Endpoints globais

Endpoints globais são uma maneira simples e confiável para os clientes melhorarem a disponibilidade das suas aplicações orientadas por eventos na AWS. O endpoint global é um novo recurso que torna mais fácil para os clientes criarem aplicações robustas e confiáveis, fazendo o failover automático da ingestão de eventos para uma região secundária durante interrupções de serviço sem a necessidade de intervenção manual. A replicação (opcional) é um recurso integrado que o cliente pode usar para minimizar os dados em risco durante essas interrupções de serviço. Os clientes têm a flexibilidade de configurar critérios de failover usando alarmes do CloudWatch (por meio de verificações de integridade do Route53) para determinar quando fazer o failover e quando encaminhar eventos de volta à região primária. Tornamos mais fácil para os clientes o começo do uso do console, oferecendo uma pilha já preenchida para criar um alarme do CloudWatch e verificações de integridade do Route53. Saiba mais nesta publicação de blog.

API Destinations

O novo recurso Destinos de API do EventBridge permite que os desenvolvedores enviem eventos de volta para várias aplicações on-premises ou de software como serviço (SaaS) com a capacidade de controlar a taxa de transferência e a autenticação. Você pode enviar eventos para qualquer aplicação Web com um endereço da Web sem se preocupar em escrever código personalizado ou usar infraestrutura adicional. Você pode configurar regras com transformações de entrada que mapearão o formato do evento ao formato do serviço de recebimento e usar o EventBridge para cuidar da segurança e entrega.  Saiba mais nesta publicação do blog.

Eventos de arquivamento e reprodução

O novo recurso Reprodução de Eventos do Amazon EventBridge permite reprocessar eventos anteriores de volta para um barramento de eventos ou uma regra específica do EventBridge. Esse recurso permite que os desenvolvedores depurem aplicações rapidamente, as ampliem alimentando destinos com eventos históricos e façam recuperação de erros. Saiba mais nesta publicação de blog.

Registro de esquemas

O registro de esquemas do EventBridge armazena o esquema de eventos em um registro que outros desenvolvedores podem facilmente pesquisar e acessar em sua organização para que você não precise localizar manualmente os eventos e sua estrutura. O registro também permite gerar vinculações de código para linguagens de programação como Java, Python ou TypeScript diretamente no seu IDE, para que o evento possa ser usado como um objeto no seu código. Ao ativar a descoberta de esquema para um barramento de eventos, os esquemas de eventos são descobertos e adicionados ao registro automaticamente, eliminando a necessidade de criar manualmente um esquema para um evento. Os esquemas de todos os serviços da AWS são automaticamente visíveis no registro de esquemas, e os esquemas das aplicações SaaS integradas se tornam visíveis quando você ativa a descoberta de esquema para o barramento de eventos do parceiro SaaS. Saiba mais nesta publicação do blog.

Barramento de eventos totalmente gerenciável e escalável

O Amazon EventBridge é um barramento de eventos gerenciado e escalável que permite a comunicação entre aplicativos usando eventos. Não é necessário gerenciar infraestrutura ou provisionar capacidade.

Integração com SaaS

As aplicações da AWS podem agir com base nos eventos gerados pelas aplicações SaaS. O Amazon EventBridge é nativamente integrado com aplicações SaaS de vários provedores, incluindo Datadog, OneLogin, PagerDuty, Saviynt, Segment, SignalFX, SugarCRM, Symantec, Whispir e Zendesk, com integrações adicionais planejadas. Você não precisa gerenciar qualquer configuração de integração, como eventos de autenticação de seu provedor de SaaS, pois eles simplesmente aparecem no barramento de eventos.

Mais de 100 fontes e destinos de eventos incorporados

O Amazon EventBridge é diretamente integrado a mais de 130 fontes de eventos e mais de 35 destinos, incluindo AWS Lambda, Amazon SQS, Amazon SNS, AWS Step FunctionsAmazon Kinesis Data Streams e Amazon Kinesis Data Firehose, com fontes e destinos adicionais planejados. Todas as chamadas de API em mutação (ou seja, todas as chamadas exceto Describe*, List* e Get*) em todos os serviços da AWS geram eventos usando o AWS CloudTrail.

Editores e assinantes de eventos dissociados

O Amazon EventBridge facilita a criação de arquiteturas de aplicações orientadas por eventos. Aplicativos ou microsserviços podem publicar eventos no barramento de eventos sem que os assinantes percebam. Aplicações ou microsserviços podem assinar eventos sem que o editor perceba. Você também pode enviar eventos de suas próprias aplicações para um barramento de eventos por meio da API PutEvents do serviço. Outras aplicações podem receber eventos por meio de qualquer um dos muitos serviços de destino oferecidos pela AWS. Essa dissociação permite que as equipes trabalhem de forma independente, resultando em um desenvolvimento mais rápido e maior agilidade.

Filtragem de eventos

Você pode filtrar eventos com regras. Uma regra combina eventos recebidos para um determinado barramento de eventos e envia esses eventos aos destinos para processamento. Uma única regra pode encaminhar para vários destinos, todos processados em paralelo. As regras permitem que diferentes componentes de aplicativos procurem e processem os eventos relevantes para eles. Uma regra pode personalizar um evento antes que ele seja enviado para o destino, transmitindo apenas algumas partes ou substituindo-o por uma constante. Você também pode ter várias regras que correspondem ao mesmo evento. Portanto, microsserviços ou aplicativos diferentes podem optar por corresponder eventos com base em filtros específicos.

Entrega confiável de eventos

O Amazon EventBridge oferece entrega de eventos aos destinos pelo menos uma vez, incluindo novas tentativas com recuo exponencial por até 24 horas. Os eventos são armazenados de forma durável em várias zonas de disponibilidade (AZs) para oferecer uma garantia adicional de que os eventos serão entregues ao seu destino. O Amazon EventBridge também oferece um acordo de nível de serviço (SLA) de disponibilidade de 99,99%, garantindo que as aplicações possam acessar o serviço de forma confiável.

Resposta automática a alterações operacionais nos serviços da AWS

O Amazon EventBridge amplia seu predecessor, o Amazon CloudWatch Events, e fornece um fluxo de eventos de sistema praticamente em tempo real que descreve alterações em recursos da AWS. Dessa forma, você pode responder rapidamente a mudanças operacionais e executar ações corretivas. Basta escrever regras para indicar quais são os eventos relevantes para o aplicativo e quais ações automáticas serão executadas quando uma regra corresponder a um evento. Por exemplo, você pode definir uma regra para invocar uma função do AWS Lambda para remediar um problema ou notificar um tópico do Amazon Simple Notification Service (SNS) para alertar um operador.

Eventos agendados

Você pode configurar eventos agendados usando a popular sintaxe do cron do Unix. Os eventos agendados são gerados periodicamente e invocam qualquer um dos serviços da AWS de destino permitidos.

Monitoramento e auditoria

Você pode monitorar o barramento de eventos usando métricas do Amazon CloudWatch, como o número de vezes que um evento corresponde a uma regra ou que um destino é invocado. Você pode usar o Amazon CloudWatch Logs para armazenar, monitorar e analisar eventos acionados em um ambiente. O AWS CloudTrail permite monitorar as chamadas feitas para a API do Amazon EventBridge.

Segurança e compatibilidade

O Amazon EventBridge está integrado ao AWS Identity and Access Management (IAM) para possibilitar o controle de quais usuários e recursos terão permissão para acessar os dados e como eles farão isso. O EventBridge oferece suporte a endpoints da VPC e criptografia de dados em trânsito usando TLS 1.2. O Amazon EventBridge está em conformidade com os padrões GDPR, SOC, ISO, DoD CC SRG e FedRamp e também é qualificado pela HIPAA.

Pague por evento

Os eventos gerados pelos serviços da AWS são gratuitos. Você paga apenas pelos eventos gerados por seus próprios aplicativos ou por aplicativos SaaS (consulte a definição de preço aqui).

Standard Product Icons (Features) Squid Ink
Saiba mais sobre a definição de preço de produtos

Acesse a página de definição de preço do Amazon EventBridge.

Saiba mais 
Standard Product Icons (Start Building) Squid Ink
Comece a criar no console

Comece a criar com o Amazon EventBridge no Console de Gerenciamento da AWS.

Faça login 
Sign up for a free account
Saiba mais na documentação

Aprofunde a sua compreensão do EventBridge no guia do desenvolvedor.

Saiba mais