O blogue da AWS

#AWSSummit Insights – TrendMicro – Construindo segurança automatizada para AWS: mais perfomance, menos custos

TrendMicro participou como patrocinador Gold do AWS Summit 2016 e abriu a rodada de sessões técnicas com o case da WebMotors, plataforma que disponibiliza classificados para venda de veículos com mais de 200 mil ofertas por mês. A sessão técnica contou com o especialista em segurança Franzvictor Florim e o coordenador de TI da Web Motors, Denis Dainese.

Líder no mercado de segurança na nuvem, a Trend Micro acumula mais de 20 anos de experiência na defesa de ameaças digitais, e oferece ferramentas altamente conceituadas como Deep Security, feitas especialmente para a AWS, que impede ameaças mais rápido e protege dados em ambientes físicos, virtualizados e em nuvem. “Para você garantir segurança automatizada, basta migrar para a AWS”, concluiu Franz. Para conferir, você pode fazer um teste no portal www.trendmicro.com/AWS, com dicas e testes de segurança, abertos para todos.

Desde 2014, a WebMotors conta ainda com os peritos da CredibilIT para desenhar estratégias e gerenciar a infraestrutura de TI da empresa, desde que o portal decidiu investir mais fortemente em tecnologia. Além de permitir que a infraestrutura cresça de acordo com o négocio, a consultoria ajuda a Web Motors a economizar com um modelo financeiro em que se paga apenas pelo serviço utilizado.

Quais benefícios a empresa teve com a nuvem da AWS?

A WebMotors armazena 13TB no Amazon S3 da AWS. Segundo Denis Dainese, além da redução impressionante de custos de operação, as transações de anúncios do site são feitas hoje de forma quase espontânea. Elas levam de 1 a 3 segundos, enquanto, antes da nuvem, a operação demorava cerca de 5 minutos. “Depois que mudamos para a Amazon, eu só me preocupo em agregar mais valor ao meu cliente. Quando eu vou fazer uma coisa nova, eu não falo mais nem de infraestrutura nem de segurança”, explicou Denis. A melhoria na performance do site, só de estar na nuvem, foi de 45%.

Quanto a WebMotors já economizou na nuvem?

“Eu consegui que meu time de TI focasse no desenvolvimento do negócio, e não se preocupasse mais com infraestrutura, nem com segurança. Além disso, nós conseguimos economizar US$ 100 mil por ano só com a migração para a nuvem e, no segundo ano, reduzir 30% de código”, explicou. Segundo o especialista em segurança, as empresas que migrarem seus dados para a nuvem além de garantir mais segurança, podem reduzir gastos em até 74%.

 

Acesse as apresentações do AWS Summit São Paulo »