AWS Application Migration Service

Simplifique e agilize sua migração enquanto reduz custos

O AWS Application Migration Service (AWS MGN) permite que você perceba rapidamente os benefícios da migração de aplicações para a nuvem sem alterações e com o mínimo de tempo de inatividade.

O AWS Application Migration Service minimiza processos manuais demorados e propensos a erros, convertendo automaticamente seus servidores de origem de infraestrutura física, virtual ou na nuvem para execução nativa na AWS. Ele simplifica ainda mais sua migração, permitindo utilizar o mesmo processo automatizado para uma ampla variedade de aplicações.

E, ao iniciar testes sem interrupções antes da migração, você pode ter certeza de que suas aplicações mais críticas, como SAP, Oracle e SQL Server, funcionarão perfeitamente na AWS.

Quando usar o AWS Application Migration Service

O AWS Application Migration Service (AWS MGN) é o principal serviço de migração recomendado para migrações lift-and-shift para a AWS. Os clientes que consideram usar CloudEndure Migration ou AWS Server Migration Service (AWS SMS) são encorajados a usar o AWS Application Migration Service para futuras migrações. Saiba mais »

Comece a usar o AWS Application Migration Service » 

Introdução ao AWS Application Migration Service

Benefícios

Acesso a tecnologia avançada

Simplifique as operações e obtenha insights melhores com a integração do AWS Application Migration Service ao AWS Identity and Access Management (IAM), Amazon CloudWatch, AWS CloudTrail e outros produtos da AWS.

Tempo de inatividade mínimo durante a migração

Com o AWS Application Migration Service, você pode manter as operações empresariais normais durante todo o processo de replicação. Ele replica continuamente os servidores de origem, o que se traduz em pouco ou nenhum impacto na performance. A replicação contínua também facilita a realização de testes sem interrupções e reduz as janelas de transição.

Custos reduzidos

O AWS Application Migration Service reduz os custos gerais de migração, visto que não há necessidade de investir em várias soluções de migração, desenvolvimento de nuvem especializado ou habilidades específicas em aplicações. Isso acontece porque ele pode ser usado para migrar qualquer aplicação de qualquer infraestrutura de origem que execute sistemas operacionais compatíveis..

Como ele funciona

Diagrama do AWS Application Migration Service

Instalação do agente
A implementação começa com a instalação do agente de replicação da AWS em seus servidores de origem. Após a instalação, você pode exibir e definir as configurações de replicação. O AWS Application Migration Service (AWS MGN) usa essas configurações para criar e gerenciar uma sub-rede da área de preparação com instâncias simplificadas do Amazon EC2 que atuam como servidores de replicação e volumes de teste de baixo custo do Amazon EBS.

Replicação contínua
Os servidores de replicação recebem dados do agente em execução em seus servidores de origem e gravam esses dados nos volumes de teste do Amazon EBS. Seus dados replicados são compactados e criptografados em trânsito e podem ser criptografados em repouso usando a criptografia do EBS. O AWS Application Migration Service mantém seus servidores de origem atualizados na AWS usando replicação de dados contínua em nível de bloco. Ele usa suas configurações de inicialização definidas para iniciar instâncias quando você realiza testes que não causam interrupções ou faz uma substituição.

Teste e substituição
Quando você inicia instâncias de teste ou substituição, o AWS Application Migration Service converte automaticamente seus servidores de origem para inicializar e executar de forma nativa na AWS. Depois de confirmar que suas instâncias iniciadas estão operando corretamente na AWS, você pode desativar seus servidores de origem. Você pode então optar por modernizar suas aplicações, aproveitando produtos e recursos adicionais da AWS.

Leia a documentação técnica »

“Durante todo o processo de sincronização, não houve impacto na performance nem interrupção de serviços.”
- Maurice Lui, gerente de TI, Bosa Development

Para consolidar e atualizar a sua infraestrutura de TI herdada, a Bosa Development recorreu à AWS. Junto com o parceiro de consultoria avançado da AWS OpsGuru e uma empresa da Carbon60, eles decidiram começar por uma abordagem de migração do tipo “lift-and-shift”. A equipe da OpsGuru aproveitou o AWS Application Migration Service (CloudEndure Migration) para hospedar novamente com rapidez as workloads de Servidor de Arquivos da Microsoft da Bosa Development em instâncias do Amazon EC2. Na sequência, assim que os dados ficaram totalmente disponíveis na AWS, a equipe utilizou o Amazon FSx para hospedar os dados consolidados. O método altamente efetivo de realizar a migração inicial de workloads e a modernização em seguida, permitiu que a Bosa Development começasse a se beneficiar da disponibilidade, resiliência, escalabilidade e segurança de serviço aprimoradas em apenas alguns meses.

Saiba mais »


“Muita gente não acreditou que a transição poderia ser realizada em um período de tempo tão curto, sobretudo dadas as restrições relativas ao coronavírus. Mas conseguimos fazer a migração conforme planejado.”
- Tiina Flytström, chefe de infraestrutura e segurança cibernética na Finnair

A Finnair conseguiu grandes economias de custo deixando 2 datacenters e migrando para a AWS 70 aplicações que antes eram hospedadas em aproximadamente 400 servidores. Com o AWS Application Migration Service e a solução AWS CloudEndure Migration Factory, a Finnair conseguiu rapidamente fazer o lift-and-shift de suas aplicações baseadas no Windows e Linux com interrupções mínimas. A migração foi concluída em apenas sete meses. Além de uma migração acelerada e sem interrupções com uma redução rápida de custos, a migração também proporcionou à companhia aérea os benefícios de uma infraestrutura ágil e pronta para o futuro.

Saiba mais »


“O AWS Application Migration Service nos ajudou a migrar mais rápido e nos permitiu lançar o programa geral perfeitamente.”
- Jason Astacio, vice-presidente de infraestrutura de nuvem, WFS

O World Fuel Services (WFS) já acumulou 22 datacenters por meio de aquisições comerciais, e muitos deles executam workloads do Windows e do Microsoft SQL Server. O alto custo de operação desses sistemas herdados autônomos indicou a necessidade de modernizar a tecnologia e consolidar datacenters. Para migrar rapidamente, o WFS usou o AWS Application Migration Service, uma solução automatizada lift-and-shift que simplifica, agiliza e reduz o custo da migração para a nuvem. A empresa começou migrando 10 aplicações no primeiro trimestre, 40 no trimestre seguinte e 60 no outro. No final de 2020, o WFS estava migrando 100 aplicações por trimestre. Ao todo, o WFS migrou 20 datacenters para a AWS em apenas 2 anos e percebeu uma redução de custos de sete dígitos.

Saiba mais »

Publicações e artigos de blog

Nenhum resultado encontrado.

Recursos do AWS CloudShell
Acelere a migração

Saiba como acelerar sua migração em grande escala para a AWS com o AWS Migration Acceleration Program.

Saiba mais 
Cadastre-se para obter uma conta da AWS
Cadastre-se para obter uma conta gratuita

Obtenha acesso instantâneo ao nível gratuito da AWS. 

Cadastre-se 
Comece a criar com o AWS CloudShell
Comece a criar no console

Comece a usar o AWS Application Migration Service.

Fazer login