A AWS disponibiliza um abrangente conjunto de ferramentas para gerenciar cargas de trabalho de computação científica ao utilizar serviços como: o Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) para aumentar ou diminuir a capacidade de computação conforme necessário, o Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) para o armazenamento de dados e o Amazon Elastic Map Reduce (Amazon EMR) para gerenciar as sua cargas de trabalho do Hadoop. As instâncias spot do Amazon EC2 são, especialmente, um modelo de definição de preço direcionado para casos de uso de processamento em lotes, proporcionando aos seus clientes a flexibilidade do provisionamento ad-hoc, obtendo também excelentes economias em comparação a outros modelos de definição de preço.


Comece executando instâncias spot do Amazon EC2 com o AWS CloudFormation
Agora, você pode usar modelos do AWS CloudFormation para criar e gerenciar uma coleção de recursos da AWS relacionados, incluindo Instâncias Spot. Para que você inicie, estamos fornecendo três novos modelos do CloudFormation que foram otimizados para poupar seu dinheiro e administrar interrupções:

  • Gerencie seu processamento assíncrono usando o Amazon SQS e o Auto Scaling. Execute agora!
  • Um modelo de teste de carregamento do site usando Bees with Machine Guns e Auto Scaling. Execute agora!
  • Um modelo de computação em grade usando o StarCluster. Execute agora!

Para saber mais, visite Como usar o spot e o CloudFormation no Guia de usuário do Amazon EC2.

Utilize as instâncias spot por meio do Auto Scaling
Agora, você pode utilizar o Auto Scaling para gerenciar suas Instâncias Spot. Usando o Auto Scaling, você pode fazer lances para Instâncias Spot do Amazon EC2 usando configurações de execução, recebimento de notificações de execuções e términos, e configuração de um agendamento para a realização de lances. Para saber mais, visite a seção Launching Spot Instances with Auto Scaling do Amazon EC2 User's Guide.

Receba notificações sobre suas instâncias spot
Esta amostra e tutorial de código permitem que você use as notificações do Amazon SNS para ser alertado sobre as alterações no estado de suas Instâncias do Amazon EC2, atuais Solicitações de Instância Spot e Preços Spot em uma região específica. Ao utilizar essa nova amostra de código, agora você pode configurar seus aplicativos em execução em Instâncias Spot para gerenciar mais facilmente o potencial de interrupção. Para visualizar este tutorial e aplicativo de amostra, clique aqui.


Pesquisadores científicos têm cargas de trabalho computacionais complexas que variam entre análises de sequência de DNA e simulações de física de partículas. Independentemente da aplicação, um grande problema afeta todas elas: a obtenção e o provisionamento de ciclos de computação econômicos. Em típicos ambientes de computação científica, percebe-se uma longa fila para acessar a infraestrutura compartilhada, e a compra de hardware dedicado e específico leva tempo e exige um investimento considerável.
Seja você um estudante de doutorado redigindo uma dissertação ou uma empresa do setor farmacêutico executando uma pesquisa inovadora sobre fármacos, será necessário considerar as seguintes perguntas ao avaliar onde você deve executar suas aplicações.

  • Qual o prazo para que eu possa começar a executar minhas aplicações?
  • Eu posso paralelizar meu trabalho para executá-lo mais rapidamente?
  • Que nível de flexibilidade (aumento ou diminuição) é exigido para a minha aplicação?
  • Eu posso projetar minha aplicação para minimizar os custos?

As instâncias spot permitem que você sugira o preço que desejar para a capacidade do Amazon EC2 não utilizada. Os clientes cujas sugestões de preço excederem o preço spot obterão acesso às instâncias spot disponíveis e poderão executá-las enquanto a sugestão de preço for superior ao preço spot. Historicamente, o preço spot tem custado entre 50% a 93% menos que o preço on-demand. Os clientes cujas sugestões de preço excederem o preço spot obterão acesso às instâncias spot disponíveis e poderão executá-las enquanto a sugestão de preço for superior ao preço spot. As instâncias spot funcionam com outros serviços, como o Amazon S3 e o Amazon EMR, para ajudar você a gerenciar todas as suas necessidades de computação.

Alguns exemplos de casos de uso que funcionam bem com instâncias spot incluem:

  • Análise e distribuição de dados de sequência genômica
  • Simulações de física de partículas
  • Bioinformática
  • Modelagem molecular
  • Pesquisa de inteligência artificial
  • Descoberta de fármacos
  • Colaboração científica e gerenciamento de dados centralizados

A AWS foi concebida para minimizar a sobrecarga que a configuração e o gerenciamento da sua própria infraestrutura de TI impõe. Você pode começar a trabalhar com a AWS lançando mão do AWS Management Console, de uma variedade de ferramentas terceirizadas de gerenciamento ou das bem documentadas APIs de serviço da Web da AWS para gerenciar e manter a sua infraestrutura em nuvem.

Você paga somente pela capacidade computacional, pelo armazenamento e por outros recursos que usar, sem contratos de longo prazo ou compromissos prévios.

A AWS permite que você selecione o sistema operacional, a linguagem de programação, ferramentas de software, a plataforma de aplicação e outros serviços necessários. Isso facilita o processo de migração das aplicações atuais, enquanto preserva opções para a criação de outras novas.

A AWS permite que você aumente ou diminua a capacidade em minutos sem precisar esperar na fila para obter os recursos de que você precisa. Você pode provisionar uma, centenas ou até milhares de instâncias de servidor, o que permite que você acelere cargas de trabalho ao adicionar mais instâncias, e ao encerrá-las, quando você tiver terminado.

Cria um espaço comum onde você e seus colaboradores podem compartilhar dados, resultados e métodos.

A AWS utiliza uma abordagem de ponta a ponta para proteger e fortalecer nossa infraestrutura, incluindo medidas físicas, operacionais e de software. Para obter informações, consulte o Centro de Segurança da AWS.

As instâncias spot permitem que você negocie a capacidade não usada do Amazon EC2. As instâncias são cobradas pelo preço spot, que é definido pelo Amazon EC2 e oscila periodicamente em função da oferta e da demanda por capacidade de instâncias spot. Para utilizar Instâncias Spot, você faz uma requisição de Instância Spot, especificando o tipo de instância, a Região desejada, o número de instâncias Spot que deseja executar e o preço máximo que você está disposto a pagar por hora de instância. Para determinar como esse preço máximo se compara aos últimos preços spot, o histórico de preços spot está disponível através da API do Amazon EC2 e do AWS Management Console. Se a sua oferta de preço máximo exceder o preço spot atual, sua requisição será atendida e suas instâncias serão executadas até que você opte por encerrá-las ou até que o preço spot exceda o seu preço máximo (o que ocorrer primeiro).

A seguinte tabela exibe o preço spot por tipo de instância para a zona de disponibilidade de preço mais baixo (atualizada a cada 5 minutos).


Exceto onde informado de outra forma, nossos preços não incluem impostos e taxas (como ICMS e imposto sobre vendas) aplicáveis. Para clientes com endereço de cobrança no Japão, o uso da AWS está sujeito ao imposto sobre consumo japonês. Saiba mais.

As Instâncias spot podem ser solicitadas usando o AWS Management Console ou as APIs do Amazon EC2. Para iniciar com o AWS Management Console:

  1. Faça o Logon no AWS Management Console e clique na guia “Amazon EC2”.
  2. Clique em "Spot Requests" no painel de navegação à esquerda.
  3. Clique em "Pricing History" para abrir uma exibição dos preços de histórico selecionáveis por tipo de instância. Isto ajudará você a escolher o preço máximo para a sua requisição. O preço mostrado é específico para a Zona de disponibilidade selecionada. Se nenhuma Zona de disponibilidade for selecionada, você verá os preços para cada Zona de disponibilidade na Região.
  4. Clique em "Request Spot Instances" e prossiga por meio do processo do Assistente de inicialização da instância, optando por um AMI e tipo de instância. Digite o número de Instâncias spot que você gostaria de solicitar, o preço máximo e se a requisição é persistente ou não. Após selecionar o par de chaves e o(s) grupo(s) de segurança, você estará preparado para enviar sua solicitação da Instância spot.
video-thumb-spot-instances-getting-started
4:13
Conceitos básicos sobre instâncias spot

Para obter informações detalhadas sobre como solicitar as instâncias spot por meio da API do Amazon EC2, consulte a Referência da API do Amazon EC2 na Documentação técnica do EC2 mais recente.

Para obter uma perspectiva mais detalhada sobre o uso das instâncias spot e mais informações sobre como usufruir ao máximo das instâncias spot, consulte a seção Documentação e tutoriais em destaque.

Criar ou migrar uma aplicação para execução em instâncias spot é fácil. A seções abaixo destacam como criar, migrar e testar aplicações a serem usadas com instâncias spot.

Como criar uma nova aplicação
Se você tiver as habilidades necessárias para desenvolver sua aplicação do zero, nós recomendamos que você dedique um pouco do seu tempo para a leitura da seção Arquiteturas comuns e melhores práticas dessa página da Web. A seção destaca muitas das arquiteturas usadas por outros clientes com instâncias spot no passado.

Como migrar uma aplicação atual
Muitas aplicações já foram concebidas para serem tolerantes a falhas, portanto, a migração da sua aplicação para que ela seja executada em instâncias spot deverá ser consideravelmente fácil. Durante o processo de migração, nós recomendamos a integração com as seguintes melhores práticas:

  • Monitore quando as instâncias spot são iniciadas e encerradas: as instâncias spot começam assicronamente e podem ser interrompidas quando o preço spot exceder a sua sugestão de preço. Por isso, é importante monitorar o status das suas sugestões de preço e instâncias. O modo mais simples de saber o status atual das suas instâncias spot é monitorar suas solicitações de spot e executar as instâncias por meio do AWS Management Console ou da API do Amazon EC2.
  • Escolha um preço máximo para a sua instância: lembre-se de que o preço máximo que você envia como parte da sua solicitação não é necessariamente o que você paga por hora, mas é o máximo que você estaria disposto a pagar para mantê-la em execução. Use o histórico do preço spot por meio do AWS Management Console ou da API do Amazon EC2 para ajudá-lo a definir um preço máximo.
  • Garanta que a sua aplicação seja tolerante a falhas: como as instâncias spot podem ser encerradas sem aviso, é importante criar suas aplicações de modo a permitir o progresso, mesmo que a sua aplicação seja interrompida. Há várias maneiras de conseguir isso, duas delas incluem adicionar verificações à sua aplicação e dividir o seu trabalho em pequenos incrementos. O uso dos volumes do Amazon EBS para armazenar seus dados é uma maneira fácil de protegê-los.

Consulte também a seção Arquiteturas comuns e melhores práticas para verificar se há outras dicas específicas relacionadas à sua arquitetura.

Teste a sua configuração
Ao usar instâncias spot, é importante ter certeza de que a sua aplicação seja tolerante a falhas e que atenda corretamente às interrupções. Enquanto tentamos finalizar as suas instâncias de modo limpo, seu aplicativo pode ser preparado para lidar com um encerramento imediato. Você pode testar seu aplicativo ao executar uma Instância On Demand e, em seguida, finalizá-la repentinamente. Isto pode ajudar você a determinar se o seu aplicativo é ou não suficientemente tolerante a falhas e se consegue lidar com interrupções inesperadas.

video-thumb-manage-spot-interruption
3:59
Como gerenciar a interrupção de instâncias spot

Como as instâncias spot podem ser encerradas sem aviso, é importante criar suas aplicações de modo a permitir o progresso, mesmo que a sua aplicação seja interrompida. Há muitas maneiras de conseguir isso, duas delas consistem na divisão do seu trabalho em pequenos incrementos (por meio de arquiteturas em grade, do Hadoop ou em filas) ou na inclusão de verificações à sua aplicação. As seções abaixo oferecem um resumo de várias arquiteturas usadas comumente por atuais clientes do spot.

O Apache Hadoop é uma estrutura de software de código aberto que sustenta aplicações distribuídas com consumo intenso de dados. Ele permite que as aplicações trabalhem com milhares de nós para processar petabytes de dados por meio de dois componentes: (1) um sistema de armazenamento distribuído e tolerante a falhas e (2) uma técnica chamada MapReduce, que sustenta análises eficientes e minuciosas sobre conjuntos de dados amplamente distribuídos. O Hadoop foi desenvolvido para uso com hardware padrão, capaz de armazenar dados com ou sem um esquema, disponibilizando escalabilidade linear na proporção de petabytes. Clientes como Backtype e Fliptop usam o Amazon Elastic MapReduce, um serviço gerenciado pelo Hadoop que simplifica o provisionamento, a configuração e o gerenciamento de clusters do Hadoop, junto com instâncias spot, para reduzir significativamente os custos do seu processamento de dados em alto volume.

O Amazon Elastic MapReduce facilita a combinação de instâncias spot com instâncias on-demand ou reservadas dentro do mesmo cluster de processamento de dados. Isso reduz os custos e acelera o tempo de processamento, enquanto elimina os riscos de falha do cluster devido a oscilações de mercado spot. Se as instâncias spot forem interrompidas devido a uma alteração no preço spot, as tarefas executadas nessas instâncias serão simplesmente adicionadas de volta à fila de processamento de dados a ser atendida pelas instâncias on-demand restantes. Os clientes podem continuar o processamento de dados com o tamanho do cluster reduzido ou incluir instâncias adicionais de modo dinâmico ao cluster para substituir as instâncias interrompidas.

video-thumb-emr-spot
3:27
Como usar instâncias spot com o EMR

Vários exemplos de casos de uso ideais para a utilização de instâncias spot com o Elastic MapReduce incluem aplicações em que o cliente pode usar o dimensionamento para aumentar a velocidade da execução, em que a flexibilidade no momento da conclusão pode gerar economias significativas; clusters persistentes do Hadoop, em que oscilações de carga consideráveis exigem redimensionamento frequente; e para a redução dos custos com testes de aplicações do Hadoop.

Como exemplo, imagine que temos uma tarefa que geralmente é executada com 4 instâncias on-demand durante 14 horas, o que normalmente custaria 28 USD. Agora, imagine que poderíamos incluir 5 instâncias spot adicionais (porque o dimensionamento da tarefa não é linear) e a tarefa poderia ser executada em 7 horas. O custo total para a execução dessa tarefa seria de 15,75 USD, pressupondo que o preço spot seja 90% menor do que preço on-demand. Ao adicionar instâncias spot, seria feita uma redução de 50% do tempo e de 44% dos custos, conforme você pode ver abaixo:

emr

Cenário nº 1: sem instâncias spot
4 instâncias on-demand * 14h * 0,5 USD = 28 USD

Cenário nº 2: on-demand com instâncias spot adicionais
4 instâncias on-demand * 7h * 0,5 USD = 14 USD
5 instâncias spot * 7h * 0,05 = 1,75 USD
Total = 15,75 USD

Redução do tempo: 50%
Redução de custos: 44%

Para saber mais sobre o Amazon Elastic MapReduce, acesse a página da Web do Amazon Elastic MapReduce ou o Guia de conceitos básicos sobre o Amazon Elastic MapReduce.

Grades são uma forma de computação distribuída que permite que um usuário utilize múltiplas instâncias para executar computações paralelas. Clientes como Numerate e Scribd, usam a computação em grade com instâncias spot porque este tipo de arquitetura pode aproveitar a flexibilidade incorporada da instância spot e diminuir preços para que o trabalho seja realizado mais rápido com um preço mais baixo.

Para começar a usar, o usuário deverá dividir seu trabalho em unidades diferentes chamadas de tarefas e, em seguida, enviá-lo para um "nó principal". As tarefas serão enfileiradas e um processo chamado "programador" distribuirá o trabalho para outras instâncias na grade, chamadas de "nós do operador". Quando o resultado for computado pelo nó do operador, o nó principal será notificado e o nó do operador poderá realizar a próxima operação da fila. Se a tarefa falhar ou a instância for interrompida, a tarefa será automaticamente enfileirada novamente pelo processo do programador.

grid_computing

Enquanto você estiver projetando a sua aplicação, é importante escolher uma quantidade adequada de trabalho a ser incluída à sua tarefa. Nós recomendamos dividir as suas tarefas em um agrupamento lógico com base na quantidade de tempo em que ele levaria para ser processado. Geralmente, recomendamos que você crie um tamanho de carga de trabalho menor do que uma hora, de modo que, caso haja a necessidade de reprocessar a carga de trabalho, não sejam gerados custos adicionais (você não paga pela hora, se nós interrompermos a sua instância).

video-thumb-launching-cluster-spot
7:50
Como executar um cluster em instâncias spot do Amazon EC2 usando o StarCluster

Muitos clientes usam um programador em grade como o Oracle Grid Engine ou o UniCloud para configurar um cluster. Se você tiver cargas de trabalho com longos tempos de execução, a melhor prática é executar o nó principal nas instâncias on-demand ou reservadas, e executar o nós do operador no spot ou em uma combinação de instâncias on-demand, reservadas e spot. Como opção, se você tiver uma carga de trabalho que leve menos de uma hora ou caso esteja executando um ambiente de teste, execute todas as suas instâncias no spot. Independentemente da configuração, nós recomendamos que você crie um script para readicionar automaticamente instâncias que possam ser interrompidas. Algumas ferramentas atuais podem ajudá-lo a gerenciar este processo, como o StarCluster.

Para saber mais sobre como criar a sua própria grade, acesse o tutorial em vídeo do StarCluster ou o Guia de conceitos básicos sobre a computação em grade. Ou, tente executar nosso modelo de StarCluster do CloudFormation. Execute agora!

Muitos clientes, como a DNAnexus, criaram arquiteturas de fila com a capacidade de atender à possibilidade de falha de uma tarefa. Muitos destes tipos de aplicações podem facilmente ser estendidos para utilizar o spot, integrando as APIs de provisionamento do spot.

Como exemplo, imagine uma aplicação que utiliza instâncias spot do Amazon EC2 e do Amazon SQS. A aplicação tem três filas SQS: A processar, Processada e Exceção. Com base na profundidade da fila, o nó principal usará as APIs de provisionamento do spot para aumentar ou diminuir os nós do operador da instância spot. Como alternativa, a instância spot poderá ser iniciada como uma sugestão de preço persistente, portanto, se ela falhar, será automaticamente reiniciada. Quando uma instância spot for iniciada, a aplicação irá determinar quais filas deverão ser utilizadas por meio da leitura dos dados do usuário passados para a instância no momento da execução ou pela configuração armazenada remotamente no Amazon SimpleDB ou no Amazon S3. Os nós do operador em execução em instâncias spot selecionarão a próxima tarefa na fila A processar e bloquearão a tarefa. O bloqueio da tarefa evitará que outros nós do operador tentem computar a mesma tarefa até que uma quantidade especificada de tempo passe ou a tarefa seja completamente processada. Se a tarefa for processada com êxito, o nó do operador publicará uma resposta com os resultados para a fila Processada, na qual o nó principal pode executar qualquer lógica adicional. Como alternativa, se o processamento da tarefa falhar devido a uma demora ou porque o nó do operador é ininterrupto, a tarefa será transferida para a fila Exceção, permitindo que o nó principal execute qualquer lógica especializada, como a recolocação da tarefa na fila. Se a tarefa falhar porque a instância spot acabou, o nó principal também poderá optar por escolher uma nova instância spot, caso seja necessário também.

queue

Ao usar a abordagem de fila, verifique se o processamento da unidade de trabalho é idempotente (pode ser processado com segurança várias vezes) para garantir que a retomada de uma tarefa interrompida não cause problemas.

Para saber mais sobre a criação de arquiteturas similares, leia o Guia de criação de aplicações dimensionáveis do Amazon EC2 usando o Amazon SQS ou acesse o exemplo do Processador de tarefas do Amazon SQS e do Amazon EC2. Ou, caso você tenha interesse em executar um modelo que gerencie a fila por você, consulte o modelo de processamento de fila assíncrono. Execute agora!

Dependendo das oscilações de preço spot causadas pelas alterações na oferta e na demanda por capacidade do spot, as solicitações de instância spot podem não ser executadas imediatamente, e serem encerradas sem aviso. Para proteger o seu trabalho de possíveis interrupções, nós recomendamos adicionar verificações frequentes para salvar o seu trabalho periodicamente.

Uma maneira popular entre clientes, como a BrowserMob, de gerenciar esta interrupção é por meio da verificação dos seus dados. A melhor prática é escolher a quantidade máxima de tempo que você estiver disposto a reprocessar e verificar com pelo menos essa mesma frequência.

Existem vários métodos para verificar a sua aplicação, inclusive:

  • Amazon EBS: os clientes mapeiam um volume adicional no Amazon EBS para a sua instância spot e produzem o estado de suas aplicações para o volume frequentemente. Se você utilizar este método, é importante garantir que os seus buffers sejam apagados com frequência, para assegurar que todos os status estejam no volume do Amazon EBS.
  • Amazon S3: o Amazon S3 é um armazém durável em que os clientes podem gravar dados. Se a sua aplicação permitir que você produza resultados na forma de arquivos separados como dados de processo, você poderá usar o Amazon S3 para armazenar seus resultados. Em seguida, você poderá informá-los ao URL do bucket para qualquer processo que precise ler os resultados.
  • Amazon RDS: se você precisar de um armazém de dados de estrutura, você poderá utilizar o Amazon RDS para armazenar qualquer um dos seus resultados. Como o Amazon RDS permite que você use os bancos de dados MySQL ou Oracle, você pode configurar a sua consulta para não fazer o commit do trabalho até que você envie explicitamente o comando "commit". Este método garante que você faça a reversão naturalmente, caso o processo seja interrompido.

Ao usar uma abordagem com base em verificação, averigue se a sua carga de trabalho está idempotente entre as verificações para que ela possa ser processada com segurança várias vezes, caso você retome uma tarefa interrompida.

Você gostaria de recomendar uma nova maneira de gerenciar uma interrupção enquanto usa instâncias spot?

DNAnexus
O DNAnexus fornece um sistema unificado de gerenciamento de dados e de análise de sequências para centros de sequenciamento de DNA e pesquisadores. O DNAnexus usa instâncias Spot do Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) para realizar toda a análise de DNA, enquanto as Instâncias On Demand do Amazon EC2 tratam dos serviços interativos da empresa, tais como suas ferramentas de visualização e de portal de front-end do cliente. O DNAnexus também baseia-se no Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) para atender à demanda de armazenamento extensivo da empresa, que passará de terabytes para petabytes de dados.

Bio Team
A Bio Team Inc. é uma empresa de consultoria independente detida e operada por cientistas que visa aproximar ciência e TI de alto desempenho. A enorme capacidade e o amplo escopo da especialização de nossos funcionários permite que nós possamos oferecer uma grande variedade de serviços profissionais. A empresa tem usado a Amazon AWS para solucionar problemas de clientes desde 2007. Os muitos anos de experiência operando em ambientes tradicionais de computação de HPC, cluster e em grade permitem que a Bio Team ofereça serviços práticos para clientes que estão pensando em adotar a computação em nuvem. Saiba mais sobre a Bio Team.

Eagle Genomics
A Eagle Genomics usa o Amazon EBS, EC2, RDS, S3, Load Balancing and Auto Scaling, bem como as ferramentas de linha de comando, para manipular e analisar os dados genômicos para empresas da área saúde animal, farmacêutica e agrícola bem como centros acadêmicos. Recentemente, a Eagle Genomics tem usado as Instâncias Spot no desenvolvimento de um moderno pipeline para descoberta por microRNA para a ARK Genomics no Roslin Institute, em Edinburgh, no Reino Unido.

video-thumb-spot-instances-getting-started
4:13
Conceitos básicos sobre instâncias spot

Tutorial de vídeo: como iniciar uma instância spot
Assista a este tutorial de vídeo para saber mais sobre como iniciar sua primeira Instância Spot. Este tutorial abrange a realização de uma proposta, determinando quando a Instância é atendida e cancelando/finalizando a Instância.

Guia: Conceitos básicos sobre instâncias spot
Para obter uma perspectiva mais detalhada do uso de instâncias spot e mais informações sobre como usufruir ao máximo das instâncias spot, leia este guia.

video-thumb-when-to-use-spot-instances
6:02
Quando usar instâncias spot da Amazon

Tutorial de vídeo: casos de uso comuns de spot
Neste vídeo, abordaremos os exemplos de caso de uso de instâncias spot. Como parte deste vídeo, continuaremos a abordar vários exemplos do cliente, incluindo Numerate, Clarity Solutions, Ooyala e BrowserMob e como eles utilizam as Instâncias Spot nas suas arquiteturas.

video-thumb-manage-spot-interruption
3:59
Como gerenciar a interrupção de instâncias spot

Tutorial de vídeo: como gerenciar a interrupção
Assista a esse vídeo para saber como os clientes gerenciam a interrupção das suas instâncias spot.

Guide: Getting Started Programming Guide for Spot Instances
Este tutorial de código fornece uma rápida visão geral de como fazer lances, descrever e cancelar programaticamente instâncias Spot.

Guide: Advanced Programming Guide for Spot Instances
Este rápido tutorial de código fornece uma rápida visão geral de tópicos de provisionamento mais avançados e técnicas de gerenciamento de interrupção para Instâncias Spot.

Guide: How to Track Spot Instance Activity with the Spot Notifications Sample Application
Esta amostra e tutorial de código permitem que você gere e gerencie as notificações do Amazon SNS sobre alterações no estado de suas Instâncias do Amazon EC2, atuais Solicitações de Instância Spot e Preços Spot em uma região específica. Ao utilizar essa amostra de código, agora você pode configurar seus aplicativos em execução em Instâncias Spot para gerenciar mais facilmente o potencial de interrupção.

video-thumb-spot-bidding-strategy
4:34
Decidindo a sua estratégia de oferta de spot

Tutorial de vídeo: decidindo a sua estratégia de negociação spot
Assista a esse vídeo para aprender as dicas e truques para negociação das suas Instâncias Spot. Abordamos diferentes estratégias de negociação que os clientes utilizam com sucesso.

video-thumb-spot-emr
3:27
Como usar instâncias spot com o EMR

Tutorial de vídeo: inicializando os fluxos de trabalho do Amazon Elastic MapReduce com instâncias spot
Assista a esse vídeo para saber como inicializar os fluxos de trabalho Amazon Elastic MapReduce nas suas Instâncias Spot. Abordamos a inicialização do um cluster de Spot e uma finalização no AWS Management Console.

video-thumb-launching-cluster-spot
7:50
Como executar um cluster em instâncias spot do Amazon EC2 usando StarCluster

Tutorial de vídeo: como inicializar um cluster em spot
Chris Dagdigian da BioTeam fornece uma rápida visão geral de como iniciar um Cluster do zero, em cerca de 10 a 15 minutos, nas Instâncias Spot da Amazon EC2 Spot Instances usando o StarCluster. O StarCluster é uma ferramenta de código aberto que foi criada por um laboratório do MIT, facilitando a configuração de um novo Cluster do Oracle Grid Engine. Durante esta apresentação, Chris aborda o processo de instalação, configuração e execução de trabalhos simples em um cluster. Além disso, Chris utiliza as instâncias spot, de modo que você possa potencialmente terminar o trabalho mais rapidamente e economizar até 93% sobre o preço on demand. Se você estiver interessado nesse tutorial, talvez também queira ver nosso Modelo do StarCluster CloudFormation.

video-thumb-launching-spot
7:40
Como executar instâncias spot na Amazon VPC

Tutorial em vídeo: iniciando instâncias de spot na Amazon VPC
Assista esse vídeo e descubra como iniciar instâncias de Spot no Amazon VPC. Este tutorial abrange a realização de uma proposta, determinando quando a Instância é atendida e cancelando/finalizando a Instância.

Os conjuntos de dados públicos na AWS oferecem um repositório centralizado em que esses dados podem ser compartilhados e integrados de forma transparente em aplicações com base na Nuvem AWS. Os exemplos incluem: o projeto 1000 Genomes Project, um consórcio com entidades públicas e privadas que está criando o mais detalhado mapa de variação genética humana até hoje; o Ensembl’s Annotated Human Genome Data for MySQL, que inclui genomas de mais de 50 espécies (inclusive humanas); e o Sage Bionetwork’s Human Liver Cohort, que caracteriza expressões genéticas em amostras hepáticas. Acesse a página da Web Conjuntos de dados públicos para obter mais detalhes.

Com a AWS na educação, educadores, pesquisadores acadêmicos e alunos podem inscrever-se para obter créditos de uso gratuitos para explorar a infraestrutura sob demanda da Amazon Web Services para ensinar cursos avançados, realizar iniciativas de pesquisa e analisar novos projetos. Se você estiver interessado em saber mais sobre este programa, acesse a página da Web AWS na educação e obtenha mais detalhes.