A Amazon Web Services fornece várias alternativas de banco de dados para os desenvolvedores. É possível executar serviços totalmente gerenciados NoSQL e relacionais ou operar seu próprio banco de dados na nuvem no Amazon EC2 e Amazon EBS.

Se você precisar Considere utilizar
Um serviço de banco de dados relacional com gerenciamento mínimo Amazon RDS, um serviço totalmente gerenciado que oferece uma opção de mecanismos de banco de dados MySQL, Oracle, SQL Server ou PostgreSQL, armazenamento e computação em escala, disponibilidade multi-AZ e mais.
Um serviço de banco de dados NoSQL rápido e altamente escalável Amazon DynamoDB, um serviço totalmente gerenciado que oferece desempenho extremamente rápido, escalabilidade e confiabilidade perfeitos, custo baixo e mais.
Um serviço de banco de dados NoSQL para conjuntos de dados menores Amazon SimpleDB, um serviço totalmente gerenciado que oferece um banco de dados confiável, sem schema e mais.
Um banco de dados que você mesmo pode gerenciar Sua escolha de AMIs relacionais no Amazon EC2 e EBS que oferece armazenamento e computação escaláveis, controle completo sobre as instâncias e mais.

O Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) é um serviço da web que facilita a configuração, a operação e escalabilidade de um banco de dados relacional na nuvem. Ele fornece uma capacidade econômica e redimensionável enquanto gerencia tarefas demoradas de administração do banco de dados, liberando você para que se concentre nos aplicativos e em seu negócio.

O Amazon RDS fornece a você acesso às capacidades de um mecanismo de banco de dados familiar MySQL, Oracle, SQL Server ou PostSQL. Isso significa que o código, os aplicativos e as ferramentas que você já utiliza com os bancos de dados existentes podem ser usados com o Amazon RDS. O Amazon RDS corrige automaticamente o software do banco de dados e faz backup do banco de dados, armazenando os backups por um período de retenção definido pelo usuário e permitindo a recuperação de pontos no tempo. Você beneficia-se da flexibilidade de ser capaz de escalar recursos de computação ou capacidade de armazenamento associada à instância do banco de dados relacional por meio de uma única chamada de API. Além disso, os mecanismos de banco de dados do Amazon RDS oferecem dois recursos de replicação distinto porém complementares: implementações Multi-AZ e Réplicas de leitura. Esses recursos podem ser usados sozinhos ou em conjunto, para oferecer disponibilidade de banco de dados melhorada e proteger suas mais recentes atualizações de banco de dados contra indisponibilidades não planejadas. As réplicas de leitura também ajudam você a escalar além das restrições de capacidade de uma única instância de banco de dados para cargas de trabalho de banco de dados com uso intensivo de leituras.

O Amazon RDS é recomendado para clientes com uma combinação de necessidades como:

  • Têm aplicativos novos ou existentes, código ou ferramentas que exigem um banco de dados relacional
  • Desejam acesso nativo a mecanismos de banco de dados relacional MySQL, Oracle, SQL Server ou PostgreSQL, mas preferem transferir a gestão da infraestrutura e a administração do banco de dados para a AWS
  • Desejam explorar os recursos Multi-AZ e Réplica de leitura para obter a disponibilidade de banco de dados e a escalabilidade de leitura aprimoradas
  • Gostam da flexibilidade de ser capaz de escalonar os recursos de computação e armazenamento do banco de dados com uma chamada de API e pagam apenas pelos recursos de infraestrutura que realmente consomem

As implementações Multi-AZ são atualmente compatíveis com o Amazon RDS para MySQL, Oracle e PostgreSQL. Réplicas de leitura atualmente suportam o Amazon RDS para MySQL.

Para obter mais informações, consulte a página de detalhes do Amazon RDS.


O Amazon DynamoDB é ideal para aplicativos de bancos de dados que exigem pouca latência e desempenho previsível em qualquer escala, mas não precisam de recursos complexos de consultas como transações e junções. O Amazon DynamoDB é um serviço de banco de dados NoSQL totalmente gerenciado que oferece alta performance, resultado previsível e baixo custo. É fácil de configurar, operar e escalar.

Com o Amazon DynamoDB, é possível começar pequeno, especificar a velocidade de processamento e armazenamento necessárias e facilmente escalar suas necessidades de capacidade. O Amazon DynamoDB particiona automaticamente os dados em vários servidores para alcançar sua solicitação de capacidade. Além disso, o DynamoDB automaticamente replica seus dados de forma sincronizada através das zonas de disponibilidade dentro da Região da AWS para garantir alta disponibilidade e durabilidade de dados.

O Amazon DynamoDB usa um modelo de dados baseado em tabela, que não exige um schema fixo e permite o acesse aos dados principalmente através de chaves primárias. Além disso, o serviço predefine para leituras fortemente consistentes e suporta de forma nativa o Atomic Counters, permitindo o acréscimo ou redução de atributos numéricos com uma única chamada API.

Recomendamos o Amazon DynamoDB para clientes que têm uma combinação de necessidades, tais como:

  • Necessita desenvolver aplicativos altamente escaláveis que precisam de velocidades de processamento extremamente altas e baixa latência tanto para leituras quanto gravações
  • Requer a habilidade de escalar até conjuntos de dados extremamente grandes ao mesmo tempo que mantém o desempenho previsível, mesmo começando com um conjunto de dados pequeno
  • Usa principalmente chaves primárias para acessar seus dados e não precisa de capacidade para consultas complexas como transações ou junções
  • Não deseja o peso administrativo de gerenciar sua própria cluster de banco de dados distribuída altamente disponível

Para obter mais informações, consulte a página de detalhes do Amazon RDS.


Para implementações do banco de dados com tamanhos de conjuntos de dados inferiores a 10 Gb, que não requerem um modelo relacional e que demandam principalmente recursos de índice e de consulta, o Amazon SimpleDB elimina as despesas gerais administrativas da execução de um banco de dados de produção altamente disponível e não está vinculado por requisitos rigorosos de um RDBMS.

Com o Amazon SimpleDB, você armazena e consulta itens de dados por meio de solicitações simples de serviços da Web e o Amazon SimpleDB faz o resto. Além de lidar com o provisionamento da infraestrutura, a instalação e a manutenção do software, o Amazon SimpleDB indexa automaticamente os dados, cria réplicas redundantes geograficamente dos dados para assegurar alta disponibilidade e desempenha a adequação do banco de dados em nome dos clientes. Finalmente, o Amazon SimpleDB não impõe um esquema rígido para os dados. Isso proporciona flexibilidade aos clientes – se o negócio mudar, eles poderão refletir facilmente essas alterações no Amazon SimpleDB sem nenhuma atualização do esquema ou mudanças no código do banco de dados.

No entanto, o Amazon SimpleDB não é um banco de dados relacional e não oferece alguns recursos necessários a determinados aplicativos, por exemplo, transações ou junções complexas. Além disso, um domínio único no SimpleDB tem o limite de 10GB. Apesar de poder dividir seu conjunto de dados em vários domínios SimpleDB, o Amazon DynamoDB pode ser uma melhor opção para clientes com grandes cargas de trabalho.

Recomendamos o Amazon SimpleDB para clientes que:

  • Utilizam principalmente funções de índice e de consulta em vez de funções mais complexas do banco de dados relacional
  • Ter conjuntos de dados menores de 10GB e não esperar crescer além desse limite.
  • Não há necessidade de aprovisionar capacidade de resultados.

Para obter mais informações, consulte a página de detalhes do Amazon SimpleDB.


Os desenvolvedores poderão usar uma série dos principais bancos de dados relacionais no Amazon EC2. Uma instância do Amazon EC2 pode ser usada para executar um banco de dados e os dados podem ser armazenados em um volume do Amazon EBS. O Amazon EBS é um recurso de armazenamento persistente rápido e confiável do Amazon EC2. Com as AMIs do banco de dados relacional do Amazon EC2, os desenvolvedores evitam a fricção do provisionamento da infraestrutura enquanto acessam uma variedade de dispositivos de bancos de dados padrão. As AMIs do banco de dados relacional do Amazon EC2 permitem aos desenvolvedores ignorarem o provisionamento de infraestrutura e de hardware normalmente associado com a instalação de um novo servidor de banco de dados, enquanto permitem ainda que eles exerçam controle total sobre as tarefas administrativas e de ajuste associadas à execução de um servidor de banco de dados.

Recomendamos AMIs do banco de dados relacional do Amazon EC2 para clientes que:

  • Desejam selecionar com base em uma ampla gama de mecanismos do banco de dados
  • Querem exercer controle administrativo completo sobre seu servidor de banco de dados

Instalação de bancos de dados relacionais através de AMIs

Uma Amazon Machine Image (AMI) é uma imagem de máquina criptografada armazenada no Amazon S3. Ela contém todas as informações necessárias para inicializar as instâncias do seu software. Muitas AMIs existentes já incluem os bancos de dados relacionais. Para ver uma lista complete de imagens de máquina, consulte a página de resumo da AMI.

Acesse nossa página sobre Execução de bancos de dados NoSQL na AWS se estiver interessado em aprender sobre as opções de bancos de dados NoSQL disponíveis na AWS.


Os usuários que optam por implantar as AMIs de banco de dados relacional do Amazon EC2 usarão o Amazon EBS para hospedagem de dados dos seus servidores de bancos de dados. O Amazon EBS fornece a capacidade de salvar os snapshots para o Amazon Simple Storage Service (Amazon S3). Esses snapshots de backup devem ser realizados do mesmo modo que os sistemas tradicionais, usando programadores de trabalho ou agentes gráficos. O Amazon S3 oferece o armazenamento durável que é automaticamente replicado para vários locais.

Os usuários do Amazon RDS podem se beneficiar do recurso de backup automático que permite selecionar a frequência na qual os snapshots de backup são obtidos e o período de retenção desejado (em números de dias). O Amazon RDS fornece um armazenamento de backup grátis até o tamanho do banco de dados provisionados. O Amazon RDS irá fazer automaticamente o backup dos logs de banco de dados e transação e permitir a restauração em qualquer momento dentro do período de retenção, até os últimos cinco minutos. Os usuários também podem restaurar qualquer snapshot iniciado pelo usuário que possam ter criado.

Os usuários do Amazon SimpleDB têm a tranquilidade oferecida pela replicação automatizada e geograficamente variada. Todos os dados do Amazon SimpleDB são copiados de modo síncrono para múltiplos nós dentro de centros de dados diferentes, com o objetivo de evitar a perda de dados no caso de uma falha de hardware ou interrupção da rede. Além disso, várias ferramentas de backup foram desenvolvidas pelo ecossistema do Amazon SimpleDB, oferecendo backups simples de dados de domínio para o Amazon S3.


A primeira etapa para proteger um banco de dados é seguir as orientações de segurança específicas para ele, prestando atenção especial ao controle de acesso. Consulte a documentação específica do seu banco de dados de escolha para o site da Web do fornecedor/projeto.

Se você estiver usando o Amazon EC2 e o EBS para o seu banco de dados, deverá usar também o firewall distribuído pela Amazon EC2 para limitar o acesso ao seu banco de dados. Você pode usar as regras de acesso do grupo para garantir que somente as suas instâncias tenham acesso ao seu banco de dados.

Para obter uma visão geral completa da segurança da AWS, incluindo a segurança do Amazon SimpleDB e do Amazon RDS, consulte o whitepaper Visão geral dos processos de segurança.


Título Descrição
Execução do MySQL no Amazon EC2 com Elastic Block Store Usando o Amazon Elastic Block Store (EBS) como um mecanismo de armazenamento contínuo para a produção do servidor de banco de dados MySQL de produção, incluindo restauração e backup de snapshot.
Estudo de caso: Dream Factory Usando o Amazon Elastic Block Store (EBS) como um mecanismo de armazenamento contínuo para a produção do servidor de banco de dados MySQL de produção, incluindo restauração e backup de snapshot.
Estudo de caso: Alexa Alexa escolheu o Amazon SimpleDB em vez do MySQL para armazenar os dados de status/log e o Amazon S3 recupera os conjuntos de dados de entrada e armazena os conjuntos de dados de saída.