Publicado: Sep 2, 2021

Os Pontos de Acesso Multirregionais Amazon S3 aceleram a performance em até 60% ao acessar conjuntos de dados que são replicados em várias regiões da AWS. Baseado no AWS Global Accelerator, o Pontos de Acesso Multirregionais S3 consideram fatores como congestionamento da rede e a localização do aplicativo solicitante para rotear dinamicamente suas solicitações pela rede AWS para a cópia de menor latência de seus dados. O roteamento automático permite aproveitar a infraestrutura global da AWS enquanto mantém uma estrutura de aplicação simples.

Os pontos de acesso multirregionais S3 fornecem um único endpoint global para acessar um conjunto de dados que abrange vários buckets S3 em diferentes regiões da AWS. Isso permite que você crie aplicações multirregionais com a mesma arquitetura simples que usaria em uma única região e, em seguida, execute essas aplicações em qualquer lugar do mundo. As solicitações de aplicativos feitas a um endpoint global de Ponto de Acesso multirregional S3 são roteadas automaticamente pela rede global AWS para o bucket S3 com a latência de rede mais baixa. Isso permite que os aplicativos evitem automaticamente segmentos de rede congestionados na Internet pública, melhorando o desempenho e a confiabilidade dos aplicativos.

S3 Multi-Region Access Points Introduction

S3 Multi-Region Access Points Introduction - Video Thumbnail

Os aplicativos executados no local ou na AWS também podem se conectar a um Ponto de Acesso Multirregional S3 usando o AWS PrivateLink. Estabelecer uma conexão PrivateLink com um Ponto de Acesso Multirregional S3 permite que você encaminhe solicitações S3 para a AWS ou entre várias regiões da AWS por meio de uma conexão privada usando uma configuração e arquitetura de rede muito simples.

Além de simplificar o roteamento de solicitações para Amazon S3, os Pontos de Acesso Multirregionais S3 também oferecem uma nova experiência de Console de Gerenciamento S3 para gerenciar todos os aspectos de uma configuração S3 multirregional. No Console de Gerenciamento S3, os Pontos de Acesso Multirregionais S3 mostram uma visão centralizada da topologia de replicação subjacente, métricas de replicação e sua configuração de roteamento de solicitação. Isso oferece uma maneira ainda mais fácil de criar, gerenciar e monitorar o armazenamento de aplicativos multirregionais.

Você pode começar a usar os Pontos de Acesso Multirregionais S3 usando a API, CLI, SDK do Amazon S3 ou com alguns cliques no Console de Gerenciamento S3. Para ver a lista completa de regiões AWS suportadas, visite o guia do usuário de Pontos de Acesso Multirregionais S3.

Os Pontos de Acesso Multirregionais S3 estão disponíveis a um custo baixo de roteamento de solicitação por GB, mais uma taxa de aceleração de Internet para solicitações feitas ao S3 de fora da AWS. Para ver como funcionam os Pontos de Acesso Multirregionais S3, consulte a visão geral e o vídeo. Para saber mais sobre os Pontos de Acesso Multirregionais S3, visite a página de recursos, leia a postagem do blog e visite o guia do usuário.