O blogue da AWS

Caso Zazcar


“Só pelo fato da gente conseguir ditar o que vai acontecer, quais são as features que vão ser implementadas e como elas vão ser implementadas, isso é um ganho enorme para a gente. Com a AWS, a gente ganhou mais flexibilidade, principalmente na decisão de como o sistema vai funcionar.”

– Helio Nagamachi, Engenheiro de Software e Arquiteto de Solução da Zazcar

 

A Zazcar é uma empresa de carsharing que já nasceu, em 2010, inserida na tendência de economia compartilhada e se antecipando às mudanças trazidas por uma geração mais aberta ao conceito de compartilhar bens ao invés de comprar. Após seis anos de operação com um sistema fornecido por empresas estrangeiras, os sócios da startup decidiram desenvolver seu próprio sistema para ganhar mais flexibilidade, independência e reduzir custos. Desde julho de 2016, a Zazcar migrou para a nuvem e já começou a investir nas ferramentas de IoT da Amazon Web Services para monitorar o uso de sua frota e obter informações valiosas para seu negócio.

Sobre a Zazcar

Com sede e atividades em São Paulo, a empresa funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, com objetivo de oferecer um serviço para as pessoas que já não vêem o carro como uma necessidade e um sonho de consumo. Diferente das empresas de aluguel de carros tradicionais, a Zazcar oferece carros por hora, ou por minuto, através de um sistema onde o usuário interage muito pouco com o atendente. Toda a reserva é feita através de um aplicativo hospedado na AWS, por onde ele faz até mesmo a abertura do carro. O cliente paga apenas pelo tempo e distância utilizados, com seguro e combustível incluídos. A frota atual da empresa é de 65 veículos, e desde o lançamento do novo app, a Zazcar renovou sua base de assinantes, e conquistou mais de 700 usuários logo no primeiro mês.

O Desafio

Desde 2010, a infraestrutura da Zazcar ficava toda concentrada em uma empresa canadense, que fornecia o sistema de controle de cadastro e cliente. A empresa também dependia de um computador de bordo, importado da Europa que, além de não atender todas as necessidades da empresa, tinha um custo muito elevado. Outro problema relevante era a falta de suporte técnico: como as fornecedoras ficavam fora do Brasil, sempre que a startup tinha alguma demanda, perdia muito tempo esperando um retorno.

“Como a gente precisava falar com empresas de fora do país, a gente acabava perdendo muito tempo no atendimento das nossas necessidades. E como eles também forneciam serviços para outras empresas de carsharing, a gente acabava entrando numa fila de atendimento, e levava mais tempo esperando para ser atendido do que se a gente tivesse a tecnologia já instalada”, conta o Coordenador de Marketing da Zazcar, Thiago Perrenoud. “A gente viu então a necessidade de reduzir custos e desenvolver internamente tanto o computador de bordo quanto o nosso sistema.”

Porque Amazon Web Services?

Ao decidirem que precisavam desenvolver o próprio sistema internamente, os sócios da Zazcar viram na computação em nuvem a tecnologia ideal para o desafio, já que os produtos oferecidos pela Amazon Web Services atendem todos os requisitos do negócio. Segundo Helio Nagamachi, o modelo AWS se encaixa perfeitamente nas necessidades técnicas da startup, que precisava economizar tempo e recursos no desenvolvimento da nova infraestrutura.

“A decisão de migrar para a AWS foi natural, já que ela oferece uma grande quantidade de serviços para você prover uma infraestrutura, e é muito mais rápido do que você ter infraestrutura própria. Isso permite a Zazcar a focar realmente no seu negócio, ao invés de ficar cuidando de infraestrutura para suportar o serviço que a Zazcar quer prover.”

A empresa contrata uma extensa lista de produtos AWS em sua arquitetura: na parte de back-end, a Zazcar usa o API Gateway junto com o Amazon Lambda. Para os bancos de dados, a empresa possui instâncias, Amazon EC2 e também utiliza serviço de banco de dados relacional gerenciado, Amazon RDS além de usar o Amazon S3 para armazenamento de arquivos estáticos.

Como parte da nova estratégia da empresa, que quer ter total controle de seu sistema, a Zazcar adotou a Plataforma de IoT para monitorar sua frota de carros, e o Amazon Dynamo DB para armazenar dados de telemetria e investir depois em análises de Big Data.

“Outro serviço que a gente também tem utilizado bastante é o Amazon SQS e o Amazon SES, para o processamento de filas e envio de e-mails, tanto para operações transacionais, para e-mails internos, como para alguns alarmes. O Amazon Cloud Watch tem sido muito usado também para monitorar nossos logs. Estamos também utilizando Amazon Cloud Front para servir à nossa aplicação de backoffice, que é interna. E também estamos usando o Amazon Cognito. Eventualmente, um dia, a gente vai poder falar que usa todos os serviços da Amazon.”

Os Benefícios

Com o sistema desenvolvido com a ajuda dos parceiros Concrete Solutions – responsável pelo desenvolvimento do aplicativo – e da Quadrar – que desenvolveu o hardware do computador de bordo instalado nos veículos -, a Zazcar agora tem total controle de seu sistema, e com a facilidade de ter o suporte dos engenheiros da AWS por perto, sempre que precisarem.

“Só pelo fato da gente conseguir ditar o que vai acontecer, quais são as features que vão ser implementadas e como elas vão ser implementadas, isso é um ganho enorme para a gente. Com a AWS, a gente ganhou mais flexibilidade, principalmente na decisão de como o sistema vai funcionar”, explica Helio Nagamachi. “Como eu tenho a certificação da AWS no nível associado, eu acho fácil utilizar a AWS. A gente tem estado com bastante contato com o pessoal da AWS, e eles têm dado muito suporte para a gente, e eu acho que esse serviço tem sido fantástico.”

Segundo o Coordenador de Marketing Digital, a empresa também já conseguiu reduzir bastante os custos, em comparação com a antiga estrutura.

“Em relação ao hardware, ao computador de bordo que controla os carros, a redução de custos é de 90%. Nós vamos reduzir o gasto de cerca de R$ 8 mil por hardware por cerca de R$ 800 reais, internalizando nossa operação.”

Próximos Passos

Com a mudança na sua infraestrutura, a Zazcar agora quer investir na estruturação da nova operação da empresa em São Paulo, para começar a expandir para outras cidades como Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte. Mas antes de crescer, a startup vai usufruir das funcionalidades de Big Data da nuvem para extrair informações e orientar melhor seu negócio.

“No momento a gente está apenas acumulando os dados, mas logo nós vamos começar a fazer análises”, explica o arquiteto de soluções da Zazcar. ”No momento, por exemplo, nós só temos um modelo de carro, mas como futuramente nós vamos ter mais modelos, vai ser muito importante para a gente conseguir analisar qual modelo é melhor para a Zazcar, como o pessoal está se comportando, onde precisamos colocar mais carros, esse tipo de coisa.”