kovi-logo@2x

Com estrutura baseada na AWS, Kovi chega a 10 mil motoristas

2021

A Kovi nasceu há quase três anos com o objetivo de oferecer aluguel de carros para motoristas de aplicativos. Nesse período, a companhia beneficiou 10 mil motoristas que contam com sua plataforma não apenas para o aluguel, mas também para fazer a gestão de seu trabalho e monitorar a movimentação e as necessidades de manutenção do automóvel. O desenvolvimento e a implementação da plataforma Kovi foi possível graças ao uso da infraestrutura AWS, que garantiu a escalabilidade, a flexibilidade e a automação necessárias para seu funcionamento.
kovi-industry2
kr_quotemark

Para nós é incrível. O time de suporte é muito rápido. As comunidades que trabalham com AWS também são muito fortes. Tudo isso nos ajuda a ver que a AWS é o parceiro certo para garantir que estamos escalando, focando no negócio e não na tecnologia"

João Costa
cofundador da Kovi

Desafio

A Kovi foi criada em junho de 2018 por Adhemar Neto e João Costa, respectivamente ex-gerente geral e ex-diretor de produtos da 99. A ideia nasceu dessa experiência, com o objetivo de garantir que os motoristas não saíssem da plataforma de ride-sharing com tanta frequência. “Tínhamos um custo de aquisição muito alto e um churn que também acompanhava o crescimento”, lembra Costa.

Ao pesquisar o problema mais a fundo, os dois executivos identificaram que o custo do carro era muito alto para o motorista. Não se tratava apenas do custo de aquisição, ou aluguel, mas também da manutenção, seguro, combustível e outros que prejudicavam os ganhos. “Decidimos montar a empresa para resolver este problema”, afirma Costa, lembrando que 80% dos motoristas são cadastrados em mais de um aplicativo, o que lhes garante maior volume de corridas.

A ideia era oferecer carros para locação a partir de parcerias fechadas com montadoras, lease companies e locadoras, com benefícios como seguro, manutenção e pagamento facilitado, tudo desenvolvido com foco nas necessidades dos motoristas de aplicativo. Para tanto, a operação deveria ser baseada em uma plataforma que centralizaria a relação com os clientes e a gestão dos carros.

De acordo com Costa, o maior desafio era encontrar fornecedores cujas soluções escalassem à medida que a operação crescesse. “Eles tinham que suportar esse crescimento e nos permitir nascer 100% cloud native. Para nossa plataforma, precisávamos de um parceiro que escalasse junto conosco e não exigisse altos investimentos iniciais, seja de infraestrutura ou de conhecimento”, diz.
Com estrutura baseada na AWS, Kovi chega a 10 mil motoristas

Por que AWS

A busca por um fornecedor de infraestrutura em nuvem não foi longa. Costa lembra que sua equipe já tinha experiência prévia com a AWS e, principalmente, conhecimento de todos os serviços existentes ali que poderiam suportar o crescimento da Kovi. “Fomos direto para a AWS. Na época, as soluções de outros provedores não estavam muito maduras. Fora que a facilidade de integração com a solução AWS é muito grande, por isso não avançamos com outros fornecedores”, explica.

Foi a partir da estrutura da AWS que a Kovi desenvolveu sua plataforma, que hoje conta com quatro grandes pontos de interação com os motoristas. O primeiro deles é o website, onde os clientes conseguem acompanhar suas contas e gerenciar seus perfis. Há também o Kovi App, que conta com ferramentas de suporte à gestão do trabalho dos motoristas, onde eles conseguem registrar suas despesas e ganhos.

A plataforma conta ainda com o processo totalmente online de cadastro do motorista que, realiza uma avaliação automática de risco baseada em um score exclusivo, desenvolvido pela empresa. “No final do processo, conseguimos garantir que bons motoristas consigam avançar no cadastro e tenham acesso aos veículos”, afirma.

A plataforma conta ainda com quatro outros produtos, estes voltados para os colaboradores da Kovi: Kovi Rental, Kovi Fields, Kovi CX e Kovi Data Warehouse. Os dois primeiros controlam os contratos de aluguel, pagamentos e gestão da frota (Rental) e a movimentação da frota e atividades operacionais (Fields). O Kovi CX, que entrou em operação mais recentemente, conecta diferentes canais de atendimento a informações em tempo real sobre o motorista para criar a melhor experiência.

“Por fim, o Kovi Data Warehouse é um data lake que concentra os dados de todos os sistemas da empresa. Hoje temos mais de 2 bilhões de informações sobre nossos veículos. Esse volume nos permite fazer a predição de manutenção e churn dos motoristas entre outras informações e toda a empresa é regida por este open data analytics”, revela Costa.

Os oito produtos rodam sobre a plataforma Kovi e contam com o suporte de serviços AWS. O uso do AWS Fargate, por exemplo, garante zero manutenção. Todos os serviços oferecidos aos clientes rodam integrados com pelo AWS Lambda. O sistema de pagamento é baseado na AWS Elastic Beanstalk rodando Elixir. A estrutura conta ainda com diferentes bancos de dados – Amazon Simple Storage Service (Amazon S3), Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) e Amazon DynamoDB – para funções distintas, seguindo a seguinte arquitetura:

kovi-diagram

Benefícios

De acordo com João Costa, a infraestrutura AWS tem permitido que a plataforma Kovi conte com uma série de funcionalidades que são diferenciais no mercado. Um exemplo é o uso de IoT, com hardware instalado nos carros que permitem à empresa saber se eles estão sendo furtados ou mesmo se precisam de manutenção. “Hoje contamos com uma série de alertas de segurança e possuímos a menor taxa de perda de veículos do mercado”, comemora.

As soluções desenvolvidas para a plataforma permitem também fazer o controle da manutenção dos automóveis e também garantem o fluxo de cobrança, que tem que ser muito rápido. Os pagamentos dos motoristas são semanais e todo o processo de cobrança diário roda em menos de 5 minutos. Além disso, a plataforma é atualizada com agilidade, permitindo à Kovi detectar se os motoristas fizeram o pagamento em muito pouco tempo. “Atualmente, boa parte dos nossos motoristas pagam suas semanalidades com boletos bancários, isso ocorre pois além deles serem desbancarizados, também recebem muitas corridas em dinheiro”, explica.

Além disso, Costa destaca ainda três grandes benefícios obtidos a partir do uso da estrutura AWS. O primeiro deles é a eliminação de tarefas operacionais. “Tudo que utilizamos é autogerenciável e praticamente todos os serviços escalam sozinhos. Conseguimos concentrar a energia do nosso time de engenharia pensando nas melhores soluções técnicas para resolver nossos problemas de negócio”, afirma, lembrando que isso também eliminou a necessidade de contar com um time de manutenção.

O segundo ponto é a parte de precificação. “Hoje temos aproximadamente 900 milhões de execuções de AWS Lambda por mês, com um custo de US$ 1,5 mil. Se tivéssemos servidores físicos, o custo seria muito maior”, compara.

O terceiro ponto é a facilidade de acesso à documentação e suporte. “Para nós é incrível. O time de suporte é muito rápido. As comunidades que trabalham com AWS também são muito fortes. Tudo isso nos ajuda a ver que a AWS é o parceiro certo para garantir que estamos escalando, focando no negócio e não na tecnologia”, ressalta.

Próximos passos

Como a plataforma continua em crescimento, o time da Kovi está agora adicionando novas funcionalidades. “O que queremos fazer agora é trabalhar muito mais a automação da plataforma. Reduzir os trabalhos manuais e automatizar questões regulatórias. Queremos reduzir nossos custos de plataforma e apostar em automatização”, afirma Costa, lembrando que a meta para 2021 é chegar a 20 mil motoristas na plataforma.


Sobre a Kovi

Fundada em 2018 por dois ex-executivos da 99, Adhemar Milani Neto e João Costa, a Kovi é uma startup disruptiva que, de forma colaborativa com montadoras e locadoras, proporciona a locação de carros para motoristas de aplicativo, de uma maneira simples, barata e com uma excelente experiência. Uma das startups de mobilidade que mais crescem no Brasil, a Kovi busca revolucionar a indústria ao facilitar a vida do motorista, e no futuro também prestar serviços para outros gig workers, conectando as melhores tecnologias aos melhores veículos do mercado para maximizar ganhos.

Benefícios com AWS

  • Taxa de perda de veículos 4 vezes menor que o mercado;
  • Velocidade no processamento das transações financeiras;
  • Eliminação de tarefas operacionais;
  • Time de engenharia com mindset DevOps;


Serviços AWS utilizados

AWS Fargate

O AWS Fargate é um mecanismo de computação sem servidor para contêineres que funciona com o Amazon Elastic Container Service (ECS) e com o Amazon Elastic Kubernetes Service (EKS).

Saiba mais »

AWS Lambda

O AWS Lambda é um serviço de computação sem servidor que permite executar código sem provisionar ou gerenciar servidores, criando lógica de dimensionamento de cluster com reconhecimento de workloads, mantendo integrações de eventos ou gerenciando tempos de execução.

Saiba mais »

Amazon DynamoDB

O Amazon DynamoDB é um banco de dados de valores-chave e documentos que oferece desempenho em milissegundos de um dígito em qualquer escala.

Saiba mais »

AWS Elastic Beanstalk

O AWS Elastic Beanstalk é um serviço de fácil utilização para implantação e escalabilidade de aplicações e serviços da web desenvolvidos com Java, .NET, PHP, Node.js, Python, Ruby, Go e Docker em servidores familiares como Apache, Nginx, Passenger e IIS.

Saiba mais »


Comece agora

Empresas de todos os tamanhos e setores estão transformando seus negócios todos os dias usando a AWS. Entre em contato com nossos especialistas e comece hoje sua jornada na nuvem.