O AWS IoT Core é uma plataforma que permite que você conecte dispositivos aos serviços da AWS e a outros serviços, proteja dados e interações, processe dados do dispositivo e intervenha sobre eles, permita que os aplicativos interajam com dispositivos, mesmo quando eles estiverem off-line, e permita que você produza dispositivos integrados Alexa de baixo custo.

Principais recursos

AWS IoT Device SDK

O AWS IoT Device SDK ajuda a conectar um dispositivo de hardware ou aplicativo móvel ao AWS IoT Core com rapidez e facilidade. O AWS IoT Device SDK permite que seus dispositivos estabeleçam conexão, sejam autenticados e troquem mensagens com o AWS IoT Core usando os protocolos MQTT, HTTP ou WebSockets. O AWS IoT Device SDK oferece suporte a C, JavaScript e Arduino, e inclui bibliotecas de cliente, guia do desenvolvedor e guia de portabilidade para fabricantes. Você também pode usar uma alternativa de código aberto ou escrever seu próprio SDK.

Para saber mais, leia a documentação do AWS IoT Device SDK ou comece a usá-lo fazendo download dos SDKs.

Device Gateway

O Device Gateway atua como o ponto de entrada para dispositivos da IoT que se conectam à AWS. O Device Gateway gerencia todas as conexões de dispositivos ativas e implementa semântica para vários protocolos, o que garante que os dispositivos possam comunicar-se com o AWS IoT Core de forma segura e eficiente. No momento, o gateway do dispositivo oferece suporte aos protocolos MQTT, WebSockets e HTTP 1.1. Para dispositivos que se conectam usando MQTT ou WebSockets, o Device Gateway manterá conexões duradouras e bidirecionais, permitindo que esses dispositivos enviem e recebam mensagens a qualquer momento com baixa latência. O Device Gateway é gerenciado e escala automaticamente para oferecer suporte a mais de um bilhão de dispositivos sem que você precise gerenciar nenhuma infraestrutura. Para os clientes que migram para o AWS IoT, o Device Gateway oferece recursos para fazer a transição de infraestruturas com impacto mínimo nas arquiteturas e dispositivos de IoT existentes. Para saber mais sobre os endpoints configuráveis, leia a documentação aqui.

Para saber mais, leia a seção Protocolos no guia do usuário do AWS IoT Core.

Agente de mensagens

O agente de mensagens pub/sub de alto throughput transmite com segurança e baixa latência mensagens de e para todos os dispositivos e aplicativos da IoT. A natureza flexível da estrutura de tópicos do agente de mensagens permite enviar/receber mensagens de/para quantos dispositivos forem necessários. Ele oferece suporte a padrões de mensagem que variam de comandos um para um e mensagens de controle a sistemas de notificação de transmissões um para um milhão (ou mais!) e tudo o que estiver nesse intervalo. Além disso, é possível configurar controles de acesso detalhados que permitem gerenciar as permissões de conexões individuais por tópico, o que garante que os dispositivos e aplicativos enviarão e receberão apenas os dados que você especificar. O agente de mensagens é um serviço totalmente gerenciado. Portanto, independentemente da forma de utilização, escalará automaticamente com o volume de mensagens, sem que você tenha que executar nenhuma infraestrutura.

Para saber mais, leia a seção Agente de mensagens do Guia do usuário do AWS IoT Core.

Autenticação e autorização

O AWS IoT Core disponibiliza autenticação e criptografia mútuas em todos os pontos de conexão, de modo que os dados nunca sejam trocados entre os dispositivos e o AWS IoT Core sem uma identidade comprovada. O AWS IoT Core oferece suporte ao método de autenticação da AWS (denominado “SigV4”), à autenticação baseada em certificado X.509 e à autenticação baseada em tokens criados pelo cliente (por meio de autorizadores personalizados). As conexões usando HTTP podem utilizar qualquer um desses métodos, enquanto as que usam MQTT lançam mão da autenticação baseada em certificado, e as conexões que utilizam WebSockets podem usar SigV4 ou autorizadores personalizados. Você pode usar os certificados gerados pelo AWS IoT Core, como também os certificados assinados pela autoridade de certificação (CA) de sua preferência. Você pode mapear sua escolha de políticas para cada certificado, de modo que você possa autorizar os dispositivos ou aplicativos para ter acesso, ou mudar de ideia e revogar totalmente o acesso sem nunca sequer mexer no dispositivo.

Você pode criar, implantar e gerenciar certificados e políticas para os dispositivos por meio do console ou usando a API. Esses certificados podem ser provisionados, ativados e associados com as políticas de IoT relevantes configuradas usando o AWS IoT Core. Isso permite que você revogue instantaneamente o acesso de um dispositivo individual, caso você decida fazer isso. O AWS IoT Core também oferece suporte a conexões de aplicativos móveis de usuários que usam o Amazon Cognito, o que engloba todas as etapas necessárias para criar um identificador exclusivo para os usuários de aplicativos e recuperar credenciais da AWS temporárias e com privilégios limitados. Além disso, o AWS IoT Core pode fornecer credenciais temporárias da AWS depois que um dispositivo for autenticado com um certificado X.509, para que o dispositivo possa acessar mais facilmente outros Serviços da AWS como DynamoDB ou S3.

O provisionamento de frota para o AWS IoT Core facilita a integração de qualquer número de dispositivos fabricados na nuvem em escala. Ele fornece uma experiência de integração de dispositivos gerenciados de ponta a ponta que configura dispositivos com identidades digitais exclusivas e executa a configuração do lado do dispositivo e do lado da nuvem necessária para que cada dispositivo se conecte e opere com o AWS IoT automaticamente após a primeira conexão com o AWS IoT Core. O provisionamento de frota é oferecido sem custo adicional aos clientes. Para saber mais sobre o provisionamento de frota, leia a documentação aqui.

Para saber mais, leia a seção Segurança e autenticação no Guia do usuário do AWS IoT Core.

Registro

O Registry estabelece uma identidade para dispositivos e rastreia metadados, como os atributos e recursos dos dispositivos. O Registry atribui uma identidade exclusiva para cada dispositivo, a qual tem um formato padrão, independentemente do tipo de dispositivo ou de como ele estabelece conexões. Ele também é compatível com metadados que descrevem os recursos de um dispositivo, por exemplo, se um sensor reporta a temperatura, e se os dados são em Fahrenheit ou Celsius.

O Registry permite que você armazene metadados sobre os seus dispositivos sem cobranças adicionais, e o metadados no Registry não expiram, contanto que você acesse ou atualize sua entrada nele pelo menos uma vez a cada 7 dias.
Para saber mais, leia a seção Registry do Guia do usuário do AWS IoT Core.

Device Shadow

Com o AWS IoT Core, você pode criar uma versão persistente e virtual, ou Device Shadow, de cada dispositivo. O Device Shadow inclui o estado mais recente do dispositivo, o que permite que aplicativos ou outros dispositivos possam ler mensagens e interagir com o dispositivo. O Device Shadow persiste o estado relatado mais recente e o estado futuro desejado de cada dispositivo, mesmo quando o dispositivo está off-line. Você pode recuperar o estado reportado mais recente de um dispositivo ou definir um estado futuro desejado por meio da API ou usando o mecanismo de regras.

O Device Shadow facilita a criação de aplicativos que interagem com os dispositivos mediante a oferta de APIs REST sempre disponíveis. Além disso, os aplicativos podem definir o estado futuro desejado de um dispositivo sem considerar o estado atual do dispositivo. O AWS IoT Core comparará a diferença entre o estado desejado e o último estado relatado e comandará o dispositivo para compensar a diferença.

O AWS IoT Device SDK facilita a sincronização do estado do dispositivo com seu Device Shadow e a resposta aos estados futuros desejados definidos pelo Device Shadow.

O Device Shadow permite que você armazene gratuitamente o estado dos dispositivos durante um ano. O Device Shadow persistirá para sempre, se atualizado pelo menos uma vez por ano. Caso contrário, expirará.

Para saber mais, leia a seção Device Shadow do Guia do usuário do AWS IoT Core.

Mecanismo de regras

O mecanismo de regras possibilita a criação de aplicações da IoT que, além de intervirem sobre, reúnem, processam e analisam dados gerados pelos dispositivos conectados em uma escala global sem que seja necessário o gerenciamento de nenhuma infraestrutura. O mecanismo de regras avalia as mensagens recebidas publicadas no AWS IoT Core e as transforma e entrega para outro dispositivo ou um serviço de nuvem, com base nas regras empresariais que você definir. A regra pode se aplicar para dados de um ou vários dispositivos, e pode fazer uma ou várias intervenções em paralelo.

O mecanismo de regras também roteia mensagens para endpoints da AWS, incluindo AWS IoT Analytics, AWS IoT Events, AWS Lambda, Amazon Kinesis, Amazon S3, Amazon DynamoDB, Amazon CloudWatch, Amazon Simple Notification Service (SNS), Amazon Simple Queue Service (SQS), Amazon Elasticsearch Service e AWS Step Functions. Os endpoints externos podem ser alcançados usando AWS Lambda, Amazon Kinesis, Amazon SNS e ação HTTP nativa do Mecanismo de regras.

Você pode criar regras dentro do console de gerenciamento ou escrever regras usando uma sintaxe do tipo SQL. As regras podem ser criadas para que se comportem de modo diferente, dependendo do conteúdo da mensagem. Por exemplo, se uma leitura de temperatura exceder um determinado limite, ela poderá acionar uma regra que transmitirá dados para o AWS Lambda. As regras também podem ser criadas para levar em conta outros dados na nuvem, como os dados de outros dispositivos. Por exemplo, você poderia definir uma intervenção, caso a temperatura fique 15% mais elevada do que a média dos 5 outros dispositivos.

O mecanismo de regras oferece dúzias de funções disponíveis que podem ser usadas para modificar os seus dados, e é possível criar infinitamente mais usando o AWS Lambda. Por exemplo, se você estiver lidando com uma ampla variedade de valores, é possível obter a média dos números recebidos. As regras também podem acionar a execução do seu código Java, Node.js ou Python no AWS Lambda, proporcionando a você flexibilidade e capacidade máximas para processar os dados do dispositivo.

Para saber mais, leia a seção Mecanismo de regras do Guia do usuário do AWS IoT Core.

Alexa Voice Service (AVS) Integration

Alexa Built-in é uma categoria de dispositivos criados com o Alexa Voice Service (AVS) que tenham um microfone e um alto-falante. Você pode conversar com esses produtos diretamente usando a palavra de ativação "Alexa" e receber respostas por voz e conteúdo instantaneamente.

Com o AVS Integration, você pode expandir de maneira econômica para centenas de milhões de dispositivos Alexa Built-in e acelerar seu tempo de comercialização com produtos diferenciados de encaminhamento de voz. O AVS Integration for AWS IoT Core muda a recuperação de mídia, decodificação de áudio, mixagem de áudio e gerenciamento de estado de um dispositivo físico para um novo dispositivo Alexa Built-in virtual na nuvem. Isso reduz o custo de produção de dispositivos Alexa Built-in em até 50% reduzindo os requisitos de hardware de 50 MB para 1 MB de RAM e dos microprocessadores da classe ARM Cortex "A" para os microcontroladores da classe ARM Cortex "M".

O descarregamento de cargas de trabalho com alto consumo de computação e memória para a nuvem e a redução dos requisitos no dispositivo para integrar o AVS tornam possível levar o Alexa a produtos de baixo custo e com recursos limitados, como interruptores de luz, termostatos e pequenos aparelhos. Com as novas categorias de dispositivos Alexa Built-in disponíveis no mercado, os usuários finais já podem experimentar o Alexa em novas partes de sua casa, escritório ou quarto de hotel para uma experiência verdadeiramente ambiental, onde conversam diretamente com o ambiente e não com uma família de dispositivos Alexa.

Nossos parceiros facilitam começar a usar lançando kits de desenvolvimento de hardware para o AVS for AWS IoT. Os kits de desenvolvimento são habilitados pelo sistema operacional em tempo real para microcontroladores como o Amazon FreeRTOS e incluem conectividade pronta para uso com o AWS IoT. Os kits também eliminam a necessidade de desenvolver seu aplicativo de voz do zero, incluindo algoritmos de áudio qualificados para AVS para captação de voz em campo distante, cancelamento de eco e Alexa Wake Word, bem como código de aplicativo AVS for AWS IoT. Usando o código do aplicativo de recursos, você pode criar um protótipo de um dispositivo rapidamente e portar a implementação para o design de MCU escolhido para testes e produção de dispositivos quando você estiver pronto.

O AVS Integration está disponível como um novo tópico reservado no AWS IoT Core. As mensagens enviadas para o dispositivo e dele para os tópicos reservados do AVS for AWS IoT são gratuitas. Aprenda a criar dispositivos Alexa de baixo custo com o Guia de conceitos básicos do AVS Integration for AWS IoT Core.

Saiba mais sobre a definição de preço do AWS IoT Core

Acesse a página de definição de preço
Pronto para começar?
Cadastrar-se
Tem outras dúvidas?
Entre em contato conosco