Neste tutorial de 10 minutos, você armazenará arquivos na nuvem usando o Amazon EFS. Você criará um sistema de arquivos do Amazon EFS, iniciará uma máquina virtual no Amazon EC2, montará o sistema de arquivos, criará um arquivo, encerrará a instância e excluirá o sistema de arquivos.

Todas as atividades realizadas neste tutorial estão qualificadas para o Nível gratuito.

Gerencie seus recursos da AWS

Faça login no Console

Você pode criar facilmente um sistema de arquivos de rede altamente disponível e escalável no console do Amazon EFS.


a. Ao clicar aqui, o Console de Gerenciamento da AWS será aberto em uma nova janela do navegador para que você possa manter aberto este tutorial. Quando a tela estiver carregada, digite seu nome de usuário e senha para começar. Em seguida, localize o EFS em Armazenamento e clique para abrir o console do EFS.

EFS TMT main console start

(clique para ampliar)

EFS TMT main console start

b. No console do Amazon EFS, clique em Criar sistema de arquivos.

01-create-file-system

(clique para ampliar)

01-create-file-system

c. Se a VPC padrão não estiver selecionada no campo suspenso da VPC, selecione a seta suspensa e, em seguida, selecione VPC padrão. Aceite todos os padrões na Etapa 1: Configurar o acesso ao sistema de arquivos e clique em Próxima etapa.

02-create-file-system-step-1a

(clique para ampliar)

02-create-file-system-step-1a

d. Aceite todos os padrões na Etapa 2: Definir configurações opcionais e clique em Próxima etapa.

03-create-file-system-step-2

(clique para ampliar)

03-create-file-system-step-2

e. Aceite todos os padrões na Etapa 3: Analisar e criar e clique em Criar sistema de arquivo.

04-create-file-system-step-3

(clique para ampliar)

04-create-file-system-step-3

Para acessar seu sistema de arquivos, você instala esse sistema em uma instância baseada em Linux do Amazon EC2. Nesta etapa, você criará e configurará uma instância do Amazon EC2.


a. Clique aqui para abrir o console do Amazon EC2 e depois clique em Executar instância para criar e configurar sua máquina virtual.

05-launch-instance

(clique para ampliar)

05-launch-instance

b. Com o Amazon EC2, você pode definir o software e as especificações da instância que deseja usar. Nesta tela, são exibidas opções para a escolha de uma imagem de máquina da Amazon (AMI), que é um modelo que contém a configuração do software (por exemplo: um sistema operacional, um servidor de aplicativos e aplicativos). 

Por meio de uma AMI, você executa uma instância, que é a cópia da AMI em execução como um servidor virtual na nuvem.

Para este tutorial, localize AMI Linux da Amazon e clique em Selecionar.

06-select-ami

(clique para ampliar)

06-select-ami

c. Agora, você escolherá um tipo de instância. Os tipos de instância contêm diversas combinações de CPU, memória, armazenamento e capacidade de redes para que você possa escolher a combinação adequada para os aplicativos. Para obter mais informações, consulte Tipos de instância do Amazon EC2.

A opção padrão t2.micro já deve estar selecionada. Esse tipo de instância é coberta pelo nível gratuito e oferece capacidade computacional suficiente para processar cargas de trabalho simples. Clique em Analisar e executar na parte inferior da página.

07-review-and-launch

(clique para ampliar)

07-review-and-launch

d. Você poderá analisar as definições de configuração, armazenamento, tags e segurança selecionadas para a instância. Embora você tenha a opção de personalizar essas definições, recomendamos aceitar os valores padrão para este tutorial.

Clique em Executar na parte inferior da página.

08-launch-instance-end

(clique para ampliar)

08-launch-instance-end

e. Na próxima tela, você deverá escolher um par de chaves existente ou criar um novo. O par de chaves é usado para fazer login na sua instância (assim como você usa sua chave para entrar em casa).

Selecione Escolher um par de chaves existente e o par de chaves ou selecione Criar um novo par de chaves e dê a ele o nome MyKeyPair. Em seguida, clique no botão Fazer download do par de chaves . Certifique-se de salvar o par de chaves em um local seguro no seu computador.

Usuários do Windows: recomendamos salvar o par de chaves no diretório de usuário em um subdiretório chamado .ssh (por exemplo: C:\user\{seunomedeusuário}\.ssh\MyKeyPair.pem).

Observação: não é possível usar o Windows Explorer para criar uma pasta com um nome que comece com um ponto, a menos que o nome da pasta também termine com um ponto. Depois de informar o nome (.ssh.), o ponto é removido automaticamente.

Usuários de Mac/Linux: recomendamos salvar o par de chaves no subdiretório .ssh do seu diretório inicial (por exemplo: ~/.ssh/MyKeyPair.pem).

Observação: se você não lembrar onde armazenou sua chave privada SSH (o arquivo que você está baixando), não será possível conectar-se à sua máquina virtual.

Após ter armazenado o par de chaves, clique em Executar instâncias para iniciar uma instância Linux.

Observação: sua instância será executada em alguns minutos.

09-create-keypair-launch

(clique para ampliar)

09-create-keypair-launch

f. Clique em Visualizar instâncias na próxima tela para visualizar suas instâncias e ver o status da instância que você acabou de iniciar.

10-view-instance

(clique para ampliar)

10-view-instance

g. Anote o endereço IP público da instância da AWS. Você precisará dele para se conectar à instância na Etapa 4, parte c.

Observação: se a instância ainda estiver sendo inicializada, o endereço IP público talvez ainda não seja exibido. A coluna Estado da instância mostrará se a instância está em execução, e a coluna Verificações de status informará se a instância passou pelas duas verificações para garantir que o provisionamento foi concluído. Você pode atualizar esses valores pressionando o botão Atualizar à direita, logo acima da tabela.

11-ip-address

(clique para ampliar)

11-ip-address

h. Forneça a sua instância acesso à rede para o sistema de arquivos. Com sua instância marcada, selecione Ações > Rede > Alterar grupos de segurança.

12-change-security-groups-animated

(clique para ampliar)

12-change-security-groups-animated

i. Marque a caixa de seleção do grupo de segurança da VPC padrão e clique em Atribuir grupos de segurança.

Observação: você deve ter dois grupos de segurança marcados, o grupo de segurança launch-wizard-1 e o grupo de segurança da VPC padrão.

13-assign-security-groups

(clique para ampliar)

13-assign-security-groups

Após executar a instância do Amazon EC2, é hora de conectar-se a ela.

Usuários do Windows: selecione Windows abaixo para ver instruções para instalar o Git Bash.

Usuários de Mac/Linux: selecione Mac/Linux abaixo para ver instruções sobre como abrir uma janela de terminal.

  • Windows

    a. Faça download do Git para Windows aqui. Execute o instalador baixado aceitando as configurações padrão (isso instalará o Git Bash como parte do Git).

    Getting-Started-VM1

    (clique para ampliar)

    Getting-Started-VM1

    b. Clique com o botão direito do mouse na área de trabalho (não em um ícone ou arquivo) e selecione Git Bash aqui para abrir um prompt de comando do Git Bash.

    Getting-Started-VM2

    (clique para ampliar)

    Getting-Started-VM2
  • Mac/Linux

    O seu computador Mac ou Linux provavelmente inclui um cliente SSH por padrão. Você pode verificar se há um cliente SSH digitando ssh na linha de comando. Se o seu computador não reconhecer o comando, o projeto OpenSSH fornecerá uma implementação gratuita do conjunto completo de ferramentas de SSH para download.

    a. Usuários de Mac: abra uma janela de terminal pressionando comando + espaço e digitando terminal na janela de pesquisa. Em seguida, pressione enter para abrir a janela do terminal.

    Usuários de Linux: abra uma janela de terminal.

    Getting-Started-CLI-OSX1

    (clique para ampliar)

    Getting-Started-CLI-OSX1

    b. Use o comando chmod para se certificar de que seu arquivo de chave privada não seja visível publicamente digitando o seguinte comando: chmod 400 ~/.ssh/mykeypair.pem para restringir as permissões da sua chave SSH privada.

    Observação: você não precisa fazer isso toda vez que se conectar à sua instância. Só é necessário definir isso uma vez por chave SSH que você possuir.

    Getting-Started-VM3

    (clique para ampliar)

    Getting-Started-VM3

c. Use o SSH para se conectar à sua instância. Neste caso, o nome do usuário é ec2-user, a chave SSH está armazenada no diretório onde a salvamos na Etapa 2, parte d, e o endereço IP é o da Etapa 2, parte f. O formato é ssh -i {caminho completo do seu arquivo .pem} ec2-user@{endereço IP da instância}.

Usuários do Windows: insira ssh -i 'c:\Users\seunomedeusuário\.ssh\MyKeyPair.pem' ec2-user@{IP_Address} (por exemplo: ssh -i 'c:\Users\adamglic\.ssh\MyKeyPair.pem' ec2-user@52.27.212.125)

Usuários Mac/Linux: insira ssh -i ~/.ssh/MyKeyPair.pem ec2-user@{IP_Address} (por exemplo: ssh -i ~/.ssh/MyKeyPair.pem ec2-user@52.27.212.125)

Observação: se você iniciou uma instância Linux que não é Amazon Linux, pode haver um nome de usuário diferente que esteja sendo usado. Nomes comuns de usuário incluem ec2-user, root, ubuntu e fedora. Se você não souber o nome de usuário de login, verifique com seu provedor de AMI.

Você verá uma resposta parecida com esta:

A autenticidade do host "ec2-198-51-100-1.compute-1.amazonaws.com (10.254.142.33)" não pode ser estabelecida. A impressão digital da chave RSA é: 1f:51:ae:28:df:63:e9:d8:cf:38:5d:87:2d:7b:b8:ca:9f:f5:b1:6f. Tem certeza de que deseja continuar com a conexão (sim/não)?

Digite sim e pressione enter.

Getting-Started-VM4

(clique para ampliar)

Getting-Started-VM4

Você verá uma resposta parecida com esta:

Aviso: "ec2-198-51-100-1.compute-1.amazonaws.com" (RSA) foi adicionado permanentemente à lista de hosts conhecidos.

Então, você deverá ver a tela de boas-vindas da sua instância e estará conectado à sua máquina virtual Linux da AWS na nuvem.

Getting-Started-VM7

(clique para ampliar)

Getting-Started-VM7

Para acessar seu sistema de arquivos, você instala o sistema de arquivos usando o comando de instalação padrão do Linux e o nome DNS do sistema de arquivos. Depois de instalar, é possível trabalhar com os arquivos e os diretórios no seu sistema de arquivos da mesma forma como você trabalharia com um sistema de arquivos local. O Amazon EFS usa o protocolo NFSv4.1.


a. Clique aqui para abrir o console do Amazon EFS e, em seguida, selecione o botão de opção próximo ao sistema de arquivos para exibir os detalhes.


b. Selecione o link Instruções de instalação do Amazon EC2.

17-mount-instructions

(clique para ampliar)

17-mount-instructions

c. Na janela Instruções de instalação do Amazon EC2, você pode ler a seção Configurar sua instância do EC2. Essa seção mostra as etapas para instalar o cliente nfs em sua instância do EC2. O cliente nfs já está instalado na instância do EC2 executada, portanto, você pode seguir para a próxima etapa.

17.5-mount-instructions

(clique para ampliar)

17.5-mount-instructions

d. Crie um novo diretório na sua instância copiando o comando sudo mkdir efs.

18-mount-instructions-mkdir

(clique para ampliar)

18-mount-instructions-mkdir

e. Cole e execute o comando sudo mkdir efs em sua janela SSH.

19-ssh-mkdir-efs

(clique para ampliar)

19-ssh-mkdir-efs

f. Volte para a janela Instruções de instalação do Amazon EC2. Monte o sistema de arquivos como o seu novo diretório.

Copie todo o comando sudo mount –t nfs4… .

Clique em Fechar na parte inferior da janela.

20-mount-instructions-mount

(clique para ampliar)

20-mount-instructions-mount

g. Cole e execute todo o comando sudo mount –t nfs4… em sua janela SSH.

21-ssh-mount

(clique para ampliar)

21-ssh-mount

h. Verifique se o sistema de arquivos foi montado com êxito, executando o seguinte comando: 

df -h 

22-ssh-df-h

(clique para ampliar)

22-ssh-df-h

i. Crie um arquivo de teste em seu novo sistema de arquivos executando um comando simples dd para gerar um arquivo de 1 GiB em seu novo diretório. Execute o seguinte comando dd em sua janela SSH:

sudo dd if=/dev/zero of=~/efs/1GiB bs=1M count=1024 status=progress

Você pode facilmente encerrar sua máquina virtual e o sistema de arquivos no Console de Gerenciamento da AWS. Na verdade, encerrar os recursos é uma das melhores práticas para que você não seja cobrado por eles.


a. Primeiro, você encerrará sua instância do Amazon EC2. Clique aqui para abrir o console do Amazon EC2, selecione a caixa ao lado da instância que você criou. Em seguida, clique no botão Ações, navegue até Estado da instância e clique em Encerrar.

Será solicitado que você confirme o encerramento. Selecione Sim, encerrar.

Observação: este processo pode levar vários segundos para ser concluído. Após o encerramento da instância, o estado dela será alterado para encerrado no console do EC2.

23-terminate-instance-animated

(clique para ampliar)

23-terminate-instance-animated

b. Agora, você excluirá seu sistema de arquivos do console do Amazon EFS. Clique aqui para abrir o console do Amazon EFS e selecione o botão de opção próximo ao sistema de arquivos você criou. Clique no botão Ações e em Excluir sistema de arquivos.

Confirme que você deseja excluir o sistema de arquivos digitando o ID do sistema de arquivos na caixa de texto. Clique em Excluir sistema de arquivos.

24-delete-file-system-animated

(clique para ampliar)

24-delete-file-system-animated

Parabéns! Você criou seu primeiro sistema de arquivos de rede na nuvem. O Amazon EFS é um sistema de arquivos compartilhado simples e escalável que cresce e diminui automaticamente à medida que você adiciona e remove arquivos. Você só paga pelo volume de armazenamento que está usando.

Agora que você aprendeu a criar um sistema de arquivos de rede usando o Amazon EFS no console de gerenciamento, aprofunde-se mais no Amazon EFS assistindo a uma Tech Talk on-line da AWS. Assista ao Aprofundamento no Amazon EFS >>

Sim
Não