Visão geral

O AWS Key Management Service (KMS) oferece a você controle centralizado das chaves criptográficas usadas para proteger seus dados. O serviço é integrado a outros serviços da AWS, tornando mais fácil criptografar os dados armazenados nesses serviços e controlar o acesso às chaves que o descriptografam. O AWS KMS também é integrado ao AWS CloudTrail, que oferece a habilidade de auditar quem usou quais chaves, em quais recursos e quando. O AWS KMS permite que os desenvolvedores adicionem facilmente funcionalidades de criptografia ou assinatura digital aos seus código de aplicativos, diretamente ou usando o AWS SDK. O SDK de criptografia da AWS oferece suporte ao AWS KMS como provedor de chaves root para desenvolvedores que precisam criptografar/descriptografar dados localmente dentro de seus aplicativos.

O AWS KMS oferece controle centralizado sobre o ciclo de vida e as permissões das chaves. Você pode criar novas chaves sempre que quiser. Também é possível controlar quem pode gerenciar as chaves separadamente de quem pode usá-las. Como alternativa ao uso de chaves geradas pelo AWS KMS, você pode importar chaves de sua própria infraestrutura de gerenciamento de chaves ou usar chaves armazenadas no cluster do AWS CloudHSM. Você pode escolher a rotação automática de chaves root geradas no AWS KMS uma vez por ano, sem a necessidade de recriptografar dados já criptografados. O serviço mantém automaticamente versões mais antigas da chave root disponíveis para descriptografar dados criptografados anteriormente. Você pode gerenciar suas chaves root e auditar seu uso no Console de Gerenciamento da AWS ou usar o AWS SDK ou a Interface da Linha de Comando (CLI) da AWS.

* A opção de importação de chaves não está disponível para chaves assimétricas.

Integração com serviços da AWS

O AWS KMS integra-se aos serviços da AWS para criptografar dados em repouso ou para facilitar a assinatura e a verificação usando uma chave AWS KMS. Para proteger os dados em repouso, os serviços integrados da AWS usam criptografia de envelope, na qual uma chave de dados é usada para criptografar dados e é criptografada em uma chave KMS armazenada no AWS KMS. Para assinatura e verificação, os serviços integrados da AWS usam um par de chaves de uma chave KMS assimétrica no AWS KMS. Para obter mais detalhes sobre como um serviço integrado usa o AWS KMS, consulte a documentação do seu serviço da AWS.

Existem dois tipos de recursos de chave KMS que podem ser criados na sua conta da AWS: (i) Uma chave KMS gerenciada pela AWS pode ser criada automaticamente quando necessário. Você pode fazer a listagem ou o inventário de chaves KMS gerenciadas da AWS e receber um registro de seu uso no AWS CloudTrail, mas as permissões para o recurso são gerenciadas pelo serviço da AWS com o qual ele foi criado para uso. (ii) Uma chave KMS gerenciada pelo cliente oferece o mais alto grau de controle sobre as permissões e o ciclo de vida da chave.

Produtos da AWS integrados ao AWS KMS
Alexa for Business[1] Amazon Forecast Amazon Nimble Studio AWS CloudHSM[2]
Amazon AppFlow Amazon Fraud Detector Amazon Personalize AWS CloudTrail
Amazon Athena Amazon FSx Amazon QLDB AWS CodeArtifact
Amazon Aurora Amazon GuardDuty Amazon Redshift AWS CodeBuild
Amazon CloudWatch Logs Amazon HealthLake Amazon Rekognition AWS CodeCommit[1]
Amazon CloudWatch Synthetics Amazon Inspector Amazon Relational Database Service (RDS) AWS CodePipeline
Amazon CodeGuru Amazon Kendra Amazon Route 53 AWS Control Tower
Amazon Comprehend Amazon Keyspaces (para Apache Cassandra) Amazon S3 AWS Database Migration Service
Amazon Connect Amazon Kinesis Data Streams Amazon SageMaker AWS Elastic Disaster Recovery
Amazon Connect Customer Profiles Amazon Kinesis Firehose Amazon Simple Email Service (SES) AWS Elemental MediaTailor
Amazon Connect Voice ID Amazon Kinesis Video Streams Amazon Simple Notification Service (SNS) AWS Glue
Amazon Connect Wisdom Amazon Lex Amazon Simple Queue Service (SQS) AWS Glue DataBrew
Amazon DocumentDB Amazon Lightsail[1] Amazon Textract AWS IoT SiteWise
Amazon DynamoDB Amazon Location Service Amazon Timestream AWS Lambda
Amazon DynamoDB Accelerator (DAX)[1] Amazon Lookout for Equipment Amazon Transcribe AWS License Manager
Amazon EBS Amazon Lookout for Metrics Amazon Translate AWS Network Firewall
Amazon EC2 Image Builder Amazon Lookout for Vision Amazon WorkMail AWS Proton
Amazon EFS Amazon Macie Amazon WorkSpaces AWS Secrets Manager
Amazon Elastic Container Registry (ECR) Amazon Managed Blockchain Amazon WorkSpaces Web AWS Snowball
Amazon Elastic Kubernetes Service (EKS) Amazon Managed Service for Prometheus AWS Audit Manager AWS Snowball Edge
Amazon Elastic Transcoder Amazon Managed Streaming for Kafka (MSK) AWS Application Cost Profiler AWS Snowcone
Amazon ElastiCache Amazon Managed Workflows for Apache Airflow (MWAA) AWS Application Migration Service AWS Snowmobile
Amazon OpenSearch Amazon MemoryDB AWS App Runner AWS Storage Gateway
Amazon EMR Amazon Monitron AWS Backup AWS Systems Manager
Amazon EMR Serverless Amazon MQ AWS Certificate Manager[1] AWS X-Ray
Amazon FinSpace Amazon Neptune AWS Cloud9[1]  

[1] Compatível apenas com chaves gerenciadas pela AWS.

[2] O AWS KMS é compatível com armazenamento de chaves personalizadas respaldado por um cluster do AWS CloudHSM.

[3] Para obter uma lista de serviços integrados ao AWS KMS nas regiões da AWS China (Pequim), operada pela Sinnet, e AWS China (Ningxia), operada pela NWCD, consulte a integração do AWS KMS Service na China.

Os produtos da AWS não listados acima criptografam os dados do cliente usando chaves pertencentes ao respectivo serviço e por ele gerenciadas.

Recursos de auditoria

Se você tiver o AWS CloudTrail habilitado em sua conta da AWS, cada solicitação feita no AWS KMS será registrada em um arquivo de log, que será enviado ao bucket do Amazon S3 especificado por você ao habilitar o AWS CloudTrail. As informações registradas incluem detalhes do usuário, hora, data, ação da API e, quando relevante, a chave usada.

Escalabilidade, resiliência e alta disponibilidade

O AWS KMS é um serviço gerenciado. Conforme cresce o seu uso da criptografia, o serviço escala automaticamente para atender às suas necessidades. Ele permite gerenciar milhares de chaves KMS na sua conta e usá-las sempre que você quiser. O serviço define limites padrão para o número de chaves e as taxas de solicitação. No entanto, se necessário, é possível solicitar um aumento dos limites.

As chaves KMS que você cria ou as que são criadas em seu nome por outros serviços da AWS não podem ser exportadas do serviço. Portanto, o AWS KMS é responsável por sua resiliência. Para ajudar a garantir a alta disponibilidade de suas chaves e seus dados, ele armazena várias cópias de versões criptografadas das chaves em sistemas projetados para oferecer resiliência de 99,999999999%.

Se você importar chaves para o serviço, deverá manter uma cópia segura das chaves KMS para poder importá-las novamente se elas não estiverem disponíveis quando forem necessárias. Se você usar o recurso de armazenamento de chaves personalizadas para criar as suas chaves KMS em um cluster do AWS CloudHSM, cópias criptografadas de suas chaves serão automaticamente armazenadas em backup e você terá controle total sobre o processo de recuperação.

Para dados criptografados ou fluxos de trabalho de assinatura digital que se deslocam entre regiões (recuperação de desastres, arquiteturas de alta disponibilidade multirregionais, DynamoDB Global Tables e assinaturas digitais consistentes distribuídas globalmente), você pode criar chaves multirregionais KMS, um conjunto de chaves interoperáveis com o mesmo material de chave e IDs de chave que podem ser replicados em várias regiões.

O AWS KMS foi desenvolvido para ser um serviço altamente disponível com um endpoint regional de API. Como a maioria dos serviços da AWS depende dele para criptografia e descriptografia, ele é arquitetado para oferecer um nível de disponibilidade que sustente o restante da AWS e é respaldado pelo Acordo de nível de serviço do AWS KMS.

Seguro

O AWS KMS foi projetado para que ninguém, nem mesmo os funcionários da AWS, possam recuperar as chaves em texto simples do serviço. O serviço usa módulos de segurança de hardware (HSMs) validados ou em processo de validação pelo FIPS 140-2 para proteger a confidencialidade e a integridade das chaves. As chaves em texto simples nunca são gravadas em disco e são usadas exclusivamente na memória volátil dos HSMs pelo tempo necessário para executar as operações criptográficas solicitadas. Isso ocorre independentemente de você solicitar que o AWS KMS crie chaves em seu nome, importá-las para o serviço ou criá-las em um cluster do AWS CloudHSM usando o recurso de armazenamento de chaves personalizado. As chaves criadas pelo serviço AWS KMS nunca são transmitidas fora da região da AWS em que foram criadas e só podem ser usadas na região em que foram criadas. As atualizações do firmware dos HSMs do AWS KMS são monitoradas por um controle de acesso por várias partes, auditado e revisado por um grupo independente dentro da Amazon, bem como por um laboratório certificado pelo NIST em conformidade com o FIPS 140-2.

Para saber mais sobre a arquitetura do AWS KMS e a criptografia usada para proteger suas chaves, leia mais sobre os Detalhes criptográficos do AWS Key Management Service.

* Na região da AWS China (Pequim), operada pela Sinnet, e China (Ningxia), operada pela NWCD, os HSMs são aprovados pelo governo chinês (não validados pelo FIPS 140-2), e o artigo técnico sobre os detalhes de criptografia, mencionado acima, não são aplicáveis. 

Chaves assimétricas

O AWS KMS oferece o recurso de criar e usar chaves KMS e pares de chaves de dados assimétricos. Você pode designar uma chave KMS para uso como um par de chaves de assinatura ou de criptografia. A geração de pares de chaves e as operações criptográficas assimétricas utilizando essas chaves KMS são executadas dentro dos HSMs. Você pode solicitar a parte pública da chave KMS assimétrica para uso em aplicativos locais, enquanto a parte privada nunca sai do serviço.

Você também pode solicitar que o serviço gere um par de chaves de dados assimétricas. Essa operação retorna uma cópia da chave pública e da chave privada em texto simples e uma cópia da chave privada criptografada com a chave KMS simétrica que você especificou. Você pode usar a chave pública ou privada em texto simples na aplicação local e armazenar a cópia criptografada da chave privada para uso futuro.

** A opção de armazenamento de chaves personalizadas não é compatível com chaves assimétricas.

HMAC

Você pode gerar e verificar o código de autenticação de mensagem por hash (HMAC) de dentro dos Hardware Security Modules (HSMs – Módulos de segurança de hardware) validados por FIPS 140-2 da KMS. Os HMACs são blocos de construção criptográfica que incorpora material de chave secreto dentro de uma função hash para criar um único código de autenticação de mensagem chaveada. As chaves HMAC do KMS oferecem uma vantagem sobre os HMACs do software de aplicação porque o material da chave é gerado e usado inteiramente no AWS KMS e está sujeito aos controles de acesso que você define na chave. As chaves HMAC do KMS e os algoritmos HMAC que o AWS KMS usa estão em conformidade com os padrões do setor, assim como define a RFC 2104. As chaves HMAC do KMS são geradas em módulos de segurança de hardware do AWS KMS certificados no Programa de validação de módulo criptográfico FIPS 140-2 (exceto nas regiões China (Pequim) e China (Ningxia)) e nunca deixam o AWS KMS sem criptografia.

** As chaves HMAC do AWS KMS não são compatíveis com armazenamentos de chaves personalizadas.

Conformidade

Os controles de segurança e qualidade no AWS KMS foram validados e certificados pelos seguintes regimes de conformidade:

 
Veja a seguir uma lista dos outros regimes de conformidade nos quais o AWS KMS foi validado e certificado.
 
* O FIPS 140-2 não se aplica ao AWS KMS nas regiões da China. Os módulos de segurança de hardware nas regiões da China são aprovados para uso pelo governo chinês.

Armazenamento de chave personalizada

O AWS KMS fornece a opção de criar seu próprio armazenamento de chaves usando os HSMs que você controla. Cada armazenamento de chaves personalizadas é respaldado por um cluster do AWS CloudHSM. Quando você cria uma chave KMS em um armazenamento de chaves personalizadas, o serviço gera e armazena o material da chave KMS em um cluster do AWS CloudHSM pertencente a você e gerenciado por você. Quando você usa uma chave KMS em um armazenamento de chaves personalizadas, as operações de criptografia realizadas com essa chave são executadas em seu cluster do AWS CloudHSM.

As chaves KMS armazenadas em um armazenamento de chaves personalizadas são gerenciadas por você como qualquer outra chave KMS e podem ser usadas com qualquer serviço da AWS integrado ao AWS KMS.

O uso de um armazenamento de chaves personalizadas envolve o custo adicional do cluster do AWS CloudHSM e torna você responsável pela disponibilidade do material de chaves nesse cluster. Para obter orientação sobre a adequação dos armazenamentos de chaves personalizadas aos seus requisitos, consulte este blog.

* O recurso de armazenamento de chaves personalizadas não está disponível nas regiões da AWS China (Pequim), operada pela Sinnet, e China (Ningxia), operada pela NWCD.

** A opção de Armazenamento de chaves personalizadas não está disponível para chaves KMS assimétricas.

Saiba mais sobre o preço dos produtos

Veja exemplos de definição de preço e calcule os seus custos.

Saiba mais 
Cadastre-se para obter uma conta gratuita

Obtenha acesso instantâneo ao nível gratuito da AWS. 

Cadastrar-se 
Comece a criar no console

Comece a criar com o AWS Key Management Service no Console AWS.

Fazer login