ifood_thumb_2

iFood utiliza treinamentos AWS para acelerar inovação interna

2022

Líder no segmento de delivery de alimentos na América Latina, há anos o iFood vem se destacando como empresa orientada a dados. Usuária de uma série de serviços da AWS, que permitem a utilização da Inteligência Artificial como elemento chave de seu crescimento, a companhia decidiu investir nos treinamentos técnicos de seu time interno, acelerando iniciativas de inovação com reflexo direto na melhoria da experiência de seus clientes.

Business team meeting in the office. Woman presenting project to colleagues
kr_quotemark

Trabalhamos muito próximos da AWS e entendemos que é muito importante manter os funcionários atualizados nas tecnologias que utilizamos”

Jhonatan Alves
People Development Sênior do iFood

Desafio

O iFood é um player líder no mercado latino-americano de entrega de alimentos. Com milhões de pedidos mensais e milhares restaurantes em todo o Brasil, a empresa lidera o negócio de entrega de alimentos no País. Para atender esse volume, o iFood depende da AWS para dar suporte à sua demanda de processamento de grandes volumes de dados.

Além disso, em 2018 a iFood decidiu investir em inteligência artificial (IA) para ser mais assertivo no atendimento de restaurantes e consumidores e em 2019, lançou sua Artificial Intelligence Academy, com foco em pesquisa e desenvolvimento de machine learning, deep learning, eficiência logística e outras áreas relacionadas à estrutura de dados da empresa. Tudo isso com o objetivo de atender às necessidades de crescimento e competir com sucesso no mercado, aprimorando sua força de trabalho.

Em 2020, a iFood adquiriu a Hekima, uma empresa de inteligência artificial (IA), ciência de dados e big data para impulsionar as habilidades necessárias para sua estratégia de negócios baseada em dados. Como resultado do negócio, mais de 100 profissionais exclusivos da Hekima se juntaram à companhia.

Por que AWS

O passo seguinte foi trabalhar junto com a AWS Training and Certification no desenvolvimento de treinamentos que atendessem as especificidades de cada área. “Passamos a fazer uma seleção prévia das pessoas que seriam treinadas e, do lado da AWS, trabalhamos em conjunto na criação de treinamentos que trouxessem o contexto do iFood, que fossem específicos para nossa realidade”, diz, lembrando que a escolha da AWS Training and Certification foi natural, uma vez que boa parte da infraestrutura do iFood está concentrada hoje na companhia.

Com a definição da nova abordagem, as turmas de treinamento trabalhadas ao longo de 2021 estiveram focadas nos cursos mais avançados das áreas de desenvolvimento, arquitetura e segurança. “Optamos por isso porque temos algumas iniciativas em andamento e decidimos levar somente as pessoas que iriam tirar proveito do curso ao vivo”, afirma.

Neste novo modelo o iFood teve seis turmas novas em treinamento ao longo do ano, totalizando 90 colaboradores treinados em cursos como Security Engineering on AWS; Advanced Architecting on AWS; Advanced Developing on AWS (duas turmas) e Architecting on AWS. Alves explica que os treinamentos atenderam primordialmente profissionais que estavam alocados nos projetos, o que aumentou sua efetividade.

“Um grande diferencial foi o contato dos professores e instrutores conosco antes dos treinamentos. Isso é importante porque o professor não é pego de surpresa e traz nossas necessidades e dores para o treinamento”, afirma o executivo. Nessa dinâmica, a preparação de cada treinamento inclui as questões levantadas pelos colaboradores na apresentação de cada projeto a ser realizado, sempre garantindo insumos para que estas pessoas se desenvolvam cada vez mais.

Tanto é assim que os treinamentos AWS são parte importante do programa Black Belt, criado para reconhecer os “faixas pretas” internos, e do Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) dos colaboradores. Segundo Alves, os treinamentos agregam valor a estes programas, servindo como elemento de atração e retenção para os profissionais que queiram trabalhar na área de TI do iFood.

Resultado

Para Alves, a nova abordagem dada aos treinamentos com o suporte da AWS Training and Certification foi um acerto, tanto que a área vem colhendo feedbacks positivos dos participantes. “Houve melhora no feedback dos participantes depois da seleção de quem deveria estar no treinamento”, revela.

Do lado dos projetos realizados dentro do iFood, o executivo ressalta que a utilização dos recursos em nuvem ganhou assertividade e que isso traz economia para a companhia. “Os profissionais sabem utilizar, sem extrapolar ou utilizar recursos extras”, diz.

Um exemplo é a área de segurança, onde o treinamento AWS Security Specialty é considerado fundamental para o desenvolvimento do programa de educação em Cyber Security para especialistas. “O resultado para os times, principalmente CloudSec foi imediato após a finalização do curso, com várias ideias postas em prática”, diz, reforçando que a parceria com a AWS Training & Certification tem sido uma parte essencial do plano para treinar toda a força de trabalho do iFood, que conta hoje com mais de 2,3 mil pessoas.

Próximos passos

Com os resultados obtidos até aqui, a área de People Development já iniciou o planejamento dos treinamentos a serem realizados no futuro. “Teremos mais turmas no próximo ano. Como a empresa é muito dinâmica, as demandas mudam a cada ciclo e temos procurado ter os futuros treinamentos mapeados e em mente”, afirma. Dessa forma, a área deve manter no próximo ano a metodologia de trabalhar com cursos avançados e também com outros focados somente nas pessoas selecionadas para serem os black belts no iFood. “Ideia é ter mais seis turmas no primeiro semestre e dobrar no segundo semestre, chegando a 12”, revela.


Sobre o iFood

O iFood, líder em delivery online de comida na América Latina, tem milhões de pedidos mensais. Há nove anos no mercado, a empresa de origem brasileira está presente também no México e Colômbia. Atua junto aos parceiros com iniciativas que reúnem inteligência de negócio e soluções de gestão para os milhares de restaurantes cadastrados em todo o Brasil. O iFood conta com importantes investidores, como a Movile - líder global em marketplaces móveis - e a Just Eat - uma das maiores empresas de pedidos on-line do mundo.

Benefícios com AWS

  • Feedbacks positivos dos colaboradores;
  • Maior atração e retenção de profissionais de TI;
  • Utilização mais assertiva dos recursos em nuvem;
  • Mais valor a programas internos de incentivo;
  • Desenvolvimento de programa de educação em cyber segurança.
     

Serviços AWS utilizados

AWS Training & Certification

O AWS Training and Certification ajuda a criar e validar habilidades para melhor aproveitá-las no dia a dia dos negócios. Todo o conteúdo é criado por especialistas em AWS atualizados regularmente, para que você possa manter seus conhecimentos em nuvem sempre em dia.

Saiba mais »


Comece agora

Empresas de todos os tamanhos e setores estão transformando seus negócios todos os dias usando a AWS. Entre em contato com nossos especialistas e comece hoje sua jornada na nuvem.