Comece a usar a AWS gratuitamente

Crie uma conta gratuita

Receba doze meses de acesso ao nível de uso de nível gratuito da AWS e aproveite os recursos do AWS Basic Support incluindo atendimento ao cliente 24x7x365 e fóruns de suporte, entre outros recursos.

Consulte os detalhes do nível gratuito da AWS »


P: O que é o AWS CodePipeline?
O AWS CodePipeline é um serviço de entrega contínua que permite modelar, visualizar e automatizar as etapas necessárias para liberar o seu software. Com o AWS CodePipeline, você modela o processo completo de liberação para criação de código, implantação em ambientes de pré-produção, testes da aplicação e liberação da aplicação para produção. O AWS CodePipeline cria, testa e implanta a aplicação de acordo com o fluxo de trabalho definido todas as vezes que ocorre uma alteração de código. Você pode integrar ferramentas de parceiros e suas próprias ferramentas personalizadas a qualquer etapa do processo de liberação para compor uma solução de entrega contínua completa.

P: Por que devo usar o AWS CodePipeline?
A automação do processo de criação, teste e liberação pelo AWS CodePipeline permite aumentar a velocidade e a qualidade das atualizações de software, passando todas as novas alterações por um conjunto consistente de verificações de qualidade.

P: O que é a entrega contínua?
A entrega contínua é uma prática de desenvolvimento de software em que alterações de código são criadas, testadas e preparadas automaticamente para liberação para produção. O AWS CodePipeline é um serviço que ajuda você a praticar a entrega contínua. Saiba mais sobre a entrega contínua aqui.

O diagrama abaixo representa os conceitos discutidos nesta seção.

CodePipeline_Elements

P: O que é um pipeline?
Um pipeline é uma estrutura de fluxo de trabalho que descreve como as alterações de software passam pelo processo de liberação. O fluxo de trabalho é definido por uma sequência de etapas e ações.

P: O que é uma revisão?
Uma revisão é uma mudança feita na localização do fonte definido para o pipeline. A revisão pode incluir código-fonte, saída de criação, configuração ou dados. Um pipeline pode ter várias revisões simultâneas fluindo por ele.

P: O que é uma etapa?
Uma etapa é um grupo de uma ou mais ações. Um pipeline pode ter duas ou mais etapas.

P: O que é uma ação?
Uma ação é uma tarefa executada em uma revisão. As ações do pipeline ocorrem em uma ordem específica (em série ou em paralelo), conforme determinado na configuração da etapa. Para obter mais informações, consulte Edit a Pipeline e Action Structure Requirements in AWS CodePipeline.

P: O que é um artefato?
Quando uma ação é executada, age sobre um arquivo ou um conjunto de arquivos. Esses arquivos são denominados artefatos. Esses artefatos podem ser utilizados por ações posteriores no pipeline. Por exemplo, uma ação de fonte gera uma saída com a versão mais recente do código como um artefato de fonte, que será lido pela ação de criação. Após a compilação, a ação de criação fará o upload da saída da criação como outro artefato, que será lido pelas ações de implantação posteriores.

P: O que é uma transição?
As etapas de um pipeline são conectadas por transições e são representadas por setas no console do AWS CodePipeline. Quando as ações de uma etapa da revisão são concluídas com êxito, essa revisão é enviada automaticamente para a próxima etapa, conforme indicado pela seta de transição. As transições entre as etapas podem ser desativadas ou ativadas.

 

 

P: Como faço para começar a usar o AWS CodePipeline?
Você pode fazer login no Console de Gerenciamento da AWS, criar um pipeline e começar a usar o serviço. Para obter uma introdução ao AWS CodePipeline, consulte os conceitos básicos, que incluem tutoriais detalhados. Ou consulte o kit de inicialização do Pipeline para provisionar rapidamente um pipeline de versão preconfigurada com um servidor de compilação Jenkins usando um modelo do AWS CloudFormation.

P: Como faço para iniciar um pipeline?
Após ser criado, um pipeline inicia automaticamente uma execução para liberar a mais recente versão do código-fonte. Dali em diante, todas as vezes que você alterar a localização do fonte, uma nova execução será acionada. Além disso, você pode passar novamente a última revisão pelo pipeline usando o botão Release Change no console do pipeline.

P: Como faço para interromper um pipeline?
Para interromper um pipeline, você pode desativar a transição entre duas etapas. Após a desativação, o pipeline continuará a executar revisões pelas ações, mas não promoverá revisões por meio da transição desativada para etapas posteriores. Para obter mais detalhes, consulte Disable or Enable Transitions in AWS CodePipeline.

P: Posso editar um pipeline existente?
Sim. Você pode usar o console do AWS CodePipeline ou o AWS CLI para adicionar ou remover etapas em um pipeline, bem como para adicionar, editar ou remover ações de uma etapa.

P: Posso criar uma cópia de um pipeline existente?
Sim. É possível usar o comando get-pipeline do AWS CLI para obter a estrutura JSON de um pipeline existente. Em seguida, você pode usar esse JSON e o comando create-pipeline do AWS CLI para criar um novo pipeline com a mesma estrutura do já existente.

P: É possível executar ações em paralelo?
Sim. É possível configurar uma ou mais ações de uma etapa para execução em paralelo.

P: Como praticar a entrega contínua das aplicações sem servidor e das funções do AWS Lambda?
É possível liberar atualizações para a aplicação sem servidor ao incluir o modelo AWS Serverless Application Model e seus arquivos correspondentes no repositório do código-fonte. É possível usar o AWS CodeBuild no pipeline para empacotar o código da implantação. Depois, será possível usar ações do AWS CloudFormation para criar um conjunto de alterações e implantar a aplicação sem servidor. Existe a opção de ampliar o fluxo de trabalho realizando etapas adicionais, como aprovações manuais ou testes automáticos. Saiba mais aqui.

P: Como provisionar e gerenciar recursos da AWS por meio de um processo de fluxo de trabalho de liberação?
Ao usar o AWS CodePipeline e o AWS CloudFormation, é possível usar a entrega contínua para criar e testar alterações automaticamente nas pilhas do AWS CloudFormation antes de promovê-las a pilhas de produção. Esse processo de liberação permite fazer alterações de modo rápido e confiável na infraestrutura da AWS. É possível estender o fluxo de trabalho realizando ações adicionais, como aprovações manuais e ações de teste, ou invocar ações do AWS Lambda. Para obter mais detalhes, consulte a página Continuous Delivery with AWS CloudFormation.

P: Quais integrações de produtos estão disponíveis com o AWS CodePipeline?
O AWS CodePipeline é integrado a Serviços da AWS como AWS CodeCommit, Amazon S3, AWS CodeBuild, AWS CodeDeploy, AWS Elastic Beanstalk, AWS CloudFormation, AWS OpsWorks, Amazon ECS e AWS Lambda. Além disso, o AWS CodePipeline é integrado a diversas ferramentas de parceiros. Para obter detalhes, consulte a página de integrações de produtos. Finalmente, você pode criar suas próprias ações personalizadas e integrar qualquer ferramenta existente com o CodePipeline. Para obter mais detalhes sobre ações personalizadas, consulte a página Create and Add a Custom Action in AWS CodePipeline.

P: Posso obter o histórico das chamadas de API do AWS CodePipeline?
Sim. Para receber um histórico das chamadas de API do AWS CodePipeline efetuadas na sua conta para fins de análise e solução de problemas operacionais, basta ativar o AWS CloudTrail no AWS Management Console. Para obter mais informações, consulte Logging AWS CodePipeline API calls by Using AWS CloudTrail.

P: Quais são os limites de serviço ao usar o AWS CodePipeline?
Para obter informações sobre os limites de serviço, consulte Limites.

P: O que preciso fazer para a integração com o AWS CodePipeline?
Se você está interessado em se tornar um parceiro da AWS, integrando seu serviço de desenvolvedor ao AWS CodePipeline, entre em contato com codepipeline-request@amazon.com.

P: Posso usar o AWS Identity and Access Management (IAM) para gerenciar o acesso ao AWS CodePipeline?
Sim. O AWS CodePipeline é compatível com as permissões de serviço. Você pode especificar que usuário pode executar qual ação em um pipeline. Por exemplo, você pode conceder a um usuário acesso de somente leitura a um pipeline, caso queira que ele veja o status do pipeline, mas não possa modificá-lo. Também é possível definir permissões para qualquer etapa ou ação em um pipeline. Para obter mais informações sobre o uso do IAM com o AWS CodePipeline, consulte Access Permissions Reference.

P: Posso ativar o pipeline em uma conta da AWS para ser acessado por um usuário do IAM em outra conta da AWS?
Sim. Você pode criar uma função do IAM na conta da AWS proprietária do pipeline para delegar o acesso ao pipeline e a todos os recursos relacionados a um usuário do IAM em outra conta. Para obter uma explicação detalhada da ativação de um acesso entre contas, consulte Walkthrough: Delegating Access Across AWS Accounts For Accounts You Own Using IAM Roles e Configure Cross-Account Access to a Pipeline.

P: Quais regiões são compatíveis com o AWS CodePipeline?
Consulte Produtos e serviços regionais para obter detalhes sobre a disponibilidade do CodePipeline por região.

P: Quanto custa o AWS CodePipeline?
Para obter detalhes sobre o custo do AWS CodePipeline, consulte a página de definição de preço.