Publicado: Nov 8, 2017

Os clientes agora podem acessar os serviços da AWS de forma privada da Amazon Virtual Private Cloud (VPC), sem usar IPs públicos e sem precisar que o tráfego passe pela Internet.  

O AWS PrivateLink é uma tecnologia específica projetada para clientes que acessam os Serviços da AWS de forma altamente disponível e escalável, mantendo todo o tráfego de rede dentro da rede da AWS. Ao criar endpoints para os serviços da AWS com a tecnologia PrivateLink, esses endpoints de serviço aparecerão como interface de rede elástica (ENI) com IPs privados em suas VPCs. O PrivateLink remove a necessidade de autorizar IPs públicos ou de gerenciar a conectividade da Internet usando um gateway da Internet, dispositivos de conversão de endereço de rede (NAT) ou proxies de firewall para a conexão aos serviços da AWS. Os serviços da AWS disponíveis no PrivateLink também oferecem suporte à conectividade privada pelo AWS Direct Connect, para que os aplicativos em seus próprios datacenters possam se conectar aos serviços da AWS pela rede privada da Amazon usando os endpoints de serviço.

Os serviços da AWS atualmente disponíveis no AWS PrivateLink incluem o Amazon EC2, o Elastic Load Balancing (ELB), o Kinesis Streams, o Service Catalog e o EC2 Systems Manager, e o suporte a outros serviços da AWS será incluído nos próximos meses. O AWS PrivateLink está disponível em todas as regiões comerciais, com exceção de China (Beijing). Para saber a disponibilidade de regiões de cada serviço, confira os detalhes do serviço. Para saber a definição de preços de VPC Endpoints, consulte a Definição de preço da VPC. Para saber mais sobre o PrivateLink, leia a documentação do PrivateLink e acesse o Blog da AWS. Para saber mais sobre VPC e Endpoints, acesse Amazon VPC.