faculdade-teologica-sul-americana-ftsa-logo@2x

Com infraestrutura centralizada na AWS, Faculdade Teológica Sul Americana zera incidentes com perdas de dados

2022

Reconhecida pelo MEC, a Faculdade Teológica Sul Americana (FTSA) tem mais de 4 mil estudantes formados em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão. Autorizado em 2013 e reconhecido em 2016, o curso de Teologia a Distância conta com cerca de 1,8 mil alunos matriculados. Com o crescimento dos cursos online, a instituição decidiu consolidar sua infraestrutura de TI na nuvem da AWS, garantindo maior estabilidade e eliminando incidentes com perdas de dados.

Black student boy preparing research
kr_quotemark

Estudamos outros provedores, mas achamos a interação com eles muito complexa, pouco acessíveis para uma instituição como a nossa. A AWS, além de mais acessível, nos ofereceu toda a gama de serviços que demandamos por um preço acessível”

Rafael Sposito
Head de desenvolvimento de negócios da FTSA

Desafio

Nascida em 1994 como seminário e tornada faculdade em 2000, a Faculdade Teológica Sul Americana (FTSA) oferece dezenas de cursos na área da teologia e tem mais de 4 mil alunos formados em seus cursos de Graduação, Pós-Graduação e de Extensão. Ao todo, a instituição conta com mais de 50 denominações cristãs representadas por seus atuais estudantes e alunos já formados, que atuam em diversos países como Canadá, EUA, Peru, México, Moçambique, Angola, Bolívia, Argentina, Paraguai, Inglaterra, Índia e Quênia, bem como nos mais diversos estados do Brasil.

Seu Curso de Bacharelado em Teologia Presencial é reconhecido pelo MEC desde 2005 e o Curso de Bacharelado em Teologia a Distância, que hoje conta com cerca de 1,8 mil alunos matriculados, desde 2016. Em janeiro de 2009, a FTSA incorporou o Instituto da Família, oferecendo assim novas áreas de atuações e cursos de especialização lato sensu.

Ao longo deste crescimento, a instituição foi desenvolvendo uma estrutura de Tecnologia da Informação atendendo demandas pontuais. O gerente de TI da FTSA, Christian Alves, lembra que no início deste ano, sua área tomou a decisão de fazer um levantamento da estrutura, com o objetivo de consolida-la. “Estava tudo concentrado em um provedor local e em uma nuvem, mas precisávamos aprimorar o gerenciamento desta estrutura”, explica.

O head de desenvolvimento de negócios da FTSA, Rafael Sposito, conta que, com o crescimento das aulas online, havia a necessidade de garantir a estabilidade na prestação do serviço. “Tínhamos perdas constantes de dados que geravam retrabalho e, além disso, precisávamos de uma estrutura que nos permitisse pensar no uso de novas tecnologias, como BI e Analytics”, diz.

O levantamento das aplicações que deveriam ser consolidadas foi feito com o apoio da IT Experts. Faltava definir um provedor de nuvem que pudesse centralizar essa infraestrutura, fornecendo a estabilidade esperada e a possibilidade de ampliação do uso de TI dentro da FTSA.
 

Por que AWS

Sposito ressalta que, para a definição do provedor de nuvem, a FTSA realizou um estudo dos players existentes no mercado. “Estudamos outros provedores, mas achamos a interação com eles muito complexa, pouco acessíveis para uma instituição como a nossa. A AWS, além de mais acessível, nos ofereceu toda a gama de serviços que demandamos por um preço acessível”, afirma.

Escolhido o provedor, o passo seguinte foi o levantamento das aplicações, onde estavam hospedadas, processo que levou cerca de 80 dias. “A transição foi tranquila, principalmente por causa do suporte do pessoal da IT Experts. Pegamos algumas coisas que tínhamos que estavam desorganizadas e fizemos a migração ajustando os componentes para nossas necessidades, agora com eficiência”, explica Sposito.

Com a migração, os sistemas da FTSA hoje utilizam repositórios de arquivos Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) com CDN (Rede de Distribuição de Conteúdo); relatórios de monitoramento produzidos pelo Amazon CloudWatch; bancos de dados Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) com PostgreSQL. A arquitetura utiliza também instâncias do Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2), o Amazon Route 53 e o Amazon Simple Email Service (Amazon SES) para envio de e-mails em massa.

A migração foi concluída no final de outubro e, desde então, a FTSA vem otimizando a infraestrutura. “Estamos arrumando nossa estrutura de tecnologia. Não apenas atendendo às demandas de confiabilidade e estabilidade, mas já pensando no uso de BI e Data Analytics no futuro”, afirma Sposito.

 

Benefícios

Mesmo com a migração recém concluída, Sposito afirma já ser possível notar os benefícios do uso da nuvem AWS. “Os resultados são bastante positivos. A satisfação das áreas usuárias aumentou muito”, afirma, lembrando que o time que trabalha na área acadêmica enfrentava reclamações constantes por causa do retrabalho e da falta de confiança nos dados.

“Isso acabou. Antes tínhamos dois ou três problemas por mês e eles foram eliminados”, comemora, apontando a redução dos custos com perda de dados e reinstalação de ambientes como mais uma conquista. De acordo com Sposito, a expectativa agora é ter tranquilidade em relação a estabilidade do ambiente.

“Esse é um dos pontos que mais nos preocupam. Esperamos tranquilidade na prestação do serviço e na disponibilidade de nosso ambiente. A partir daí virá o passo dois: olhar os dados e trazer serviços de melhoria contínua para nossos serviços”, diz.

Próximos passos

Com o fim do período de transição, o time de TI da FTSA está se dedicando agora às adequações dos parâmetros do ambiente e aos estabelecimento dos processos de segurança. Sposito afirma que são pontos que devem ser atendidos até o final do ano. “A partir daí, temos perspectivas de trabalhar com outros serviços, outras possibilidades de serviços da AWS”, revela.


Sobre a FTSA

A Faculdade Teológica Sul Americana oferece dezenas de cursos na área da teologia; adota o Pacto de Lausanne como referencial doutrinário e sua linha pedagógica é baseada no contexto Latino-americano e em uma teologia bíblica e prática, o que constitui o seu diferencial.

Benefícios com AWS

  • Aumento do índice de satisfação das áreas usuárias;
  • Aumento na estabilidade do ambiente;
  • Fim da indisponibilidade;
  • Fim da perda de dados e do retrabalho.
     

Serviços AWS utilizados

Amazon S3

Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) é um serviço de armazenamento de objetos que oferece escalabilidade, disponibilidade de dados, segurança e desempenho líderes do setor.

Saiba mais »

Amazon CloudWatch

O Amazon CloudWatch é um serviço de monitoramento e observação criado para engenheiros de DevOps, desenvolvedores, Site Reliability Engineers (SREs – Engenheiros de confiabilidade de sites) e gerentes de TI.

Saiba mais »

Amazon EC2

Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) é um serviço da web que fornece capacidade de computação em nuvem redimensionável e segura. Ele foi projetado para simplificar o uso da computação em nuvem em escala da web para desenvolvedores.

Saiba mais »

Amazon RDS

Amazon RDS facilita a configuração, a operação e a escalabilidade de bancos de dados relacionais na nuvem. O serviço oferece capacidade econômica e redimensionável e automatiza tarefas demoradas de administração.

Saiba mais »


Comece agora

Empresas de todos os tamanhos e setores estão transformando seus negócios todos os dias usando a AWS. Entre em contato com nossos especialistas e comece hoje sua jornada na nuvem.