AWS Cloud
AWS Cloud
Conheça o Amazon Relational Database Service

Um banco de dados relacional é uma coleção de itens de dados com relacionamentos predefinidos entre si. Esses itens são organizados como um conjunto de tabelas com colunas e linhas. As tabelas são usadas para reter informações sobre os objetos a serem representados no banco de dados. Cada coluna da tabela retém um determinado tipo de dado e um campo armazena o valor em si de um atributo. As linhas na tabela representam uma coleção de valores relacionados de um objeto ou de uma entidade. Cada linha em uma tabela pode ser marcada com um único identificador chamado de chave principal. Já as linhas entre as várias tabelas podem ser associadas usando chaves estrangeiras. Esses dados podem ser acessados de várias maneiras diferentes sem reorganizar as próprias tabelas do banco de dados.

rds-thumbnail
6:44
Introdução ao Amazon Relational Database Service
15

SQL

SQL, ou Structured Query Language, é a interface primária usada para comunicação com bancos de dados relacionais. O SQL tornou-se um padrão do American National Standards Institute (ANSI) em 1986. O SQL padrão do ANSI é aceito por todos os mecanismos conhecidos de banco de dados relacional, e alguns desses mecanismos também têm a extensão para SQL do ANSI para apoiar a funcionalidade específica desse mecanismo. O SQL é usado para adicionar, atualizar ou excluir linhas de dados, recuperar subconjuntos de dados para processamento de transações e aplicativos de análise, além de gerenciar todos os aspectos do banco de dados.

Integridade de dados

Integridade dos dados é a perfeição, precisão e consistência gerais dos dados. Os bancos de dados relacionais usam uma série de restrições para aplicar integridade de dados no bancos de dados. Eles incluem chaves primárias, chaves estrangeiras, restrição "Não Nula", restrição "Exclusiva", restrição "Padrão" e restrições de "Verificação". Essas restrições de integridade ajudam na obrigatoriedade das regras dos negócios quanto aos dados nas tabelas, de forma a garantir a precisão e a confiabilidade dos dados. Além disso, a maioria dos bancos de dados relacionais também permite que um código personalizado seja incorporado em triggers executados com base em uma ação no banco de dados.

Transações

Uma transação de banco de dados consiste em uma ou mais instruções SQL executadas como uma sequência de operações que formam uma só unidade lógica do trabalho. As transações disponibilizam uma proposição "tudo ou nada", o que significa que a transação inteira deve estar completa como uma só unidade e ser gravada no banco de dados, caso contrário, nenhum componente individual da transação deverá passar. Em relação à terminologia do banco de dados, uma transação resulta em COMMIT ou ROLLBACK. Cada transação é tratada de forma coerente e confiável, independentemente de outras transações.

Conformidade com o ACID

Todas as transações de banco de dados devem estar em conformidade com o ACID ou serem atômicas, uniformes, isoladas e duráveis para garantir a integridade dos dados.

Atomicidade exige que a transação como um todo seja executada com êxito ou, caso parte da transação falhe, que a transação inteira seja invalidada. Consistência determina que os dados gravados no banco de dados como parte da transação devem aderir a todas as regras definidas, e restrições incluindo impedimentos, cascatas e triggers. Isolamento é essencial para obter controle da concorrência e garante que cada transação seja independente por si só. Durabilidade estabelece que todas as alterações feitas ao banco de dados sejam permanentes depois de a transação ser concluída com êxito.

15

O Amazon Aurora é um mecanismo de banco de dados relacional, compatível com MySQL e PostgreSQL, que combina a velocidade e a disponibilidade de bancos de dados comerciais avançados com a simplicidade e a economia de bancos de dados de código aberto. O Amazon Aurora disponibiliza performance até cinco vezes maior que o MySQL com a segurança, disponibilidade e confiabilidade de um banco de dados comercial a um décimo do custo. Saiba mais »

O Amazon RDS permite que você implante várias edições do Oracle Database em questão de minutos, de modo econômico e com uma capacidade de hardware redimensionável. Você pode trazer licenças existentes da Oracle ou pagar pelo uso da licença por hora. O RDS libera você para se concentrar no desenvolvimento do aplicativo ao gerenciar tarefas complexas de administração do banco de dados, como provisionamento, backups, aplicação de patches, monitoramento e escalabilidade do hardware. Saiba mais »

O Amazon RDS para SQL Server facilita a configuração, operação e escalabilidade do SQL Server na nuvem. Você pode implantar várias edições do SQL Server, como Express, Web, Standard e Enterprise. Como o Amazon RDS para SQL Server fornece acesso direto aos recursos nativos do SQL Server, seus aplicativos e ferramentas devem funcionar sem nenhuma alteração. Saiba mais »

O MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional (RDBMS) de código aberto usado por um grande número de aplicativos baseados na web. O Amazon RDS para MySQL fornece a você acesso aos recursos de um mecanismo de banco de dados clássico de MySQL. Isso significa que o código, os aplicativos e as ferramentas que você já usa hoje com os bancos de dados existentes podem ser usados com o Amazon RDS sem nenhuma alteração. Saiba mais »

O PostgreSQL é um sistema avançado de banco de dados objeto-relacional de código aberto e classe corporativa que dá ênfase à extensibilidade e à conformidade com padrões. O PostgreSQL conta com vários recursos sofisticados e executa procedimentos armazenados em dezenas de linguagens de programação, como Java, Perl, Python, Ruby, Tcl, C/C++ e seu próprio PL/pgSQL, que é semelhante ao PL/SQL da Oracle. Saiba mais » 

O MariaDB é um mecanismo de banco de dados compatível com MySQL que é uma bifurcação do MySQL e está sendo produzido pelos desenvolvedores originais do MySQL. O Amazon RDS facilita a configuração, a operação e a escalabilidade de implantações do MariaDB na nuvem. Com o Amazon RDS, você pode implantar bancos de dados escaláveis do MariaDB em minutos, com capacidade de hardware redimensionável e econômica. Saiba mais »

É fácil começar a usar o Amazon RDS. Consulte nosso Guia de conceitos básicos para criar sua primeira instância no Amazon RDS em poucos cliques.

 

Comece a usar gratuitamente