agri-digital-logo@1x

AgriDigital migra para AWS para reduzir o tempo de implantação em 50% e promover expansão

2020

A AgriDigital é uma startup australiana de tecnologia que quer simplificar as cadeias de suprimentos globais de agricultura. A plataforma de gerenciamento de commodities da empresa permite que milhares de agricultores australianos se conectem com a rede da cadeia de suprimentos deles e gerenciar contratos, entregas, estoque, pedidos e pagamentos em tempo real.

A empresa cresceu e começou a ter problemas com o ambiente de aplicações baseado no Microsoft .NET, que estava em execução em outro serviço de nuvem. “Começamos a ter mais problemas de confiabilidade, e o tempo de inatividade da aplicação aumentou. Até mesmo poucos minutos de inatividade podem afetar negativamente nossos clientes, como motoristas de caminhões que usam a aplicação para acompanhar a programação das entregas durante o tempo de colheita. Também há um impacto nas finanças. Se as faturas e os pagamentos não processados logo, as pessoas não recebem no prazo certo”, contou Dominik Moreitz, diretor de engenharia e líder de DevOps da AgriDigital.

A AgriDigital também precisava de mais escalabilidade, principalmente porque a empresa planejava inaugurar seus serviços no mercado estadunidense em setembro de 2019. “Nossa arquitetura .NET era monolítica e não foi criada para ser escalada. Sabíamos que precisávamos modernizar nossa plataforma para atingir nossas metas de expansão”, disse Moreitz.

iniciar um tutorial de python
kr_quotemark

Nossa aplicação está sendo executada pelo menos 50% mais rápido na AWS, o que está levando a uma melhor experiência para os agricultores e outros clientes da cadeia de suprimentos que usam a aplicação.”

Dominik Moreitz
Diretor de engenharia e líder de DevOps, AgriDigital

Migração para o .NET Core, o Amazon Aurora PostgreSQL e o Linux

A AgriDigital decidiu migrar seu ambiente de produção para o .NET Core na Amazon Web Services (AWS) a fim de se modernizar. “A AWS não é apenas líder no setor de nuvem, mas também oferece mais confiabilidade e escalabilidade do que outros provedores que consideramos. Também gostamos da performance do .NET Core na AWS, e ele é independente da plataforma, o que foi fundamental para migrarmos do Windows para o Linux”, disse Moreitz.

A AgriDigital colaborou com a Itoc, uma empresa de tecnologia e parceira de consultoria avançada da AWS na Rede de Parceiros da AWS (APN) que foi apresentada à AgriDigital por um gerente de contas da AWS. A Itoc obteve a competência em segurança da AWS, que permite que ela ofereça serviços especializados de consultoria criados para ajudar empresas a adotar e implantar soluções complexas de segurança na AWS. A Itoc implementou a solução Cloud Foundation, uma prática recomendada, para a AgriDigital e migrou o ambiente do banco de dados da empresa do Microsoft SQL Server para o Amazon Aurora PostgreSQL e o Amazon DynamoDB. “Tínhamos problemas de escalabilidade com o uso do Windows SQL Server, mas também queríamos reduzir os custos de licenciamento do Windows para continuar a modernização”, contou Moreitz. A Itoc também colaborou com a equipe de DevOps da AgriDigital para criar ativos de desenvolvimento com o AWS CloudFormation e para implementar compilações e pipelines de implantação sem servidor baseados no AWS Lambda para implantações contínuas e gerenciamento entre ambientes. A AgriDigital também implementou uma nova arquitetura de microsserviços, que usa o AWS Fargate para gerenciar contêineres. A Itoc segue oferecendo à AgriDigital assistência técnica contínua.

Modernização para possibilitar o crescimento global

Com a modernização de seu ambiente de produção na AWS, a AgriDigital reduziu o tempo de desenvolvimento durante a migração. “Com o .NET Core na AWS e o Amazon Aurora PostgreSQL, conseguimos migrar nosso ambiente .NET Framework com muita facilidade, sem precisar treinar nossos desenvolvedores .NET novamente. Ao migrar para a AWS e usar uma abordagem de DevOps, economizamos cerca de 50% do tempo e do esforço de desenvolvimento”, contou Moreitz.

Devido à facilidade da migração e à escalabilidade da AWS, a AgriDigital conseguiu oferecer sua aplicação para agricultores dos Estados Unidos um mês antes da data prevista. “Graças à execução na AWS, não temos mais as limitações de uma única instância como antes. A escalabilidade é muito mais fácil. Quando precisamos nos adaptar rapidamente para colocar em prática os planos para os EUA, usamos o AWS CloudFormation para estabelecer novos ambientes de teste antes de partir para a produção com agilidade”, disse Moreitz.

Aumento da performance da aplicação e aceleração do desenvolvimento

Com a execução do .NET Core na AWS, a AgriDigital melhorou a performance geral da aplicação. “Nossa aplicação está sendo executada pelo menos 50% mais rápido na AWS, o que está levando a uma melhor experiência para os agricultores e outros clientes da cadeia de suprimentos que usam a aplicação”, disse Moreitz.

A migração para a AWS permitiu que a AgriDigital aumentasse a agilidade dos desenvolvedores, pois eles não precisam mais usar ferramentas externas de criação e implantação. “Todos os serviços da AWS que usamos, do AWS Fargate ao AWS CloudFormation, são integrados. Assim, fica mais fácil simplificar e acelerar o desenvolvimento. Reduzimos o tempo de implantação de softwares em 50% devido à simplificação do desenvolvimento com o pipeline de integração e entrega contínuas. Agora, podemos disponibilizar novos recursos para os clientes mais rápido e receber o feedback deles antes, o que contribui para a melhoria dos recursos”, contou Moreitz.

Diminuição dos custos de licenciamento, oferecendo aos agricultores uma experiência confiável

A AgriDigital economizou dinheiro se modernizando e migrando para o .NET Core, o Amazon Aurora PostgreSQL e o Linux. “Não usamos mais o Windows nem o SQL Server, então reduzimos muito os custos de licenciamento. Antes, sempre havia instâncias em execução, e pagávamos por elas. Eliminamos esse gasto migrando para uma arquitetura de microsserviços. Começamos aos poucos e podemos nos adaptar para atender às necessidades de computação sempre que necessário. Continuamos estudando outros serviços da AWS para diminuir os custos. Por exemplo, em vez de comprar ferramentas caras para gerar relatórios, estamos avaliando o Amazon QuickSight, pois sabemos que ele funciona com base em um modelo de pagamento conforme o uso”, explicou Moreitz.

A empresa também aumentou a confiabilidade da aplicação. “Não temos mais os problemas de tempo de inatividade que tínhamos. Podemos oferecer uma aplicação mais confiável com a execução na AWS, e os clientes de nossa cadeia de suprimentos podem trabalhar com a segurança de que entregarão os produtos e receberão os pagamentos no prazo”, contou Moreitz

A AgriDigital planeja continuar a modernização do ambiente da aplicação conforme o crescimento da empresa. “Nossa estratégia de longo prazo é expandir para outras regiões do mundo e nos adaptar para conquistar clientes. Sabemos que conseguiremos atingir essas metas de modo econômico com o uso da AWS”, disse Moreitz.

Para saber mais, acesse aws.amazon.com/rds/aurora.


Sobre a AgriDigital

A AgriDigital, com sede na Austrália, oferece soluções para ajudar as cadeias de suprimentos agrícolas globais a reduzir o risco, com foco em grãos e algodão. Com uma rede de mais de 4,8 mil clientes, a plataforma da AgriDigital digitaliza a venda, a troca, o armazenamento e a logística de commodities, e a empresa também oferece acesso a dados em tempo real em todos os dispositivos.

Benefícios da AWS

  • Modernização do ambiente da aplicação e possibilidade de rápida expansão nos EUA
  • Redução do tempo de implantação de softwares em 50%
  • Execução da aplicação 50% mais rápido
  • Diminuição dos custos de licenciamento e garantia da confiabilidade

Serviços da AWS usados

Amazon Aurora PostgreSQL

O Amazon Aurora é um serviço de banco de dados relacional que combina a velocidade e a disponibilidade de bancos de dados comerciais avançados com a simplicidade e a economia de bancos de dados de código aberto.

Saiba mais »

Amazon DynamoDB

O Amazon DynamoDB é um banco de dados de valor-chave e documento que oferece desempenho de milissegundos com um dígito em qualquer escala.

Saiba mais >>

AWS Fargate

O AWS Fargate é um mecanismo de computação sem servidor para contêineres que funciona tanto com o Amazon Elastic Container Service (ECS) quanto com o Amazon Elastic Kubernetes Service (EKS).

Saiba mais >>

AWS CloudFormation

O AWS CloudFormation oferece uma linguagem comum para modelar e provisionar recursos de aplicações da AWS e terceirizados em um ambiente de nuvem.

Saiba mais >>


Comece a usar

Empresas de todos os portes em todos os setores estão transformando seus negócios diariamente usando a AWS. Entre em contato com nossos especialistas e comece sua própria jornada para a Nuvem AWS hoje mesmo.