Comece a usar com o guia de implementação

5 etapas  |  60 minutos

WordPress_Website_HERO-ART_small

P: O que é o WordPress?

O WordPress é uma ferramenta de blogging e um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) de código aberto baseado em PHP e MySQL, usado em diversos tipos de sites, de blogs pessoais a sites de alto volume de tráfego.

P: Por que devo hospedar o WordPress na AWS?

A primeira versão do WordPress foi lançada em 2003. Portanto, o WordPress não foi criado considerando infraestruturas modernas elásticas, escaláveis e baseadas na nuvem. Com o trabalho da comunidade do WordPress e o lançamento de diversos módulos do WordPress, os recursos dessa solução de CMS se expandem constantemente. Hoje, é possível criar uma arquitetura de WordPress que aproveita diversos benefícios da plataforma da AWS. A AWS oferece uma infraestrutura confiável, escalável, segura e de alto desempenho para as aplicações mais exigentes.

P: Em quanto tempo a pilha será disponibilizada e executada?

O lançamento de um novo ambiente do Elastic Beanstalk demora normalmente menos que 5 minutos, mas poderá demorar mais se você lançar um grande número de instâncias ou incluir uma instância de banco de dados. Uma instância de banco de dados é lançada em cerca de 10 minutos.

P: Posso personalizar a aplicação após a hospedagem pela AWS?

A maioria das configurações do ambiente do Elastic Beanstalk pode ser alterada após o lançamento. Não é possível alterar o nome da aplicação, o nome do ambiente, a plataforma e a atribuição da VPC.

P: Qual o benefício da hospedagem de uma aplicação na AWS e no Elastic Beanstalk?

O Elastic Beanstalk oferece ferramentas de monitoramento, gerenciamento de recursos e opções simples de configuração que facilitam o gerenciamento de ambientes. Basta fazer o upload do código e o Elastic Beanstalk se encarregará automaticamente da implantação, executando atividades como provisionamento de capacidade, balanceamento de carga, escalabilidade automática e monitoramento da saúde da aplicação, entre outras. Ao mesmo tempo, você mantém total controle sobre os recursos da AWS que sustentam uma aplicação e pode acessar os recursos subjacentes a qualquer momento.

P: Eu serei o proprietário dos recursos da pilha?

Todos os recursos do seu ambiente, exceto o registro CNAME que aponta para o load balancer, são lançados em sua conta. Para evitar desvios, esses recursos devem ser gerenciados exclusivamente por meio das funcionalidades oferecidas pelo Elastic Beanstalk.

P: Como posso alterar a configuração do ambiente depois de sua criação?

Você pode usar o Elastic Beanstalk Management Console ou o EB CLI para alterar configurações em um ambiente em execução, ou salvar a configuração atual do ambiente e aplicá-la em outro ambiente. Também é possível usar arquivos de configuração para configurar e ampliar os recursos do ambiente no código-fonte da aplicação.

P: Como faço para alterar a escala da aplicação caso o tráfego aumente?

Configure o grupo de Auto Scaling do ambiente para lançar mais instâncias quando o tráfego atinge um limite predefinido.

P: Como faço para alterar a aplicação?

Implante uma nova versão do código-fonte da aplicação em um ambiente em execução com o Elastic Beanstalk Management Console ou o EB CLI.

P: Como posso saber mais sobre segurança e as melhores práticas de segurança da AWS?

Acesse o Centro de Segurança da AWS para saber mais ou encontrar recursos sobre esse tópico.

Comece a usar com o guia de implementação