1600x800_5657_hybrid-architecture_video
Como estender sua infraestrutura de TI para a Nuvem AWS

Expanda sua infraestrutura atual para a Nuvem AWS

Comece a usar gratuitamente
Entre em contato com a equipe de vendas da AWS

A AWS disponibiliza recursos de redes, armazenamento, controle de acesso e gerenciamento para habilitar arquiteturas híbridas.

A arquitetura de nuvem híbrida é a integração de recursos locais com recursos de nuvem.

Para a maioria das empresas com investimentos em tecnologia local, a operação em uma arquitetura híbrida é um elemento necessário do processo de adoção da nuvem. A migração de sistemas de TI antigos leva tempo. Portanto, a seleção de um provedor de nuvem que possa ajudar a implementar uma estratégia híbrida bem elaborada, que não exija novos investimentos dispendiosos em hardware e software locais, é importante para simplificar operações e atingir metas empresariais mais facilmente.

Trabalhando de perto com empresas, a AWS desenvolveu o conjunto mais amplo de recursos híbridos do setor que abrange ferramentas de armazenamento, redes, segurança, implantação de aplicações e gerenciamento para facilitar a integração da nuvem como uma extensão simples e segura dos investimentos atuais. Também criamos parcerias estratégicas com líderes de longa data no fornecimento de plataformas locais, como a VMware, a Intel, a Microsoft, a SAP, entre outras, para permitir a execução de aplicações atuais na AWS com compatibilidade total e alto desempenho.

A Johnson & Johnson implantou uma arquitetura simples entre a AWS e seus datacenters locais.

Saiba mais »

A Comcast criou um aplicativo híbrido para seu serviço Xfinity executado na AWS e em seus datacenters locais.

Saiba mais »

A MLBAM criou um aplicativo híbrido para estatísticas de rastreamento de jogadores em tempo real executado na AWS e em datacenters locais.

Saiba mais »

 A AON criou uma arquitetura híbrida para apoiar suas previsões de mitigação de riscos que simulam milhões de possíveis cenários.

Saiba mais »

A Hess migrou sua infraestrutura de TI para a Nuvem AWS para desinvestimento, mas permaneceu híbrida para suas principais atividades.

Saiba mais »

A Pacific Life Insurance procurou a AWS para ajudá-los a controlar seus custos de TI como parte de um ambiente de computação híbrida.

Saiba mais »

No nível mais básico, a computação híbrida pode ser vista como ter dados que residem localmente e na nuvem. Geralmente, isto é feito para armazenar de modo econômico grandes conjuntos de dados, utilizar novos bancos de dados nativos da nuvem, transferir dados para mais perto dos clientes ou criar uma solução de backup e arquivamento com alta disponibilidade que ofereça um bom custo/benefício. Em todos os casos, a AWS oferece uma variedade de serviços de armazenamento e banco de dados que podem trabalhar em conjunto com aplicações locais para armazenar dados de modo confiável e seguro. O uso desses serviços na AWS pode permitir a obtenção de controle, confiabilidade e disponibilidade iguais ou melhores do que o oferecido no datacenter atual com um design que disponibiliza durabilidade de 99,999999999% e criptografia, o que garante que os dados estão protegidos.

O serviço AWS Storage Gateway permite de modo fácil o armazenamento na nuvem híbrida entre ambientes locais e a Nuvem AWS. Ele combina um dispositivo de armazenamento multiprotocolo com uma conectividade de rede altamente eficiente para disponibilizar desempenho local com uma escala praticamente ilimitada.

Os clientes usam o serviço em escritórios e datacenters remotos para cargas de trabalho na nuvem híbrida que envolvem migração, bursting e camadas de armazenamento. O dispositivo virtual do Storage Gateway conecta-se diretamente à infraestrutura local como um servidor de arquivos, um volume de disco local ou uma VTL (Biblioteca de fita virtual). Essa conexão fácil torna mais simples para as empresas aumentar investimentos atuais em armazenamento local com alta escalabilidade, grande durabilidade e baixos custos de armazenamento na Nuvem AWS.

Saiba mais »

O Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) facilita configurar, operar e escalar bancos de dados relacionais na nuvem. Ele disponibiliza uma capacidade econômica e redimensionável, além de gerenciar tarefas demoradas de administração do banco de dados, permitindo o foco nas aplicações e na empresa. O Amazon RDS disponibiliza seis mecanismos de banco de dados conhecidos no mercado para você escolher: Amazon AuroraPostgreSQLMySQLMariaDBOracleMicrosoft SQL Server.

Saiba mais » 

O Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) oferece aos desenvolvedores e equipes de TI armazenamento na nuvem seguro, durável e altamente escalável. O Amazon S3 é um armazenamento de objetos fácil de usar que oferece uma interface de web service simples para armazenar e recuperar qualquer quantidade de dados de qualquer parte da web. O Amazon S3 oferece uma variedade de categorias de armazenamento criadas para casos de uso diferentes, como o Amazon S3 Standard, para armazenamento de uso geral de dados acessados com frequência, o Amazon S3 Standard – Acesso ocasional (Standard – IA), para dados de longa duração, porém acessados com menos frequência, e o Amazon Glacier para arquivamentos de longa duração. O Amazon S3 também oferece políticas de ciclo de vida configuráveis para o gerenciamento de dados durante o ciclo de vida.

Saiba mais »

O AWS Snowball é uma solução de transporte de dados na escala de petabytes que usa dispositivos seguros para transferir grandes quantidades de dados para dentro e para fora da Nuvem AWS. A transferência de terabytes ou petabytes de dados para a nuvem para sustentar operações híbridas tem desafios comuns, como altos custos de rede, longos tempos de transferência e preocupações de segurança. O Snowball disponibiliza uma solução simples, rápida e segura para esses desafios e pode custar apenas um quinto do valor de um serviço de Internet de alta velocidade.

Saiba mais » 

A próxima camada de arquitetura híbrida envolve a conexão de recursos locais e de nuvem usando uma rede comum para facilitar a criação de um único ambiente empresarial. A AWS pode estender a configuração de rede local para as redes virtuais privadas na Nuvem AWS para que os recursos da AWS operem como se fizessem parte da rede corporativa atual. Também é possível estender a conectividade física para disponibilizar redes dedicadas, uniformes e privadas entre os datacenters e as regiões da AWS de sua escolha.

A Amazon Virtual Private Cloud (Amazon VPC) permite provisionar uma seção da Nuvem AWS isolada logicamente onde é possível executar recursos da AWS em uma rede virtual que você mesmo define. Você tem controle total sobre o ambiente de rede virtual, inclusive a seleção do próprio intervalo de endereços IP, a criação de sub-redes e a configuração de tabelas de rotas e gateways de rede. Além disso, é possível criar uma conexão de Hardware VPN entre o datacenter corporativo e a VPC para utilizar a Nuvem AWS como uma extensão do datacenter corporativo.

Saiba mais » 

O AWS Direct Connect torna fácil estabelecer uma conexão de rede dedicada entre o ambiente local e a AWS. Com o uso do AWS Direct Connect, é possível estabelecer conectividade privada entre a AWS e o datacenter, o escritório ou o ambiente de co-location, que, em muitos casos, pode reduzir os custos de rede, aumentar o throughput de largura de banda e proporcionar uma experiência de rede mais uniforme do que o oferecido por conexões de Internet. Essa conexão dedicada pode ser particionada em várias interfaces virtuais para manter a rede separada entre ambientes públicos e privados.

Saiba mais » 

O estabelecimento de uma única estratégia de identidade e acesso geralmente acompanha a integração de redes. É possível criar e gerenciar usuários, grupos e permissões da AWS para permitir e negar acesso a recursos da AWS em um nível extremamente detalhado. Além disso, a AWS oferece serviços gerenciados que permitem a conexão de recursos da AWS com um Microsoft Active Directory atual local e o gerenciamento de políticas com ferramentas que você já tem.

O AWS Identity and Access Management (IAM) pode conceder a funcionários e aplicações acesso ao Console de Gerenciamento da AWS e às APIs de serviço da AWS usando os sistemas de identidade atuais. O AWS IAM é compatível com a federação de sistemas corporativos, como o Microsoft Active Directory, e também com provedores externos de identidade on-line, como o Google e o Facebook. Oferecido como um serviço gratuito aos clientes da AWS, o controle de acesso rigoroso inerente às políticas do AWS IAM é fundamental para o histórico de segurança da AWS.

Saiba mais » 

O AWS Directory Service for Microsoft Active Directory (Enterprise Edition) permite que as cargas de trabalho com reconhecimento de diretório e os recursos da AWS usem o Active Directory gerenciado na Nuvem AWS. O serviço Microsoft AD foi desenvolvido no Microsoft Active Directory e não exige sincronizar ou replicar dados do Active Directory atual para a nuvem. Você pode usar as ferramentas de administração padrão do Active Directory e se beneficiar de seus recursos integrados, como política de grupo, relações de confiança e logon único. 

Saiba mais » 

A forma mais sólida de arquitetura híbrida envolve a integração e o gerenciamento de aplicações entre ambientes locais e de nuvem. A AWS e a VMware desenvolveram um relacionamento forte e especial para permitir que as cargas de trabalho com base no VMware sejam executadas na Nuvem AWS.

Além disso, todos os Serviços da AWS são controlados por sólidas APIs que permitem que uma grande variedade de ferramentas de monitoramento e gerenciamento se integrem facilmente aos recursos da Nuvem AWS. Ferramentas comuns de fornecedores como Microsoft, VMware, BMC Software, Okta, RightScale, Eucalyptus, CA, Xceedium, Symantec, Racemi e Dell já são compatíveis com a AWS, e esses são apenas alguns exemplos.

O VMware on AWS é um ambiente de VMware nativo e gerenciado na Nuvem AWS que pode ser acessado por hora e sob demanda ou por inscrição. Ele inclui as mesmas tecnologias principais da VMware que os clientes executam em seus datacenters hoje, como o vSphere Hypervisor (ESXi),o Virtual SAN (vSAN) e a plataforma de virtualização de rede NSX para permitir que você continue a usufruir de seus investimentos em VMware sem que seja necessário continuar comprando e mantendo hardware.

O VMware Cloud on AWS é executado diretamente no hardware físico para evitar a virtualização aninhada e, ao mesmo, tempo, ainda se beneficia de um conjunto de recursos de rede e hardware que apoiam o nosso modelo de design, cuja prioridade é a segurança. Além disso, toda a lista de serviços móveis e de computação, armazenamento, banco de dados, análise e IoT da AWS podem ser acessados diretamente por meio das aplicações. Finalmente, como as aplicações da VMware serão executadas nos mesmos datacenters que os Serviços da AWS, será possível usufruir da conectividade rápida e de baixa latência durante o uso desses serviços para melhorar ou estender aplicações.

Saiba mais »

O AWS OpsWorks é um serviço de gerenciamento de configuração que ajuda a configurar e operar aplicações, tanto locais como na Nuvem AWS, de todos os formatos e tamanhos usando o Chef. É possível definir a arquitetura da aplicação e a especificação de cada componente, inclusive a instalação de pacotes e a configuração de software e recursos, como o armazenamento. Comece com modelos de tecnologias comuns, tais como servidores de aplicativos e bancos de dados, ou crie o seu próprio para desempenhar qualquer tarefa que possa ser executada em script. O AWS OpsWorks inclui automação, para dimensionar o aplicativo conforme o tempo ou carga, e configuração dinâmica, para orquestrar mudanças de acordo com a mudança de escala do ambiente.

Saiba mais » 

O AWS CodeDeploy automatiza as implantações de código para qualquer instância, inclusive instâncias do Amazon EC2 e instâncias executadas localmente. O AWS CodeDeploy facilita o lançamento rápido de novos recursos, ajuda a evitar tempo de inatividade durante a implantação de aplicativos e lida com a complexidade de atualizá-los. Você pode usar o AWS CodeDeploy para automatizar implantações de software, eliminando a necessidade de operações manuais sujeitas a erro. O serviço escala juntamente com a infraestrutura, o que permite implantações fáceis em uma ou em milhares de instâncias.

Saiba mais » 

O Amazon EC2 Run Command permite que você gerencie de modo remoto e seguro servidores ou máquinas virtuais em execução no seu datacenter ou em uma plataforma na nuvem. O Amazon EC2 Run Command disponibiliza um modo simples de automatizar tarefas administrativas comuns, como a execução de scripts e comandos Shell no Linux, a execução de comandos PowerShell no Windows, a instalação de software ou patches entre várias instâncias, além de oferecer visibilidade sobre os resultados, facilitando gerenciar a alteração de configurações em grandes frotas de instâncias. 

Saiba mais » 

A arquitetura híbrida não se resume apenas à integração de datacenters na nuvem. Uma grande quantidade de dados está sendo gerada por dispositivos como parte da Internet das Coisas e por sistemas em localizações remotas. Poder trabalhar com esses dados na fonte, em vez de adquirir um novo hardware para sustentá-los ou esperar que uploads sejam feitos na nuvem, é um desafio que a AWS vem enfrentando de modo inovador atualmente. Esta necessidade permanecerá muito tempo após a maior parte dos datacenters do mundo tiver migrado para a nuvem, e nós acreditamos que, com o tempo, estes cenários passarão a representar a definição de trabalho da nuvem híbrida. 

O AWS Greengrass é um software que permite executar com segurança caches locais de computação, mensagens e dados para dispositivos conectados. Com o AWS Greengrass, os dispositivos conectados podem executar funções do AWS Lambda, manter o sincronismo de dados de dispositivos e se comunicar com outros dispositivos de forma segura, mesmo quando não conectados à Internet. O AWS Greengrass estende de maneira simples a AWS para dispositivos de modo que eles possam trabalhar localmente com os dados gerados e, ao mesmo tempo, usar a nuvem para gerenciamento, análise e armazenamento durável. O serviço autentica e criptografa os dados do dispositivo em todos os pontos da conexão usando os recursos de gerenciamento de segurança e acesso do AWS IoT.

Saiba mais » 

O AWS Snowball Edge é um dispositivo de transferência de dados de 100 TB com recursos computacionais e de armazenamento integrados. É possível usar o Snowball Edge para transferir grandes quantidades de dados para dentro e para fora da AWS, como um nível de armazenamento temporário para grandes conjuntos de dados locais ou para sustentar cargas de trabalho locais e independentes em localizações remotas. O serviço conecta aplicações e infraestrutura atuais usando interfaces de armazenamento padrão, o que simplifica o processo de transferência de dados e minimiza a configuração e a integração. O Snowball Edge pode assumir o formato de cluster para criar um nível de armazenamento local e processar dados localmente, o que ajuda a garantir que as aplicações continuarão a ser executadas mesmo quando não puderem acessar a nuvem.

Saiba mais »