Publicado: May 23, 2019

A Amazon Web Services (AWS) anuncia a disponibilização geral do AWS Ground Station, um serviço totalmente gerenciado, que permite controlar as comunicações via satélite, uplink, downlink, processamento de dados de satélite e escalabilidade das suas operações de satélite. As estações em terra funcionam como unidades que utilizam antenas para fornecer a comunicação entre a Terra e o seu satélite.  

O AWS Ground Station oferece uma rede de sistemas de antenas de comunicação com a Órbita Terrestre Baixa (LEO) e a Órbita Terrestre Média (MEO), usando programação de reserva ou sob demanda. Esses sistemas de antenas estão localizados próximos das Regiões da AWS, permitindo que você desfrute dos recursos da Nuvem AWS com o mínimo de latência. É possível usar o AWS Ground Station, juntamente com outros serviços da AWS, como o Amazon S3, para armazenamento de dados, o Amazon Kinesis Data Streams para consultar insights de negócios em tempo real ou o Amazon Sage Maker para aplicar algoritmos de Machine Learning. Não há comprometimentos de longo prazo; você paga somente pelo tempo que programas as antenas. Com o AWS Ground Station, é possível focar na rápida inovação, em vez de se preocupar com o planejamento operacional e a manutenção da infraestrutura.

O AWS Ground Station já está disponível nas regiões US-West-2 (Oregon) e US-East-2 (Ohio), sendo disponibilizado para mais regiões em breve. Para saber mais sobre o AWS Ground Station, leia este blog ou visite apágina de produto do AWS Ground Station. Para começar a usar o AWS Ground Station, visite o Console de Gerenciamento da AWS.