O blogue da AWS

Nuvem da AWS viabiliza ambiente de e-learning com alta disponibilidade e estabilidade

Uma das mais tradicionais redes de ensino do país utiliza a AWS para hospedar suas principais aplicações web – site institucional, estrutura interna da empresa, além do portal do aluno – e otimiza sua relação online com fraqueados, professores e alunos por todo o Brasil.

 

Sobre a CNA

A CNA é uma das maiores redes de ensino de idiomas do país com 40 anos de experiência. O negócio que movimentou quase R$ 1 bi em 2014 conta com mais de 580 escolas espalhadas por todo o país e centenas de milhares de alunos matriculados.

 

O Desafio

Tendo o Portal do Aluno como principal apoio de atividades pedagógicas ao seu curso de idiomas presencial, a CNA passou por problemas críticos de quedas e indisponibilidade em momentos de pico de acessos, falta de escalabilidade da estrutura convencional, além dos altos custos envolvidos na manutenção de sua infraestrutura de TI.

 

Porquê a Amazon Web Services

De acordo com Hamilton Absy, Coordenador de Projetos da CNA, a estabilidade da infraestrutura da nuvem da AWS, bem como sua capacidade de ser flexível – podendo facilmente aumentar ou reduzir o tamanho do ambiente de infraestrutura das aplicações para atender a picos de tráfego imprevistos, “tudo isso pagando somente por aquilo que fosse utilizado”, são os principais fatores que levaram a escola a adotar a Amazon Web Services.

Além disso, para a empresa era fundamental ter, no parceiro de cloud computing, uma estrutura capaz de acompanhar as inovações de mercado, preparando-se sempre para as necessidades e demandas futuras.

Nesse contexto, Absy ressalta a relevância da BRLink, parceira da AWS, no processo de adoção da nuvem e sua migração de dados e aplicações.

“Buscando um parceiro qualificado para estruturar a sua infraestrutura na nuvem da AWS, levando-se em consideração as necessidades e problemas, a CNA foi para a nuvem contando com a ajuda da BRLink.

Essa empresa parceira fez uma profunda análise de todas as aplicações a serem migradas, planejou todos os procedimentos a serem feitos, estruturou todo o ambiente na AWS, implantando a infraestrutura com escalabilidade, alta disponibilidade e melhor performance, bem como migrou todas as aplicações, fez a revisão e otimizou toda a estrutura para redução de custos”.

 

Benefícios

Com a implementação dos serviços na AWS e apoio da BRLink, a escola de idiomas aumentou a disponibilidade de suas aplicações em 25%, enquanto reduziu os custos em aproximadamente 10%.

O Coordenador de Projetos da CNA ainda destaca a importância de assegurar a disponibilidade do ‘Portal do Aluno’, ferramenta pedagógica central em sua metodologia de ensino, tendo um grande impacto no próprio modelo de negócios da rede de escolas.

“Além da estabilidade e disponibilidade maiores no novo ambiente, o ponto principal é o Portal do Aluno, uma ferramenta utilizada por todos os alunos da rede CNA. Através da ferramenta, o aluno exerce atividades pedagógicas, de apoio aos seus cursos de inglês e espanhol presenciais. A experiência melhorada no novo ambiente permitiu aumentarmos a quantidade de alunos online”.

A correta utilização dos serviços AWS proporcionou à CNA melhorar sua infraestrutura, diminuindo custos e aumentando a performance.

 

A arquitetura

Para suportar suas aplicações, a CNA utiliza os seguintes serviços: Amazon Elastic Compute Cloud (EC2) e Amazon Elastic Block Store (EBS); o Elastic Load Balancing (ELB) para balanceamento de carga do tráfego dos sites e o Route 53 como serviço de DNS; Amazon Simple Storage Service (S3) e Amazon Relational Database Service (RDS) para banco de dados SQL Server.

As aplicações rodam na plataforma Microsoft .NET e banco de dados SQL Server. Diversas delas são legadas, e por isso toda a arquitetura foi desenhada considerando as necessidades e limitações das aplicações.

 

Próximos Passos

Com o sucesso da migração de suas principais aplicações web para a nuvem, a CNA estruturou um novo ambiente na nuvem para hospedar seu projeto inédito de videoconferência, no qual seus alunos brasileiros conversam com idosos nos EUA.