O Amazon Aurora Serverless é uma configuração com escalabilidade automática sob demanda para o Amazon Aurora (edições compatíveis com MySQL e PostgreSQL). Nessa configuração, o banco de dados será iniciado, encerrado e escalado automaticamente para oferecer mais ou menos capacidade de acordo com as necessidades do aplicativo. O Amazon Aurora Serverless permite que você execute um banco de dados na nuvem sem gerenciar nenhuma instância de banco de dados. Ele é uma opção simples e econômica para cargas de trabalho pouco frequentes, intermitentes ou imprevisíveis.

O gerenciamento manual da capacidade do banco de dados desperdiça um tempo valioso e pode levar ao uso ineficiente dos recursos do banco de dados. Com o Aurora Serverless, basta criar um endpoint de banco de dados, especificar o intervalo da capacidade desejada para o banco de dados (opcional) e conectar os seus aplicativos. Você paga por segundo pela capacidade do banco de dados que usa quando ele está ativo e migra entre as configurações padrão e sem servidor com alguns cliques no console de gerenciamento do Amazon RDS.

Apresentamos o Amazon Aurora Serverless (0:50)

Benefícios

SIMPLES

O Amazon Aurora Serverless remove a complexidade do gerenciamento das instâncias e da capacidade do banco de dados. O banco de dados inicia, encerra e escala automaticamente para atender às necessidades dos aplicativos.

ESCALÁVEL

Escale capacidade de computação e memória de forma transparente conforme a necessidade, sem interromper conexões de clientes.

ECONÔMICA

Pague apenas pelos recursos de banco de dados que você consumir, com cobrança por segundo. Você somente paga pela instância de banco de dados quando ela está realmente em execução.

ALTAMENTE DISPONÍVEL

Criado com base no armazenamento distribuído, tolerante a falhas e com autocorreção do Aurora, contando com replicação em 6 vias para proteger contra a perda de dados.

Casos de uso

Aplicativos de uso não frequente

Você tem um aplicativo que só é usado por alguns minutos diversas vezes por dia ou por semana, como um site de blog de baixo volume, e você quer um banco de dados econômico, com cobrança baseada em sua atividade. Pague apenas pelos recursos de banco de dados que você consumir usando o Aurora Serverless.

Aplicativos novos

Você está implantando um novo aplicativo e não tem certeza do tamanho de instância de que precisará. Com o Aurora Serverless, basta criar um endpoint e deixar que o banco de dados faça a escala automaticamente de acordo com os requisitos de capacidade do seu aplicativo.

Cargas de trabalho variáveis

Você está executando um aplicativo usado de forma leve, com picos de 30 minutos a várias horas algumas vezes por dia ou várias vezes por ano, como um aplicativo de RH, orçamento, relatórios operacionais. Não é mais necessário provisionar a capacidade de pico, o que exige o pagamento por recursos que não serão usados continuamente, ou o cálculo da capacidade média, o que poderia prejudicar a performance e ocasionar uma experiência de usuário insatisfatória.

Cargas de trabalho imprevisíveis

Você está executando cargas de trabalho quando há uso de banco de dados durante todo o dia, bem como picos de atividade difíceis de prever. Por exemplo, um site de trânsito pode experimentar um pico quando começa a chover. Com o Aurora Serverless, o seu banco de dados fará a escala da capacidade de forma automática para atender às necessidades da carga de pico do aplicativo, retornando ao normal quando a alta de atividade terminar.

Bancos de dados de desenvolvimento e teste

As equipes de desenvolvimento de software e CQ estão usando bancos de dados durante o horário de trabalho, mas não precisam deles à noite ou nos fins de semana. Com o Aurora Serverless, o banco de dados encerra automaticamente quando não está em uso e inicia muito mais rapidamente quando o trabalho inicia no dia seguinte.

Aplicativos multilocatário

Você tem um aplicativo baseado na web com um banco de dados para cada um dos clientes. Agora, você não tem que gerenciar individualmente a capacidade do banco de dados para cada aplicativo em sua frota. O Aurora gerencia a capacidade do seu banco de dados individual para você, economizando o seu tempo valioso.

Definição de preço

Com o Aurora Serverless, você paga apenas pelo armazenamento do banco de dados e pela capacidade e E/S consumidas pelo banco de dados enquanto está ativo. Consulte Definição de preço do Amazon Aurora para obter informações completas sobre definição de preço e disponibilidade regional.

Exemplo 1 de definição de preço

Você está executando um site de notícias usando um banco de dados do Aurora Serverless com um tamanho de armazenamento de 80 GB. Embora a carga seja leve no site na maior parte do tempo, há picos de atividade pela manhã ou à medida que as notícias surgem. Por exemplo, há um período de 1 hora, 1 minuto e 15 segundos pela manhã em que o banco de dados é escalado para 4 ACUs e um período de 40 minutos e 34 segundos após uma notícia de última hora em que o banco de dados é escalado até 8 ACUs. O restante do dia (22 horas, 12 minutos e 46 segundos), o banco de dados executa com uma capacidade de 2 ACUs. No total, você também usou 90.000 operações de E/S durante o dia.

Você será cobrado pelo seguinte uso durante esse período:

Duração ACUs Horas de ACU Taxa Cobranças
22 horas, 12 minutos e 46 segundos (22,213 horas) 2 44,426 0,06 USD 2,67 USD
1 hora, 1 minuto e 15 segundos (1,021 hora) 4 4,084 0,06 USD 0,24 USD
40 minutos e 34 segundos (0,766 hora) 8 6,128 0,06 USD 0,37 USD
Uso total por 24 horas   54,638 0,06 USD 3,28 USD

Você também é cobrado pela E/S e pelo armazenamento do banco de dados durante esse período de 24 horas.

A cobrança total para o período é:

Uso Taxa Cobranças
54,638 horas de ACU 0,06 USD por hora de ACU* 3,28 USD
80 GiB de armazenamento por 24 horas 0,10 USD por GiB-mês 0,26 USD
90.000 solicitações de E/S 0,20 USD por 1 milhão de solicitações 0,02 USD
  Total de cobranças por 24 horas 3,56 USD
Total de cobranças por 24 horas 3,51 USD
Total de cobranças por 24 horas 3,51 USD
Total de cobranças por 24 horas 3,51 USD

*Exemplo de preço por hora para a região Leste dos EUA (Norte da Virgínia). A definição de preço varia por região.


Exemplo 2 de definição de preço

Você cria um banco de dados do Aurora Serverless para o ambiente de teste do seu aplicativo com um armazenamento de banco de dados de 200 GB. Você realiza duas rodadas de testes em um período de 24 horas. Durante a passagem de teste inicial, o Aurora é executado com uma capacidade de 4 ACUs por 44 minutos e 6 segundos, realizando 60.000 solicitações de E/S antes de suspender o processamento, após a conclusão do teste. Depois de ficar ocioso por 4 horas, ele é inicializado novamente quando você começa uma nova passagem de teste. Durante o segundo teste, ele é executado com uma capacidade de 8 ACUs por 30 minutos e 8 segundos e realiza 80.000 solicitações de E/S antes de ser pausado novamente pelo resto do dia.

Você será cobrado pelo seguinte durante esse período:

Duração ACUs Horas de ACU Taxa Cobranças

44 minutos e 6 segundos (0,735 horas)

4
2,940 0,06 USD 0,18 USD
30 minutos e 8 segundos (0,502 horas) 8
4,108
0,06 USD 0,24 USD
Uso total por 24 horas   7,048
0,06 USD 0,42 USD

Você não é cobrado pelo tempo em que o banco de dados está suspenso. Você é cobrado pelo armazenamento e E/S do banco de dados durante esse período de 24 horas.

A cobrança total para o período é:

Uso Taxa Cobranças
7,048 horas de ACU 0,06 USD por hora de ACU* 0,42 USD
200 GiB de armazenamento por 24 horas 0,10 USD por GiB-mês 0,66 USD
60.000 + 80.000 = 140.000 de solicitações de E/S 0,20 USD por 1 milhão de solicitações 0,03 USD
  Total de cobranças por 24 horas 1,11 USD
Total de cobranças por 24 horas 3,51 USD
Total de cobranças por 24 horas 3,51 USD
Total de cobranças por 24 horas 3,51 USD

*Exemplo de preço por hora para a região Leste dos EUA (Norte da Virgínia). A definição de preço varia por região.

Como começar a usar

O Aurora Serverless está disponível para o Amazon Aurora com compatibilidade com o MySQL 5.6 e o Amazon Aurora com compatibilidade com o PostgreSQL 10.7 ou superior. É fácil começar a usar: escolha Serverless ao criar um cluster de banco de dados do Aurora, especifique opcionalmente a faixa de capacidade do banco de dados e conecte os aplicativos.