Comece a usar com o guia de implementação

11 etapas  |  120 minutos

P: O que é o Amazon Aurora?

O Amazon Aurora é um mecanismo de banco de dados relacional, compatível com MySQL, que combina a velocidade e a disponibilidade de bancos de dados comerciais avançados, como o Oracle, com a simplicidade e a economia de bancos de dados de código aberto, como o MySQL.

P: Por que eu deveria migrar dados para o Amazon Aurora?

O Amazon Aurora é um serviço econômico e totalmente gerenciado que oferece a segurança, a disponibilidade e a confiabilidade de um banco de dados comercial a um décimo do custo. Além disso, o Amazon Aurora é compatível com o Amazon Relational Database Service (RDS), um serviço que processa tarefas demoradas como provisionamento, aplicação de patches, backup, recuperação detecção de falhas e reparos.

P: O que é o AWS Database Migration Service (DMS) e quais são os benefícios que oferece para a migração?

O AWS Database Migration Service (DMS) é um serviço econômico que ajuda a migrar bancos de dados para a AWS com facilidade e segurança. As tarefas de replicação podem ser configuradas em minutos, em vez das horas e dias exibidos por soluções de replicação gerenciadas automaticamente, que demandam instalação e configuração. A replicação de dados do AWS DMS é estreitamente integrada à ferramenta AWS Schema Conversion Tool, simplificando projetos de migração de bancos de dados heterogêneos, como do Oracle para o Aurora.

P: O que é a AWS Schema Conversion Tool (SCT)?

A ferramenta AWS Schema Conversion Tool (SCT) facilita a migração de bancos de dados heterogêneos, convertendo automaticamente o schema do banco de dados de origem da Oracle e a maior parte do código personalizado, como visualizações, procedimentos armazenados e funções, em um formato compatível com o banco de dados de destino, como o Aurora. Qualquer código que não possa ser convertido automaticamente será realçado claramente para que possa ser convertido manualmente.

P: Em que regiões da AWS estão disponíveis os serviços Amazon Aurora e AWS DMS?

Consulte a documentação do Amazon Aurora e do AWS DMS para obter informações sobre a disponibilidade antes de lançar o projeto.

P: O que é uma pilha do CloudFormation?

Uma pilha do CloudFormation é uma coleção de recursos da AWS que você pode gerenciar como uma única unidade. Os recursos de uma pilha são definidos pelo modelo do CloudFormation da pilha. Nesse projeto, você usará uma pilha do CloudFormation para criar e provisionar a VPC, as sub-redes, os security groups e as instâncias de RDS necessárias para concluir a migração do banco de dados do Oracle para o Aurora. Após concluir o projeto, você poderá excluir facilmente a pilha para evitar cobranças adicionais. 

P: Posso personalizar o modelo do CloudFormation usado nesse projeto?

Sim. O modelo do CloudFormation foi projetado para obter algumas entradas do usuário e provisionar os serviços da AWS necessários com o mínimo de configuração. No entanto, se quiser alterar algumas configurações, como o bloco CIDR da VPC, os tipos de instância do RDS, etc., você poderá atualizar e lançar o modelo.

P: O AWS DMS e o SCT permitem a migração de schemas de bancos de dados complexos?

Sim. Esse projeto ajuda a compreender a metodologia usada para migrações de bancos de dados heterogêneos usando uma estrutura com schema simples. Essa experiência pode ajuda na migração de cenários de bancos de dados complexos.

P: O serviço AWS DMS permite apenas a migração de todos os dados, como mostrado nesse projeto?

Não. Você pode usar o AWS DMS para uma única migração completa ou para a replicação contínua de dados (CDC). O AWS DMS captura alterações no banco de dados de origem e as aplica ao destino de forma transacionalmente uniforme. A única alteração necessária é nas configurações de tarefa. Crie uma nova tarefa com o CDC habilitado. A tarefa de replicação de dados será executada até ser alterada ou encerrada.

P: Qual o custo da execução desse projeto?

Os custos associados ao projeto de migração serão inferiores a 5 USD, supondo que ele seja concluído em até 2 horas. Para obter mais detalhes, consulte Serviços usados e custos.

Comece a usar com o guia de implementação