Geral

P: O que é o AWS Ground Station?
O AWS Ground Station é um serviço totalmente gerenciado que permitirá aos clientes comandar, controlar e receber facilmente dados de satélites. É possível programar o acesso as antenas do AWS Ground Station em uma base por minuto e pagar somente pelo tempo usado. Ao usar o AWS Ground Station, você pode consumir dados do satélite, monitorar a integridade e o status do satélite e transmitir comandos para alterar as operações do satélite. Os dados recebidos são transmitidos para uma instância do Amazon EC2, onde podem ser armazenados ou processados usando outros serviços da AWS.


P: Quais são os principais benefícios do AWS Ground Station?
A AWS Ground Station é a primeira estação terrestre como serviço via satélite do setor, localizada dentro da área da Infraestrutura global da AWS, a oferecer acesso elástico sob demanda a antenas de satélite de estações terrestres sem contratos de longo prazo. Tradicionalmente, você precisava fazer investimentos de capital significativos para construir estações terrestres para essas comunicações, incluindo os custos de servidores e armazenamento para processar dados recebidos. Isso limita sua capacidade de responder rapidamente a novas oportunidades de negócios ou eventos significativos (como grandes eventos climáticos) e exige que você opere e mantenha uma rede global de antenas terrestres. Com o AWS Ground Station, a AWS gerencia a infraestrutura da estação terrestre, para que você possa se concentrar em inovar e experimentar rapidamente novos aplicativos que consomem dados de satélite e dimensionam dinamicamente o uso do servidor e do armazenamento. Além disso, você pode integrar facilmente esses dados a outros serviços da AWS, na mesma região ou em outra Região da AWS usando a rede backbone internacional de alta capacidade da Amazon.


P: Como faço para começar a usar o AWS Ground Station?
Para começar, navegue para o console do AWS Ground Station no Console de Gerenciamento da AWS. Aqui, você identifica os satélites com os quais precisa se comunicar e programa “Contatos” com o satélite. Cada Contato consiste em um satélite selecionado, horas de início e de término e localização no solo. Você pode revisar as horas de Contato confirmadas no seu console e cancelar ou reprogramar até 15 minutos antes da hora de contato programada. Depois de programar um contato, use a AMI do EC2 do AWS Ground Station para iniciar instâncias do EC2 para o Contato: uma instância de Comando para receber telemetria operacional do satélite e transmitir alterações às atividades futuras planejadas do satélite e uma instância de Downlink para receber dados de missão em massa do satélite. Essas instâncias se comunicarão com o gateway da antena do AWS Ground Station usando uma conexão ENI existente entre as instâncias do EC2 e a antena do satélite durante a duração do contato.

Recursos

P: O que é um Contato?
Um Contato é uma reserva para se comunicar com um satélite específico a partir de um local terrestre identificado entre determinadas horas.


P: O que acontece quando chega a hora programada do meu Contato?
Antes da hora de contato programada, use a AMI do Amazon EC2 para iniciar as instâncias de Comando e Downlink necessárias para se comunicar com o satélite. Pouco antes do contato agendado, essas instâncias poderão estabelecer conexões com o gateway da antena do AWS Ground Station por meio de uma conexão ENI. Assim que o contato começar, as instâncias começarão a enviar e receber dados do satélite.


P: O que acontecerá se o meu Contato solicitado não puder ser reservado?
Caso seu Contato preferido não possa ser concedido (por exemplo, devido a reservas existentes para a hora da antena no local escolhido), o AWS Ground Station Management Console fornecerá alternativas disponíveis para sua análise.


P: Como o AWS Ground Station garante que ninguém mais comande meu satélite?
O AWS Ground Station usa várias medidas para proteger os satélites contra contatos não autorizados. Antes de permitir o contato com um satélite pela primeira vez, a AWS conecta e identifica o proprietário do satélite e associa o satélite e o proprietário do satélite a uma conta de cliente designada. Em seguida, o cliente pode usar essa conta com o AWS Ground Station para programar contatos via satélite ou autorizar outras contas da AWS a programar contatos. Antes de cada contato, a AWS valida que o contato não causará interferência de rádio. O acesso ao gateway da antena do AWS Ground Station é limitado às instâncias do EC2 autorizadas durante o período do contato. Os clientes têm controle total das chaves de criptografia usadas para autorizar e criptografar dados no satélite.


P: Com quais tipos de satélites o AWS Ground Station pode se comunicar?
O AWS Ground Station permite a conexão com satélites de órbitas baixa e média da Terra.


P: Quais faixas/frequências de rádio podem usar o AWS Ground Station para se comunicar com satélites?
As antenas do AWS Ground Station podem usar todas as faixas de frequência comuns para se comunicar com satélites, incluindo: S-, X-, UHF.


P: Qual é a velocidade do AWS Ground Station?
O AWS Ground Station permite velocidades de banda estreita de uplink até 54 MHz e de downlink até 500 MHz.


P: Com que antecedência posso programar Contatos?
Os Contatos de minutos reservados podem ser reservados com até seis meses de antecedência e reprogramados até oito dias antes de um contato programado. Os contatos sob demanda podem ser programados com até 15 minutos de antecedência e não podem ser reprogramados.


P: Como o AWS Ground Station se relaciona/funciona com outros produtos da AWS?
É fácil usar o AWS Ground Station com outros serviços da AWS para processar e armazenar dados originados por satélite, na região local a cada antena do AWS Ground Station ou em outra região da AWS (usando a rede backbone internacional da Amazon). Os dados podem ser armazenados localmente em instâncias do EC2 usando o Amazon Elastic Block Store (EBS), em um sistema de arquivos compartilhado usando o Amazon Elastic File System (EFS) ou no Amazon S3. No S3, você pode configurar políticas de ciclo de vida para migrar automaticamente dados mais antigos e acessados com menos frequência para classes de armazenamento mais econômicas, incluindo Acesso infrequente do S3 e Amazon Glacier.
Você pode usar o Amazon Kinesis Data Streams para gerenciar totalmente o consumo de dados e fornecer APIs consistentes para integrar a análise de dados em seus aplicativos. Ele fornece integração contínua com o Amazon Rekognition, permitindo o reconhecimento automático de objetos (como carros ou aviões). Você também pode usar o Amazon SageMaker para criar aplicativos de machine learning personalizados que se aplicam aos seus dados.

Saiba mais sobre o AWS Ground Station

Acesse a página Recursos
Perguntas frequentes
Geral Recursos