implantação de referência

Prometheus for Amazon EKS

Monitorar aplicações em contêineres em escala

Este Início rápido implanta o monitoramento de código aberto Prometheus para o Amazon Elastic Kubernetes Service (Amazon EKS). Ele usa o código aberto do Prometheus Query Language (PromQL) para monitorar a performance de workloads em contêineres sem necessidade de uma infraestrutura adjacente. Você pode usar o servidor de API do Kubernetes para ingerir métricas de nós e cluster autogerenciados do Amazon EKS. Para visualização, o Prometheus conta com um navegador de expressão e oferece diversos modos de representação gráfica e suporte de painel.

Os clientes da Amazon Web Services (AWS) podem implantar o Prometheus em uma nova Virtual Private Cloud (VPC) e um novo cluster do Amazon EKS, em uma VPC existente e um novo cluster ou em uma VPC existente e um cluster existente. 

aws-logo-for-quick-start-150x90

Este Início rápido foi desenvolvido pela AWS.

  •  O que você criará
  •  Como implantar
  •  Custo e licenças
  •  O que você criará
  • Use este Início rápido para configurar o ambiente abaixo na AWS. Observe que este módulo se baseia no Início rápido da Arquitetura modular e escalonável do Amazon EKS.

    • Um namespace do Kubernetes para Prometheus.
    • Exportador de nós DaemonSet com um pod para monitorar os nós do Amazon EKS.
    • Implantação do Pushgateway com um pod para enviar métricas de trabalhos curtos a trabalhos intermediários que o Prometheus possa extrair.
    • Kube-state-metrics DaemonSet com um pod para monitorar o servidor de APIs do Kubernetes.
    • Servidor StatefulSet com um pod e volume persistente (PV) anexado para extrair e armazenar dados de séries temporais. O pod usa declarações de volume persistente (PVCs) para solicitar recursos de PV.
    • Alertmanager StatefulSet com um pod e PV anexado para eliminação de duplicação, agrupamento e roteamento de alertas.
    • Volume de armazenamento de SSD de uso geral (gp2) do Amazon Elastic Block Storage (Amazon EBS).
  •  Como implantar
  • Para criar o Prometheus for Amazon EKS, siga as instruções do guia de implantação. O processo de implantação dura aproximadamente uma hora e meia e inclui as seguintes etapas:

    1. Caso ainda não tenha uma conta da AWS, cadastre-se em https://aws.amazon.com e acesse sua conta.
    2. Prepare um cluster do EKS existente.
    3. Execute o Início rápido. Antes de criar a pilha, escolha a região da AWS na barra de ferramentas superior.
    4. Teste a implantação.

    A Amazon pode compartilhar informações sobre a implantação do usuário com o parceiro da AWS que colaborou no Quick Start.  

  •  Custo e licenças
  • Você é responsável pelo custo dos serviços da AWS e de quaisquer licenças de terceiros usadas durante esta implantação de referência do Quick Start. Não há custo adicional pelo uso do Quick Start.

    Os modelos do AWS CloudFormation para este Quick Start incluem parâmetros de configuração personalizáveis. Algumas dessas configurações, como o tipo de instância, afetam o custo da implantação. Para saber as estimativas de custo, consulte as páginas de definição de preço de cada serviço da AWS que você utiliza. Os preços estão sujeitos a alterações.

    Dica: depois de implementar o Início rápido, crie  Relatórios de custo e uso do AWS para monitorar os custos associados ao Início rápido. Esses relatórios fornecem métricas de faturamento para um bucket do Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) na sua conta. Eles fornecem estimativas de custos com base no uso ao longo de cada mês e agregam os dados no fim do mês. Para obter mais informações sobre o relatório, consulte O que são Relatórios de custo e uso do AWS?