O blogue da AWS

#AWSSummit Insights – VTEX: conheça a líder em e-commerce que não pára de crescer na nuvem

O comércio eletrônico é um mercado desafiador e competitivo, e à frente das soluções mais inovadoras do setor está a VTEX, líder no Brasil e em toda a América Latina, onde está presente em 14 países, atingindo um faturamento superior a R$ 50 milhões no ano passado. Com a ajuda da nuvem, só no mês de maio de 2016 a empresa lançou 1.130 versões de sua solução, que atende mais de 600 empreendimentos, entre eles, clientes de grande porte como L´Oréal, Disney e Whirlpool.

Crucial para o sucesso do negócio e para a fidelização de clientes, a experiência do consumidor no ambiente online não pode ser afetada nem mesmo durante um evento de aumento massivo de dados como a BlackFriday. Nesse contexto, Geraldo Thomaz co-CEO da VTEX, destaca que “só a nuvem é capaz de oferecer a escalabilidade necessária para atender milhões de pessoas, ao mesmo tempo, em segundos”.

Quais foram as lições do case VTEX no AWS Summit São Paulo? 

Durante o Keynote de abertura do Summit 2016, Geraldo Thomaz, explicou porquê a AWS está no núcleo dos negócios da empresa. “Nós atingimos 1.130 versões novas no último mês, graças à capacidade de escalar, mudar e se adaptar que a AWS permite. Mais do que isso, a AWS nos permite ser elásticos. Na BlackFriday, por exemplo, aumentamos dezenas de vezes o tráfico regular dos e-commerces. A gente simplesmente não conseguiria se não tivesse a AWS para acompanhar essa mudança drástica no perfil de acessos”, pontuou o co-CEO.

Apesar de toda a sofisticação de produtos AWS, a escalabilidade é o ponto chave para melhorar a perfomance de serviços oferecidos por um grande e-commerce sem interferir nos investimentos da empresa. Com produtos de ponta como o Amazon Aurora é possível escalar automaticamente até 64TB, sem custos adicionais. “Quando você usa a nuvem você também consegue escalar para baixo e economizar. Mas a grande capacidade que a AWS trouxe para a gente foi a capacidade de experimentar”, disse Geraldo Thomaz na abertura do Summit 2016.

A VTEX usa serviços básicos da nuvem e se inspira na própria estrutura escalada da AWS para criar soluções criativas, permitindo que a empresa foque em sua expertise: desenvolver softwares, sem perder tempo com a base de sua infraestrutura. Assim, a VTEX consegue ser mais competitiva e entregar resultados em menor prazo, em uma média impressionante de quatro meses desde a ideia até o lançamento de um novo projeto. Com ajuda dos recursos em nuvem da AWS, a companhia já prepara sua expansão global para além da América Latina.

Como a VTEX usa a nuvem da AWS?

Com os produtos de alta disponibilidade como o Amazon S3, Amazon SNS (Simple Notification Service), Amazon SWF (Simple Workflow Service), e construindo a arquitetura correta, o desafio é facilmente superado pela VTEX. A empresa está com a AWS desde 2011 e, hoje, 95% de sua infraestrutura está na nuvem. A empresa tem na cloud a base de seu negócio que atende os maiores varejistas da América Latina.

 

Acesse as apresentações do AWS Summit São Paulo »