução de custos de 30%.

“Inicialmente, no ano passado, nós usávamos o Azzure, da Microsoft, mas a gente achava ele um pouco complicado de utilizar e também muito caro, para nossa realidade brasileira. Então nós fomos buscar novas soluções, e quando começamos a desenvolver o IlhaPush, nós migramos para a Amazon”, conta John Cordeiro, desenvolvedor mobile e web para Android da empresa.

Quais serviços fazem parte da infraestrutura da Ilhasoft na AWS?

A Ilhasoft usa uma gama de serviços AWS para extrair todo o potencial da nuvem: o Elastic Beanstalk, para implantação e escalabilidade de aplicativos e serviços da web com a tecnologia de código aberto Docker, foi escolhido para melhorar funcionamento das mensagens.

A empresa ainda criou um serviço em Amazon SES, responsável por fazer o envio dessas mensagens via U-Report. A empresa também utiliza o Amazon S3, o Amazon EC2 para algumas aplicações, e o Amazon RDS, usado para todos os bancos de dados da Ilhasoft.

Com o Route53, a Ilhasoft conecta com eficiência as solicitações de usuários com a infraestrutura executada na AWS. A empresa ainda reforça a segurança com o Certificate Manager, para proteger comunicações de rede seguras e estabelecer a identidade de sites na internet, e usa o Amazon CloudFront para acelerar a rede de entrega de conteúdo (CDN) global e a distribuição do conteúdo para pessoas que acessem de qualquer lugar do mundo, e melhora ainda mais a experiência do usuário com o Amazon Elastic Cache, produto que melhora o desempenho de aplicativos web, permitindo recuperar informações de caches na memória rápidos e gerenciáveis, em vez de depender inteiramente de bancos de dados baseados em disco, que são mais lentos.

Conheça mais sobre a Ilhasoft aqui.